Publicado: 12/09/2018 - 16:18 | Atualizado: 02/10/2018 - 10:04
Publicado: 12/09/2018 - 16:18 | Atualizado: 02/10/2018 - 10:04

Ministério do Trabalho: pedido de concurso em análise

Solicitação para abertura de concurso para o Ministério do Trabalho é para cargos com exigência de níveis médio e superior de ensino. Iniciais de até R$ 16,2 mil

2.873 vagas

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

Ainda está em análise no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) o pedido de concurso do Ministério do Trabalho, encaminhado este ano. A solicitação é para o preenchimento de 2.873 vagas em seu quadro de pessoal.

Das oportunidades requeridas, 1.309 são para o cargo de auditor fiscal do trabalho e 1.307 para agente administrativo. As demais chances estão distribuídas da seguinte maneira: administrador (93), arquivista (32), bibliotecário (2), contador (58), engenheiro (5), estatístico (5), sociólogo (4), psicólogo (26), técnico em assuntos educacionais (10), técnico em comunicação social (10) e economista (12).

Em julho, o Sinait (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho) teve uma reunião como novo ministro do Trabalho, Caio Luiz. Um dos assuntos discutidos é a autorização urgente de novo concurso para o Ministério do Trabalho.

Com relação ao posto de fiscal, os dados do Sinait apontam que o órgão tem mais de 1.300 cargos vagos e cerca de 500 auditores em condições de se aposentar. O presidente do sindicato, Carlos Silva, ressaltou que “não há fiscalização sem fiscais”.

A expectativa é de que ainda em 2018 seja concedida a autorização para o novo concurso do Ministério do Trabalho.

Concurso Ministério do Trabalho: solicitação anterior

O último pedido enviado ao Ministério do Planejamento solicitou a abertura de 2.595 vagas distribuídas em diversos cargos com exigência de níveis médio e superior. Do total de oportunidades requeridas, 1.163 era para a função de agente administrativo, que pede apenas ensino médio e apresenta inicial de R$ 3.881,97, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

CURSO ONLINE MTE - AUDITOR FISCAL DO TRABALHO

As outras 1.432 oportunidades foram para para candidatos com formação superior, sendo 1.190 para a função de auditor-fiscal do trabalho, 85 para administrador, 34 para arquivista, 54 para contador, cinco para engenheiro, cinco para estatístico, três para sociólogo, 26 para psicólogo, dez para técnico em assuntos educacionais, dez para técnico em comunicação social e 12 para economista. Os salários oferecidos chegam a  R$ 16.201,64, contando com o benefício de alimentação.

Principais atribuições do agente e do auditor

Cabe ao agente administrativo exercer atividades que envolvam o suporte administrativo ás unidades organizacionais do órgão, com atuação nas áreas finalísticas, de gestão de pessoas, material, patrimônio, orçamento e finanças, compreendendo tarefas de natureza repetitivas ou não, como operar os sistemas corporativos e governamentais, atender ao público interno e externo por telefone, correio eletrônico ou presencial, elaborar documentos e correspondências, elaborar e analisar informações, certidões, declarações, relatórios e documentos, elaborar e conferir cálculo, realizar atividades relativas à instrução, tramitação e movimentação de processos e documentos, manter e controlar arquivos, orientar a aplicação de noras internas ou de sua área de atuação, participar de reuniões, comissões, grupos e equipes de trabalho, participar do plano de trabalho institucional de sua unidade, realizar levantamento de dados de natureza técnica e atuar na gestão e fiscalização de contratos e convênios. 

No caso de auditor fiscal, entre as atividades estão o cumprimento das disposições legais e regulamentares, inclusive as relacionadas à segurança e medicina do trabalho, no âmbito das relações de trabalho e emprego, verificação dos registros em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), visando à redução dos índices de informalidade, verificação do recolhimento do Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço (FGTS), com o objetivo de maximizar os índices de arrecadação, e cumprimento de acordos, convênios e contratos coletivos de trabalho celebrados entre empregadores e empregados.

Últimos concursos do Ministério do Trabalho

Para agente, o processo seletivo anterior do Ministério do Trabalho ocorreu em 2014 e foi organizada pelo Cespe/UnB. O exame contou com 120 tópicos, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos, além de prova discursiva de conhecimentos específicos.

Em conhecimentos básicos foram cobrados temas de língua portuguesa, noções de informática, noções de direito administrativo, atualidades, ética no serviço público e noções de administração financeira e orçamentária. Em conhecimentos específicos, legislação específica, noções de gestão de pessoas nas organizações, noções de administração de recursos materiais, noções de arquivologia e noções de gestão e fiscalização de contratos e convênios.

Para auditor, o último certame ocorreu em 2013 e também organizado pelo Cespe/UnB. A seleção constou de provas objetivas, exames discursivos e sindicância de vida pregressa. As provas objetivas tiveram 220 perguntas, sendo 100 de conhecimentos básicos e 120 de conhecimentos específicos.   

Vídeos Ministério do Trabalho

Saiba mais sobre o concurso do Ministério do Trabalho


Mais Lidas

Mais Recentes

Atualizado: 01/10/2018 - 14:48

Concurso PGE SC: saiu edital com vagas para procurador

Carreira conta com remuneração inicial de R$ 27,4 mil. Inscrições começam nesta quinta-feira (4)

Bacharéis em direito

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

A Procuradoria Geral do Estado de Santa Catarina (PGE SC) divulgou edital de concurso público para preencher quatro vagas de procurador, além de formar cadastro reserva. A seleção abre inscrições ao meio-dia próxima quinta-feira (4). 

Destinado a profissionais com curso superior em direito, o cargo oferece vencimentos de R$ 27.424 e tem jornada semanal de 40 horas. O ingresso na carreira ocorrerá na classe inicial.

O processo seletivo é organizado pela Fundação de Estudos e Pesquisa Socioeconômicos (Fepese). A banca receberá inscrições até as 16h de 5 de novembro, por meio da página http://pge.fepese.org.br/. O valor da taxa é de R$ 280.

Etapas do concurso de procurador da PGE Santa Catarina

Em 2 de dezembro, na capital, os candidatos realizarão prova objetiva com 100 questões de múltipla escolha. As outras fases da seleção incluem avaliações escrita, oral e de títulos, em datas a serem definidas, de acordo com o edital

O conteúdo programático abrange legislação do Estado de Santa Catarina e conhecimentos em direito constitucional, civil, penal, administrativo, ambiental, tributário, do trabalho, eleitoral e processual (civil, constitucional, administrativo, tributário e do trabalho).  

Cronograma do concurso de procurador da PGE SC

Concurso PGE SC: atribuições do procurador 

a) exercer a representação judicial e extrajudicial do Estado, inclusive com necessidade de viagens para comparecimento a atos judiciais, tais como audiências, vistorias, perícias judiciais e extrajudiciais, constatação sobre as condições dos bens penhorados em execuções fiscais da Fazenda Pública; b) prestar consultoria e assessoramento jurídico ao Estado e nos casos previstos em lei; c) propor a adoção de normas, medidas e procedimentos destinados ao aprimoramento da Procuradoria Geral do Estado e da administração pública; d) transigir e dar ou receber quitações, nos limites da lei; e) desistir e reconhecer a procedência do pedido, na forma de ato normativo expedido pelo Procurador-Geral do Estado; f) requisitar às autoridades administrativas, civis ou militares, aos servidores dos órgãos e entidades da administração pública estadual direta e indireta e aos prestadores de serviços públicos, informações, processos administrativos e documentos em geral, bem como adotar outras medidas necessárias à instrução de processo ou defesa, em juízo ou na esfera administrativa; e g) exercer outras atribuições inerentes à função, definidas em lei ou regimento e cometidas pela respectiva chefia.

Concurso PGE SC: conteúdo programático parcial para procurador

Direito penal - 1 Princípios constitucionais do direito penal. Princípios gerais do direito penal. Aplicação da lei penal. 2 Crime (tipicidade, ilicitude, culpabilidade). Imputabilidade penal. Concurso de pessoas. 3 Penas. Suspensão condicional da pena. Livramento condicional. Medidas de segurança. 4 Efeitos da condenação. Reabilitação. 5 Ação penal e extinção da punibilidade. 6 Crimes contra a pessoa. Crimes contra o patrimônio. Crimes contra a fé pública. Crimes contra a administração pública. Lei das contravenções penais. 7 Ilícito tributário e legislações correlatas. Lei nº 8.137/90. Representação fiscal para fins penais. 8 Lavagem de Dinheiro. Organização Criminosa. 9 Crimes de tortura; crimes de trânsito; crimes de abuso de autoridade; crimes contra o meio ambiente; crimes contra as finanças públicas e a responsabilidade na gestão fiscal.

Direito eleitoral - 1 Conceito e princípios do Direito Eleitoral. 2 Jurisdição Eleitoral: Conceito, Princípios fundamentais. Organização Judiciária Eleitoral. 3 Das Condutas Vedadas aos Agentes Públicos em Campanhas Eleitorais: Lei nº 9.504/97 e jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral. 4 Prazos de desincompatibilização ou afastamento a serem observados por ocupantes de cargos públicos ou funções públicas que desejem concorrer nas eleições: Lei Complementar nº 64/90 e jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral.

Direito ambiental - 1. Princípios do direito ambiental. 2. Tutela constitucional do meio ambiente (Constituição Federal e Estadual). 3. Competência constitucional, administrativa, legislativa e jurisdicional em matéria ambiental. 4. Licenciamento e fiscalização ambiental. Resolução CONAMA nº 237/97. Avaliação Ambiental Integrada. Normas de cooperação para os entes federados em matéria ambiental. Lei Complementar nº 140/11. 5. Plano nacional e estadual de gerenciamento costeiro (Lei nº 7.661/88 e Lei estadual nº 13.553/05). 6. Política nacional do meio ambiente (Lei nº 6.938/81). Código Ambiental de Santa Catarina (Lei Estadual nº 14.675/2009). 7. Sistema nacional e estadual de unidades de conservação da natureza. Lei nº 9.985/00. 8. Políticas nacional e estadual dos recursos hídricos (Lei nº 9.433/97 e Lei estadual nº 9.748/94). 9. Código Florestal (Lei nº 12.651/12). 10. Bioma Mata Atlântica (Lei nº 11.428/06 e Decreto nº 6.660/08). 11. Urbanismo e Meio Ambiente - Estatuto da Cidade (Lei nº 10.257/01). 12. Lei do Parcelamento do Solo Urbano (Lei nº 6.766/79). 13. Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Decreto-Lei nº 25/37). 14. Tombamento - instrumento jurídico de proteção do patrimônio natural e cultural. 15. Políticas nacional e estadual do Saneamento Básico (Lei estadual nº 13.517/05 e Lei nº 11.445/07). 16. Lei dos Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/98 e Decreto federal nº 6.514/08). Política Nacional dos Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/10).

Confira o conteúdo programático completo das provas de procurador da PGE SC
 

Continuar lendo

Atualizado: 01/10/2018 - 13:49

Concurso CRQ SP: inscrições abertas para 520 vagas

Destinadas a profissionais de níveis médio/técnico e superior, carreiras oferecem vencimentos acima de R$ 10,1 mil. Edital tem chances na capital e em cidades do interior e litoral

12 municípios

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

Começaram nesta segunda-feira (1) as inscrições para o concurso do Conselho Regional de Química da 4ª Região (CRQ 4), com jurisdição em São Paulo, destinado a formar cadastro reserva em 520 vagas distribuídas entre a capital e cidades do interior e litoral. 

Profissionais com ensino médio podem concorrer como profissional de serviços técnico-administrativos (PSA) nas áreas de administração (20 - salário de R$ 4.419,55), manutenção predial (20 - R$ 4.419,55), manutenção predial/alvenaria/hidráulica e pintura (20 - R$ 4.419,55) e teleatendimento (20 - R$ 3.657,60).

Além de segundo grau, é necessário possuir formação técnica para disputar as funções de profissional de suporte técnico nas seguintes especialidades: compras (20), financeiro (20), recursos humanos (20), contabilidade (20) e informática (20). Todas as ofertas pagam R$ 5.129,13.  

Curso superior é requisito do concurso do CRQ SP para profissional de atividades estratégicas nas funções de fiscal (240 - R$ 10.117,45), bibliotecário (20 - R$ 7.097,15), analista de sistemas - programação (20 - R$ 7.097,15), analista de sistemas - rede (20 - R$ 7.097,15), advogado (20 - R$ 7.097,15) e jornalista (20 - R$ 7.097,15). 

• APOSTILAS CONCURSO CRQ SP 2018 - DIVERSOS CARGOS

Os vencimentos informados já incluem os valores referentes aos vales refeição e alimentação. Além disso, os contratados terão direito a convênio médico e odontológico, vale transporte e plano de cargos e salários. 

Todas as vagas são para atuar na capital, exceto para fiscal, carreira que também reúne oportunidades em Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba. 

Concurso CRQ SP: inscrição e etapas

Será possível se inscrever até as 23h59 de 12 de novembro, por meio do site do Instituto Quadrix (http://www.quadrix.org.br). São cobradas taxas de R$ 60 (ensino médio), R$ 65 (técnico) e R$ 75 (superior). 

Em 9 de dezembro, os candidatos realizarão provas objetiva e discursiva. A primeira trará 120 questões do tipo 'certo' ou 'errado', enquanto a segunda cobrará a elaboração de um texto contendo entre 15 e 30 linhas. 

Com duração de quatro horas, os exames ocorrerão em Araçatuba, Araraquara, Bauru, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e São Paulo.

O processo seletivo será finalizado com teste prático para fiscal e jornalista. A aplicação está prevista para 16 e/ou 17 de fevereiro, na capital paulista. 

O concurso do CRQ SP terá validade de dois anos, a contar da data de publicação da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério do conselho, conforme prevê o edital

Cronograma do concurso do CRQ SP

Concurso CRQ SP: conteúdo programático parcial

Língua portuguesa - 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Aspectos gerais da redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.

Raciocínio lógico e matemático - 1 Operações, propriedades e aplicações (soma, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação). 2 Princípios de contagem e probabilidade. 3 Arranjos e permutações. 4 Combinações. 5 Conjuntos numéricos (números naturais, inteiros, racionais e reais) e operações com conjuntos. 6 Razões e proporções (grandezas diretamente proporcionais, grandezas inversamente proporcionais, porcentagem, regras de três simples e compostas). 7 Equações e inequações. 8 Sistemas de medidas. 9 Volumes. 10 Compreensão de estruturas lógicas. 11 Lógica de argumentação (analogias, inferências, deduções e conclusões). 12 Diagramas lógicos.

Atualidades - 1 Tópicos relevantes e atuais de diversas áreas, tais como recursos hídricos, segurança, transportes, política, economia, sociedade, educação, saúde, cultura, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e ecologia.

Confira o conteúdo programático completo do concurso do CRQ SP
 

Continuar lendo

Atualizado: 01/10/2018 - 09:34

MP PE abre inscrição de concurso para técnico e analista

Oferta do Ministério Público do Estado de Pernambuco é de 23 vagas e cadastro reserva para cargos de níveis médio e superior

Ganhos de até R$ 4,8 mil

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

Entra em vigor nesta segunda-feira (1) o prazo de inscrição do concurso do Ministério Público do Estado de Pernambuco (MP/PE) para as carreiras de técnico e analista ministeriais. A seleção visa o preenchimento de 23 vagas, sendo duas reservadas a pessoas com deficiência e quatro aos negros. Haverá, ainda, formação de cadastro reserva (CR) para futuras oportunidades. 

Candidatos que concluíram o ensino médio podem disputar a função de técnico ministerial - área administrativa (13 vagas + CR), cujo salário inicial é de R$ 3.171,52. 

• APOSTILAS MP PE 2018 - TÉCNICO / ANALISTA MINISTERIAL

Para quem tem nível superior, a chance do edital é para o cargo de analista ministerial nas áreas jurídica (7 + CR), auditoria (1 + CR), biblioteconomia (1 + CR), documentação (1 + CR), serviço social (CR), arquitetura (CR), medicina (CR), engenharia civil (CR), comunicação social - jornalismo (CR), informática (CR) e pedagogia (CR). A remuneração é de R$ 4.809,54.

A Fundação Carlos Chagas é a empresa responsável pela organização e execução do certame. As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br, até as 14h do dia 26 de outubro. As taxas custam R$ 75 (ensino médio) e R$ 110 (nível superior). 

Concurso MP PE: provas

Todos os participantes serão avaliados por meio de provas objetiva e discursiva (redação). Com duração máxima de quatro horas, os exames serão aplicados na cidade de Recife/PE no dia 2 de dezembro, no período da manhã para o cargo de técnico ministerial e à tarde para analista ministerial. 

• CURSO MP PE 2018 - TÉCNICO /ANALISTA MINISTERIAL

A prova objetiva será composta por 50 questões do tipo múltipla escolha, sendo 20 de conhecimentos básicos (peso 1) e 30 de conhecimentos específicos (peso 3). Já na prova discursiva (redação), o candidato deverá desenvolver texto dissertativo-argumentativo a partir de proposta única, sobre assunto de interesse geral, cuja resposta deverá conter entre 20 e 30 linhas. 

Somente serão avaliadas as provas discursivas dos candidatos habilitados e mais bem classificados na objetiva, no limite estabelecido no quadro abaixo, mais os empates na última posição de classificação e todos os participantes com deficiência habilitados.

Aqueles que pleiteiam o posto de analista ministerial - todas as áreas ainda serão submetidos à análise de títulos.

Atribuições do técnico ministerial - área administrativa do MP PE

Instruir processos administrativos que lhe sejam distribuídos; redigir, preparar e conferir expedientes, correspondências, documentos e comunicações processuais; organizar e manter controles de arquivos, processos, documentos, bens materiais e patrimoniais; requisitar, conferir, guardar, controlar, transportar, armazenar e distribuir documentos e materiais permanentes e de consumo necessários ao funcionamento do Ministério Público; promover o controle e a tramitação de documentos, expedientes, processos e materiais necessários ao funcionamento do Ministério Público; prestar suporte administrativo e operacional necessários ao desenvolvimento das atividades da unidade, inclusive no que se refere à aquisição de produtos e serviços e registros de pessoal; executar tarefas administrativas e de expediente e realizar diligências de interesse das Promotorias e Procuradorias de Justiça; organizar e manter controle de documentos, processos e arquivos, bem como de bens patrimoniais; acompanhar a compra, conferir, guardar, controlar material permanente, de consumo e de serviço, volumes e equipamentos operacionais; comunicar à chefia imediata qualquer falha, defeito ou avaria detectada em materiais, equipamentos e instalações, visando providenciar seu conserto; organizar, conferir, guardar, controlar, transportar, armazenar e distribuir processos, documentos, material permanente, de consumo e de serviço, volumes e equipamentos operacionais; prestar suporte administrativo e operacional necessários ao desenvolvimento das atividades da unidade, inclusive no que se refere a transporte de documentos, aquisição de produtos e serviços, registros de pessoal e segurança de pessoas; prestar informações sobre o órgão e a localização de unidades e servidores; executar outros trabalhos técnicos ou administrativos inerentes à sua área de atuação, designados por autoridade competente.
 

Continuar lendo

Atualizado: 28/09/2018 - 14:34

Aberto concurso para 19 vagas em Comercinho MG

Inscrições serão recebidas até 10 de outubro. Prova está marcada para 11 de novembro

Todos os níveis

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

A Prefeitura de Comercinho, no Estado de Minas Gerais, abriu concurso público destinado a preencher 19 vagas imediatas, além de formar cadastro reserva.  

As ofertas de nível fundamental são para assistente administrativo (1 posto e salário de R$ 1.021,94), auxiliar de laboratório (1), auxiliar de serviços gerais (3 - R$ 954), gari (2 - R$ 954), motorista (1 - R$ 1.028,45), operador de máquinas (1 - R$ 1.287,88) e pedreiro (2 - R$ 1.021,94). 

Com ensino médio é possível disputar os cargos de agente administrativo (1 - R$ 1.201,94), auxiliar de faturamento (1 - R$ 1.021,94), monitor de creches (4 - R$ 954) e recepcionista (1 - R$ 954).

O emprego de procurador assistente (1 - R$ 2.745,63) tem como requisitos curso superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).   

Concurso Prefeitura Comercinho: inscrição e etapas

Disponíveis até 10 de outubro, as inscrições podem ser registradas pela internet (www.gazzinelliconsultoria.com.br) ou presencialmente na Prefeitura de Comercinho (em dias úteis, das 7h às 11h e das 13h às 17h). As taxas variam de R$ 47 a R$ 137. 

Marcada para 11 de novembro, a prova objetiva cobrará a resolução de 40 questões de múltipla escolha. A seleção prevê, ainda, teste prático para operador de máquinas, com aplicação em 9 de dezembro. 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Comercinho terá validade de dois anos, a contar da data de homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério do governo municipal. 

Concurso Prefeitura Comercinho: atribuições de alguns cargos


 

Continuar lendo

Atualizado: 28/09/2018 - 09:09

Concurso Cref BA: 190 vagas e últimos dias de inscrição

Edital tem chances para assistente administrativo, motorista, agente de orientação e fiscalização, advogado, contador e secretária executiva

Seis cargos

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

Com jurisdição no Estado da Bahia, o Conselho Regional de Educação Física da 13ª Região (Cref BA) encerra às 23h59 da próxima quinta-feira (4) as inscrições para o concurso público destinado a preencher 190 vagas.

 

Do total de postos em disputa, sete são para contratação imediata e 183 para formação de cadastro reserva (CR). Todas as funções têm lotação na sede do órgão, em Salvador. 

 

O edital apresenta oportunidades de nível médio para motorista (1 chance + 29 CR) e assistente administrativo (4 + 46 CR). 

 

Curso superior é requisito para agente de orientação e fiscalização (1 + 29 CR), analista advogado (1 + 29 CR), analista contador (25 CR) e secretária executiva (25 CR).  

• APOSTILAS CONCURSO CREF BA 2018 - CARGOS DE NÍVEIS MÉDIO E SUPERIOR

O Cref BA oferece salários iniciais entre R$ 1.390,50 e R$ 3.722,63, além de vale-refeição (R$ 21,19 ou R$ 28,25 por dia trabalhado, a depender da carga horária), assistência médica, seguro de vida e vale-transporte. 

 

 

Concurso Cref BA: inscrição e etapas

 

 

As inscrições devem ser registradas pelo site do Instituto Quadrix (http://www.quadrix.org.br), mediante o pagamento de taxa no valor de R$ 55 (ensino médio) ou R$ 65 (superior).   

 

A seleção envolverá provas objetiva (todos os cargos) e de redação (exceto para motorista), com aplicação prevista para 21 de outubro, na capital. Os candidatos terão quatro horas para completar as avaliações.  

 

De acordo com o edital, o concurso do Cref BA será válido por dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do conselho.

 

 

Concurso Cref BA: conteúdo programático parcial

 

 

Língua portuguesa - 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Aspectos gerais da redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.

 

Raciocínio lógico e matemático - 1 Operações, propriedades e aplicações (soma, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação). 2 Princípios de contagem e probabilidade. 3 Arranjos e permutações. 4 Combinações. 5 Conjuntos numéricos (números naturais, inteiros, racionais e reais) e operações com conjuntos. 6 Razões e proporções (grandezas diretamente proporcionais, grandezas inversamente proporcionais, porcentagem, regras de três simples e compostas). 7 Equações e inequações. 8 Sistemas de medidas. 9 Volumes. 10 Compreensão de estruturas lógicas. 11 Lógica de argumentação (analogias, inferências, deduções e conclusões). 12 Diagramas lógicos.

 

Ética no serviço público - 1 Ética e moral. 2 Ética, princípios e valores. 3 Ética e democracia: exercício da cidadania. 4 Ética e função pública. 5 Ética no Setor Público. 6 Decreto nº 1.171/94.

 

Legislação - 1 Resolução CONFEF nº 307/2015: Dispõe sobre o Código de Ética dos Profissionais de Educação Física registrados no Sistema CONFEF/CREFs. 2 Regimento Interno do CREF-13/BA. 3 Estatuto do CREF-13/BA. 4 Acesso à Informação: Lei nº 12.527/2011; Decreto nº 7.724/2011.

 

Confira o conteúdo programático completo para o concurso do Cref BA
 

Continuar lendo

Atualizado: 27/09/2018 - 15:13

Concurso CRMV ES: vagas de níveis médio e superior

O edital do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Espírito Santo tem duas vagas e cadastro reserva para os cargos de agente administrativo, agente de fiscalização, auxiliar de serviços gerais e advogado

Ganhos de até R$ 3,5 mil

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Espírito Santo (CRMV/ES) abriu as inscrições do concurso público que visa o provimento de duas vagas. A seleção ainda formará cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades. 

Quem tem o ensino médio pode disputar as funções de agente administrativo (1 vaga + CR), agente de fiscalização (1 + CR) e auxiliar de serviços gerais (CR). Os respectivos salários iniciais são de R$ 1.496,07, R$ 1.562 e R$ 1.093,48.

O cargo de advogado exige o nível superior em direito, registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e que o candidato comprove cinco ações em que tenha atuado. A remuneração é de R$ 3.500. 

Além dos vencimentos, o CRMV/ES ainda oferece para os seus servidores os seguintes benefícios: plano de saúde; R$ 320 de auxílio-creche; R$ 620 de ticket-alimentação; e R$ 24 por dia de ticket-restaurante.

Concurso CRMV ES: inscrições e provas

Interessados devem preencher a ficha cadastral no endereço eletrônico www.ibade.org.br e efetuar o pagamento da taxa, nos valores de R$ 65 (ensino médio) e R$ 80 (nível superior). O prazo para registro das candidaturas se encerrará no dia 5 de novembro. 

Serão aceitas inscrições para mais de um cargo, desde que a prova objetiva seja aplicada em turnos distintos, especificados a seguir: período da manhã para agente de fiscalização e auxiliar de serviços gerais; e à tarde para advogado e agente administrativo. 

Todos os participantes serão avaliados por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela contemplará questões do tipo múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, raciocínio lógico, noções de informática, legislação, atualidades e/ou conhecimentos específicos. 

O exame será aplicado na cidade de Vitória/ES no dia 9 de dezembro, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado a partir do dia 4 desse mesmo mês. 

A prova discursiva, eliminatória e classificatória, será realizada apenas pelos inscritos ao cargo de advogado na mesma data da objetiva. Somente serão corrigidas as provas dos aprovados na objetiva, até a 20ª posição. 

A etapa final do concurso será a análise de títulos, unicamente classificatória, exclusiva para o emprego de advogado. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 27/09/2018 - 11:16

Concurso TJ BA: publicado edital com 50 postos de juiz

As chances no Tribunal de Justiça da Bahia são para candidatos que têm nível superior em direto e, no mínimo, três anos de atividade jurídica

Salário de R$ 23,2 mil

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

Foi publicado o edital de abertura das inscrições do concurso público do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ/BA) para a função de juiz de direito substituto. A seleção visa o provimento de 50 vagas, sendo três reservadas a candidatos com deficiência e 15 aos negros, além de formação de cadastro de reserva de eventuais oportunidades. 

