20 vagas

Prefeitura de Paulínia SP abre concurso para professor

Inscrições seguem disponíveis até 5 de novembro. Prova está marcada para 16 de dezembro

0,00(0.0%)0 voto(s)

Samuel Peressin
Publicado em 19/10/2018, às 10h00

A Prefeitura de Paulínia, no interior de São Paulo, abriu processo seletivo destinado a preencher 20 vagas de professor. As oportunidades exigem curso superior e oferecem vencimentos entre R$ 39,57 e R$ 44,46 por hora/aula.  

Há chances para lecionar em turmas de educação básica I (1 posto) e educação básica II nas áreas de educação especial (1), arte (1), biologia (1), ciências (1), filosofia (1), física (1), geografia (1), história (1), informática (1), inglês (1), língua portuguesa (1), matemática (1), química (1), sociologia (1), educação especial - deficiência auditiva (1), educação especial - deficiência visual (1), educação física (1), administração de empresas (1) e enfermagem (1). 

A SHDias, banca que organiza a seleção, recebe inscrições até 5 de novembro, exclusivamente pela internet (www.shdias.com.br). O valor da taxa de participação é de R$ 17,70. 

Etapas do concurso da Prefeitura de Paulínia para professor

Marcada para 16 de dezembro, a prova objetiva cobrará a resolução de 30 questões de múltipla escolha abordando conteúdos de língua portuguesa, matemática e conhecimentos específicos. 

Os documentos relativos à análise de títulos devem ser encaminhados à empresa examinadora, via Sedex, até 6 de novembro. Os candidatos podem apresentar diplomas de mestrado e doutorado. 

O concurso da Prefeitura de Paulínia terá validade de um ano, a contar da data de homologação do resultado. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital.

Concurso Prefeitura Paulínia: atribuições do professor de educação básica I

Programar e executar as atividades, ministrar aulas, responsabilizando-se pela organização da sala e dos materiais referentes ao seu planejamento; elaborar, executar, acompanhar e avaliar os planos de ensino, o Projeto Político-Pedagógico da escola e demais projetos da unidade escolar; realizar o trabalho pedagógico articulando-o às diretrizes pedagógicas; respeitar o educando como sujeito histórico do processo educacional, comprometendo-se com seu desenvolvimento e aprendizagem; alfabetização e a aprendizagem e as diretrizes da unidade escolar na escolha e utilização de materiais, procedimentos didáticos e instrumentos de avaliação do processo ensino-aprendizagem; participar de todas as atividades educacionais que lhe forem atribuídas por força de suas funções; participar dos conselhos de série e classe conforme seu campo de atuação; participar das associações ligadas à escola, que congregam pais e docentes, conforme estatuto; comparecer à escola com assiduidade e pontualidade, realizando seu trabalho educativo com competência e compromisso; manter devida e normalmente escriturados os diários de classe e outros registros exigidos, relativo as suas atividades, fornecendo informações solicitadas sempre observando as normas e prazos estabelecidos; executar outras tarefas conforme legislação vigente; seguir a orientação pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, obedecendo a organização curricular da Rede Municipal de Ensino bem como demais atribuições previstas no Regimento da Rede Municipal de Educação de Paulínia. Buscar e executar orientações metodológicas e procedimentos didáticos para as interações e atividades a serem utilizadas com os educandos com deficiência, transtornos Globais do desenvolvimento, altas habilidades/superdotação.
 

Sobre Prefeitura Paulínia

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas