Concurso Câmara São Caetano do Sul (SP) Encerrado

Orgão: Câmara São Caetano do Sul
Nº vagas: 142
Taxa de inscrição: De R$ 35,00 Até R$ 90,00
Cargos: Analista, Contador, Agente
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica, Administrativa
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1604,00 Até R$ 3329,00
Organizadora: Caipimes
Estados com Vagas: SP
Cidades: São Caetano do Sul - SP

Publicado em 18/08/2017, às 12h51 - Atualizado em 21/03/2020, às 18h00


Saiu o edital do concurso da Câmara de São Caetano do Sul, situada na região metropolitana de São Paulo. Ao todo, a seleção preencherá 142 vagas, sendo 12 para contratação imediata e 130 para formação de cadastro reserva (CR).

As inscrições serão recebidas entre os dias 29 de novembro e 29 de dezembro de 2019, através do site da banca organizadora do processo de seleção, que é a Caipimes (www.caipimes.com.br). As taxas variam de R$ 35 a R$ 90.

O concurso da Câmara de São Caetano do Sul será constituído das seguintes etapas: prova objetiva para todos os cargos; prova prática de digitação para agente administrativo especializado e agente técnico especializado; e prova dissertativa para procurador.

Informações complementares

Distribuição das vagas

O cargo de agente operacional (2 vagas + 20 CR) exige ensino fundamental e recebe o salário inicial de R$ 1.604,54.

Quem tem o ensino médio completo está apto às carreiras de agente administrativo especializado (3 + 20 CR) e agente técnico especializado (1 + 20 CR). Os respectivos vencimentos são de R$ 1.752,13 e R$ 2.015,63.

Nível superior é requisito para analista técnico (4 + 30 CR), contador especializado (1 + 20 CR) e procurador (1 + 20 CR). As remunerações são de R$ 2.740,62 para os dois primeiros postos e R$ 3.329,86 para o último emprego.

Atribuições de alguns cargos

Agente administrativo especializado: atuar por determinação do superior hierárquico na realização dos serviços inerentes ao setor; prestar apoio operacional ao Diretor Administrativo, assessorando as Seções pertencentes à Unidade, nas funções desenvolvidas; administrar o serviço de frotas, o serviço de recepção, copa, limpeza, manutenção, conservação, reparos, lavagem e troca de óleo dos veículos oficiais. cumprir e fazer com que cumpram as normas estabelecidas pelo Ato que disciplina o uso de veículos oficiais em sua totalidade; elaborar meio para controle do consumo de combustível dos veículos oficiais, encaminhando-o para desconto quando ultrapassado o limite estabelecido e arquivando os respectivos comprovantes; elaborar o controle de notificações de infrações de trânsito, recursos e pagamentos de multas; expedir a analisar o relatório sintético e analítico do sistema de tarifação dos ramais da Edilidade e efetuar as providências cabíveis; utilizar-se dos meios de informática destinados à elaboração de relatórios; agendar e acompanhar, ou designar servidor para acompanhar, os serviços necessários para o bom funcionamento da Câmara Municipal; controlar o fluxo de papéis, observando regras de protocolo; solicitar o auxílio da Guarda Civil Municipal e demais órgãos públicos de socorro e segurança, quando necessário; assessorar nos procedimentos administrativos referentes à execução do serviço de cópias; atentar à perfeita aplicação do Ato e demais regulamentos internos no uso do sistema de telefonia; elaborar e manter atualizada lista de ramais da Edilidade e disponibilizar aos demais Setores, Seções, Diretorias e Gabinetes; fazer a distribuição de ramais entre os gabinetes e departamentos da Câmara Municipal, bem como, sugerir as permissões de uso do sistema telefônico ao superior hierárquico; analisar, mensalmente, relatório sintético e analítico no sistema de tarifação dos ramais da Edilidade e encaminhá-los ao setor competente; atuar em consonância com as determinações do Presidente e Diretor Administrativo no gerenciamento e controle de frotas da Câmara Municipal; confeccionar ofícios sobre descontos de multas referentes a infrações de trânsito, bem como o preenchimento e envio de indicação do condutor; cumprir as normas estabelecidas pelo ato da Mesa da Câmara e demais documentações internas que disciplinam o uso de veículos oficiais em sua totalidade; controlar itinerários de todos os carros oficiais; controlar agendamento de vencimentos de pagamento de impostos, taxas e demais despesas relativas à frota oficial, bem como, os vencimentos das Carteiras de Habilitação dos responsáveis pelos veículos; solicitar à Assessoria Técnico Legislativa, no caso de infrações de trânsito, seus respectivos recursos e demais medidas cabíveis; auxiliar a Diretoria de Orçamento e Finanças com relação às despesas inerentes ao serviço de transporte e no relacionamento com fornecedores e prestadores de serviços; coordenar o arquivamento de documentação obrigatória da frota oficial, comprovantes de pagamentos, comprovantes de abastecimentos, relatórios de consumo de combustível, chaves reserva, apólice de seguro dos veículos oficiais e demais documentos emitidos ou recebidos pelo setor; coordenar o uso dos recursos tecnológicos e demais equipamentos disponibilizados ao setor; entre outras.

