Concurso Fundação Florestal SP Previsto

Orgão: Fundação Florestal - Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo
Nº vagas: 357
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Técnico, Auxiliar, oficia
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1142,00 Até R$ 4319,00
Estados com Vagas: SP

Publicado em 18/03/2019, às 10h57 - Atualizado em 25/06/2019, às 19h01


O concurso da Fundação Florestal SP (Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo), órgão que está há dez anos sem contratar servidores, começa a se programar para a publicação de um novo edital. Neste sentido, já encaminhou pedido para a Secretaria Estadual de Gestão Pública (SGP/SP) com o objetivo de obter autorização governamental para o preenchimento de 357 vagas, sendo 227 para cargos com exigência de ensino fundamental, 54 para ensino médio e 76 para nível superior, com remunerações iniciais, que variam de R$ 1.142,61 a R$ 4.319,94

Agora, o processo aguarda avaliação por parte da SGP/SP para, caso constadas condições orçamentárias, a seleção possa efetivamente ser autorizada pelo governador João Doria.

Ensino Fundamental

No caso de ensino fundamental, o pedido de autorização para o concurso da Fundação Florestal SP é para os cargos de auxiliar de serviços gerais (100 vagas, com remuneração inicial de R$ 1.300,47 no caso de 50% do Prêmio de Desempenho Individual – PDI – e R$ 1.458,31 no caso de 100% do benefício), auxiliar de apoio à pesquisa científica e tecnológica (100, com exigência de um ano de experiência na respectiva área de atuação, R$ 1.142,63) e oficial de apoio à pesquisa científica e tecnológica (27, com dois anos de experiência na respectiva área de atuação, R$ 1.142,63).

Ensino Médio

No caso de ensino médio: oficial administrativo (14, R$ 1.339,29 no caso de 50% do PDI e R$ 1.535,94 para 100%), técnico de apoio à pesquisa científica e tecnológica (15, com três anos de experiência na respectiva área de atuação, R$ 1.670,90) e agente de apoio à pesquisa científica e tecnológica (25, com dois anos de experiência na respectiva área de atuação, R$ 1.345,01).

Nível Superior

Por fim, no caso de nível superior, o pedido é para as carreiras de assistente técnico de pesquisa científica e tecnológica (59, R$ 2.719,96) e pesquisador científico (17, R$ 4.319,94). 

Último concurso Fundação Florestal SP

O último concurso da Fundação Florestal ocorreu em 2010, quando foram oferecidas 11 7 vagas, distribuídas por diversos cargos, com opções para quem possui níveis fundamental, médio e superior. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Vunesp.
Para ensino fundamental, as opções foram para cargos de analista de recursos ambientais, analista de recursos ambientais – motorista, analista de recursos ambientais – telefonista e guarda parque. Para ensino médio, técnico em recursos ambientais e, no caso de nível superior, oportunidades para analista de recursos ambientais.


Notícias do concurso Fundação Florestal SP

Provas Fundação Florestal - Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo

Nenhuma prova encontrada

Sobre Fundação Florestal - Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo

A Fundação Florestal foi criada em 1986, pela lei estadual 5.208, e teve seu estatuto aprovado pelo decreto estadual 25.952, de 29 de setembro de 1086. Tem como finalidade contribuir para a conservação, o manejo e a ampliação das florestas de produção e das unidades de conservação estaduais, atuando conjuntamente com o Instituto Florestal.

Neste sentido, busca promover ações integradas para a conservação ambiental, proteção da biodiversidade, desenvolvimento sustentável, recuperação de áreas degradadas e o reflorestamento de locais ambientalmente vulneráveis, realizando parcerias com órgãos governamentais e instituições da sociedade civil. Também é responsável pela comercialização de produtos extraídos de florestas plantadas em áreas pertencentes ou possuídas pelo patrimônio do estado.

Atualmente, é responsável pela gestão de 94 unidades de conservação de proteção integral e de uso sustentável. 


Comentários

Mais Lidas