A carreira exige diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em direito, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), três anos de atividade jurídica exercida após a obtenção do grau de bacharel e idade mínima de 21 anos e máxima de 65 anos na data da posse. 

A remuneração inicial mensal oferecida pelo TJ/BA ao juiz de direito substituto é de R$ 23.284,14. 

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) é o responsável pela organização e execução do certame. A inscrição preliminar será recebida no período das 10h do dia 4 de outubro até as 18h de 5 de novembro, exclusivamente pela internet, através do site www.cespe.unb.br/concursos/tj_ba_18_juiz

Será cobrada uma taxa de participação, no valor de R$ 230, e o seu pagamento deverá ser efetuado até a data limite 6 de novembro, observado o horário de funcionamento da agência bancária. 

Concurso TJ BA: informações sobre as provas

A primeira etapa a ser disputada pelos candidatos será a prova objetiva seletiva, de caráter classificatório e eliminatório. Ela será composta de 100 questões do tipo múltipla escolha divididas entre três blocos. 

Com cinco horas de duração, a avaliação será aplicada na data prevista de 13 de janeiro de 2019, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado a partir do dia de dezembro. 

O concurso do TJ/BA ainda contará com as seguintes fases: duas provas escritas (discursiva de questões e prática de sentença cível e criminal); inscrição definitiva; sindicância da vida pregressa e investigação social; exames de sanidade física e mental; exame psicotécnico; prova oral; e análise de títulos.

Confira na tabela abaixo todas as etapas e avaliações a serem realizadas: 


 

Continuar lendo

Atualizado: 27/09/2018 - 10:30

Concurso Creci GO: inscrições abertas para 190 vagas

Com salários até R$ 2,7 mil, edital reúne cargos de níveis médio e superior para áreas de administração, fiscalização, direito, ciências contábeis, recursos humanos e tecnologia

Na capital

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

No Estado de Goiás, o Conselho Regional de Corretores de Imóveis da 5ª Região (Creci GO) está com inscrições abertas para concurso público destinado a preencher 190 vagas na capital. No total, são 21 postos para contratação imediata e 169 para cadastro reserva (CR). 

Quem possui ensino médio pode concorrer como profissional de suporte administrativo (11 postos + 39 CR). A remuneração é de R$ 1.984,43.

As carreiras de nível superior são para profissional de fiscalização (6 + 34 CR) e profissional de suporte técnico nas áreas de direito (1 + 24 CR), ciências contábeis (1 + 24 CR), recursos humanos (1 + 24 CR) e tecnologia da informação (1 + 24 CR), com ganhos de R$ 2.748,18.

• APOSTILAS CONCURSO CRECI GO 2018 - DIVERSOS CARGOS

Os vencimentos informados já incluem o auxílio alimentação diário de R$ 35 (R$ 770 no mês, considerando 22 dias trabalhados). Além disso, os contratados terão direito a convênio médico e odontológico, vale transporte e plano de cargos e salários.

Concurso Creci GO: inscrição e etapas

Será possível se inscrever até as 23h59 de 7 de novembro, mediante o registro de cadastro no site do Instituto Quadrix (http://www.quadrix.org.br/). As taxas custam R$ 50 (suporte administrativo) e R$ 58 (demais funções).

Em 9 de dezembro, na capital, os candidatos realizarão provas objetiva e discursiva. A primeira trará 120 questões do tipo 'certo' ou 'errado', enquanto a segunda cobrará a elaboração de um texto dissertativo com até 30 linhas. 

O conteúdo programático inclui língua portuguesa, informática, língua inglesa, atualidades, ética no serviço público, direito constitucional, direito administrativo e conhecimentos específicos, variando as disciplinas conforme o cargo.

A seleção inclui, ainda, análise de títulos para os concorrentes aos postos de nível superior. Os documentos (diplomas de especialização, mestrado e doutorado) deverão ser encaminhados à banca, via Sedex, entre 20 e 22 de fevereiro. 

O concurso do Creci GO terá validade de dois anos, a contar da data de divulgação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério do conselho, conforme prevê o edital.

Concurso Creci GO: atribuições do profissional de suporte administrativo

Concurso Creci Go: conteúdo programático parcial

Língua portuguesa - 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Aspectos gerais da redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.

Informática (exceto para o cargo: PSTE-PROFISSIONAL DE SUPORTE TÉCNICO-TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO) - 1 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática: tipos de computadores, conceitos de hardware e de software, instalação de periféricos. 2 Edição de textos, planilhas e apresentações (ambiente Microsoft Office, versões 2010, 2013 e 365). 3 Noções de sistema operacional (ambiente Windows, versões 7, 8 e 10). 4 Redes de computadores: conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. 5 Programas de navegação: Mozilla Firefox e Google Chrome. 6 Programa de correio eletrônico: MS Outlook. 7 Sítios de busca e pesquisa na Internet. 8 Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. 9 Segurança da informação: procedimentos de segurança. 10 Noções de vírus, worms e pragas virtuais. 11 Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, antispyware etc.). 12 Procedimentos de backup.

Língua inglesa (somente para o cargo: PSTE-PROFISSIONAL DE SUPORTE TÉCNICO-TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO) - 1 Compreensão de textos escritos em língua inglesa. 2 Itens gramaticais relevantes para compreensão dos conteúdos semânticos.

Ética no serviço público - 1 Ética e moral. 2 Ética, princípios e valores. 3 Ética e democracia: exercício da cidadania. 4 Ética e função pública. 5 Ética no Setor Público. 6 Decreto nº 1.171/1994.

Atualidades (apenas para o cargo de nível médio) - 1 Tópicos relevantes e atuais de diversas áreas, tais como recursos hídricos, segurança, transportes, política, economia, sociedade, educação, saúde, cultura, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e ecologia. 

Direito constitucional (apenas para os cargos de nível superior) - 1 Constituição. 1.1 Conceito, classificações, princípios fundamentais. 2 Direitos e garantias fundamentais. 2.1 Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, nacionalidade, cidadania, direitos políticos. 3 Administração Pública. 3.1 Disposições gerais, servidores públicos.

Direito administrativo (apenas para os cargos de nível superior) - 1 Direito Administrativo. 2 Princípios do Direito Administrativo. 3 Administração Direta e Indireta. 4 Atos Administrativos. 5 Bens Públicos. 6 Responsabilidade do Estado. 7 Lei nº 9.784/1998.

Confira o conteúdo programático completo para o concurso do Creci GO

Continuar lendo

Atualizado: 26/09/2018 - 14:47

Câmara de Vargem SP: concurso com vaga para procurador

As inscrições já estão abertas e serão recebidas até o dia 30 de outubro. O salário inicial oferecido é de R$ 2,6 mil

Nível superior

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

Encontram-se abertas as inscrições do concurso público da Câmara Municipal de Vargem, localizada no Estado de São Paulo. A seleção visa o provimento de uma vaga para o cargo de procurador legislativo, sob regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). 

A carreira exige diploma de conclusão de curso de nível superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A remuneração inicial é de R$ 2.673,46 para carga horária semanal de 20 horas. 

Para participar basta preencher o formulário de inscrição no endereço eletrônico www.dedalusconcursos.com.br e efetuar o pagamento da taxa, no valor de R$ 70. O prazo para registro das candidaturas se encerrará no dia 30 de outubro. 

O certame será constituído de provas objetiva e subjetiva, a serem realizadas na data prevista de 25 de novembro, além de análise de títulos. 

A prova objetiva será composta por 30 questões do tipo múltipla escolha, sendo dez de língua portuguesa (peso 2) e 20 de conhecimentos específicos (peso 3). Já a prova subjetiva contará com uma questão sobre conhecimentos específicos e a resposta deverá conter entre cinco e dez linhas. 

Atribuições do procurador da Câmara de Vargem SP

Minutar e analisar contratos, termos de compromisso e de responsabilidade, editais e demais atos licitatórios em que for parte a câmara municipal assistindo e elaborando pareceres; assessorar e instruir procedimentos disciplinares e sindicâncias; elaborar pareceres e manifestações jurídicas em processos administrativos internos ou externos interpretando as normas legais visando esclarecer inclusive os diretos e deveres dos servidores; elaborar estudos e pareceres para as divisões administrativas da câmara municipal, sempre que solicitado, sobre as questões procedimentais, financeiras, controle interno, recursos humanos e outras que se fizerem, necessárias; atuar judicial e administrativamente na defesa dos interesses e prerrogativas da Câmara Municipal de Vargem independentemente de prévia solicitação e autorização quando a finalidade for evitar a malversação de recursos públicos no âmbito da câmara; atuar em juízo na defesa do poder legislativo, judicial ou extrajudicialmente, acompanhando o processo, redigir petições e executar demais funções ligadas à sua área que requeiram a atuação jurídica, por determinação da mesa diretora em que estiverem presentes interesses do Poder Legislativo; atuar judicial e administrativamente na defesa dos interesses e prerrogativas mediante prévia solicitação e autorização da mesa, na defesa judicial dos vereadores no tocante aos atos praticados no exercício de suas prerrogativas; amparar juridicamente o Poder Legislativo nas defesas a serem realizadas junto ao TCE; manter a presidência da câmara municipal, mesa diretora e setores administrativos informados sobre os processos em andamento, providências adotadas e despachos proferidos; estudar processos de aquisição, transferência ou alienação de bens, em que for interessado o Poder Legislativo, examinando toda a documentação concernente à transação; acompanhar os processos de realização de concurso público; elaborar proposições ou assessorar juridicamente os vereadores na elaboração legislativa; assessorar juridicamente as Comissões permanentes, as Comissões parlamentares de inquérito, comissões de representação, comissões de estudo, comissões especiais e comissões processantes, instauradas no curso dos trabalhos legislativos, visando assegurar a legalidade de seus atos e decisões até a elaboração do relatório final; exercer outras atividades correlatas.

Continuar lendo

Atualizado: 26/09/2018 - 13:14

Gaúcha do Norte MT: concurso tem duas vagas na Câmara

Chances são para analista de controle interno e advogado, ambas com vencimentos de R$ 4,3 mil. Inscrições vão até 5 de outubro

Nível superior

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

A Câmara de Gaúcha do Norte, em Mato Grosso, abriu concurso público destinado a preencher duas vagas de nível superior no Legislativo, além de formar cadastro reserva.  

Há oportunidades para analista de controle interno e advogado, ambas com vencimentos iniciais de R$ 4.307,23 e jornada semanal de 40 e 20 horas, respectivamente.

Disponíveis até 5 de outubro, as inscrições devem ser registradas pelo site www.camaragauchadonorte.com.br. O valor da taxa é de R$ 150. 

Em 4 de novembro, os candidatos realizarão prova objetiva com 40 questões sobre português, matemática, informática e conhecimentos gerais e específicos. 

O concurso da Câmara de Gaúcha do Norte terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Legislativo, conforme estabelece o edital

Concurso Câmara Gaúcha do Norte: conteúdo programático parcial

Língua portuguesa - 1. Leitura e interpretação de textos descritivos, dissertativos, narrativos; gênero de textos; coesão textual; coerência textual; sinonímia, homonímia e paronímia; figuras de linguagem; vícios de linguagem. 2. Ortografia. 3. Acentuação gráfica e tônica; acentuação das oxítonas, paroxítonas e proparoxítonas; acento diferencial; acentuação dos hiatos; acentuação dos ditongos. 4. Morfologia: estrutura e formação de palavras, processos de formação de palavras; classes de palavras: verbo, substantivo, artigo, pronome, preposição, conjunção, adjetivo, advérbio, interjeição e numeral. 5.Sintaxe: termos essenciais da oração (sujeito e predicado), termos integrantes da oração (objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, agente da passiva), termos acessórios da oração (aposto, adjunto adnominal, adjunto adverbial), termo independente (vocativo); orações coordenadas e orações subordinadas; concordância nominal e verbal; regência nominal e verbal; uso da crase; pontuação.

Matemática - Unidades de medida: comprimento, superfície, volume, massa, tempo e ângulo. Noções de matemática financeira. Proporcionalidade. Regra de três simples e composta. Média aritmética simples e ponderada. Porcentagens, juros simples e compostos. Progressões aritméticas e geométricas. Geometria analítica: ponto, reta, circunferências. Funções: domínio, imagem e gráfico. Funções do 1.º e 2.º graus. Análise combinatória: princípio fundamental da contagem.

Informática - Introdução à informática e tecnologia: História dos computadores; Conceitos sobre sistemas operacionais, hardware e software; Sistema operacional Windows – Windows Explorer, pastas, arquivos, acessórios, personalização (resolução de tela, temas); Windows – ferramentas: antivírus, desfragmentador, backup, scandisk, painel de controle; Navegação na internet; Power Point; Publisher Softwares aplicativos: Word - formatação de texto, inserção de figuras, configuração de página, cabeçalho, número de páginas, colunas, capitulação, tabelas, mala-direta, referências: notas, legenda, referência cruzada, índice analítico; Fundamentos de sistemas de informação; Access - criação de banco de dados, criação de tabelas (registros, campos, chave primária, tipos de dados, propriedades); criação de consultas; criação de formulários e relatórios; Relacionamentos; Consulta em mais de uma tabela. Excel – formatação manual e automática de dados, proteção de planilha, configuração para impressão, Classificação de dados, filtro padrão, filtro avançado, funções: SOMA, MÉDIA, MÁXIMO, MÍNIMO; Funções condicionais: SE, CONT. SE, SOMASE; Função PROCV; Criação de gráficos Ferramentas e tecnologias para internet: Pesquisas, busca avançada, Navegação em sites, Ferramentas de Criação de blogs – blogger, wordpress; Ferramentas para criação de wikis: Wetpaint, Tiddlyspot, Pbworks; HTML – estrutura do documento, tags para formatação de texto; HTML – imagem, links, vídeo, áudio, letreiro , tabelas e frames; Criação de conta em servidor gratuito; Projeto de site.
 

Continuar lendo

Atualizado: 26/09/2018 - 10:26

Prefeitura de Lupércio SP abre concurso com 24 vagas

Oportunidades são destinadas a profissionais de todas as escolaridades. Inscrições seguem disponíveis até 14 de outubro

Interior paulista

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

A Prefeitura de Lupércio, no interior do Estado de São Paulo, abriu concurso público para preencher 24 vagas imediatas em carreiras de todas as escolaridades.
 
Para concorrer aos cargos de serviços gerais (1 posto e remuneração de R$ 1.055,74) e vigia (1 - R$ 1.055,74) basta possuir ensino fundamental incompleto.  

São disponibilizadas chances de nível médio/técnico para agente de saúde (4 - R$ 1.159,58), atendente (1 - R$ 1.192,01), atendente de consultório dentário (1 - R$ 1.116,33), escriturário (1 - R$ 1.505,56), lançador (1 - R$ 1.992,10), monitor (1 - R$ 1.116,33), motorista CNH "D" (1 - R$ 1.159,58), técnico agrícola (1 - R$ 1.613,68), técnico em contabilidade (2 - R$ 1.829,92) e técnico de enfermagem (1 - R$ 1.202,82).

As oportunidades com exigência de curso superior são destinadas a cirurgião dentista (2 - R$ 1.938,04), fisioterapeuta (1 - R$ 1.829,92), procurador jurídico (1 - R$ 3.127,33) e professor nas áreas de educação infantil (1), ensino fundamental (1), artes (1) e educação física (1), com ganhos de R$ 13,74 por hora/aula.

Como benefícios, o município concede vale-alimentação de R$ 350 e abono salarial no valor de R$ 65.  

Concurso Prefeitura Lupércio: inscrição e etapas

Será possível se inscrever até 14 de outubro, por meio do site da banca organizadora Prime (www.primeconcursospublicos.com.br). As taxas custam R$ 30 (nível fundamental), R$ 50 (médio/técnico) e R$ 75 ou R$ 100 (superior). 

A prova objetiva cobrará a resolução de 40 questões de múltipla escolha. A aplicação ocorrerá em 4 de novembro, a partir das 9h, na escola Izidoro Daun (rua Manoel Quito, 600, centro). 

O conteúdo programático inclui língua portuguesa, matemática, informática e conhecimentos específicos, variando as disciplinas de acordo com a vaga. 

Haverá também avaliação de títulos para dentista, fisioterapeuta, procurador e professor. Os documentos devem ser protocolados durante o período de inscrição. 

O concurso da Prefeitura de Lupércio terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital.

Concurso Prefeitura Lupércio: atribuições do profissional de serviços gerais

Realizar limpeza nas dependências internas e externas dos próprios municipais, higiene, limpeza e conservação de locais, móveis, utensílios e equipamentos; outras tarefas correlatas determinadas pelo superior hierárquico onde o servidor estiver desempenhando suas funções.
 

Continuar lendo

Atualizado: 26/09/2018 - 09:06

Concurso Emater MG: saiu gabarito da prova objetiva

Com ofertas na capital e em outras 11 regiões do Estado, seleção preencherá postos com salários de até R$ 5,6 mil, além de benefícios

97 vagas

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

Os participantes do concurso da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater) já podem consultar aqui o gabarito da prova objetiva, realizada no último domingo (23). A seleção preencherá 97 vagas, além de formar cadastro reserva.

 

Houve aplicação nos municípios de Belo Horizonte, Alfenas, Curvelo, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Patos de Minas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba e Viçosa.

 

As ofertas de ensino médio/técnico são para assistente administrativo (22 postos), produtor de VT e audiovisuais - cinegrafista e editor de imagens (1), auxiliar técnico - suporte em informática (1) e extensionista agropecuário I (21). Os salários ficam entre R$ 2.330,61 e R$ 2.907,23. 

 

Há cargos de nível superior para extensionista agropecuário - engenharia agronômica (20), extensionista agropecuário - zootecnia (2), extensionista bem-estar social (9), analista de sistemas (2), assessor jurídico (3), auditor (2) e assistente técnico nas áreas de administração de empresas (1), arquitetura e urbanismo (1), ciências contábeis (5), comunicação social (1), designer gráfico (1), engenharia de alimentos (1), engenharia de produção (1), ciência e tecnologia de laticínios (1), geografia (1) e psicologia (1). Os vencimentos variam de R$ 4.273,44 a R$ 5.671,67. 

 

Como benefícios, a Emater concede aos servidores: plano de saúde, plano odontológico, previdência privada, seguro de vida e vale alimentação e/ou vale refeição.

• APOSTILA CONCURSO EMATER/MG 2018 - ASSISTENTE ADMINISTRATIVO II

As oportunidades estão distribuídas entre a capital e as macrorregiões de Alfenas, Belo Horizonte, Curvelo, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Patos de Minas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba e Viçosa.

 

Como participar do concurso da Emater MG 2018

 

As inscrições foram recebidas até 10 de agosto, por meio do endereço eletrônico da banca Gestão Concurso (www.gestaoconcurso.com.br). As taxas custaram R$ 60 (ensino médio) e R$ 90 (superior).

• APOSTILA CONCURSO EMATER/MG 2018 - ASSISTENTE ADMINISTRATIVO II

Candidatos que se inscreveram entre março e abril de 2016, antes da suspensão do certame, permaneceram com o registro de participação válido. Esses concorrentes precisaram apenas atualizar os dados cadastrais no site da empresa organizadora. 

 

Prova do concurso Emater MG 2018

 

Com duração de quatro horas, a prova objetiva teve 50 questões de múltipla escolha para funções de nível médio e 60 para postos com exigência de curso superior. 

 

O conteúdo programático previa língua portuguesa, matemática, raciocínio lógico, informática e conhecimentos específicos, variando as disciplinas conforme o cargo em disputa.

 

De acordo com o edital, o concurso da Emater terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério da instituição.

 

Atribuições do assistente administrativo no concurso da Emater MG

 

Exercer atividade de suporte administrativo às unidades organizacionais, elaborando e controlando prestação de contas, balancetes e demais atividades administrativas da Unidade, promovendo a organização, funcionamento, manutenção e controle na área de material, patrimônio, transporte, finanças, pessoal e áreas afins.

 

Concurso Emater 2018: atribuições do extensionista agropecuário

 

Atuar como técnico de nível médio em agropecuária e de acordo com sua habilitação legal na prestação de serviços aos clientes da Empresa; participar da elaboração, execução e acompanhamento dos programas municipais de assistência técnica e extensão rural dos municípios atendidos pela Empresa; Auxiliar na elaboração de projetos, realizando levantamentos, orçamentos e avaliações necessárias a sua conclusão; prestar assistência técnica aos clientes, acompanhando-os e orientando-os nos projetos elaborados.

Continuar lendo

Atualizado: 25/09/2018 - 15:54

Prefeitura de Caruaru PE abre concurso para procurador

Oferta do edital é de dez vagas para candidatos que têm nível superior em direito e dois anos de atividade jurídica

Salário de R$ 4 mil

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

Encontram-se abertas as inscrições do concurso público da Prefeitura de Caruaru, localizada no Estado de Pernambuco. Sob organização da Fundação Carlos Chagas, a seleção visa o provimento de dez postos de procurador do município. 

Para ingressar na carreira é necessário possuir nível superior em direito, registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e, no mínimo, dois anos de exercício comprovado da advocacia. A remuneração inicial oferecida é de R$ 4.000. 

Interessados em concorrer a uma das ofertas devem se inscrever no endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br. O valor da taxa de participação é de R$ 136. O prazo para registro das candidaturas se encerrará às 14h do dia 19 de outubro. 

Concurso Prefeitura de Caruaru PE: provas

O certame será constituído das seguintes etapas: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório; prova discursiva, eliminatória e classificatória; e análise de títulos, unicamente classificatória. 

A prova objetiva será composta por 100 questões do tipo múltipla escolha, sendo 15 de direito constitucional, 15 de direito administrativo, 15 de direito do trabalho e direito processual do trabalho, 15 de direito financeiro e direito tributário, dez de direito civil, dez de direito processual civil, oito de direitos difusos e coletivos, seis de direito ambiental e direito agrário e seis de direito penal e direito processual penal. 

Com cinco horas de duração, a avaliação objetiva será aplicada na cidade de Caruaru/PE no dia 18 de novembro, no período da manhã, em locais e horários a serem divulgados em momento oportuno. 

Serão convocados para a prova discursiva os candidatos habilitados na objetiva, até a 120ª posição, respeitados os empates nesta última colocação. Ela será composta de uma peça processual sobre direito processual civil, direito constitucional, direito administrativo, direitos difusos e coletivos, direito tributário e direito civil, além de duas questões discursivas sobre direito constitucional, direito administrativo e direito tributário. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 25/09/2018 - 15:50

Câmara de Joanópolis SP realiza concurso para procurador

Candidatos devem possuir curso superior em direito e registro na OAB. Legislativo oferece salário inicial de R$ 4,2 mil

Uma vaga

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

A Câmara de Joanópolis, no interior do Estado de São Paulo, abriu concurso público para contratação de um procurador jurídico.

Com salário de R$ 4.291,21, o cargo é destinado a profissionais com curso superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). 

Será possível se inscrever até 11 de outubro, mediante a realização de cadastro no site www.directacarreiras.com.br. O valor da taxa é de R$ 65.

Marcada para 11 de novembro, a prova objetiva apresentará 40 questões abordando língua portuguesa, matemática, informática e conhecimentos específicos.

Na mesma data, os candidatos poderão entregar a documentação relativa à análise de títulos (diplomas de especialização, mestrado e doutorado).  

O concurso da Câmara de Joanópolis terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Legislativo, conforme estabelece o edital.

Concurso Câmara Joanópolis: o que estudar para a prova

Língua portuguesa - Compreensão e interpretação de textos. Tipologia textual. Paráfrase, perífrase, síntese e resumo. Processos de coesão textual. Sintaxe de construção: coordenação e subordinação. Emprego das classes de palavras. Morfossintaxe: estrutura e formação de palavras. Emprego das classes de palavras. Concordância. Regência. Significação literal e contextual dos vocábulos. Pontuação. Ortografia oficial; Concordância Verbal; Concordância Nominal; Regência Verbal; Regência Nominal.

Matemática - Números inteiros e racionais: Operações. Problemas. Múltiplos e divisores de números naturais. Problemas. Sistema decimal de medidas, sistema de medidas do tempo, sistema monetário brasileiro, medidas de comprimento, superfície, volume e massa. Problemas. Razões, proporções, regra de três simples e porcentagem. Problemas. Geometria: perímetros, áreas e volumes. Problemas. Raciocínio Lógico-Matemático. Equação de 2º grau: resolução das equações completas, incompletas, problemas do 2º grau; Relação e Função: domínio, contradomínio e imagem; Razão e Proporção; Grandezas Proporcionais; Fatoração de expressão algébrica; Expressão algébrica – operações; Expressões fracionárias – operações - simplificação; Progressão Aritmética (PA) e Progressão Geométrica.

Informática - Conceitos básicos de software e hardware. Noções do ambiente Windows 7 (Seven). Microsoft Office Word e Excel 2010 ou superior. Conceitos de internet e intranet. Internet Explorer. Correio eletrônico (webmail). Cópias de segurança (backup). Conceito e organização de arquivos (pastas/diretórios). Noções básicas de armazenamento de dados.

Conhecimentos específicos - Direito Administrativo - Fontes do Direito Administrativo e princípios básicos. Administração Pública (estrutura administrativa, conceito e poderes do Estado, entidades políticas e administrativas, espécies de agentes públicos). Atividade Administrativa (conceito, natureza e fins, princípios básicos). Organização Administrativa (Administração direta e indireta). Ato Administrativo (conceito, requisitos, atributos, classificação, invalidação). Contratos Administrativos (contratos, formalização, execução). Serviços Públicos, Servidores Públicos. Bens Públicos. Controle da Administração Pública (controle administrativo e judiciário). Responsabilidade Civil da Administração. Direito Trabalhista - Noções gerais sobre direito do trabalho; conceitos empregador, empregado, trabalhador autônomo, eventual, avulso e temporário; Contrato de Trabalho; Regime Celetista; Regime Estatutário; Contrato de Experiência; Trabalhador com Deficiência; Atestado de Saúde Ocupacional; Insalubridade; Periculosidade; Jornada de Trabalho; Faltas Justificadas; Suspensão e Interrupção do Contrato de Trabalho; Rescisão de Contrato de Trabalho; Trabalho da Mulher; Licença Maternidade; Compensação de Horas de Trabalho; Acidente de Trabalho; Transferência de Empregado; Assédio Moral; Emprego em comissão; Terceirização na Administração Pública; Alteração do contrato de trabalho na Administração Pública; Equiparação salarial de empregados públicos e desvio funcional. Direito Constitucional – Noções gerais sobre direito Constitucional, Constituição. Conceito. Classificação. Cláusulas Pétreas. Constitucionalismo. Constituições Brasileiras. Fenômenos Constitucionais. Eficácia das Normas Constitucionais. Princípios Fundamentais da República Federativa do Brasil. Direitos e garantias fundamentais. Direitos e garantias fundamentais (direito de nacionalidade e direitos políticos) Organização dos Poderes: Poder Legislativo; Organização dos Poderes: Poder Executivo; Organização dos Poderes: Poder Judiciário; Funções Essenciais à Justiça. Da organização político-administrativa do Estado. Administração Pública, Ordem Social. Controle de Constitucionalidade. LEGISLAÇÃO: Constituição Federal - Arts. 29 à 31 / 37 à 43 / 59 à 69/ 70 à 75 / 145 à 152/ 156 / 163 a 169; CLT: Consolidação das Leis do Trabalho, título IV - Do contrato individual de trabalho – Todos os capítulos; Lei 8.429/92 - Dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências; Lei Federal nº 8.666/93 - Institui normas para licitações e contratos da administração pública. Art. 54 a 108; Lei nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011 - Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5o, no inciso II do § 3o do art. 37 e no § 2o do art. 216 da Constituição Federal; altera a Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei no 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei no 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências; Lei Orgânica do Município; Regimento Interno da Câmara de Joanópolis; Obs. A Lei Orgânica e o Regimento Interno encontram-se no site da Câmara: www.camarajoanopolis.sp.gov.br.

