Publicado: 23/03/2018 - 09:37 | Atualizado: 14/05/2018 - 11:17

PGE/SP abre inscrições de concurso para procurador

As chances no concurso da PGE/SP (Procuradoria Geral do Estado de São Paulo) são para candidatos que possuem o nível superior em direito. A remuneração é de R$ 22,1 mil

100 vagas

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Entra em vigor nesta sexta-feira (23) o prazo de inscrição do 22º concurso público da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo (PGE/SP) para ingresso na carreira de procurador. A seleção visa o provimento de 100 vagas, sendo 5% reservadas a pessoas com deficiência. 

O cargo exige diploma de conclusão de curso de nível superior em direito, além de registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A remuneração inicial é de R$ $ 22.178,43.

As inscrições serão recebidas até o dia 20 de abril. A ficha cadastral está disponível na página eletrônica da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br), empresa responsável pela organização e execução do processo de seleção. 

Será cobrada uma taxa de participação do concurso da PGE/SP, no valor de R$ 240, e o seu pagamento deverá ser efetuado até a data limite de 23 de abril, observado o horário de funcionamento da rede bancária. 

Provas do concurso da PGE/SP 2018

A primeira etapa a ser disputada pelos candidatos será a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por 90 questões de múltipla escolha, sendo 10 de direito constitucional; 10 de direito processual civil; 10 de direito civil; 10 de direito administrativo; 10 de direito de pessoal e previdenciário público; 10 de direito ambiental; 10 de direito tributário; 10 de direito do trabalho e processual do trabalho e 10 de direito financeiro, econômico e empresarial público.

REVISÃO DE VÉSPERA CONCURSO PGE/SP 2018

A avaliação contará com duração máxima de quatro horas e será aplicada na cidade de São Paulo/SP no dia 20 de maio. A confirmação da data e as informações sobre horários e locais serão divulgadas, oportunamente, por meio de edital de convocação. 

O concurso da PGE/SP 2018 ainda contará com as seguintes fases: prova discursiva, eliminatória e classificatória; prova oral, eliminatória e classificatória; e análise de títulos, apenas classificatória.

Estarão habilitados à prova discursiva os candidatos que obtiverem o maior número de pontos na objetiva, até totalizar quatro vezes o número de cargos postos em concurso. A avaliação será realizada em duas partes, cada uma com duração de quatro horas, nos períodos da manhã e da tarde de um mesmo dia. 

A primeira parte da prova discursiva compreenderá uma peça processual, conforme o programa de direito processual civil, duas questões discursivas de direito civil, duas de direito ambiental e duas de direito do trabalho e processual do trabalho. Já a segunda parte contará duas questões discursivas de direito constitucional, duas de direito administrativo, duas de direito de pessoal e previdenciário público, duas de direito tributário e duas de direito financeiro, econômico e empresarial público.

Carência de pessoal na PGE/SP

O total autorizado para o novo concurso não deve suprir a necessidade de pessoal, uma vez que, de acordo com declaração do presidente da Associação dos Procuradores do Estado de São Paulo (Apesp), Marcos Nusdeo, em abril, a carreira conta com uma necessidade de 170 profissionais. O total autorizado pelo governador também não supre o pedido enviado pelo órgão para a Secretaria Estadual de Gestão Pública (SGP/SP), que era de 185 postos, sendo 150 para a carreira de procurador, além de 30 para o cargo de oficial administrativo, que pede apenas ensino médio para ingresso; e cinco para a carreira de executivo público, de nível superior. 

Valorização da carreira de procurador

A realização de novo concurso público da PGE/SP, para o cargo de procurador, ocorre dentro de um processo de valorização da categoria. Acontece que, além do preenchimento de 100 vagas, por meio da nova seleção, tramita, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) o projeto de lei complementar 31/2017 que trata de três pontos específicos, entre os quais a alteração do modo de evolução funcional dos integrantes do nível I para o nível II, para que ocorra automaticamente ao dia seguinte da conclusão do estágio probatório, o que permite maior agilidade de evolução funcional, garantindo melhorias salariais aos servidores de forma mais rápida. 

A proposta também altera a base de cálculo de gratificação que é paga para alguns procuradores, quando atuam em condições de especial dificuldade, decorrente da localização ou natureza do serviço, o que constitui a gratificação por atividade especial. Além disso, a proposta altera a composição do conselho da PGE, ampliando a representação de seus membros natos. 

O projeto, encaminhado pelo próprio governador em 9 de novembro, atualmente está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Redação, onde foi distribuído ao deputado Marcos Zerbini (PSDB).

Vídeos PGE

Mais Lidas

Mais Recentes

Atualizado: 14/05/2018 - 09:19

Concurso TRT/SP: última semana de inscrição em 320 vagas

Destinadas a profissionais de níveis médio/técnico e superior, chances no concurso do TRT2/SP oferecem salários entre R$ 7,6 mil e R$ 11,8 mil. Interessados têm até 21 de maio para se candidatar

Técnico e analista

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Esta é a última semana de inscrição para quem pretende participar  do concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT/SP), com sede na capital paulista, destinado a preencher 320 vagas, além de formar cadastro reserva (CR), de acordo com o edital. O prazo termina às 14h da próxima segunda-feira (21). 

 

As oportunidades são para carreiras de técnico (salário de R$ 7.664,53) e analista (R$ 11.890,83), que exigem níveis médio e superior, respectivamente. Os vencimentos já incluem o auxílio-alimentação de R$ 884.

 

As inscrições para o concurso do TRT/SP são recebidas pelo site da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br). As taxas custam R$ 80 para técnico e R$ 95 para analista. 

APOSTILA CONCURSO TRT2/SP 2018 - ANALISTA E TÉCNICO JUDICIÁRIOS
CURSO ONLINE TRT2/SP 2018 - ANALISTA E TÉCNICO JUDICIÁRIO

 

Do total de empregos em disputa, o edital reserva 63 a candidatos que se declararem negros e 18 a pessoas com deficiência.

 

Além da cidade de São Paulo, o TRT/2 tem jurisdição sobre a região metropolitana da capital e a Baixada Santista

 

Vagas no concurso do TRT/SP 2018

 

As chances para técnico estão distribuídas entre as áreas administrativa (144 postos), telefonia (1), segurança (35), enfermagem (CR) e tecnologia da informação (1) - as duas últimas especialidades também requerem formação técnica.

 

Já para analista, há ofertas em 20 áreas: judiciária (53), oficial de justiça avaliador federal (54), administrativa (27), contabilidade (1), arquivologia (CR), biblioteconomia (1), enfermagem (CR), enfermagem (CR), especialidade engenharia (CR), engenharia - segurança do trabalho (CR), estatística (CR), medicina (CR), medicina - cardiologia (CR), medicina - clínico geral (CR), medicina do trabalho (CR), medicina - psiquiatria (CR), nutrição (CR), psicologia (CR), serviço social (1), tecnologia da informação (1) e história (1).    

 
Ads

Prepare-se para o concurso do TRT/SP

A Central de Concursos oferece curso preparatório 100% presencial, com 28 anos de experiência em aprovação. Antecipe seus estudos e garanta sua vaga! Confira.  


PROVA ANTERIOR DO CONCURSO TRT/SP

 

Detalhes das provas do concurso do TRT2/São Paulo

 

Previstas para 22 de julho, as provas objetiva e discursiva ocorrerão na cidade de São Paulo. O processo seletivo inclui, ainda, testes prático e físico para técnico - especialidade segurança, em datas a serem definidas. 

 

A avaliação objetiva cobrará a resolução de 60 questões para técnico e de 70 para analista. A redação, por sua vez, deverá conter entre 20 e 30 linhas. Os participantes terão quatro horas e meia para concluir os exames.

 

O conteúdo programático inclui língua portuguesa, matemática/raciocínio lógico, informática, noções sobre direitos das pessoas com deficiência, legislação e ética no serviço público e conhecimentos específicos.

 

O concurso terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Tribunal Regional do Trabalho 2ª Região de São Paulo, de acordo com o edital.

 

Concurso TRT/SP 2018: atribuições do técnico - área administrativa (144 vagas)

 

Prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais; executar tarefas de apoio à atividade judiciária; arquivar documentos; efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos; atender ao público interno e externo; classificar e autuar processos; realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativas; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

 

Atribuições do técnico - especialidade segurança (35 vagas) no concurso do TRT2/SP

 

I - Atuar na segurança dos magistrados, servidores e demais autoridades na área de jurisdição do órgão e em qualquer localidade do território nacional, quando autorizado pelo Presidente do Tribunal; II - realizar a segurança de magistrados e servidores no exercício de suas funções institucionais; III - atuar na preservação da ordem em recintos oficiais, conduzindo à autoridade policial, pessoas em situação de flagrante delito, ou ato infracional, ou, ainda, por determinação de autoridade judiciária; IV - realizar a guarda e vigilância dos bens móveis e imóveis do Tribunal, bem como auxiliar na segurança do patrimônio intelectual e imaterial; V - auxiliar, quando solicitado pela Presidência do Tribunal, na segurança das equipes de trabalho executantes das políticas institucionais e de erradicação do trabalho análogo ao de escravo e infantil, em cooperação com outros Órgãos. VI - realizar ações da atividade de inteligência destinadas a instrumentalizar o exercício da segurança institucional, produzindo conhecimentos e informações que subsidiem ações, de forma a neutralizar e coibir ameaças e atos criminosos na esfera de competência do Tribunal; VII - realizar investigações preliminares de interesse institucional, quando autorizadas pela Presidência do Tribunal; VIII - auxiliar na escolta de presos nas dependências do Tribunal; IX - fiscalizar as atividades de controle de acesso, circulação e permanência de pessoas, materiais, equipamentos e volumes nas dependências do Tribunal; X - conduzir, utilizando técnicas de segurança e prevenção, veículos em missão oficial; XI - executar ações de prevenção e combate a incêndio e outros sinistros de qualquer natureza, bem como atendimento a primeiros socorros; XII - executar a gestão e fiscalização dos contratos de segurança, conforme o caso; XIII - cooperar com outros órgãos de esfera pública, quando autorizado pela Presidência do Tribunal; XIV - executar outras tarefas de interesse institucional, mediante autorização expressa do Presidente do Tribunal; sem prejuízo das atribuições descritas no Ato CSJT.GP.SG.CGPES n.° 193/2008, para servidores ocupantes da área de segurança.

