Iniciais de R$ 13 mil

Concurso SET RN: novo concurso para fiscal segue sem previsão

Concurso SET RN para o cargo de auditor fiscal é aguardado desde 2016, quando formada comissão organizadora

Fernando Cezar Alves
Publicado em 04/10/2016, às 12h27 - Atualizado em 10/07/2019, às 12h37

Concurso SET RN - Governo Rio Grande do Norte
Divulgação

O concurso SET RN (Secretaria de Tributação do Rio Grande do Norte) segue em planejamento, embora ainda não exista uma previsão de quando o edital de abertura de inscrições poderá ser efetivamente publicado. Uma nova seleção para o almejado cargo de auditor fiscal é aguardado desde setembro de 2016, quando formada a comissão do certame, para analisar as necessidades de pessoal para recompor o quadro de auditores.  Porém, desde então o certame ainda não foi realizado em decorrência de dificuldade em relação às condições financeiras para as contratações.

Para concorrer ao cargo é necessário possuir nível superior em qualquer área de formação, com inicial de aproximadamente R$ 13.283,64.

A comissão, constituída pela portaria, tem como presidente o auditor fiscal Abraão Padilha de Brito, e também conta com os seguintes integrantes: Neil Armstrong de Almeida; Álvaro Luiz Bezerra; Rivaldo José Menino Penha; e José Martins da Silva Filho.

Concurso SET RN - Saiba como foi o último concurso

O último concurso SET RN ocorreu há quase 15 anos, em 2004. Na ocasião, a oferta foi de 50 vagas e a banca organizadora foi a Esaf.

A seleção contou com três provas, sendo uma de conhecimentos gerais e duas de conhecimentos específicos.

A de conhecimentos gerais contou com 60 questões, sendo 20 de língua portuguesa, 20 de direitos constitucional, administrativo, civil e comercial e 20 de contabilidade geral.

Na primeira de conhecimentos específicos foram 70, sendo dez de ética do servidor na administração pública, dez de aspectos geo-econômicos do Rio Grande do Norte, dez de informática, 20 de processo administrativo tributário e 20 de direito tributário.

Por fim, na segunda de conhecimentos específicos foram 30 de legislação fiscal do estado do Rio Grande do Norte e 30 de auditoria contábil/fiscal.

As questões de processo administrativo tributário e direito tributário contaram com peso 1,5. As de legislação fiscal do Rio Grande do Norte e auditoria contábil/fiscal tiveram peso dois e as demais, peso um.          

Comentários

Mais Lidas