Concurso Câmara Joanópolis: atribuições do procurador jurídico

 

Continuar lendo

Atualizado: 25/09/2018 - 11:07

DPE SP: publicada autorização para concurso de defensor

Edital do concurso da Defensoria Pública de São Paulo não deve demorar para ser publicado. Cargo exige ensino superior em direito

Para defensor público

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

O VIII concurso público de provas e títulos para ingresso na carreira de defensor/a público/a do Estado de São Paulo recebeu autorização e deve ser realizado em breve.

Documento publicado no Diário Oficial de São Paulo libera a realização do concurso do DPE (Defensoria Pública do Estado) e ainda estipula quem será a presidente da comissão responsável.

A presidente da equipe será a defensora pública Fabiana Botelho Zapata. Os demais membros devem ser escolhidos em breve.

Não foi revelado o número de vagas que será contemplado no edital do concurso da DPE SP no cargo de defensor.

Para concorrer à carreira, os candidatos deverão ter bacharelado em direito e, no mínimo, três anos de atividade jurídica.

Último concurso da DPE SP para defensor

Em 2015, foi lançado um edital com 60 oportunidades para a função. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Carlos Chagas.

A triagem envolveu prova escrita objetiva; duas provas dissertativas; prova oral; e avaliação de títulos.

O primeiro exame compreendeu 88 questões objetivas de múltipla escolha sobre as seguintes matérias: direito constitucional; direito administrativo e direito tributário; direito penal; direito processual penal; direito civil e direito comercial; direito processual civil; direitos difusos e coletivos; direito da criança e do adolescente; direitos humanos; princípios e atribuições institucionais da Defensoria Pública do Estado; filosofia do direito e sociologia jurídica.

Continuar lendo

Atualizado: 25/09/2018 - 10:07

Itapirapuã Paulista SP abre concurso com 15 vagas

As chances do edital são para candidatos de todos os níveis escolares. As inscrições serão recebidas até o dia 14 de outubro

Ganhos de até R$ 6,6 mil

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

A Prefeitura Municipal de Itapirapuã Paulista, situada no Estado de São Paulo, abriu as inscrições do concurso público que preencherá 15 vagas do seu quadro de pessoal. 

Quem concluiu o ensino fundamental pode se inscrever para a função de servente (1 vaga), cujo salário inicial é de R$ 954. 

O cargo de agente comunitário de saúde (1) exige ensino médio completo e que o candidato resida na área da comunidade em que irá atuar desde a data de publicação de edital. O vencimento é de R$ 1.014. 

Aqueles que têm curso técnico estão aptos às carreiras de auxiliar de enfermagem (1) e auxiliar de farmácia (1), cujos respectivos ganhos são de R$ 1.300 e R$ 1.200. 

Nível superior é requisito para os postos de contador (1), coordenador pedagógico (1), dentista (1), engenheiro agrônomo (1), fisioterapeuta (1), médico clínico (2), médico veterinário (1), nutricionista (1), procurador jurídico municipal (1) e psicólogo (1). As remunerações variam de R$ 2.100 a R$ 6.631. 

Concurso Prefeitura de Itapirapuã Paulista SP: inscrições e provas

A participação no certame deverá ser garantida até o dia 14 de outubro, através do endereço eletrônico www.planexcon.com.br. Os valores da taxa de participação são de R$ 45 (ensino fundamental), R$ 55 (níveis médio e técnico) e R$ 65 (superior). 

Os candidatos serão avaliados por meio de duas etapas: prova objetiva para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório; e análise de títulos para auxiliar de enfermagem, dentista, fisioterapeuta e psicólogo, unicamente classificatório. 

Marcada para o dia 25 de novembro, a prova objetiva será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, conhecimentos gerais e/ou conhecimentos específicos. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 24/09/2018 - 14:51

Concurso Receita Federal: novo pedido é para 5.000 vagas

Oportunidades solicitadas ao Ministério do Planejamento são para as carreiras de auditor-fiscal e analista tributário. Iniciais do concurso da Receita serão de até R$ 16,2 mil

Analista e auditor

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

Foi encaminhado o novo pedido de concurso da Receita Federal do Brasil (RFB) e desta vez é para o preenchimento de nada menos do que 5.000 vagas em seu quadro de pessoal. A informação foi divulgada pelo diretor do Departamento de Relações de Trabalho no Serviço Público (Deret/SGP), Paulo de Tarso Cancela Campolina de Oliveira. 

É grande a expectativa de que a autorização seja lançada em breve devido à falta de funcionários. Os dados mostram que a situação da RFB está cada vez mais crítica devido à sua grande defasagem de pessoal, que tem aumentado a cada novo levantamento. A tendência é que a quantidade de servidores fique cada vez mais escassa, caso uma nova seleção não ocorra.

• APOSTILAS CONCURSO RECEITA FEDERAL 2018 - AUDITOR FISCAL|
• CURSO CONCURSO RECEITA FEDERAL 2018 - AUDITOR FISCAL

Sindicatos da categoria demonstraram diversas vezes, ao longo dos últimos meses, a necessidade de um certame urgente e que os serviços prestados à população podem ser seriamente prejudicados se nada for feito pelo governo.

Último levantamento, de agosto de 2018, aponta que a Receita Federal tem 21.237 postos em aberto, número em constante crescimento. Do déficit de servidores, 11.197 são de auditores e 10.040 de analista. A situação pode ficar mais crítica, ainda mais que cerca de 20% do pessoal já está apto a se aposentar.

 

 

Defasagem de pessoal na Receita Federal - Levantamento de agosto/2018

 

 

Pedido do concurso da Receita Federal 2018

A solicitação do concurso da Receita Federal é para 3.000 oportunidades de analista-tributário de 2.000 de auditor-fiscal.

Ambas as carreiras aceitam profissionais com formação superior completa em diversas áreas de atuação. O salário inicial corresponde a R$ 16.201,64 e a R$ 9.714,42, respectivamente, já incluindo o vale-alimentação de R$ 458.

Veja também: simulado completo para o concurso da Receita 2018

Concurso da Receita Federal para a área administrativa

Outra seleção aguardada é a que contempla 400 vagas para os cargos de assistente-técnico administrativo e analista administrativo, com lotação no quadro de pessoal da Receita Federal. Vale ressaltar que o lançamento do edital, assim que autorizado pelo MPDG, é feito pelo Ministério da Fazenda, que depois distribui as oportunidades para o seu quadro e o da RFB.

Para concorrer a assistente é necessário possuir ensino médio, sendo que o salário inicial, atualizado, é de R$ 4.137,97, considerando o vale-alimentação de R$ 458. Já a função de analista administrativo pede nível superior e oferece vencimento de R$ 5.490,09, incluindo o benefício.

Uma vez autorizado, o concurso contará com uma grande parte das vagas destinada para o Estado de São Paulo, por não ter sido contemplado na última seleção para os cargos administrativos.

Preparação para o concurso da Receita Federal 2018

Por ser considerado um dos concursos mais concorridos do Brasil, já que soma milhares de concorrentes, quem deseja conquistar um posto na RFB deve iniciar os estudos com antecedência. Em entrevista anterior ao JC, o auditor-fiscal da Receita Federal e ex-presidente do Sindifisco Nacional (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil), Pedro Delarue, comentou que “as provas são disputadíssimas e as pessoas que estão estudando estão super preparadas, então, é necessário estudar bastante, já que há uma grande variedade de temas”.

Uma opção para se preparar para a seleção é analisar o conteúdo programático e as avaliações dos processos seletivos anteriores. 

