Concurso Prefeitura Brasília de Minas (MG) 2019 Em andamento

Orgão: Prefeitura Brasília de Minas
Nº vagas: 50
Taxa de inscrição: De R$ 60,00 Até R$ 60,00
Cargos: Professor, Técnico, Assistente
Áreas de Atuação: Administrativa, Educação, Operacional
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 998,00 Até R$ 2500,00
Organizadora: Cotec
Estados com Vagas: MG
Cidades: Brasília de Minas - MG

Publicado em 12/09/2019, às 15h08 - Atualizado em 01/11/2019, às 18h00


O edital do concurso de Brasília de Minas, cidade localizada no Estado de Minas Gerais (MG), visa o provimento de 50 vagas do seu quadro de pessoal, além de formação de cadastro reserva (CR).

As inscrições serão recebidas entre os dias 30 de setembro e 31 de outubro de 2019. A ficha cadastral estará disponível no site da banca organizadora, que é www.cotec.fadenor.com.br. O valor da taxa de participação para os empregos é de R$ 60.

Todos os inscritos no concurso de Brasília de Minas serão avaliados por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório.

Informações complementares

Distribuição das vagas

Candidatos que concluíram o ensino fundamental podem disputar os empregos de auxiliar de monitor de criança e adolescente (5 vagas) e monitor de transporte escolar (CR). O salário inicial é de R$ 998.

Quem tem o ensino médio e/ou curso técnico está apto às carreiras de agente comunitário de saúde (13), assistente administrativo (7), cadastrador do Programa Bolsa Família (1), facilitador de oficina (3), monitor de aprendizagem (CR), monitor de criança e adolescente (5), monitor de programa AABB comunidade (CR), monitor de centros tecnológicos (CR) e técnico em laboratório (2). Os vencimentos oscilam entre R$ 998 e R$ 1.250.

Nível superior é requisito no concurso de Brasília de Minas para os cargos de engenheiro agrimensor (1), engenheiro ambiental (1), fisioterapeuta (2), orientador social (1), pedagogo (1), psicólogo (2) e professores (6 + CR). As remunerações variam de R$ 1.379,80 a R$ 2.500.

Atribuições de alguns cargos

Agente comunitário de saúde: Executar serviços comunitários na área de saúde; visitar as residências para monitoramento de situações de risco às famílias, orientando e conscientizando a população para a utilização adequada dos serviços de saúde; levantar as necessidades da população em termos de atendimento médico, odontológico e social, com identificação precoce de risco individual e coletivo; fazer a triagem da população de acordo com a sua necessidade; preparar e coordenar reuniões, efetuando palestras de conscientização; orientar a unidade quanto à higiene, alimentação e outras medidas de prevenção e reabilitação; preencher relatórios, dados cadastrais e estatísticos sobre a comunidade; colaborar nas campanhas e programas de saúde pública; atuar integrando às instituições governamentais e não governamentais e aos grupos e associações da comunidade (parteiras, clube de mães etc.); estimular continuadamente as famílias à organização comunitária; Atender às normas de segurança e higiene do trabalho; utilizar instrumentos para diagnóstico demográfico e sócio-cultural da comunidade de sua atuação; executar atividades de educação para a saúde individual e coletiva; registrar, para controle das ações de saúde, nascimentos, óbitos, doenças e outros agravos à saúde; participar ou promover ações que fortaleçam os elos entre o setor de saúde e outras políticas públicas que promovam a qualidade de vida; desenvolver outras atividades pertinentes à função do Agente Comunitário de Saúde, além das atribuições descritas, são atribuições mínimas desta categoria profissional, utilizada no programa de saúde da família, de acordo com as especificações locais: desenvolver ações que busquem a integração entre as equipes de saúde e a população adstrita à Unidade Básica de Saúde – UBS, considerando as características e as finalidades do trabalho de acompanhamento de indivíduos e grupos sociais ou coletividade; trabalhar com adstrição de famílias em base geográfica definida, a micro área; estar em contato permanente com as famílias desenvolvendo ações educativas, visando à promoção da saúde e a prevenção das doenças, de acordo com o planejamento da equipe; cadastrar todas as pessoas de sua micro área e manter os cadastros atualizados; orientar famílias quanto à utilização dos serviços de saúde disponíveis; desenvolver atividades de promoção à saúde, de prevenção das doenças e de agravos, e de vigilância à saúde, por meio de visitas domiciliares e de ações educativas individuais e coletivas nos domicílios e na comunidade, mantendo a equipe informada, principalmente a respeito daquelas em situação de risco; acompanhar, por meio de visita domiciliar, todas as famílias e indivíduos sob sua responsabilidade, de acordo com as necessidades definidas pela equipe; cumprir com as atribuições atualmente definidas na Lei nº 11.350/06, ou legislação que vier a substituí-la; executar atividades correlatas.

Assistente administrativo: Executar atividades administrativas de apoio aos técnicos de nível superior nas diversas unidades administrativas e de ensino do Município; prestar assessoramento relacionado com trabalhos auxiliares; elaborar ou participar da elaboração de relatórios técnicos; elaborar e analisar estatísticas e demonstrativos; prestar serviços de atendimento ao público interno e externo, pessoalmente, por meio de ofícios e processos ou por meio das ferramentas de comunicação que lhe forem disponibilizadas; organizar e manter atualizados cadastros, arquivos e outros instrumentos de controle administrativo; distribuir e encaminhar papéis e correspondências no seu setor de trabalho; exercer atividades recreativas dirigidas ao público; cumprir tarefas de caráter educativo e formação cultural; Escriturar documentos contábeis e financeiros; efetuar e auxiliar no preenchimento de processos, guias, requisições e outros impressos; otimizar as comunicações internas e externas, mediante a utilização dos meios postos à sua disposição, tais como telefone, fax, correio eletrônico, entre outros; promover recebimentos e arrecadação de valores e numerários, dentre outros; monitorar e desenvolver as áreas de protocolo, serviço de malote e postagem; instruir requerimentos e processos, realizando estudos e levantamentos de dados, observando prazos, normas e procedimentos legais; organizar, classificar, registrar, selecionar, catalogar, arquivar e desarquivar processos, documentos, relatórios, periódicos e outras publicações; operar computadores, utilizando adequadamente os programas e sistemas informacionais postos à sua disposição; operar máquinas de reprografia, fax, calculadoras, encadernadoras e outras máquinas de acordo com as necessidades do trabalho; redigir textos, ofícios, relatórios e correspondências, com observância das regras gramaticais e das normas de comunicação oficial; realizar procedimentos de controle de estoque, inclusive verificando o manuseio de materiais, os prazos de validade, as condições de armazenagem e efetivando o registro e o controle patrimonial dos bens públicos; auxiliar nos processos de leilão, pregão e demais modalidades licitatórias de bens e serviços; colaborar em levantamentos, estudos e pesquisas para a formulação de planos, programas, projetos e ações públicas; ter iniciativa e contribuir para o bom funcionamento da unidade em que estiver; entre outras.

Auxiliar de monitor de criança e adolescente: Promover e zelar pelo bem-estar, saúde, alimentação, higiene pessoal, educação, cultura, recreação e lazer da criança e/ou adolescente assistido; auxiliar no acompanhamento dos usuários para realização de seus afazeres e incentivar o desenvolvimento das suas potencialidades e autonomia; escutar, estar atento e ser solidário com a pessoa cuidada, providenciando o atendimento da demanda de cada indivíduo; auxiliar nos cuidados de higiene pessoal e alimentação; auxiliar nas atividades de lazer e ocupacionais, comunicar à equipe técnica e à coordenação sobre toda e qualquer situação anormal que ocorra com cada usuário, dentro ou fora da casa de acolhimento; auxiliar a organização do ambiente, auxiliar o monitor na execução de suas atividades, organizar ações e atividades externas; acompanhar os acolhidos em demandas específicas (consultas médicas, reuniões, trajeto escolar, etc.) fora da Casa de Acolhimento; respeitar e atender às exigências da Coordenação; executar outras atividades correlatas.

