enhanced by Google
  • Concursos
  • Concursos Previstos

INSS

Instituto deverá abrir novo processo seletivo

Terça-feira, 27 de abril de 2010

No início de abril, o Diário Oficial da União trouxe uma portaria do presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), órgão vinculado ao Ministério da Previdência Social (MPS), que nomeou mil servidores para as funções de técnico e analista do Seguro Social.  De acordo com o documento, foram nomeados 300 novos analistas e 700 técnicos, todos aprovados na última seleção do INSS para estes cargos, que aconteceu em 2008. 

 

Com a nomeação e o vencimento do prazo de validade deste concurso, aumenta a expectativa de que um novo processo seletivo seja realizado em breve. De acordo com a assessoria de comunicação da Previdência, o instituto já solicitou ao Ministério do Planejamento a autorização para abrir concurso para duas mil vagas de técnico e analista. No entanto, a assessoria ressaltou que, neste momento, o órgão está focado nestes recém-nomeados, que frequentarão um curso de ambientação profissional, previsto para ocorrer em maio.

 

Analista e técnico – O cargo de técnico do Seguro Social exige dos interessados nível médio, enquanto a carreira de analista é voltada a profissionais com graduação superior completa. Para analista, são oferecidas oportunidades em diversas especialidades e para graduados em qualquer área.

 

Segundo nota veiculada no portal de notícias do Ministério da Previdência, atualmente, as remunerações iniciais correspondem a R$ 2.676,44 para técnico e a R$ 4.667,65 para analista. Nas duas carreiras, os servidores recebem ainda gratificação de desempenho.

 

Concurso anterior – Em 2008, o INSS abriu as inscrições do concurso que visava preencher duas mil vagas, das quais 1.400 eram para técnico e 600 para analista. As ofertas para analista estavam distribuídas entre as áreas de arquitetura, arquivologia, biblioteconomia, ciências da computação, ciências atuariais, comunicação social, direito, engenharia (civil, segurança do trabalho, telecomunicações, elétrica e mecânica), estatística, pedagogia, psicologia e terapia ocupacional, além de chances para formados com qualquer curso superior. Os salários iniciais oferecidos na época eram de R$ 1.989,87 para técnico e de R$ 2.243,78 para analista.

  

Havia oportunidades para os quatro cantos do país. De acordo com a Previdência, os técnicos prestam atendimento na rede de agências da Previdência Social (APS) e os analistas desempenham suas funções nas superintendências, nas gerências executivas e na direção central do órgão, que fica em Brasília (DF).

 

Esta seleção foi organizada pelo Cespe/UnB e as taxas de participação custaram R$ 47 (técnico) e R$ 56 (analista). Os participantes enfrentaram avaliação objetiva composta por 150 questões de conhecimentos básicos, complementares e específicos.

 

Perito – Em janeiro deste ano, o instituto publicou edital com 500 ofertas para perito médico previdenciário, cargo que exige graduação em medicina e registro no respectivo conselho de classe. Segundo o edital, o vencimento inicial corresponde a R$ 4.149,89. Também sob a responsabilidade do Cespe/UnB, o processo seletivo contabilizou 9.971 inscrições. 

 

Talita Fusco/SP

 

Veja também:

 

Educação/SP: seleção para 5.405 vagas será aberta em maio

 

Exército: concurso abrirá ofertas para várias carreiras

 

 

COMENTÁRIOS

1 Comentário(s)
  • Seu nome  
  • Seu email    
  • Seu comentário  
  • MARCO ANTONIO
    28/04/2010 08:58
  • Srs, Não há nenhuma chance deste concurso de 2008 ser prorrogado por mais 2 anos, conforme edital ? Agradeço por novas informações Obrigado
  •  
205.756 vagas no site
PROVAS ANTERIORES SIMULADOS ONLINE

28.866
Provas disponíveis

41.006
Questões disponíveis