Último processo seletivo

No caso de assistente técnico-administrativo, o concurso anterior ocorreu em 2014, sendo organizado pela Escola de Administração Fazendária (Esaf). A prova contou com 70 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos e 20 de conhecimentos específicos. Em conhecimentos básicos foram 20 de língua portuguesa, dez de matemática e raciocínio lógico, dez de conhecimentos de informática e dez de atualidades. Em conhecimentos específicos, cinco de gestão de pessoas e atendimento ao público, cinco de ética do servidor na administração pública, cinco de administração pública brasileira e cinco do regime jurídico dos agentes públicos. Informática e atualidades contaram com peso um e as demais disciplinas, com peso dois.  

Prepare-se para o concurso Receita Federal

PROVA ANTERIOR CONCURSO RFB

Para analista técnico administrativo, a última seleção foi em 2013, também organizada pela Esaf. O cargo contou com duas provas, sendo a primeira com 65 questões de conhecimentos básicos e a segunda com 50 de conhecimentos específicos. Em conhecimentos gerais foram 15 de língua portuguesa, dez de atualidades, dez de raciocínio lógico quantitativo, dez de direito constitucional dez de direito administrativo e dez de informática básica. Língua portuguesa e conhecimentos específicos tiveram peso dois, enquanto as demais disciplinas contaram com peso um. Além disso, os candidatos foram submetidos a uma prova discursiva.

Saiba mais sobre o concurso da Receita Federal 2018

 


Ads

Uma das vagas na Receita Federal será sua!

Essa é sua chance. São mais de 2 mil oportunidades com remuneração de até R$ 20.123. Garanta sua vaga e construa uma carreira de sucesso!


 

 

 


Continuar lendo

Atualizado: 24/09/2018 - 12:24

MP SP: avança PLC para 400 vagas de promotor

Projeto de lei encaminhado pelo procurador-geral do estado tem por objetivo reforçar o quadro de pessoal para a carreira de promotor

Na Assembleia Legislativa

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

Avança, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), o projeto de lei complementar 41/2018,  com a finalidade de ampliar o quadro de promotores do  Ministério Público do Estado de São Paulo (MP/SP). A proposta, apresentada pel procurador-geral do Estado, Gianpaolo Poggio Smanio, visa criar 400 vagas para a carreira. A proposta foi apresentada, no último dia 20, para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação, onde agora aguarda indicação de relator.

Caso aprovada na Comissão de Constituição, a proposta ainda deverá passar pela Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento, antes de ser votada no plenário.

O projeto já conta com nove emendas, apresentadas pela deputada
Beth Sahão (PT). Em geral, cobram um parecer do MP/SP apresentando previsão de como os postos serão distribuídos pelo estado, bem como projeção financeira para a contratação dos novos servidores.

Do total de oportunidades previstas no projeto, 200 são para promotores na entrância final, 100 para a entrância intermediária, 70 na entrância inicial e 30 para promotor de justiça substituto.


Justificativas
De acordo com a justificativa do projeto, o MP/SP “tem empreendido esforços no sentido de melhor se estruturar, aparelhando-se para cumprir, de forma adequada, os encargos que lhe foram reservados pela Constituição Federal de 1988, bem como pela legislação infraconstitucional. Nesse desiderato, foram aumentados os investimentos no apoio logístico à atividade-fim, com ampliação física das áreas destinadas a funcionar como sede dos órgãos de execução da instituição, bem como adotando sempre como parâmetro de gestão a racionalização no emprego de recursos orçamentários. Priorizou-se, igualmente, o aprimoramento do pessoal de apoio, com a contratação, sempre mediante concurso público, de servidores, destinados primordialmente a melhor aparelhar a realização da atividade-fim dos órgãos de execução em primeira e segunda instância. É necessário considerar, entretanto, que o sistema de prestação de justiça vem passando por fase de intensa modificação, causada especialmente pela implantação do processo judicial eletrônico (...) Paralelamente é visível que o Poder Judiciário do Estado, no intuito de aprimorar a prestação jurisdicional, tornando-a mais acessível e rápida a todos os cidadãos, tem promovido instalação de novas unidades judiciais, com maior frequência e com maior rapidez do que se observava outrora. Embora o Ministério Público tenha procurado agir com contenção na nomenclatura de novos cargos de promotor de justiça, a fim de evitar a ampliação de despesas, não há como negar que em determinadas situações torna-se inevitável a alocação, diante da criação de nova vara judicial, de um ou mais novos cargos de promotor de justiça...(...) dessa forma é necessária a ampliação do referido quadro em primeira instância, ou seja, do número  de cargos que, no futuro, diante de novas necessidades, poderão ser destinados às promotorias de justiça de entrância final, intermediária e inicial, bem como de promotores de justiça substitutos...”.    
 

 

Continuar lendo

Atualizado: 21/09/2018 - 15:04

DPE TO: banca do novo concurso em breve

Para concorrer é necessário possuir formação de nível superior em direito, com inicial de R$ 26,1 mil. Edital até meados do segundo semestre

Para defensores

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

A Defensoria Pública do Tocantins (DPE/TO) deve confirmar, em breve, o nome da banca organizadora do seu novo concurso público para o cargo de defensor. A comissão organizadora do certame, formada em 29 de junho, trabalha no processo de escolha da empresa,  bem como na elaboração do edital de abertura de inscrições.  O quantitativo de vagas que será oferecido ainda será confirmado, mas o órgão conta com 17 vagas em aberto para o cargo. De acordo com o regulamento preliminar, a seleção também será para formar cadastro reserva de pessoal. Para concorrer é necessário possuir formação de nível superior em direito, com remuneração inicial de R$ 26.125,17. A publicação do edital deve ocorrer ainda neste semestre.


A comissão do certame é presidida pelo servidor Leonardo Oliveira Coelho e conta, ainda, com os seguintes membros: Maria de Lourdes Vilela, representando a classe especial; Arassônia Maria Figueiras, como suplente da classe especial; Fabiana Razera Gonçalves, representando a primeira classe; Fabrício Barros Akitaya, como suplente  da primeira classe; Daniel Cunha dos Santos, representando a segunda classe; Elson Stecca Santana, como suplente da segunda classe;  Maria do Carmo Cota, diretora da escola superior e Larissa Putrini Pereira de Oliveira Braga, como suplente.

 


Seleção
De acordo com o regulamento preliminar, a seleção contará com seis fases, incluindo provas objetivas, discursiva, oral, de tribuna, avaliação de títulos e investigação de vida pregressa.


A parte objetiva contará com 100 questões, divididas por quatro grupos, com 25 cada.


O primeiro grupo contará com temas sobre direito constitucional, direitos humanos e direito administrativo, direito previdenciário e direito tributário.

No grupo II, direito civil e direito empresarial, direito processual civil e direito agrário.

No grupo III, direitos difusos e coletivos, direito da criança e do adolescente, direito do idoso, direito dos portadores de necessidades especiais, direito do consumidor e direito ambiental; filosofia do direito e sociologia jurídica; e princípios e atribuições institucionais da Defensoria Pública, lei complementar federal 80/94; lei complementar estadual 55/09 e normativas internas aprovadas pelo Conselho Superior da Defensoria Pública do estado.

Por fim, no grupo IV, direito penal, direito processual penal, execução penal e legislação penal e processual penal extravagante.
     

 

Continuar lendo

Atualizado: 20/09/2018 - 11:48

Procon MA: edital para 51 vagas em ajustes finais

Do total de postos, 40 serão para o cargo de auxiliar, que pede apenas nível fundamental, enquanto as dez restantes serão para conciliador, com nível superior em direito

Banca já está definida

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

O Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon/MA)  está em fase de ajustes finais no edital do seu novo concurso público, que deve ser liberado no decorrer dos próximos dias. Os últimos acertos estão sendo feitos em conjunto com a banca organizadora, que será  a Fundação Carlos Chagas, com a qual já conta com contrato assinado desde 23 de agosto. 

A seleção contará com uma oferta de 51 vagas imediatas, além de formar cadastro reserva de pessoal, para cargos com exigência de níveis fundamental e superior. O presidente do órgão, Duarte Júnior, já confirmou que as remunerações iniciais devem variar de R$ 3.900 a R$ 7 mil. 

A seleção vem sendo aguardada desde 29 de janeiro, quando anunciada por Duarte Júnior por meio de rede social. "Atenção concurseiros, intensifiquem os estudos! Neste semestre, vamos realizar o segundo concurso da história do Procon do Maranhão. Desta vez serão mais 51 vagas, sendo 11 para o cargo de conciliador e 40 para auxiliar de serviços ", publicou.  

Para concorrer ao cargo de auxiliar de serviços, que contará com uma oferta inicial de 40 postos, basta possuir ensino fundamental, enquanto os postos de conciliador, com 11 vagas, exige formação superior em direito.

De acordo com o presidente do órgão esta é uma das prioridades do governo Flávio Dino. “Com uma gestão ética e transparente, agimos sempre em obediência aos princípios basilares da administração pública. Por isso, estamos realizando concursos em prol da maior qualificação dos serviços que colocamos à disposição dos cidadãos”.

O primeiro concurso, realizado em 2017, contou com uma oferta de dez vagas para o cargo de fiscal de defesa do consumidor. Na ocasião, a banca organizadora também foi a Fundação Carlos Chagas.  

 

Continuar lendo

Shopping