Contratações temporárias

Concurso IBGE terá mais dois editais com até 225.678 vagas

Além dos editais publicados, o concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o órgão deve divulgar outros em breve, para postos de níveis fundamental e médio

Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 29/11/2019, às 10h28 - Atualizado às 14h54

Concurso IBGE : recenseador do IBGE
Divulgação

Mesmo com a publicação do edital para o preenchimento de 2.658 vagas, o concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) ainda conta com nada menos do que 231.149 postos para o preenchimento até maio de 2020, através de novos processos seletivos para temporários. Porém, de acordo com as últimas informações divulgadas pelo órgão, dois cargos não contarão mais com oportunidades, em um total de 5.404 postos. Desta forma, o órgão ainda dispõe de 225.745 postos previstos. Além disso, o IBGE já trabalha na elaboração de dois editais, que deverão ser liberados em breve, incluindo quase a totalidade destas oportunidades, com até 225.678 oportunidades. A expectativa é de que o nome de banca seja confirmado em breve. Somente então poderão ser marcadas as datas de publicação dos editais. Novas informações devem ser confirmadas em breve.

As novas opções serão para cargos com exigências de nível fundamental e nível médio, com iniciais de até R$ 4.000.  

Dos dois novos editais, o primeiro será para a carreira de recenseador, que conta com 196.000 vagas autorizadas. Neste caso, para concorrer é necessário possuir apenas ensino fundamental, com inicial de R$ 1.100.

Já o segundo edital deverá ser destinado para as carreiras de agente censitário municipal e agente censitário supervisor, respectivamente, 6.100 e 23.578 postos autorizados.  Para agente censitário municipal, a exigência é de ensino médio, com inicial de R$ 2.400. Para agente censitário supervisor, ensino médio e R$ 2.000. Porém, é importante lembrar que o IBGE já divulgou três editais para contratações temporárias, nos quais já foram oferecidas 25 para agente censitário supervisor e 4 para agente censitário municipal.

Em relação aos cargos que não deverão mais contar com oportunidades, o total de 5.404 postos são para as carreiras de supervisor PA e recenseador PA, respectivamente, com 1.304 e 4.100 vagas.  

Concurso IBGE: autorização foi para 234.416 vagas

O concurso IBGE foi autorizado em maio deste ano, para o preenchimento de 234.416 oportunidades. De acordo com a autorização, o governo contava com um prazo de seis meses, ou seja, até 6 de novembro, para iniciar a seleção para todos os postos. Porém, em 13 agosto, o prazo para liberação foi prorrogado até maio de 2020.

Das 234.416 vagas, ao menos 3.267 já estão sendo oferecidas, através de três editais já publicados. O primeiro contou com uma oferta de 209 vagas, sendo 180 para recenseador, 25 para agente censitário supervisor e 4 para agente censitário municipal. O segundo edital contou com 400 vagas para analista censitário. E o terceiro e último consta com 2.658 oportunidades, sendo 1.343 para coordenador censitário subárea e 1.315 para agente censitário operacional.

É importante ressaltar que a distribuição de vagas por cargos pode sofrer alterações, tendo em vista que o quantitativo do último edital já contou com mudanças em relação à autorização de maio.

Na ocasião, o documento indicava a seguinte distribuição de postos: coordenador censitário de subárea 1 (600), coordenador censitário de subárea 2 (850), agente censitário operacional (1.760), supervisor – call center (4), agente censitário municipal (6.100), agente censitário supervisor (23.578), codificador censitário (12), recenseador (196.000), supervisor PA (1.304) e recenseador PA (4.100).

Para agente censitário municipal, a exigência é de ensino médio, com inicial de R$ 2.400. Para agente censitário supervisor, ensino médio e R$ 2.000. Para coordenador censitário de subárea, ensino médio e R$ 4.000. Por fim, para agente censitário operacional, ensino médio e R$ 1.800.

Concurso IBGE: saiba como será o Censo Demográfico 2020

No concurso IBGE para temporários, o cargo de destaque dos censos sempre é de recenseador, que no último concurso IBGE contemplou 191.972 vagas e exigiu apenas nível fundamental completo. Os ganhos oferecidos para a função variam de acordo com o número de informações coletadas.

As demais funções necessárias para as pesquisas são as seguintes: agente regional, agente administrativo, agente municipal, agente de informática e agente supervisor.

O Censo compreendeu um levantamento minucioso de todos os domicílios do país. Nos meses de coleta de dados e supervisão, os recenseadores visitam milhões de domicílios nos 5.565 municípios brasileiros para colher informações sobre quem somos, quanto somos, onde estamos e como vivemos.

Concurso IBGE - Veja dicas de língua portuguesa

Sobre IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) se constitui no principal provedor de dados e informações do país, que atendem às necessidades dos mais diversos segmentos da sociedade civil, bem como dos órgãos das esferas governamentais federal, estadual e municipal.A instituição oferece uma visão completa e atual do país, por meio do desempenho de suas principais funções: produção e análise de informações estatísticas; coordenação e consolidação das informações estatísticas; produção e análise de informações geográficas; coordenação e consolidação das informações geográficas; estruturação e implantação de um sistema da informações ambientais; documentação e disseminação de informações; e coordenação dos sistemas estatístico e cartográfico nacionais

concursosconcursos federaisconcursos 2019provas anteriores

Comentários

Mais Lidas