Interior mineiro

Bom Despacho/MG abre concurso com 229 vagas (2018)

Concurso da Prefeitura de Bom Despacho preencherá postos em cargos de níveis médio/técnico e superior de ensino. Inscrições serão recebidas entre 28 de maio e 26 de junho

0,00(0.0%)0 voto(s)

Samuel Peressin
Publicado em 29/03/2018, às 15h37

A Prefeitura de Bom Despacho, no Estado de Minas Gerais, divulgou edital de concurso destinado a preencher 229 vagas imediatas. A oferta salarial varia de R$ 1.286,89 a R$ 2.138,73.

Na função de técnico em gestão pública municipal há oportunidades para profissionais com ensino médio (20 postos) e formação técnica nas áreas de análises laboratoriais (1), enfermagem (14), gerência em saúde (2), informática (2), saúde bucal (10), secretariado escolar (2) e segurança do trabalho (2).

Para concorrer como fiscal municipal (10) é necessário possuir segundo grau completo e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria "AB".

As carreiras de professor de educação infantil (60) e professor de ensino fundamental/anos iniciais (1) podem ser disputadas por docentes com ensino médio e habilitação para o magistério.

APOSTILAS CONCURSO BOM DESPACHO/MG 2018 - ENSINO TÉCNICO DE ENFERMAGEM

Em nível superior há chances no concurso da Prefeitura de Bom Despacho para especialista em educação básica (6) e gestor público municipal com graduação em qualquer área (3) e em administração (5), arquitetura e urbanismo (2), biblioteconomia (1), biologia (1), ciência da computação ou sistemas de informação (3), ciências contábeis (3), direito (6), economia (1), educação física (5), enfermagem (12), engenharia agronômica (1), engenharia ambiental (2), engenharia civil (3), engenharia de agrimensura (1), engenharia de segurança do trabalho (1), farmácia (1), fisioterapia (2), geografia (1), geologia ou engenharia de minas (1), história (1), jornalismo (1), matemática ou estatística (2), veterinária (2), nutrição (8), odontologia (13), psicologia (9), serviço social (6), sociologia (1) e pedagogia (1).

Concurso Prefeitura Bom Despacho 2018: inscrições e provas

A seleção é organizada pela Fundação Educacional de Lavras (Unilavras). Será possível se inscrever entre 11h de 28 de maio e 23h59 de 26 de junho, por meio do site www.unilavrasconcursos.com.br. As taxas vão de R$ 90,08 a R$ 149,71.

O processo seletivo envolverá provas objetiva e discursiva (todos os cargos), em 29 de julho, além de avaliações física (fiscal municipal) de títulos (professor, especialista em educação e gestor público) e médica (todos os empregos).

Válidos pela primeira etapa do concurso da Prefeitura de Bom Despacho, o teste objetivo trará 100 questões de múltipla escolha, enquanto o exame escrito cobrará a elaboração de uma redação entre 20 e 30 linhas.

O conteúdo programático inclui língua portuguesa, matemática, informática, legislação, língua inglesa e conhecimentos gerais e específicos, variando as disciplinas conforme a vaga.

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Bom Despachoterá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

Atribuições do fiscal municipal no concurso da Prefeitura de Bom Despacho

Fiscalizar todas as atividades sobre as quais o Município exerça ou deva exercer Poder de Polícia, exceto aquelas de competência privativa de Auditor Fiscal Municipal. Competirá ao Fiscal Municipal notificar responsáveis, lavrar autos de advertência e de infração, realizar diligências, instruir processos, realizar vistorias, expedir laudos de vistoria, participar de comissões, conselhos, comitês, grupos de trabalho e outros para tratar de assuntos pertinentes ao Poder de Polícia e à Fiscalização Municipal, fazer relatórios, prestar contas de suas atividades, assessorar a alta administração na sua área de atuação. Exercer atividades administrativas tais como coligir informações, fazer pesquisas, conferir, classificar e arquivar documentos, realizar levantamentos, reunir dados, operar computadores, fazer entrada de dados e alimentar bancos de dados, editar e formatar textos e planilhas, conferir valores, realizar cálculos, elaborar documentos públicos, fazer lançamentos, realizar registros públicos, participar da elaboração de propostas orçamentárias do Serviço de Fiscalização e da Secretaria Municipal a que esteja vinculado, redigir correspondências e demais documentos oficiais, atender ao público, protocolar documentos, preencher documentos, pesquisar arquivos, preparar relatórios, registrar e encaminhar processos e documentos, coletar informações de campo, instruir processos, realizar sindicâncias e diligências, preparar pedidos e requisições de fornecimento, conferir mercadorias recebidas e serviços prestados, redigir informações de rotina, conduzir veículos do Município quando em serviço, coordenar equipes de trabalho, cumprir diligências determinadas por seus superiores, preparar termos de referência e projetos básicos, auxiliar na preparação e execução de cursos, palestras e atividades educativas e de divulgação oferecidas pela Administração Municipal.

Sobre Prefeitura Bom Despacho

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas