Publicado: 01/10/2018 - 09:34 | Atualizado: 05/10/2018 - 15:55
Publicado: 01/10/2018 - 09:34 | Atualizado: 05/10/2018 - 15:55

MP PE abre inscrição de concurso para técnico e analista

Oferta do Ministério Público do Estado de Pernambuco é de 23 vagas e cadastro reserva para cargos de níveis médio e superior

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Entra em vigor nesta segunda-feira (1) o prazo de inscrição do concurso do Ministério Público do Estado de Pernambuco (MP/PE) para as carreiras de técnico e analista ministeriais. A seleção visa o preenchimento de 23 vagas, sendo duas reservadas a pessoas com deficiência e quatro aos negros. Haverá, ainda, formação de cadastro reserva (CR) para futuras oportunidades. 

Candidatos que concluíram o ensino médio podem disputar a função de técnico ministerial - área administrativa (13 vagas + CR), cujo salário inicial é de R$ 3.171,52. 

• APOSTILAS MP PE 2018 - TÉCNICO / ANALISTA MINISTERIAL

Para quem tem nível superior, a chance do edital é para o cargo de analista ministerial nas áreas jurídica (7 + CR), auditoria (1 + CR), biblioteconomia (1 + CR), documentação (1 + CR), serviço social (CR), arquitetura (CR), medicina (CR), engenharia civil (CR), comunicação social - jornalismo (CR), informática (CR) e pedagogia (CR). A remuneração é de R$ 4.809,54.

A Fundação Carlos Chagas é a empresa responsável pela organização e execução do certame. As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br, até as 14h do dia 26 de outubro. As taxas custam R$ 75 (ensino médio) e R$ 110 (nível superior). 

Concurso MP PE: provas

Todos os participantes serão avaliados por meio de provas objetiva e discursiva (redação). Com duração máxima de quatro horas, os exames serão aplicados na cidade de Recife/PE no dia 2 de dezembro, no período da manhã para o cargo de técnico ministerial e à tarde para analista ministerial. 

• CURSO MP PE 2018 - TÉCNICO /ANALISTA MINISTERIAL

A prova objetiva será composta por 50 questões do tipo múltipla escolha, sendo 20 de conhecimentos básicos (peso 1) e 30 de conhecimentos específicos (peso 3). Já na prova discursiva (redação), o candidato deverá desenvolver texto dissertativo-argumentativo a partir de proposta única, sobre assunto de interesse geral, cuja resposta deverá conter entre 20 e 30 linhas. 

Somente serão avaliadas as provas discursivas dos candidatos habilitados e mais bem classificados na objetiva, no limite estabelecido no quadro abaixo, mais os empates na última posição de classificação e todos os participantes com deficiência habilitados.

Aqueles que pleiteiam o posto de analista ministerial - todas as áreas ainda serão submetidos à análise de títulos.

Atribuições do técnico ministerial - área administrativa do MP PE

Instruir processos administrativos que lhe sejam distribuídos; redigir, preparar e conferir expedientes, correspondências, documentos e comunicações processuais; organizar e manter controles de arquivos, processos, documentos, bens materiais e patrimoniais; requisitar, conferir, guardar, controlar, transportar, armazenar e distribuir documentos e materiais permanentes e de consumo necessários ao funcionamento do Ministério Público; promover o controle e a tramitação de documentos, expedientes, processos e materiais necessários ao funcionamento do Ministério Público; prestar suporte administrativo e operacional necessários ao desenvolvimento das atividades da unidade, inclusive no que se refere à aquisição de produtos e serviços e registros de pessoal; executar tarefas administrativas e de expediente e realizar diligências de interesse das Promotorias e Procuradorias de Justiça; organizar e manter controle de documentos, processos e arquivos, bem como de bens patrimoniais; acompanhar a compra, conferir, guardar, controlar material permanente, de consumo e de serviço, volumes e equipamentos operacionais; comunicar à chefia imediata qualquer falha, defeito ou avaria detectada em materiais, equipamentos e instalações, visando providenciar seu conserto; organizar, conferir, guardar, controlar, transportar, armazenar e distribuir processos, documentos, material permanente, de consumo e de serviço, volumes e equipamentos operacionais; prestar suporte administrativo e operacional necessários ao desenvolvimento das atividades da unidade, inclusive no que se refere a transporte de documentos, aquisição de produtos e serviços, registros de pessoal e segurança de pessoas; prestar informações sobre o órgão e a localização de unidades e servidores; executar outros trabalhos técnicos ou administrativos inerentes à sua área de atuação, designados por autoridade competente.
 

Vídeos MP

Mais Lidas

Mais Recentes

Shopping