Agente técnico especializado: esclarecer dúvidas e novas rotinas aos usuários, fazer ponte com empresas prestadoras de serviços de desenvolvimento de sistemas e auxiliar no levantamento e especificação de novas demandas; auxiliar o Analista de Tecnologia da Informação no suporte técnico aos usuários em nível de software e hardware; atender, diariamente, aos usuários, analisando os casos de dúvidas, problemas e necessidade de treinamento e inclusão de novas rotinas; auxiliar no processo de levantamento e especificação de novas necessidades para aquisição ou desenvolvimento interno de sistemas; pesquisar e sugerir sistemas, softwares e hardware disponíveis no mercado, auxiliar na análise juntamente com o Setor de Inovação e Integração - SIIN com relação ao custo/benefício de sua aquisição; participar do levantamento de dados e da definição de métodos e recursos necessários para implantação de sistemas e/ou alteração dos já existentes; acompanhar o desempenho dos sistemas implantados, reavaliar rotinas, manuais e métodos de trabalho, verificando se atendem ao usuário, sugerindo metodologia de trabalho mais eficazes; realizar auditorias para assegurar que os padrões operacionais e os procedimentos de segurança estão sendo seguidos; cooperar na análise e avaliação dos sistemas manuais, propondo novos métodos de realização do trabalho ou sua automação, visando aperfeiçoar a utilização dos recursos humanos e recursos materiais disponíveis; auxiliar na pesquisa de projetos de banco de dados, promovendo a melhor utilização de seus recursos, facilitando o seu desempenho pelas áreas que deles necessitem; pesquisar projetos de segurança de dados, respectivos custos, benefícios e necessidades; colaborar na implantação e no treinamento dos usuários, dos sistemas desenvolvidos ou adquiridos de terceiros visando assegurar o correto funcionamento dos mesmos; executar outras atividades correlatas a critério de seus superiores; executar trabalhos técnicos e auxiliar no desenvolvimento das atividades técnicas dentro da área de seu conhecimento nas Seções, Setores, Diretorias ou Gabinetes; executar tarefas pertinentes à área, utilizando-se de equipamentos disponibilizados pela Câmara Municipal; cumprir as normas estabelecidas pelo Atos que disciplinam os recursos da sua Área de atuação na Edilidade; Abrir e gerenciar chamados técnicos, quando necessário, junto às empresas terceirizadas que prestem serviço à Edilidade, emitindo relatórios periódicos; zelar pelo bom funcionamento dos equipamentos instalados na Câmara Municipal, quer sejam locados, emprestados, doados ou adquiridos; atuar em acompanhamento com as empresas terceirizadas, prestadoras de serviços, no setor de atuação no que concerne à parte tecnológica; entre outras.

Conteúdo programático parcial

Para o cargo de agente operacional

  • Português: Ortografia. Plural, Substantivos e adjetivos. Conjugação de verbos. Concordância entre adjetivo e substantivo e entre verbo e seu sujeito. Confronto e reconhecimento de frases corretas e incorretas. Pontuação. Compreensão de textos.
  • Matemática: Operações com números naturais e fracionários: adição, subtração, multiplicação e divisão. Problemas envolvendo as quatro operações. Sistema métrico decimal. Sistema monetário nacional.
  • Situacional: questões que simulam a rotina do trabalho diário.

Concurso da Câmara de São Caetano do Sul: dica de estudo

Acompanhamento

A equipe JC Concursos disponibiliza o resumo do concurso da Câmara de São Caetano do Sul nesta página, com as principais informações do processo de seleção. Mais informações estão disponíveis abaixo, no edital anexado.


Cronograma

Abertura das inscrições29/11/2019
Encerramento das inscrições29/12/2019
Prova19/01/2020
Divulgação do Resultado20/03/2020

Notícias do concurso Câmara São Caetano do Sul (SP)

Edital e Anexos

Abertura (28/11/2019)

Provas Câmara São Caetano do Sul

Nenhuma prova encontrada

Provas Caipimes

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
UNESP Fisioterapeuta
Caipimes
2019 Prova / Gabarito
DAE Analista Economico
Caipimes
2016 Prova / Gabarito
Consórcio Intermunicipal Grande ABC Analista de TI
Caipimes
2016 Prova / Gabarito
Consórcio Intermunicipal Grande ABC Agente Administrativo
Caipimes
2015 Prova / Gabarito
_PREFEITURA MUNICIPAL Administrador de Empresas
Caipimes
2015 Prova / Gabarito

» Ver lista completa


Comentários

Mais Lidas