Níveis médio e superior

Última semana para inscrição no concurso de Ivoti RS

Prefeitura oferece oito vagas imediatas e salários acima de R$ 6,3 mil. Candidatos farão prova em 9 de dezembro

Samuel Peressin
Publicado em 01/11/2018, às 14h40

Termina na próxima quinta-feira (8) o prazo para inscrições no concurso da Prefeitura de Ivoti, no interior gaúcho. A seleção oferece oito vagas imediatas, além de chances para cadastro reserva (CR). 

Ensino médio completo é requisito para quem pretende concorrer ao cargo de fiscal geral (1 posto e remuneração de R$ 2.848,23).

Em nível superior há oportunidades para agente de esporte e lazer (CR - 3.514,99), agente de arte e cultura (CR - R$ 3.514,99), fisioterapeuta (1 - R$ 2.101,75), nutricionista (CR - R$ 4.203,49), odontólogo (CR - R$ 4.203,49) e médico nas seguintes áreas: cirurgião (1), clínico geral (1), ginecologista (1), pediatra (1), psiquiatra (1) e traumatologista (1), com vencimentos de R$ 6.399,45.  

Concurso Prefeitura Ivoti: inscrições e avaliação

Os interessados devem realizar cadastro pelo site da UNA Gestão e Assessoria (https://www.unars.com.br/), banca que organiza a seleção. As taxas custam R$ 93,40 (fiscal) e R$ 140,10 (demais carreiras). 

Prevista para 9 de dezembro, a prova objetiva cobrará a resolução de 40 questões de múltipla escolha sobre português, matemática/raciocínio lógico, legislação e conhecimentos específicos. 

O concurso da Prefeitura de Ivoti terá validade de dois anos, a contar da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital

Concurso Prefeitura Ivoti: atribuições do fiscal geral

Fiscalizar obras particulares, verificando e conferindo projetos aprovados pelo Município no que se refere à localização, situação e alinhamento de prédios residenciais, comerciais e industriais; informar os processos de licenciamento e certidões concedidos pelo Município, referentes a acréscimos, reformas e demolições; embargar obras irregulares, intimando e autuando aqueles que infringem o Código de Obras do Município; proceder à vistoria para a concessão de licenças e termos de "habite-se", alvarás de licença, levantamento de prédios existentes, desmembramentos, projetos populares, aprovação de projetos e outros. Efetuar levantamentos fiscais no comércio, indústria e firmas de prestação de serviços profissionais e liberais, para o efeito de pagamento de impostos municipais, taxas e alvarás de licença; orientar os contribuintes quanto as Lei Tributárias Municipais. Efetuar perícias contábeis em empresas e estabelecimentos bancários; expedir notificações, lavrar autos de infração, realizar diligências, elaborar mensalmente o relatório de suas atividades; efetuar estudos relativos ao comportamento da tributação e crédito para com a Fazenda Pública Municipal; verificar a arrecadação do imposto sobre Circulação de Mercadorias pelo Estado, para fins de apuração. Controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse à saúde; executar as ações de Vigilância Sanitária; inspecionar alimentos compreendido o controle de seu teor nutricional, registro, validade e procedência, bem como bebidas e águas para consumo humano; inspecionar e licenciar veículos que transportem alimento; emitir alvarás de acordo com o que foi pactuado no processo de municipalização; cumprir as Resoluções da ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, quando através do recebimento de circulares retirando do mercado, produtos nocivos à saúde, ou seja, produtos sem registro do Ministério da Saúde - MS, ou que apresentam resultado de análise não satisfatória; atender e resolver denúncias; fiscalizar eventos; aplicar a Lei Estadual nº 6.503 - Decreto nº 23.430, de 22 de dezembro de 1972; Lei Federal nº 6.437, de 20 de agosto de 1977, e mais Portarias complementares; vistoriar e fiscalizar as atividades potencialmente poluidoras com finalidade de emissão e controle dos Alvarás de Localização e Funcionamento e Licenças Ambientais; fazer fiscalizações e vistorias e emitir pareceres; auxiliar no controle e monitoramento das operações das ETA’s, ETE’S e Aterro Sanitário; realizar outras tarefas correlatas.

Sobre Prefeitura Ivoti

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas