170 vagas

Anac: edital previsto para os próximos dias

Organizadora já foi escolhida. Serão abertas oportunidades em cargos de níveis médio, técnico e superior

0,00(0.0%)0 voto(s)

Redação
Publicado em 05/09/2012, às 15h56

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) deverá lançar nos próximos dias o edital do concurso que vai preencher 170 vagas. O órgão tem até 8 de setembro para divulgar o documento, mas é possível que o prazo seja adiantado por causa do feriado da Independência do Brasil, no dia 7. O Cespe/UnB será a empresa responsável por organizar o processo seletivo.

Estão previstas vagas para as carreiras de especialista em regulação civil (75), técnico em regulação civil (45), analista administrativo (30) e técnico administrativo (20). As carreiras de analista e especialistas requerem profissionais com formação de nível superior, enquanto técnico requer candidatos com nível médio ou técnico completo.

Os salários iniciais são de R$ 4.760,18 para técnico administrativo; R$ 4.984,98 para técnico em regulação civil; R$ 7.285,87 para analista administrativo; e entre R$ 10.019,20 e R$ 11.608,20 para especialista.

Concurso anterior – O último concurso público da agência foi realizado em 2009 pelo Cespe/UnB e contou 365 vagas para especialista em regulação de aviação civil, analista administrativo, técnico em regulação civil e técnico administrativo. Os salários variaram entre R$ 4.689,70 e R$ 9.552.

Saiba mais – A Anac é uma autarquia vinculada à Secretaria de Aviação da Presidência da República. O órgão tem como atribuições regular e fiscalizar as atividades de aviação civil e de infraestrutura aeronáutica e aeroportuária; manter a continuidade na prestação de um serviço público de âmbito nacional, embora exercido pela iniciativa privada e zelar pelo interesse dos usuários. A Anac tem sede em Brasília (DF) e mantém unidades nos principais aeroportos do país, como Cumbica (SP), Galeão (RJ) e Pampulha (MG).

Aline Viana/SP

Sobre ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), vinculada à Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, é uma autarquia especial, caracterizada por independência administrativa, autonomia financeira, ausência de subordinação hierárquica e mandato fixo de seus dirigentes, que atuam em regime de colegiado. Tem como atribuições regular e fiscalizar as atividades de aviação civil e de infraestrutura aeronáutica e aeroportuária. Para tal, o órgão deve observar e implementar as orientações, diretrizes e políticas estabelecidas pelo governo federal, adotando as medidas necessárias ao atendimento do interesse público e ao desenvolvimento da aviação.

Comentários

Mais Lidas