 

Concurso TRT/SP 2018: atribuições do analista - área administrativa (27 vagas)

 

Realizar tarefas relacionadas à administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros, de desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, contadoria e auditoria; emitir informações e pareceres; elaborar, analisar e interpretar dados e demonstrativos; elaborar, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação; elaborar e aplicar instrumentos de acompanhamento, avaliação, pesquisa, controle e divulgação referentes aos projetos desenvolvidos; atender ao público interno e externo; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

 

Conteúdo programático parcial para o concurso do TRT 2ª Região

 

Língua portuguesa – Interpretação de texto. Argumentação. Pressupostos e subentendidos. Níveis de linguagem. Articulação do texto: coesão e coerência. Termos da oração. Processos de coordenação e subordinação. Discurso direto e indireto. Tempos, modos e vozes verbais. Classes de palavras. Flexão nominal e verbal. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência da Crase. Ortografia e acentuação. Pontuação. Equivalência e transformação de estruturas. Redação.

 

Matemática e raciocínio lógico-matemático – Números inteiros e racionais: operações (adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação); expressões numéricas; múltiplos e divisores de números naturais; problemas. Frações e operações com frações. Números e grandezas proporcionais: razões e proporções; divisão em partes proporcionais; regra de três; porcentagem e problemas. Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio sequencial, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas.

 

Informática – Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows 7, 8 e 10). Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office 2010, 2013 e LibreOffice 5 ou superior). Redes de computadores: Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e Intranet; Programas de navegação (Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome); Programas de correio eletrônico (Microsoft Outlook e Mozilla Thunderbird); Sítios de busca e pesquisa na Internet; Grupos de discussão; Redes sociais; Computação na nuvem (cloud computing). Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. Segurança da informação: Procedimentos de segurança; Noções de vírus, worms e outras pragas virtuais; Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, antispyware etc.); Procedimentos de backup; Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage).

 

Noções sobre direitos das pessoas com deficiência (Resolução CNJ nº 230/2016 - art. 19) – Inclusão, direitos e garantias legais e constitucionais das pessoas com deficiência (Lei nº 13.146/2015; Lei nº 11.126/2005 e Constituição Federal). Normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida (Lei nº 10.098/2000 e Decreto 5.296/2004). Prioridade de atendimento às pessoas portadoras de deficiência (Lei nº 10.048/2000 e Decreto 5.296/2004). Direitos no sistema de transporte coletivo (Lei nº 8.899/1994) e Decreto 3.691/2000). Símbolo de identificação de pessoas portadoras de deficiência auditiva (Lei nº 8.160/1991). Normas de apoio às pessoas portadoras de deficiência e sua integração social (Lei nº 7.853/1989 e Decreto 3.298/1999).

 

Legislação e ética no serviço público – Ética e moral. Ética, princípios e valores. Ética e democracia: exercício da cidadania. Ética e função pública. Ética no Setor Público: Estatuto de Ética Profissional do Servidor do TRT da 6ª Região. Lei nº 8.112/1990 e alterações posteriores: Provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição; Direitos e vantagens; Regime disciplinar: deveres, proibições, acumulação, responsabilidades, penalidades, processo administrativo disciplinar. Lei nº 8.429/1992 e alterações posteriores: disposições gerais, atos de improbidade administrativa.

APOSTILAS CONCURSO TRT2 2018 - TÉCNICO E ANALISTA JUDICIÁRIOS

Confira o conteúdo programático completo para a prova do concurso do TRT/SP 2018

Continuar lendo

Atualizado: 11/05/2018 - 14:42

Concurso em Vinhedo/SP reúne 51 vagas na Sanebavi

Chances no concurso da Sanebavi podem ser disputadas por profissionais de todas as escolaridades. Inscrições vão até 7 de junho

Interior paulista

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Autarquia Saneamento Básico Vinhedo (Sanebavi), no interior de São Paulo, abriu as inscrições do concurso público destinado a preencher 51 vagas, sendo 36 imediatas e 15 para cadastro reserva (CR). 

 

Para concorrer como agente de serviços gerais (8 postos e salário de R$ 1.424,31) e servente (2 - R$ 1.424,31) é necessário possuir nível fundamental incompleto. Ter concluído esse ciclo escolar habilita para as funções de eletricista (1 - 2.413,83), operador de máquinas rodoviárias (3 - R$ 2.413,83) e pintor letrista (1 - R$ 1.785,60).

 

Há ofertas de ensino médio no concurso da Sanebavi para assistente administrativo (2 – R$ 1.730,69), atendente administrativo (3 - R$ 1.730,69) e leiturista de hidrômetros (1 - R$ 1.810,86).

 

Além de segundo grau, os cargos de desenhista projetista (1 - R$ 3.556,06), técnico de informática e suporte (1 + 1 CR - R$ 3.556,06), técnico de segurança do trabalho (1 CR - R$ 3.556,06) e técnico de estação de tratamento de água e esgoto (6 + 6 CR - R$ 3.556,06) cobram formação técnica.

 

Profissionais com curso superior têm opções como advogado (2 - R$ 4.541,24), analista executivo de departamento (1 - R$ 4.541,24), assistente social (1 CR - R$ 4.541,24), auditor interno de planejamento e finanças (1 + 1 CR - R$ 4.541,24), biólogo (2 CR - R$ 4.541,24), contador (1 - R$ 4.541,24), engenheiro sanitarista (2 - R$ 4.541,24) e químico (3 CR - R$ 4.541,24).

 

Concurso Sanebavi 2018: inscrições e provas

 

As inscrições devem ser realizadas até 7 de junho, exclusivamente pela internet (www.ibamsp-concursos.org.br). As taxas custam R$ 43 (nível fundamental), R$ 56 (médio) e R$ 82 (superior).

 

A seleção compreenderá provas objetiva (todos os cargos), em 24 de junho, e prática (eletricista, pintor letrista e operador de máquinas rodoviárias), em datas a serem definidas.

 

O concurso da Sanebavi terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério da autarquia, de acordo com o edital.

 

Atribuições do agente de serviços gerais no concurso da Sanebavi 2018

 

Compreende a força de trabalho que se destina a executar as tarefas manuais de caráter simples que exijam esforços físicos, certos conhecimentos e habilidades elementares. Pode auxiliar nas atividades de pedreiro, encanador, eletricista, pintor, técnico em Estação de Tratamento de Água – ETA e de Esgoto – ETE e demais atribuições afins, com disponibilidade de realização de turnos.

Continuar lendo

Atualizado: 10/05/2018 - 12:03

Concurso em São Joaquim da Barra/SP reúne oito vagas

Ofertas no concurso da Câmara Municipal de São Joaquim da Barra são para cargos de níveis médio e superior, com salários de até R$ 4,3 mil

Até 14 de maio

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Ainda dá tempo de participar do concurso da Câmara Municipal de São Joaquim da Barra, localizada no Estado de São Paulo. Sob organização da Fundação Vunesp, a seleção preencherá oito vagas do seu quadro de pessoal.

 

Quem tem o ensino médio completo pode se inscrever para os cargos de oficial legislativo (1 vaga), secretária (2) e serviços gerais (1). Os salários iniciais são de R$ 1.800, R$ 1.578 e R$ 1.104,72, respectivamente.

 

Aqueles que têm o nível superior estão aptos às carreiras de analista legislativo (1), encarregado de compras e licitação (1), encarregado de recursos humanos (1) e procurador jurídico (1). As remunerações variam de R$ 2.500 a R$ 4.347,06.

 

O formulário de inscrição estará disponível no endereço eletrônico www.vunesp.com.br até o dia 14 de maio. Os valores da taxa de participação são de R$ 57 para ensino médio e R$ 82 para nível superior e o seu pagamento deverá ser efetuado até o dia 15 desse mesmo mês.

 

Todos os inscritos no concurso da Câmara de São Joaquim da Barra serão avaliados por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, legislação, noções de informática e/ou conhecimentos específicos.

 

A avaliação será aplicada na cidade de São Joaquim da Barra/SP no dia 1º de julho, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado no site da Fundação Vunesp em momento oportuno.

 

A prova prático-profissional será realizada apenas pelo emprego público de procurador jurídico, na mesma data da objetiva. Serão analisados o conhecimento técnico e a capacidade teórico-prática do candidato em desenvolver a peça apresentada com clareza, coerência e objetividade.

 

 

Atribuições dos cargos de nível médio da Câmara de São Joaquim da Barra/SP

 

 

Oficial legislativo - digitar e digitalizar textos em geral, documentos, tabelas e outros originais, bem como conferir a digitação; arquivar processos, publicações e documentos diversos de interesse do Legislativo; autuar documentos e registrar processos, encaminhando aos setores competentes ou a superiores; preparar publicações e documentos para arquivo, selecionando aos papéis administrativos que periodicamente se destinem à incineração, de acordo com as normas que regem a matéria; operar micros e terminais de computadores; possuir conhecimento dos sistemas operacionais e software, redatores de texto, banco de dados e planilhas eletrônicas; expedir ofícios, certidões e demais atos legislativos; providenciar a entrega das proposições a serem deliberadas em sessão aos vereadores; executar outras tarefas correlatas, determinadas pelo superior imediato.

 

Secretária - preparar expediente a ser assinado pelo presidente da câmara; serviços de recepção e portaria; manter o controle de entrada e encaminhamento e saída de pessoas; agendar reuniões a pedido dos vereadores e presidente da câmara; atender, completar, realizar, e registrar chamadas telefônicas internas e externas; receber, anotar e transmitir recados em geral; organizar listas de endereços telefônicos de interesse da câmara; zelar e responsabilizar-se pela limpeza, conservação e funcionamento do equipamento de trabalho; manter o controle de fichários de interesse dos vereadores; digitar documentos e tabelas, e operar programas de computador; providenciar o envio de matérias que tramitam na câmara aos interessados e responsabilizar-se pelos mesmos; entre outras.

 

Serviços gerais - cuidar da abertura e fechamento das dependências da câmara; realizar serviços necessários ao funcionamento e controle da copa; servir café e lanches; executar atividades de limpeza e conservação nas dependências dos diversos setores da câmara municipal; auxiliar em pequenos consertos e mudanças de móveis, quando solicitado; manter organizados e conservados os materiais utilizados na execução dos serviços; auxiliar na limpeza da copa e dos utensílios empregados; manter a devida higiene das instalações sanitárias e da cozinha; manter a arrumação da cozinha limpando recipientes e vasilhames; remover o pó de móveis, tetos, portas, janelas e equipamentos; limpar utensílios; coletar o lixo, recolhendo-o adequadamente; remover ou arrumar móveis e utensílios; solicitar material de copa e cozinha; entre outras.

Continuar lendo

Atualizado: 10/05/2018 - 11:23

Câmara de Queiroz/SP: concurso com inscrições abertas

Oportunidades no concurso da Câmara Municipal de Queiroz são destinadas aos cargos de contador e procurador jurídico. Inscrições serão recebidas até o dia 13 de maio

Nível superior

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A Câmara Municipal de Queiroz, localizada no Estado de São Paulo, receberá até o dia 13 de maio as inscrições do concurso público que preencherá duas vagas do seu quadro de pessoal. O contrato de trabalho será regido pelo regime jurídico estatutário, que garante estabilidade.

 

Ofertas estão distribuídas entre os cargos de contador e procurador jurídico, que requerem diploma de conclusão de curso de nível superior e registro no órgão de classe. Os respectivos salários iniciais são de R$ 2.093,41 e R$ 3.240,73 para carga horária semanal de 20 horas.

 

Para participar basta preencher o formulário de inscrição, que está disponível na página eletrônica da Consesp (www.consesp.com.br), e efetuar o pagamento da taxa, no valor de R$ 70 para ambas as funções.

 

O concurso da Câmara de Queiroz será constituído das seguintes etapas, eliminatórias e classificatórias: prova objetiva para todos os candidatos; e prova discursiva apenas para o emprego de procurador jurídico.

 

A prova objetiva contemplará 30 questões de múltipla escolha, sendo 10 de língua portuguesa, 10 de conhecimentos de informática e 10 de conhecimentos específicos. Já a prova discursiva consistirá no desenvolvimento de uma peça jurídica, extraída do conteúdo programático de conhecimentos específicos.

 

As avaliações objetiva e discursiva serão aplicadas na cidade de Queiroz/SP no dia 10 de junho, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado com antecedência mínima de três dias.

 

 

Atribuições dos cargos da Câmara de Queiroz/SP

 

 

Contador - - supervisionar, coordenar e executar serviços inerentes à contabilidade geral da Câmara Municipal de Queiroz; escriturar analiticamente os atos ou fatos administrativos, efetuando os correspondentes lançamentos contábeis, para possibilitar o controle contábil e orçamentário; promover a prestação, acertos e conciliação de contas em geral, conferindo saldos, localizando e retificando possíveis erros, para assegurar a correção das operações contábeis; examinar empenhos de despesa, verificando a classificação e a existência de recursos nas dotações orçamentárias, para o pagamento dos compromissos assumidos; elaborar demonstrativos contábeis mensais, trimestrais, semestrais e anuais, relativos à execução orçamentária e financeira, em consonância com leis, regulamentos e normas vigentes, para apresentar resultados da situação patrimonial, econômica e financeira; executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

 

Procurador jurídico - representar a câmara municipal em Juízo e em procedimentos administrativos; emitir parecer jurídico de natureza técnica aos vereadores e comissões, quando necessário; responder às consultas jurídicas formuladas pelos Edis; auxiliar na elaboração de projetos que forem apresentados pelos Edis; auxiliar na redação de ofícios e requerimentos; e emitir parecer em licitações e elaboração de contratos formulados pela Câmara Municipal de Queiroz.

Continuar lendo

Atualizado: 09/05/2018 - 09:37

Concurso TRT 15: provas serão aplicadas neste mês

Destinadas a profissionais de níveis médio e superior, carreiras em disputa no concurso do TRT 15 oferecem salários entre R$ 6,7 mil e R$ 12,7 mil. Edital reúne chances em diversas regiões de SP

Técnico e analista

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Estão marcadas para 27 de maio as provas objetiva e escrita do concurso do TRT 15 (Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região), sediado em Campinas, no interior de São Paulo. Organizada pela Fundação Carlos Chagas, a seleção oferece duas vagas imediatas, além de formação de cadastro reserva (CR). As inscrições foram encerradas em 4 de abril. 

Destinada a profissionais com ensino médio, a carreira de técnico judiciário reúne oportunidades em três áreas: administrativa (CR), segurança (CR) e apoio especializado - enfermagem (1 posto), função que também requer formação técnica. Os salários variam de R$ 6.708,53 a R$ 7.766,18.


APOSTILA CONCURSO TRT 15  2018 - TÉCNICO JUDICIÁRIO/ÁREA ADMINISTRATIVA


O cargo de analista judiciário exige curso superior e tem chances nas áreas judiciária (CR), oficial de justiça - avaliador federal (CR), administrativa (CR), arquitetura (CR), história (CR), medicina (1), medicina - psiquiatria (CR), odontologia (CR) e psicologia (CR). Os vencimentos vão de R$ 11.006,83 a R$ 12.742,14. 

Além de Campinas, onde fica a sede do órgão, há oportunidades com lotação nos polos de Bauru, Jundiaí, Piracicaba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba. As cidades abrangidas por cada região podem ser conferidas no edital do concurso do TRT 15
 

Concurso TRT 15: inscrições e provas
 

As inscrições para o concurso do TRT 15 foram recebidas por meio do site www.concursosfcc.com.br. As taxas custaram R$ 80 para técnico e R$ 95 para analista. 


Ads

Seja aprovado no concurso TRT-15 2018

Tenha uma preparação completa para o Concurso TRT-15. Materiais elaborados de acordo com o Edital. Confira.

 

O processo seletivo envolverá provas objetiva com 60 perguntas (todos os cargos), discursiva (analista nas áreas de arquitetura, história e oficial de justiça), redação (analista nas áreas administrativa, arquitetura e história e técnico nas áreas administrativa e segurança) e estudo de caso (técnico - especialidade enfermagem e analista nas áreas judiciária, administrativa, medicina, psiquiatria, odontologia e psicologia).

A aplicação dos exames ocorrerá em Bauru, Campinas, Jundiaí, Piracicaba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

O conteúdo programático abrange língua portuguesa, regimento interno, noções sobre direitos das pessoas com deficiência, raciocínio lógico/matemático, lei 8.112/1990 e conhecimentos específicos. 

Os concorrentes a técnico judiciário - especialidade segurança também passarão por prova prática de capacidade física, agendada para 23 de setembro, e curso de formação inicial, em período a ser definido. Ambas as fases ocorrerão em Campinas. 

De acordo com o edital, o concurso do TRT 15 terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do órgão. 
 

 

Atribuições do técnico judiciário - área administrativa no concurso do TRT 15
 

Prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais; executar tarefas de apoio à atividade judiciária; arquivar documentos; efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos; atender ao público interno e externo; classificar e autuar processos; realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativa; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Conteúdo programático parcial do concurso do TRT 15
 

Língua portuguesa - Interpretação de texto. Argumentação. Pressupostos e subentendidos. Níveis de linguagem. Articulação do texto: coesão e coerência. Termos da oração. Processos de coordenação e subordinação. Discurso direto e indireto. Tempos, modos e vozes verbais. Classes de palavras. Flexão nominal e verbal. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência da crase. Ortografia e acentuação. Pontuação. Equivalência e transformação de estruturas. Redação. Sintaxe.

Regimento interno do TRT 15 - Disposições Preliminares; Organização do Tribunal; Tribunal Pleno; Órgão especial; Presidência do Tribunal; Corregedoria; Seções Especializadas; Turmas e Câmaras; Escola Judicial; Serviços Administrativos; Pessoal Administrativo; Gabinete dos Desembargadores do Trabalho.  

Noções sobre direitos das pessoas com deficiência (Resolução CNJ nº 230/2016 - art. 19): Inclusão, direito e garantias legais e constitucionais das pessoas com deficiência (Lei nº 13.146/2015; Lei nº 11.126/2005 e Constituição Federal). Normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida (Lei nº 10.098/2000 e Decreto 5.296/2004). Prioridade de atendimento às pessoas portadoras de deficiência (Lei nº 10.048/2000 e Decreto 5.296/2004). Direitos no sistema de transporte coletivo (Lei nº 8.899/1994 e Decreto 3.691/2000). Símbolo de identificação de pessoas portadoras de deficiÊncia auditiva (Lei nº 8.160/1991). Normas de apoio às pessoas portadoras de deficiência e sua integração social (Lei nº 7.853/1989 e Decreto nº 3.298/1999).

Confira o conteúdo programático completo do concurso do TRT 15

Continuar lendo

Atualizado: 08/05/2018 - 11:21

Corumbataí/SP inscreve para concurso com cinco vagas

Chances em disputa no concurso da Prefeitura de Corumbataí são para carreiras de encanador, pedreiro, operador de ETA, procurador jurídico e assistente social

Até 14 de maio

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Seguem abertas até a próxima segunda-feira (14), às 23h59, as inscrições para o concurso da Prefeitura de Corumbataí, em São Paulo, destinado a preencher cinco vagas. Inicialmente, o prazo estava previsto para terminar na próxima quarta-feira (9), mas foi prorrogado pelo município. 

 

São três oportunidades para profissionais com ensino fundamental: encanador (salário de R$ 1.434,03), pedreiro (R$ 1.358,52) e operador de ETA (R$ 1.434,03).

 

Em nível superior há chances para procurador jurídico (R$ 6.037,94) e assistente social (1.886,87).

 

O formulário para inscrição está disponível no site da banca Sigma Assessoria (http://www.sigmaassessoria.com.br). As taxas custam R$ 30 (postos de ensino fundamental) e R$ 50 (superior).

 

Sobre a prova do concurso da Prefeitura de Corumbataí 2018

 

Marcada para 27 de maio, a prova objetiva cobrará a resolução de 40 questões de múltipla escolha sobre português, matemática e conhecimentos gerais e específicos. 

 

O concurso da Prefeitura de Corumbataí terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal, de acordo com o edital.

 

Atribuições do operador de ETA no concurso da Prefeitura de Corumbataí 2018

 

a) Desempenhar-se com zelo e probidade nas tarefas do respectivo setor; b) praticar, sob orientações técnicas, os serviços de tratamento de água destinada ao consumo público; c) manter em funcionamento os sistemas de captação e distribuição de água; d) comunicar aos superiores hierárquicos os eventuais problemas encontrados no respectivo desempenho, para as providencias de alçada; e) zelar pela Estação de Tratamento de Água, protegendo-a contra depredações ou quaisquer outros atos danosos ao sistema; f) cumprir as determinações superiores objetivando o perfeito funcionamento do Setor, inclusive, em termos de disciplina do trabalho.

Continuar lendo

Atualizado: 08/05/2018 - 10:22

Concurso em Sorocaba/SP tem vagas para procurador

A participação no concurso da Prefeitura de Sorocaba deverá ser garantida até o dia 7 de junho. O salário inicial é de R$ 7,9 mil

Nível superior

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

No interior do Estado de São Paulo, a cerca de 102 km da capital, o município de Sorocaba está com inscrições abertas em um novo edital de concurso público. A seleção é destinada ao provimento de cinco postos de procurador.

 

Para ingressar na carreira é necessário possuir diploma de conclusão de curso de nível superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O salário inicial é de R$ 7.917,45 para carga horária semanal de 30 horas.

 

Interessados deverão preencher o formulário de inscrição no endereço eletrônico da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br), banca organizadora do certame, até as 20h do dia 7 de junho. O valor da taxa de participação é de R$ 82,20.

 

Os inscritos no concurso da Prefeitura de Sorocaba serão avaliados por meio de duas provas: objetiva e discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório. Elas serão aplicadas no dia 22 de julho, em horários distintos.

 

A prova objetiva terá duração máxima de quatro horas e será composta por 95 questões de múltipla escolha. Já a discursiva contará com uma peça processual e duas questões discursivas e terá duração de três horas.

 

 

Atribuições do procurador da Prefeitura de Sorocaba/SP

 

 

Pronuncia-se, sob supervisão direta, sobre assuntos de natureza jurídica; elabora pareceres em processos administrativos; executa e controla as atividades de elaboração de atos jurídicos, representando a administração direta, indireta e autárquica em juízo ou fora dele; controlar, orientar, fiscalizar e acompanhar feitos ou procedimentos dos quais a administração direta, indireta e autárquica sejam parte, verificando seu andamento, prazos, providências, etc.; representar e defender os interesses da administração direta, indireta e autárquica, ativa e passivamente, perante qualquer instância, juízo, tribunal judiciário ou administrativo em todo feito ou procedimento na qual sejam parte, assim como representá-la e defendê-la perante qualquer instituição pública ou privada; providenciar respostas e informações em mandados de segurança; promover desapropriações por via amigável ou judicial; defender o patrimônio público da municipalidade; promover a cobrança amigável ou judicial dos débitos fiscais, tanto na parte judicial como na patrimonial; participar da análise jurídica de contratos, convênios e acordos a serem firmados pela municipalidade; participar da elaboração de minutas de mensagens, leis, decretos e outros atos jurídicos; participar da elaboração de pareceres em processos administrativos em geral; compilar jurisprudências de apoio aos processos de interesse da municipalidade; executar tarefas afins; dirigir veículos, quando necessário para o desenvolvimento de atividades de interesse público e determinado expressamente pelas chefias respectivas, observada a habilitação específica.

Continuar lendo

Atualizado: 08/05/2018 - 09:38

Concurso TRF-3: inscrições para juiz terminam hoje (8)

Para participar do concurso do TRF-3 é necessário possuir nível superior em direito e, no mínimo, três anos de atividade jurídica. Ofertas são destinadas aos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul

107 vagas

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), compreendida pelas seções judiciárias dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, encerrará nesta terça-feira (8) o prazo de inscrição do seu 19º concurso público para provimento do cargo de juiz federal substituto. Oferta é de 107 vagas, sendo cinco reservadas a pessoas com deficiência e 21 para os negros.

 

Para ingressar na carreira é necessário possuir nível superior em direito e ter três anos de atividade jurídica exercida após a obtenção do grau de bacharel. O juiz federal substituto recebe mensalmente um salário inicial no valor de R$ 27.500,17.

 

Os candidatos nomeados juízes federais substitutos estarão sujeitos à designação para o exercício, em substituição ou auxílio, em quaisquer das varas federais e juizados especiais federais das seções judiciárias dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

 

Para concorrer a uma das vagas o candidato deve preencher o formulário de requerimento de inscrição preliminar no site http://web.trf3.jus.br/sistemasWeb/InscricaoConcurso.

 

Será cobrada uma taxa de participação do concurso do TRF-3 - SP/MS, no valor de R$ 200, e o seu pagamento deverá ser efetuado até a data limite de 09 de maio, exclusivamente no Banco do Brasil.

 

 

Provas do concurso do TRF-3 - SP/MS 2018

 

 

A primeira etapa a ser disputada pelos candidatos será a prova objetiva seletiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será aplicada na data prevista de 10 de junho, em locais e horários a serem publicados em momento oportuno.

 

O concurso do TRF-3 - SP/MS 2018 ainda contará com as seguintes etapas: dois testes escritos; sindicância da vida pregressa e investigação social; exame de sanidade física e mental; exame psicotécnico; uma avaliação oral; e análise de títulos.

 

Os temas abordados nas provas serão: direito constitucional, direito administrativo, direito penal, direito processual penal, direito civil, direito processual civil, direito previdenciário, direito financeiro e tributário, direito ambiental, direito internacional público e privado, direito empresarial e direito econômico e de proteção ao consumidor.

 

De acordo com o edital, a Comissão deverá considerar, na avaliação das provas escritas, o raciocínio lógico, o conhecimento sobre o tema jurídico, a vinculação ao tema proposto, a utilização correta do idioma oficial e a capacidade de exposição.

 

Confira o edital no site www.trf3.jus.br/emag/concurso-magistrado/xix-concurso-publico-para-juiz-federal-substituto/

Continuar lendo

Atualizado: 07/05/2018 - 15:49

Patrocínio Paulista/SP: concurso com inscrições abertas

Oferta no concurso da Câmara Municipal de Patrocínio Paulista é de duas vagas distribuídas entre os cargos de auxiliar administrativo e procurador

Nível superior

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A Câmara Municipal de Patrocínio Paulista, localizada no Estado de São Paulo, abriu as inscrições do concurso público de dispõe de duas vagas para cargos de nível superior. O contrato de trabalho será regido pelo regime jurídico da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

 

Oportunidades estão distribuídas entre os postos de auxiliar administrativo e procurador, cujos respectivos salários iniciais são de R$ 1.700 e R$ 2.764,09.

 

As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico http://concursos.srdigitalizacoes.com.br, até o dia 5 de junho. O valor da taxa é de R$ 80 para ambas as funções.

 

O concurso da Câmara de Patrocínio Paulista/SP será constituído de uma única etapa: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por 30 questões de múltipla escolha, sendo 10 de língua portuguesa e 20 de conhecimentos específicos.

 

A avaliação será aplicada na cidade de Patrocínio Paulista/SP na data provável de 29 de julho, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado em momento oportuno.

 

 

Atribuições dos cargos da Câmara de Patrocínio Paulista/SP

 

 

Procurador - representar juridicamente a câmara municipal, em juízo ou fora dele, na forma da legislação em vigor; elaborar pareceres relativamente aos projetos de lei, decretos legislativos e resoluções, subsidiando o trabalho das comissões, sempre que solicitado por estas e / ou que se fizer necessário; emitir parecer em licitações e contratos; prestar suporte jurídico ao presidente da câmara e aos demais vereadores em matérias de interesse do Legislativo; apresentar justificativas, dentre outras manifestações junto ao Tribunal de Contas do Estado; participar de todas as sessões ordinárias, extraordinárias e solenes da câmara municipal; proferir decisões nas sindicâncias e nos processos administrativos e demais atribuições relacionadas ao exercício da advocacia. Emitir parecer em todos os projetos de lei, resolução ou decreto legislativo encaminhados às comissões permanentes para parecer.