Conteúdo programático parcial

Para ensino fundamental

  • Língua portuguesa: A prova constará de questões de interpretação de texto(s) de natureza diversa: descritivo, narrativo, dissertativo, e de diferentes gêneros como, por exemplo, poema, texto jornalístico, propaganda, charge, tirinha, etc. Nessas questões, além dos conhecimentos linguísticos gerais e específicos relativos à leitura e interpretação de um texto, tais como: apreensão da ideia central ou do objetivo do texto, identificação/análise de informações e/ou ideias expressas ou subentendidas, da estrutura ou organização do texto, da articulação das palavras, frases e parágrafos (coesão) e das ideias (coerência), das relações intertextuais, ilustrações ou gráficos, recursos sintáticos e semânticos, do efeito de sentido de palavras, expressões, ilustrações, também poderão ser cobrados os seguintes conteúdos gramaticais, no nível correspondente à 8ª série: divisão silábica, grafia de palavras, acentuação gráfica, concordância verbal e nominal; regência verbal e nominal; crase; pontuação; classes gramaticais (reconhecimento e flexões); estrutura e formação de palavras; sinônimos, antônimos, homônimos e parônimos. Denotação e conotação. Figuras de linguagem.
  • Matemática: 1. Sistema de Numeração Decimal: Leitura e escrita de números. Valor posicional. Números pares e números ímpares. Antecessor e sucessor. Números ordinais. Ordem crescente e ordem decrescente. 2. Números Naturais: Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão. Propriedades das operações. Situações-problema envolvendo as operações. 3. Frações e Números Decimais: Representação. Equivalência. Comparação. Simplificação. Operações: adição, subtração, multiplicação e divisão. Sistema monetário. 4. Medidas: de tempo, de comprimento, de área e de massa. 5. Geometria: Formas Geométricas Planas. Triângulos, quadriláteros, círculos e discos. Construção de Figuras Espaciais: poliedros, prismas, pirâmides, cilindros, cones, esferas e bolas. Perímetro e área.
  • Noções de informática: 1.Conceitos básicos de operação com arquivos em ambientes Windows 7 ou superior; 2.Conhecimentos básicos de arquivos e pastas (diretórios); 3.Utilização do Windows Explorer: copiar, mover arquivos, criar diretórios; 4.Conhecimentos básicos de editor de texto (ambiente Windows): criação de um novo documento, formatação e impressão; 5.Conhecimentos Básicos em Planilhas Eletrônicas; Internet e E-mail.

Concurso de Brasília de Minas: dica de estudo

Acompanhamento

A equipe JC Concursos disponibiliza o resumo do concurso de Brasília de Minas nesta página, com as principais informações do processo de seleção. Mais informações sobre atribuições dos demais cargos e conteúdo programático completo estão disponíveis abaixo, no edital anexado.


Cronograma

Abertura das inscrições30/09/2019
Encerramento das inscrições31/10/2019
Prova26/01/2020
Divulgação do Resultado20/02/2020

Notícias do concurso Prefeitura Brasília de Minas (MG) 2019

Edital e Anexos

Abertura (12/09/2019)

Provas Prefeitura Brasília de Minas

Nenhuma prova encontrada

Provas Cotec - Concursos Técnicos - Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino Superior do Norte de Minas

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
_PREFEITURA MUNICIPAL Analista Educacional
Cotec
2016 Prova / Gabarito
_PREFEITURA MUNICIPAL Analista Educacional
Cotec
2016 Prova / Gabarito
_PREFEITURA MUNICIPAL Analista Educacional ANE
Cotec
2016 Prova / Gabarito
UNIMONTES Analista Educacional
Cotec
2016 Prova / Gabarito
_PREFEITURA MUNICIPAL Analista Educacional
Cotec
2016 Prova / Gabarito

» Ver lista completa

Sobre Prefeitura Brasília de Minas

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas