Nível fundamental

Marinha divulga 2.200 vagas para aprendiz-marinheiro

As inscrições devem ser feitas de 21 de fevereiro a 20 de março. O curso será realizado em janeiro de 2015

0,00(0.0%)0 voto(s)

Carolina Pera
Publicado em 19/02/2014, às 14h59

A Diretoria de Ensino da Marinha (DEnsM) divulgou edital de concurso público que visa selecionar 2.200 candidatos interessados em ingressar na Escola de Aprendizes-Marinheiros (CPAEAM/2014). 

Como participar – As inscrições devem ser feitas das 8h de 21 de fevereiro a 20 de março, por meio dos sites www.ingressonamarinha.mar.mil.br ou www.ensino.mar.mil.br. Em dias úteis as inscrições podem ser feitas, também, em uma das organizações responsáveis pela divulgação (ORDIs) relacionadas no edital anexo. A taxa solicitada é de R$ 12.

Dentre os requisitos estão os seguintes: ser brasileiro do sexo masculino; ter entre 18 e 22 anos no dia 1° de janeiro de 2015; e possuir ensino fundamental completo. 

A primeira etapa do processo seletivo, de caráter classificatório e eliminatório, consiste em provas escritas objetivas que irão conter 50 questões sobre matemática, português e ciências.

De caráter eliminatório haverá, também, os seguintes eventos complementares: Inspeção de Saúde (IS), Teste de Aptidão Física (TAF), Avaliação Psicológica (AP), Verificação de Dados Biográficos (VDB) - fase preliminar e Verificação de Documentos (VD).

Após aprovação na seleção, os selecionados realizarão formação militar em uma das quatro Escolas de Aprendizes-Marinheiros, localizadas em Fortaleza (CE), Recife (PE), Vitória (ES) e Florianópolis (SC). O curso tem duração de 48 semanas, em regime de internato, e começa no dia 26 de janeiro de 2015. Nesse período, os jovens recebem alimentação, alojamento, ajuda para aquisição de uniformes, assistência médico-odontológica e ajuda de custo.

Após o curso de formação, no final de 2014, os aprovados serão promovidos à função de marinheiro e receberão remuneração de R$1.400.

APOSTILA ESPECÍFICA MARINHA. CLIQUE AQUI

Sobre Marinha - Marinha do Brasil

Marinha do Brasil pertence as Forças Armadas do Brasil e é responsável por conduzir operações navais. É a maior da América do Sul e da América Latina e a segunda maior da América, depois da Marinha dos Estados Unidos.

A Marinha esteve envolvida na guerra de independência do Brasil. Por volta de 1880, a Armada Imperial Brasileira era a mais poderosa da América do Sul. Após a rebelião naval de 1893, houve um hiato em seu desenvolvimento, até 1905, quando o Brasil adquiriu dois dos dreadnoughts mais poderosos e avançados da época, o que provocou uma corrida armamentista naval com as nações vizinhas, sobretudo a Argentina e Chile. A Marinha do Brasil participou na Primeira Guerra Mundial e na Segunda Guerra Mundial, participando de patrulhas anti-submarinos no Atlântico.

Comentários

Mais Lidas