 

Auxiliar administrativo - prestar atendimento e esclarecimentos ao público interno e externo, ou por meio de ofícios e processos ou através das ferramentas de comunicação que lhe forem disponibilizadas; efetuar e auxiliar no preenchimento de processos, guias, requisições e outros impressos; aperfeiçoar as comunicações internas e externas, mediante a utilização dos meios postos à sua disposição, tais como, telefone, correio eletrônico, entre outros; monitorar e desenvolver as áreas de protocolo, serviço de postagem; instruir requerimentos e processos, realizando estudos e levantamentos de dados, observando prazos, normas e procedimentos legais; organizar, classificar, registrar, selecionar, catalogar, arquivar e desarquivar processos, documentos, relatórios, periódicos e outras publicações; operar computadores, utilizando adequadamente os programas e sistemas informacionais postos à sua disposição, contribuindo para os processos de automação, alimentação de dados e agilização das rotinas de trabalho relativos à sua área de atuação; redigir textos, ofícios, relatórios e correspondências, com observância das regras gramaticais e das normas de comunicação oficial; efetivar o registro e o controle patrimonial dos bens públicos; colaborar em levantamentos, estudos para a formulação de projetos e ações públicas; realizar procedimentos do controle interno, elaborando os competentes relatórios de conformidade com a legislação de regência; auxiliar nos serviços do setor contábil; manter-se atualizado sobre as normas legais; participar de cursos de qualificação e repassar aos seus pares informações e conhecimentos técnicos proporcionados, dentre outras correlatas.

Continuar lendo

Atualizado: 07/05/2018 - 10:12

Câmara de Itaquaquecetuba/SP tem concurso com 19 vagas

Concurso da Câmara Municipal de Itaquaquecetuba é destinado a candidatos de todos os níveis escolares. A participação deverá ser garantida entre os dias 10 de maio e 7 de junho

Ganhos de até R$ 8,6 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Na região metropolitana de São Paulo, a cerca de 42,2 km da capital, a Câmara Municipal de Itaquaquecetuba divulgou um novo edital de concurso público destinado ao provimento de 19 vagas. Do total de ofertas, quatro são reservadas a pessoas com deficiência.

 

Para quem concluiu o ensino fundamental, as chances são para as funções de auxiliar administrativo (4 vagas), servente-copeira (4) e vigia (3). O salário inicial do primeiro cargo é de R$ 1.647,30 e dos dois últimos é de R$ 1.339,39.

 

Candidatos que têm o ensino médio estão aptos às carreiras de oficial administrativo (2) e recepcionista (1). Os respectivos vencimentos são de R$ 1.966,93 e R$ 1.647,30.


Nível superior é requisito para os postos de contador (1), controlador interno (1), jornalista (1), procurador jurídico (1) e técnico em informática (1). As remunerações variam de R$ 3.882,02 a R$ 8.622,99.

 

Como benefícios, a Câmara de Itaquaquecetuba ainda oferece auxílio-transporte, vale-refeição e cesta básica.

APOSTILAS CONCURSO CÂMARA DE ITAQUAQUECETUBA 2018 - AUXILIAR ADMINISTRATIVO

De acordo com o edital, o candidato nomeado prestará serviços câmara dentro do horário estabelecido pela administração, podendo ser diurno e/ou noturno, em dias de semana, sábados, domingos e/ou feriados, em escalas de plantão, obedecida à carga horária semanal de trabalho.

 

 

Etapas do concurso da Câmara de Itaquaquecetuba/SP

 

 

A empresa responsável pela organização e execução do processo de seleção é a Fundação Vunesp. O formulário de inscrição estará disponível na página eletrônica www.vunesp.com.br entre os dias 10 de maio e 7 de junho. Os valores da taxa de participação são de R$ 45 para ensino fundamental, R$ 55 para nível médio e R$ 82 para formação superior.

 

Todos os inscritos no concurso da Câmara de Itaquaquecetuba serão avaliados por meio de prova objetiva de múltipla escolha, que versará sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, raciocínio lógico, noções de informática, legislação e/ou conhecimentos específicos.

 

Candidatos que pleiteiam o cargo de procurador jurídico ainda serão submetidos à prova prático-profissional. Ela irá avaliar o grau de conhecimento e a capacidade de argumentação técnica do participante, necessários ao desempenho da função.

 

As prova objetiva e prático-profissional serão aplicadas na cidade de Itaquaquecetuba/SP no dia 29 de julho. A confirmação da data e as informações sobre o local, sala e horário serão comunicadas no Edital de Convocação, a ser divulgado no site da Fundação Vunesp em momento oportuno.

 

 

Atribuições dos cargos de nível médio da Câmara de Itaquaquecetuba/SP 

 

 

Oficial administrativo - auxiliar nos serviços de natureza administrativa, específicos de cada divisão ou setor da câmara. Redigir, digitar, conferir, ofícios ou quaisquer outros tipos de correspondências oficiais, proposituras, projetos, emendas, relatórios, encaminhados pelo superior hierárquico; conferir, ordenar e arquivar processos, publicações oficiais, documentos, livros, periódicos, prontuários, documentos fiscais e contábeis; atender a funcionários, vereadores e público fornecendo informações gerais atinentes ao serviço realizado, pessoalmente, por meio eletrônico ou por telefone; auxiliar nas sessões ordinárias, extraordinárias, solenes, nos atos solenes e atividades oficiais da câmara, no tocante aos serviços administrativos para o bom andamento dos trabalhos; comunicar ao superior hierárquico os problemas que prejudiquem o desenvolvimento dos trabalhos, assim como propor medidas capazes de simplificar e facilitar a execução dos trabalhos afetos ao seu serviço.

 

Recepcionista - atender o público em geral, identificando e averiguando suas pretensões para prestar-lhe informações e/ou encaminhá-lo às pessoas ou unidades administrativas solicitadas; registrar as visitas e os telefonemas atendidos, anotando dados pessoais e comerciais do munícipe e visitante, para possibilitar o controle dos atendimentos diários; receber a correspondência endereçada à câmara, bem como aos servidores, registrando em livro próprio para possibilitar sua correta distribuição; auxiliar nos serviços de natureza administrativa; executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

Continuar lendo

Atualizado: 04/05/2018 - 16:00

Câmara de Assis/SP reabre inscrições de concurso

Oportunidade no concurso da Câmara Municipal de Assis é de uma vaga para o cargo de procurador legislativo, cuja remuneração é de R$ 4,7 mil

Nível superior

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

No interior do Estado de São Paulo, a Câmara Municipal de Assis reabriu as inscrições do concurso público destinado ao provimento de uma vaga para o cargo de procurador legislativo. O contrato de trabalho será regido pelo regime estatutário, que garante estabilidade.

 

Para ingressar na carreira é necessário possuir diploma de conclusão de curso de nível superior em direito, além de registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O salário inicial é de R$ 4.713,56 para carga horária semanal de 40 horas.

 

O formulário de inscrição estará disponível no endereço eletrônico do Instituto Mais (www.institutomais.org.br) até o dia 17 de maio. O valor da taxa de participação é de R$ 85.

 

concurso da Câmara de Assis será constituído de provas objetiva e dissertativa, ambas de caráter eliminatório e classificatório.

 

A prova objetiva será composta por 50 questões de múltipla escolha, sendo cinco de língua portuguesa, cinco de conhecimentos básicos de legislação municipal e 40 de conhecimentos específicos. Já a avaliação dissertativa contará com três questões na área de direito administrativo e duas de direito constitucional, que deverá conter de cinco a 10 linhas.

 

As provas objetiva e dissertativa serão realizadas na cidade de Assis/SP na data prevista de 24 de junho, em locais e horários a serem comunicados, oportunamente, no edital de convocação

  

 

Atribuições do procurador da Câmara de Assis/SP

 

 

Assessorar a mesa diretora quanto à análise das proposições e requerimentos a ela apresentados; promover estudos e pesquisas por solicitação da mesa diretora e ou diretoria geral, mantendo o arquivo concernente devidamente atualizado; examinar os aspectos jurídicos dos atos administrativos e elaborar estudos de natureza jurídico-administrativa, apresentando o competente parecer; assessorar as comissões permanentes, no que se refere aos aspectos jurídicos, legais e constitucionais; pesquisar jurisprudência e doutrina em obras e periódicos da câmara municipal ou pela rede mundial de computadores; orientar sobre matérias jurídicas os vereadores, os assessores e os demais servidores da casa; elaborar e/ou amparar na elaboração e análise de minutas, contratos, editais de licitação, convênios, acordos ou ajustes em que for parte a câmara municipal; acompanhar as publicações oficiais e outros processos em que figure a câmara municipal; representar juridicamente o poder legislativo nas defesas a serem realizadas junto ao TCE; elaborar, quando solicitado, projetos de lei, resolução, decretos legislativos, bem como outros documentos de iniciativa do poder legislativo; prestar, quando convocado, assessoria durante as sessões ordinárias e extraordinárias, e, se necessário às solenes, auxiliando a mesa, os vereadores e os servidores; assessorar juridicamente as comissões especiais de inquérito, comissões processantes, comissões temporárias, de sindicância, de licitações e outras instauradas no curso dos trabalhos legislativos, visando assegurar a legalidade de seus atos e decisões até a elaboração do relatório final; executar outras tarefas. 

 

Continuar lendo

Atualizado: 04/05/2018 - 10:30

Últimos dias do prazo para 5.707 vagas em 22 concursos

Oportunidades para cargos de todos os níveis escolares nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Bahia, Sergipe, Maranhão, Pará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná

Ganhos de até R$ 11,9 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Chegam ao fim nesta sexta-feira (4), sábado (5) e domingo (6) as inscrições de 22 concursos públicos. Ao todo, eles selecionarão pelo menos 5.707 profissionais para cargos de todos os níveis escolares, com remunerações iniciais de até R$ 11,9 mil por mês.

As ofertas estão nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Bahia, Sergipe, Maranhão, Pará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

 

São Paulo

 

No Estado de São Paulo, as oportunidades estão no Hospital do Servidor Público Municipal (HSPM); Câmara Pedro de Toledo/SP; e nas prefeituras de Ibaté, Itatiba, Sarapuí, Itariri e Santa Cruz da Esperança.

 

Demais Estados

 

Os interessados ainda podem se inscrever nos concursos do Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas/RJ); Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB); Secretaria de Justiça e de Defesa ao Consumidor (Sejuc/SE); Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Alagoinhas/BA; Universidade Federal do Pará (UFPA); câmaras de Cocos/BA e Santa Lúcia/PR; e nas prefeituras de Pará de Minas/MG, Itaocara/RJ, Guapó/GO, Eusébio/CE, Olho D’água das Cunhãs/MA, Fortaleza/CE, Liberato Salzano/RS e Mafra/SC.

 

 

Prepare-se para os concursos públicos

 

Videoaulas para concursos públicos

Provas Anteriores de concursos públicos

 

Confira abaixo todos os concursos que encerram inscrições:
 

 

Sexta-feira (4)

 

Salários de até R$ 7,2 mil
Concurso HSPM/SP encerra hoje inscrições para 85 vagas

Todos os níveis
Concurso Pará de Minas/MG: prazo de inscrição acaba hoje

Todos os níveis
Aberto concurso para 26 vagas na Prefeitura de Ibaté/SP

Níveis médio e superior
Inscrições abertas para 46 vagas em concurso da UFPA

 

 

Sábado (5)

 

Salários de até R$ 3,6 mil
Concurso em Sarapuí/SP reúne 13 oportunidades

Nível médio
Concurso em Eusébio/CE abre inscrições para 63 vagas

Nível superior
UFSB recebe inscrições de concurso com 73 vagas

 

Domingo (6)

 

Níveis médio e superior
Pedro de Toledo/SP reabre inscrições de concurso

Salários de até R$ 6 mil
Itaocara/RJ prorroga inscrição de concurso com 264 vagas

Níveis médio, técnico e superior
Itatiba/SP abre inscrições de concurso com 110 vagas

Saúde
Concurso Iabas/RJ: abertas inscrições para 13 vagas

Níveis dundamental e superior
Prefeitura de Itariri/SP: concurso com inscrição aberta

Superior
Santa Cruz da Esperança: concurso com inscrições abertas

Todos os níveis
Guapó/GO divulga edital de concurso com 861 vagas

Nível médio
Concurso Sejuc/SE: últimos dias do prazo para 100 vagas

Todos os níveis
Olho D’água das Cunhãs/MA divulga concurso com 257 vagas

Salários de até R$ 6,2 mil
Câmara de Cocos/BA reabre inscrições para concurso

Salários de até R$ 9,8 mil
Concurso Fortaleza/CE: 2.467 vagas com inscrição até 6/5

Níveis médio/técnico e superior
Consórcio de Saúde de Alagoinhas: concurso tem 57 vagas

Todos os níveis
Liberato Salzano/RS inscreve para concurso com 20 vagas

Salários de até R$ 11,9 mil
Prefeitura de Mafra/SC: concurso reúne 16 ofertas

Nível médio
Câmara de Santa Lúcia/PR: concurso tem vaga para agente

 

 

Confira aqui todos os concursos com inscrições abertas

Continuar lendo

Atualizado: 02/05/2018 - 12:39

Guarulhos/SP define banca organizadora de concurso

Oportunidades do concurso SAAE de Guarulhos serão para cargos com exigência de nível superior completo. Edital será lançado em breve

SAAE

Por JCConcursos - Camila Diodato

Localizado na região metropolitana de São Paulo, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Guarulhos se prepara para realizar novo concurso público.

A seleção visará ao preenchimento de vagas para os cargos de subprocurador, advogado e engenheiro I. Todas as carreiras exigem ensino superior completo em áreas específicas

Recentemente, o órgão escolheu, por meio de dispensa, a banca organizadora do certame. A empresa selecionada é a Fundação Vunesp.

O próximo passo para a realização do concurso do SAAE de Guarulhos é a assinatura do contrato de prestação de serviços com a organizadora. Feito isso, será elaborado o cronograma contendo as datas de lançamento do edital, do período de inscrições e da aplicação das provas.

 

Sobre o SAAE de Guarulhos/SP

 

A produção de água potável do SAAE hoje corresponde a cerca de 13% do consumo de toda a cidade. Os outros 87% são adquiridos da Sabesp. Os sistemas produtores próprios, operados pelo SAAE, utilizam captações superficiais e subterrâneas, por meio das Estações de Tratamento de Água (ETAs) Cabuçu (7,3%) e Tanque Grande (2,45%), além de 28 poços artesianos (3,25%) espalhados pelo município.

O índice de cobertura em coleta de esgoto em Guarulhos é de 85,96%, segundo o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento – SNIS 2014 (dados oficiais disponíveis para o setor de saneamento). No entanto, o esgoto doméstico não chega às Estações de Tratamento (ETEs), sendo despejado in natura nos córregos da cidade. Guarulhos trata hoje cerca de 2,5% do seu esgoto. 


O SAAE conta com os subsistemas de tratamento São João, Bonsucesso e Várzea do Palácio, cujas ETEs teriam a capacidade de tratar 17% dos dejetos do município. Mas a falta de rede coletora faz com que as ETEs sejam subutilizadas.

Continuar lendo

Atualizado: 02/05/2018 - 10:13

São João da Boa Vista/SP: concurso com inscrição aberta

A participação no concurso do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de São João da Boa Vista (IPSJBV) deverá ser garantida até o dia 8 de maio

Todos os níveis

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Ainda dá tempo de participar do concurso público do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de São João da Boa Vista (IPSJBV). Oportunidade é de cinco vagas no seu quadro de pessoal permanente.

 

A função de auxiliar previdenciário - área transporte (1 vaga) exige ensino fundamental completo e carteira de habilitação na categoria “D”. O salário inicial é de R$ 1.066,76.

 

Candidatos que concluíram o ensino médio estão aptos à carreira de auxiliar previdenciário - área geral (3). O vencimento é de R$ 964,50.

 

Para o cargo de procurador (1), a exigência é de nível superior em direito e registro no órgão de classe. A remuneração é de R$ 4.084,11.

 

Além dos vencimentos, o IPSJBV ainda oferece o benefício de auxílio-alimentação no valor de R$ 150.

 

 

Etapas do concurso do IPSJBV

 

 

As inscrições deverão ser realizadas no endereço eletrônico do IPEFAE (www.ipefae.org.br) até o dia 8 de maio. Os valores da taxa de participação são de R$ 22 para ensino fundamental, R$ 32 para nível médio e R$ 45 para formação superior.

 

O concurso do IPSJBV será constituído das seguintes avaliações: prova objetiva para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório; prova prática para a função de auxiliar previdenciário - área transporte, eliminatória e classificatória; prova prático-profissional para procurador, eliminatória e classificatória; e análise de títulos para nível superior, apenas classificatória.

 

A prova objetiva será composta por 30 questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, noções de informática, conhecimento universal e/ou conhecimentos específicos.

 

O exame será aplicado na cidade de São João da Boa Vista/SP no dia 10 de junho, em locais e horários a serem divulgados no site do IPEFAE e do IPSJBV (www.ipsjbvsaojoao.com.br) até o dia 29 de maio.

 

A prova prático-profissional será aplicada na mesma data da objetiva. Ela consistirá na redação de uma peça profissional, elaborada em consonância com o conteúdo de conhecimentos específicos em direito.

Continuar lendo

Atualizado: 30/04/2018 - 11:36

Câmara de Ilha Solteira/SP reúne duas vagas em concurso

Oportunidades são para agente legislativo de comunicação e advogado, que pagam R$ 3,7 mil e R$ 4,1 mil, respectivamente. Concurso da Câmara de Ilha Solteira recebe inscrições a partir 9 de maio

Nível superior

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Câmara de Ilha Solteira, município paulista localizado a cerca de 650 km da capital, abriu concurso público destinado a preencher duas vagas em cargos de nível superior.

 

As oportunidades são para agente legislativo de comunicação (salário de R$ 3.792,90) e advogado (R$ 4.153,44), com regime de trabalho de 40 e 20 horas semanais, respectivamente.

 

Organizado pela Fundação Vunesp, o processo seletivo receberá inscrições entre 9 de maio e 12 de junho, por meio do site www.vunesp.com.br. O valor da taxa é o mesmo para ambas as funções: R$ 83.

 

Em 29 de julho, os candidatos serão submetidos a uma prova objetiva com 60 questões de múltipla escolha. Além disso, a seleção inclui avaliação prático-profissional para advogado, que consiste na elaboração de uma peça processual.

 

O concurso da Câmara de Ilha Solteira terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Legislativo, conforme estabelece o edital.

 

Atribuições do agente legislativo no concurso da Câmara de Ilha Solteira 2018

 

Planejar, coordenar, controlar e promover a execução das atividades e ventos inerentes à divulgação da Câmara de Vereadores, utilizando os diversos instrumentos como : produção de release, informativos, homepage, rádio, vídeo, com, TV Câmara; Recebe, estuda e propõe soluções em expedientes e processos, analisando e acompanhado junto às demais unidades o andamento das providencias; Participa de reuniões, providenciando pautas das mesmas, a convocação e a elaboração de atas; Redige e providencia a digitação de correspondência ou qualquer outro documento que verse sobre assunto confidencial; Mantém arquivo de documentos de interesse do vereador; Mantém o vereador informado sobre notícias, controle de prazos dos processos legislativo referentes a requerimentos, informações, respostas, indicações e apreciação dos projetos pela Câmara de Ilha Solteira, articulando um posicionamento e respostas; Prepara reuniões, visitas, palestras e conferências que o vereador deva comparecer, tomando as providências referentes ao protocolo, visando o cumprimento do programa; Atender, o vereador quanto ao planejamento político, realizando articulação e mantendo contato com outras entidades públicas ou privadas para obter ações e/ou informações de interesse; Supervisionar em articulação com a Presidência, a divulgação dos eventos, a publicação de atos e a montagem de Cerimonial da Câmara Municipal; Executa tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

 

Concurso Câmara Ilha Solteira 2018: atribuições do advogado

 

Atender, o Presidente da Câmara e as Comissões Permanentes e especiais nos assuntos jurídicos da Câmara, despacho de deliberação do Presidente. Atender, e representar juridicamente a Câmara Municipal e representa-la em juízo ou fora dela, nas ações em que esta for autora ou interessada, para assegurar os direitos pertinentes ou defender seus interesses; Estuda ou examina documentos jurídicos e de outra natureza, analisando seu conteúdo, com base nos códigos, leis, jurisprudências e outros documentos, para emitir pareceres fundamentados na legislação vigente; Apura ou completa informações levantadas, acompanhando o processo em todas as suas fases e representando a parte que é mandatária em juízo, para obter os elementos necessários à defesa ou acusação; Representa a organização em juízo ou fora dele, acompanhando o processo, redigindo petições, para defender os interesses da Câmara Municipal; Presta assistência às unidades administrativas em assuntos de natureza jurídica elaborando e/ou emitindo pareceres nos processos administrativos, como licitação, contratos, distratos, convênios, consórcios, questões trabalhistas ligadas à administração de recursos humanos etc., visando assegurar o cumprimentos de leis e regulamentos; Redige documentos jurídicos, pronunciamentos, minutas e informações sobre questões de natureza administrativa, fiscal, civil, comercial, trabalhista, pessoal e outros, aplicando a legislação em questão, para utilizá-los na defesa da Câmara de Ilha Solteira; Examina o texto de projetos de leis que serão encaminhados à Câmara, bem como as emendas propostas pelo Poder Legislativo, e elaborando pareceres, quando for o caso, para garantir o cumprimentos dos preceitos legais vigentes; Mantém contatos com consultoria técnica especializada e participa de eventos específicos da área, para se atualizar nas questões jurídicas pertinentes à Administração Municipal; Executa outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

Continuar lendo

Atualizado: 27/04/2018 - 16:03

SP/MS: TRF 3 deve realizar novo concurso ainda este ano

Seleção foi confirmada nesta semana e deverá contar com oportunidades para quem possui níveis médio e superior, com remunerações iniciais de até R$ 11,8 mil

Técnicos e analistas

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Quem pretende ingressar no funcionalismo público, na área judiciária, contará com mais uma ótima oportunidade em São Paulo. Acontece que, além dos Tribunais Regionais do Trabalho do Estado (2ª e 15ª regiões), o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF 3ª), que engloba os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, já começa a se programar para dar início a um novo concurso público ainda este ano.


O primeiro movimento para isto foi revelado na última segunda-feira, dia 23 de abril, quando a intenção de realizar o concurso foi anunciada pela coordenadora da Comissão de Acessibilidade e Inclusão do tribunal, juíza Luciana Ortiz Tavares Costa Zanoni, durante reunião com a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal do Estado de São Paulo (Sintrajud).


Na ocasião, a juíza adiantou que o TRF pretende reservar de R$ 6 a R$ 8 milhões do orçamento de 2018 para a realização do novo certame. “Há toda uma estratégia quem tem como prioridade a realização do concurso”, declarou a juíza. Durante a reunião, confirmou que o problema de déficit de pessoal se agravou em decorrência do aumento do número de aposentadorias, provocada pelas preocupações dos servidores com a Reforma da Previdência e com os efeitos da Emenda Constitucional 95/2016, que congelou os orçamentos dos órgãos públicos por 20 anos. “Ainda que façamos economia em outras áreas, não podemos nomear servidores, salvo nos casos autorizados”, lembrou a juíza, mencionando as limitações impostas pela EC 95. “Ficamos de mãos amarradas. Assim como servidores, faltam juízes”, disse.


A intenção é de que os preparativos para a seleção sejam iniciados o quanto antes, uma vez que a validade da última grande seleção, iniciada em 2013, encerrou no último dia 25 de abril. Depois disso, o órgão realizou outro concurso, em 2015, somente para algumas áreas específicas de técnicos e analistas.


Com isto, embora os cargos e vagas do novo certame ainda não estejam confirmadas, a tendência é de que sejam aproximadamente para as mesmas opções do concurso de 2013, para as carreiras de técnico e analista judiciário, destinadas, respectivamente, a quem possui níveis médio e superior. As três principais áreas, que tendem a ser oferecidas na próxima seleção são as de técnico judiciário na área administrativa, que pede apenas ensino médio; analista judiciário na área administrativa, para quem possui formação de nível superior em qualquer área; e analista judiciário na área judiciária, para quem possui formação em direito.
As remunerações iniciais atualmente são de R$ 7.592,83 para os técnicos e R$ 11.890,83 para analistas, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 884 por mês.


Além disso, em decorrência da lei 13.317, de 21 de junho de 2016, as duas carreiras contarão com mais três reajustes, em junho de 2018, novembro de 2018 e janeiro de 2019.


Com isto, para técnicos, já com o auxílio-alimentação, os valores passarão a ser de R$ 7.887,224, R$ 8.178,65 e R$ 8.475,36. Para analistas, R$ 12.374,34; R$ 12.852,49; e R$ 13.339,30.

 


Último Concurso
No concurso de 2013 foram oferecidas 260 vagas, sendo 125 para analistas e 135 para técnicos. Do total, 195 foram para a região metropolitana de São Paulo, 50 para o interior e 15 para o Mato Grosso do Sul. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Carlos Chagas.


No caso de técnicos, a seleção foi para as áreas administrativa, administrativa – segurança e transporte,  telecomunicações e eletricidade, contabilidade, enfermagem, informática e segurança do trabalho.
Para os analistas, áreas judiciária, judiciária oficial de justiça avaliador federal, arquivologia, biblioteconomia, contador, engenharia civil, engenharia mecânica, informática, informática – banco de dados, informática –infraestrutura, medicina – cardiologia, medicina – ortopedia,  medicina – psiquiatria, psicologia do trabalho e serviço social.

 

Continuar lendo

Atualizado: 26/04/2018 - 10:54

Diadema/SP: saiu edital de concurso para vagas no Ipred

Concurso do Instituto de Previdência do Servidor Municipal de Diadema (Ipred) oferece salários de até R$ 7 mil. Inscrições começam nesta sexta-feira (27)

Todos os níveis

Por JCConcursos - Samuel Peressin

O Instituto de Previdência do Servidor Municipal de Diadema (Ipred), na Grande São Paulo, divulgou edital de concurso público destinado a preencher quatro vagas imediatas, além de formar cadastro reserva (CR) em outros seis cargos.

 

A carreira de agente de serviços (CR e salário de R$ 1.187,87) pode ser disputada por candidatos com nível fundamental.

 

As ofertas de ensino médio são para agente administrativo (2 postos - R$ 1.831,91), motorista CNH "C" (CR - R$ 1.433,55) e técnico em contabilidade (CR - R$ 2.741), função que também exige formação técnica.

 

São disponibilizadas oportunidades de nível superior para procurador (1 - R$ 4.412,50), assistente social (1 - R$ 4.412,50), analista de sistemas (CR - R$ 4.412,50), contador (CR - R$ 4.412,50) e médico perito (CR - R$ 7.071,26).

 

A Dédalus Concursos, banca contratada para organizar a seleção, abre inscrições nesta sexta-feira (27), pelo site: www.dedalusconcursos.com.br. Será possível se candidatar até 28 de maio, às 23h59, pagando taxa de R$ 8,87.

 

Sobre as provas do concurso do Ipred Diadema 2018

 

Em 1º de julho, a empresa avaliadora aplicará prova objetiva para todos os cargos, além de teste prático-profissional apenas para procurador.

 

O número de questões do exame objetivo (40, 50 ou 60), bem como as disciplinas (língua portuguesa, matemática, raciocínio lógico, informática, atualidades e conhecimentos gerais e específicos), varia conforme a função.

 

O processo seletivo prevê, ainda, avaliação prática para os concorrentes a motorista, prevista para ocorrer em 27 de julho. A convocação para esta etapa sairá no dia 24 do mesmo mês.

 

De acordo com o edital, o concurso do Ipred terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do instituto.

 

Atribuições do agente de serviços no concurso do Ipred Diadema

 

Garantir a realização de serviços de limpeza, lavagem, desinfecção, varrição, no ambiente interno; lavar vidros; utilizar, limpar, guardar materiais, utensílios e equipamentos; realizar a coleta de lixo; preparar bebidas observando as determinações superiores, servir água, sucos e cafés, quando solicitado, atendendo à cordialidade e bons préstimos; receber, conferir, separar e armazenar os gêneros alimentícios; participar de reuniões, treinamento e desenvolvimento para aperfeiçoamento do processo de trabalho; realizar outras tarefas correlatas solicitadas pela chefia.

