ABIN

Cespe organizará o concurso para 190 vagas

O próximo concurso terá 160 vagas para Oficial de Inteligência e 30 para Agente.

Redação
Publicado em 07/08/2008, às 15h12

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) publicou, na última quinta-feira (7), as instruções que regulamentarão o ingresso nos cargos integrantes do Plano de Carreiras e Cargos do órgão através de concurso. As definições são para as etapas de investigação social e funcional, prova de capacidade física, avaliações médicas e psicológicas e do curso de formação das seleções.

Confira as instruções para o concurso

As determinações já valerão para o próximo concurso da Abin, que oferecerá 190 vagas aos cargos de Oficial e Agente de Inteligência e que será divulgado nos próximos meses.

Inicialmente, a previsão era que o concurso fosse realizado até o primeiro semestre, no entanto, com a publicação da Medida Provisória nº 434, que estruturou o Plano de Carreiras e Cargos do órgão, a Abin foi autorizada a prorrogar a autorização do concurso por mais seis meses. Mas, de acordo com informações da Agência, este prazo não deve ser utilizado em sua totalidade e o concurso deve ser lançado em breve.

Nesta semana, a Abin contratou a Fundação Universidade de Brasília para organizar a seleção dos novos servidores, através do Centro de Seleção e Promoção de Eventos (Cespe).

Concurso
O próximo concurso da Abin oferecerá 160 vagas para Oficial de Inteligência, que exige nível superior, e 30 para Agente de Inteligência, cargo de nível médio. Os salários iniciais são de R$ 7.411,78 e R$ 3.275,57, respectivamente, valores que passarão a ser, a partir de 1º de outubro, R$ 9.713,13 e R$ 4.458,38. Clique aqui para conhecer as atribuições de cada cargo.

Concurso anterior

O último concurso da Abin aconteceu em 2004 e foi organizado pelo próprio órgão e pelo Centro de Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe) da Universidade de Brasília (UnB). Foram oferecidas vagas para os cargos de Analista de Informações, Pesquisador e Tecnologista Pleno e Júnior, todos de nível superior. As taxas de inscrições variaram entre R$ 45 e R$ 80.

A avaliação contou com provas objetiva de conhecimentos básicos e específicos e discursiva para todos os cargos. Para as funções de Pesquisador e Tecnologista houve avaliação de títulos e, para o primeiro, Defesa de Memorial.



Juliana Pronunciati/SP

Comentários

Mais Lidas