Ganhos de até R$ 11 mil

Concurso da Marinha: abertas 22 vagas de nível superior

As chances no concurso da Marinha são para os postos de oficiais fuzileiros navais, oficiais intendentes e capelães navais. Inscrições serão recebidas até o dia 5 de junho

0,00(0.0%)0 voto(s)

Patricia Lavezzo
Publicado em 24/05/2018, às 09h57

A Marinha do Brasil abriu as inscrições de três editais de concurso público que, juntos, somam 22 vagas. Oportunidades são para ingresso nos quadros de oficiais fuzileiros navais, oficiais intendentes e capelães navais.

O primeiro edital conta com nove vagas para o quadro complementar de oficiais fuzileiros navais, distribuídas entre concentração em eletrônica (2), concentração em máquinas (3), concentração em sistemas de armas (2) e educação física (2). Ofertas são para homens com formação superior em área específica e idade inferior a 29 anos no primeiro dia do mês de janeiro de 2019.

Já o segundo edital é destinado ao preenchimento de dez vagas do quadro complementar de oficiais intendentes. Poderão concorrer os candidatos, de ambos os sexos, das profissões de administração, ciências contábeis e economia que tenham menos de 29 anos no primeiro dia do mês de janeiro de 2019.

Por fim, o terceiro edital possui três vagas para o quadro de capelães navais do corpo auxiliar da Marinha, sendo duas para sacerdote da Igreja Católica Apostólica Romana e uma para pastor da Igreja Assembléia de Deus. Interessados deverão possuir nível superior, além de ter, no mínimo, três anos de exercício de atividades pastorais na igreja para a qual se candidatou à vaga e mais de 30 anos e menos de 41 anos no primeiro dia do mês de janeiro de 2019.

Os candidatos aprovados no concurso da Marinha ocuparão os postos de primeiro-tenente (capelães navais) e segundo-tenente (quadros complementares), com rendimentos iniciais de R$ 11.000 e R$ 10.111, respectivamente.

Etapas do concurso da Marinha 2018

Para concorrer a uma das vagas é necessário preencher o formulário de inscrição no endereço eletrônico www.ingressonamarinha.mar.mil.br e efetuar o pagamento da taxa de participação, no valor de R$ 120. A ficha cadastral estará disponível no site até o dia 5 de junho.

O concurso da Marinha será constituído das seguintes fases: prova escrita objetiva e de redação; verificação de dados biográficos; inspeção de saúde; teste de aptidão física; avaliação psicológica; verificação de documentos; análise de títulos; e curso de formação de oficiais.

A prova escrita objetiva será composta por 50 questões que versarão sobre as disciplinas de conhecimentos profissionais e/ou inglês. Já a redação deverá conter entre 20 e 30 linhas e terá como propósito verificar a capacidade de expressão escrita do candidato na língua portuguesa.

Com duração máxima de quatro horas, as provas escrita objetiva e de redação serão aplicadas em dia horário e locais a serem comunicados no edital de convocação, a ser publicado no site da Marinha a partir do dia 9 de julho. Elas serão realizadas nas seguintes cidades: Rio de Janeiro/RJ, Vila Velha/ES, Salvador/BA, Natal/RN, Olinda/PE, Fortaleza/CE, Belém/PA, Santana/AP, Parnaíba/PI, Santarém/PA, São Luís/MA, Rio Grande/RS, Porto Alegre/RS, Florianópolis/SC, Ladário/MS, Brasília/DF, São Paulo/SP e Manaus/AM.

Sobre Marinha - Marinha do Brasil

Marinha do Brasil pertence as Forças Armadas do Brasil e é responsável por conduzir operações navais. É a maior da América do Sul e da América Latina e a segunda maior da América, depois da Marinha dos Estados Unidos.

A Marinha esteve envolvida na guerra de independência do Brasil. Por volta de 1880, a Armada Imperial Brasileira era a mais poderosa da América do Sul. Após a rebelião naval de 1893, houve um hiato em seu desenvolvimento, até 1905, quando o Brasil adquiriu dois dos dreadnoughts mais poderosos e avançados da época, o que provocou uma corrida armamentista naval com as nações vizinhas, sobretudo a Argentina e Chile. A Marinha do Brasil participou na Primeira Guerra Mundial e na Segunda Guerra Mundial, participando de patrulhas anti-submarinos no Atlântico.

Comentários

Mais Lidas