 

Concurso Ipred Diadema 2018: atribuições do agente administrativo

 

Garantir a prestação qualitativa dos serviços de pesquisa, análise redação de documentos, datilografar, digitar, organizar, elaborar, instaurar, registrar, controlar, acompanhar e manter os processos administrativos nas diversas áreas; executar o recebimento, distribuição, suprimento, registro, controle dos documentos, processos, materiais, gêneros e equipamentos; atender as solicitações de informações ao público interno e externo através de recepção, reuniões e outras atividades de apoio administrativo; fazer a composição, registro, controle e acompanhamento de contratos de financiamento; encaminhar ações contábeis para pagamento de notas, taxas de expedientes, emolumentos; organizar o processo de trabalho através do planejamento e programação das ações e atividades de implementação dos serviços de acordo com os procedimentos e normas administrativas; participar de reuniões, treinamento e desenvolvimento para aperfeiçoamento do processo de trabalho; realizar outras tarefas correlatas solicitadas pela chefia.

Continuar lendo

Atualizado: 23/04/2018 - 10:28

MP/SP: confirmada banca para 30 vagas de analista

Oferta inicial é de 30 vagas, mas outras poderão ser preenchidas durante a validade do certame, que será para todo o Estado. Comissão já está formada

Inicial de R$ 7,6 mil

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Após a nomeação do procurador-geral do Estado, Gianpaolo Poggio Smanio, no último dia 11, para ocupar o cargo por mais dois anos, até 2020, o  Ministério Público do Estado de São Paulo (MP/SP) já retomou os preparativos para a realização do seu novo concurso público para a carreira de analista jurídico, autorizado em 12 de fevereiro.

Acontece que foi divulgada, por meio de publicação em diário oficial, no último dia 21, a escolha da Fundação Vunesp como organizadora da seleção. A publicação do edital deve ocorrer nas próximas semanas.

Ao todo serão oferecidas 30 vagas e para concorrer é necessário possuir nível superior em direito, com remuneração inicial de R$ 7.697,23, para jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Segundo informações obtidas junto ao setor de recursos humanos do órgão, a intenção é publicar o edital junto com o de outros dois concursos autorizados em 2017, para os cargos de auxiliar de promotoria e analista téncico científico, condição agora reforçada com a contratação da Vunesp, que já havia sido definida para os concursos de auxiliar e analista científico.

Mais informações sobre estes concursos podem ser obtidas aqui.

De acordo com a autorização de analista jurídico, as oportunidades serão destinadas para a capital, Grande São Paulo, litoral e interior. Também no dia 12 já foi anunciada, por publicação em diário oficial, a relação dos membros que formarão a comissão responsável pelo concurso. Com isto, a expectativa é de que o edital seja publicado de forma bastante rápida, assim que contratada a banca organizadora. A expectativa é de que seja a Fundação Vunesp, para que os três editais possam ser publicados no mesmo dia, uma vez que a banca já foi confirmada para os cargos de auxiliar de promotoria e analista técnico científico.

De acordo com a autorização do procurador-geral, além das vagas iniciais, outras poderão ser preenchidas durante o prazo de validade do concurso.


Ele específica, ainda, que a realização do concurso se deve a oportunidades criadas no ano passado, pela lei 16.501/2017, na qual o governador Geraldo Alckmin sancionou a criação de 546 vagas para a assistência jurídica do MP. A determinação governamental indicava que, do total de postos criados, 273 deveriam ser preenchidos em 2017 e mais 273 no decorrer deste ano. Com isto, a expectativa é de que muitas oportunidades deverão ser aproveitadas, além das 30 inicialmente autorizadas.    A comissão do concurso é presidida pelo promotor Marcio Francisco Escudeiro Leite e conta, ainda, com o promotor Denis Fábio Marsola, pela assessora Vivian Seabra e pela oficial de promotoria Layla Juliana Camillo Ribeiro de Carvalho.      

Atribuições

   Cabe ao profissional da área elaborar minutas de peças processuais, pareceres e outras manifestações próprias da função de execução, além de análises, estudos, exames, pesquisas, relatórios e trabalho de natureza jurídica; auxiliar na realização de audiências, reuniões e sessões; acompanhar o andamento dos processos judiciais, inquéritos policiais ou civis, bem como procedimentos administrativos; realizar diligências e manter registro e controle das atividades desenvolvidas, apresentando os consequentes relatórios.      

Último Concurso

Na lei que cria as vagas para o cargo, a carreira vem denominada como analista de promotoria-assistente jurídico. Neste caso, o último concurso público foi realizado em 2015, com uma oferta de 107 vagas, destinadas para a capital e cidades de Araçatuba, Bauru, Franca, Piracicaba, Presidente Prudente, Santos, Sorocaba, Taubaté, Registro, Campinas, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto. A organizadora foi a Fundação Vunesp.   A seleção foi composta de duas fases, com provas objetivas na primeira e prova escrita e discursiva na segunda. A parte objetiva contou com 100 questões, sendo 13 de conhecimentos gerais e 87 de Conhecimentos Específicos. Em conhecimentos gerais foram dez de língua portuguesa e três de atualidades. Em conhecimentos específicos, 15 de direito penal, 15 de direito processual penal, 12 de tutela de interesses difusos, sete de direito civil, sete de direito processual civil, seis de direito administrativo, seis de direito constitucional, cinco de direito da infância e juventude, quatro de direito comercial e empresarial, seis de direitos humanos e quatro de direito eleitoral.    A prova escrita contou com uma redação sobre direito penal ou processual penal, uma de tutela dos direitos difusos e coletivos ou direito processual civil e cinco questões discursivas  
Continuar lendo

Atualizado: 19/04/2018 - 10:53

Taubaté/SP: concurso tem vaga para advogado na Fust

Com inscrições disponíveis até o próximo domingo (22), concurso da Fust oferece salário inicial de R$ 5,9 mil. Prova está marcada para 20 de maio

Últimos dias

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Encerra-se neste domingo (22) o período de inscrições para o concurso da Fundação Universitária de Taubaté (Fust), em São Paulo, destinado a preencher uma vaga de advogado.

 

Com salário inicial de R$ 5.971, o cargo pode ser disputado por profissionais que possuem curso superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

 

Os interessados devem realizar cadastro pelo site da Empresa de Pesquisa, Tecnologia e Serviços (EPTS), banca que organiza a seleção, por meio do endereço: www.epts.com.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 120.

 

Prevista para 20 de maio, a prova objetiva cobrará a resolução de 50 questões de múltipla escolha sobre conhecimentos específicos em, no máximo, três horas. O resultado final sairá em 19 de junho.

 

De acordo com o edital, o concurso da Fust terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério da fundação.

 

Concurso Fust Taubaté: atribuições do advogado

 

Representa a Instituição em juízo ou fora dele, nas ações em que esta for autora, ré ou interessada, acompanhando o andamento do processo judicial ou extrajudicial; prestando assistência jurídica; apresentando recursos em qualquer instância; comparecendo às audiências e outros atos, para defender direitos ou interesses da Instituição. Estuda a matéria jurídica e de outras naturezas, consultando legislação, doutrina, jurisprudência e outros documentos que se fizerem necessários. Complementa ou apura informações, inquirindo os empregados públicos da Instituição, as testemunhas e outras pessoas para obter os elementos necessários à defesa; prepara peças jurídicas arrolando e correlacionando os fatos e aplicando o procedimento adequado, para apresentá-las em juízo; acompanha o processo em todas as suas fases para garantir seu trâmite legal até a decisão final jurisdicional; redige ou elabora documentos jurídicos, pronunciamentos, minutas e informações sobre questões de natureza administrativa, cível, tributária, trabalhista dentre outras áreas do direito, aplicando a legislação, forma e terminologia adequadas ao assunto em questão.

Continuar lendo

Atualizado: 18/04/2018 - 13:12

Concurso em Santo Antônio do Pinhal/SP reúne 17 vagas

Chances em disputa no concurso da Prefeitura de Santo Antônio do Pinhal estão distribuídas entre funções destinadas a profissionais de todas as escolaridades. Inscrições até 22 de abril

Interior paulista

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de Santo Antônio do Pinhal, no interior de São Paulo, encerra no domingo (22) o período de inscrições para o concurso que preencherá 17 vagas imediatas, além de formar cadastro reserva (CR). Os salários vão de R$ 954 a R$ 8.931,30.

 

Profissionais com nível fundamental incompleto podem concorrer como servente (1 posto), operador de máquinas (CR) e motorista (CR). Já quem concluiu tal ciclo escolar tem chance como auxiliar de serviços gerais - manutenção de frota (1).

 

Ensino médio é requisito para inspetor de alunos (1), fiscal geral (1), auxiliar em saúde bucal (1), atendente (CR), assistente de administração (1), agente de trânsito (1), agente de combate a endemias (1) e agente comunitário de saúde (1 + CR).

 

As oportunidades de nível superior são para procurador jurídico (CR), médico plantonista (1), médico da família (1), fisioterapeuta (1), engenheiro civil (1), enfermeiro (CR), dentista - periodontia (1), dentista - endodontia (1), dentista - cirurgia e traumatologia buco-maxilo-faciais (1) e professor nas áreas de educação infantil (CR), auxiliar de sala (CR), ensino fundamental (CR), ciências (CR), informática (CR), artes (CR), educação física (CR), geografia (CR), história (CR), língua inglesa (CR), língua portuguesa (CR), matemática (CR), música (CR) e ecoturismo (1).

 

Concurso Prefeitura Santo Antônio do Pinhal: inscrições e provas

 

A Consesp, banca que organiza a seleção, recebe inscrições pelo site www.consesp.com.br. São cobradas taxas de R$ 17,90 (nível fundamental) e R$ 19,90 (médio e superior).

 

O processo seletivo envolverá provas objetiva (todos os cargos), prática (motorista e operador de máquinas) e de títulos (professor), com aplicação em 20 de maio.

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Santo Antônio do Pinhal terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

Continuar lendo

Shopping