Concurso em Taubaté/SP tem vagas para professor

Edital apresenta chances para docentes em 17 áreas de ensino. Com inscrições até 27 de maio, concurso da Prefeitura de Taubaté terá prova aplicada em 10 de junho

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro
Publicado: 16/05/2018 - 13:56 | Atualizado: 17/05/2018 - 16:37

A Prefeitura de Taubaté, município paulista localizado a cerca de 130 km da capital, abriu processo seletivo para formação de cadastro reserva de docentes.

As chances para professor de educação infantil e professor de ensino fundamental - séries iniciais podem ser disputadas por educadores com formação a partir de nível médio.

APOSTILAS CONCURSO SEED TAUBATÉ 2018 - PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E PROFESSOR I

Curso superior é requisito para professor III nas áreas de arte, artes plásticas, ciências, dança, educação especial, educação física, geografia, história, língua inglesa, língua portuguesa, matemática, música-canto, química, teatro e física.

A remuneração é de R$ 16,36 por hora/aula, com acréscimo de 40% de adicional de nível universitário. A carga mínima para todas as funções é de 24 horas semanais.

Concurso Prefeitura Taubaté: inscrições e avaliação

O Instituto Excelência, responsável pela organização da seleção, recebe inscrições até 27 de maio, pelo site www.institutoexcelenciapr.com.br. A taxa de participação custa R$ 15,65.

Os candidatos serão avaliados em etapa única, por meio de prova objetiva com 50 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, legislação e conhecimentos pedagógicos e específicos. O exame está marcado para 10 de junho. 

APOSTILAS CONCURSO SEED TAUBATÉ 2018 - PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E PROFESSOR I

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Taubaté terá validade de um ano, prorrogável por mais um, a critério do governo municipal.

Conteúdo programático parcial para o concurso da Prefeitura de Taubaté

Língua portuguesa – 1. Interpretação de texto 2. Norma culta e variantes. 3.Coesão e coerência 4. Denotação e conotação. 5. Figuras de linguagem. 6. Vícios de linguagem. 7. Polissemia, sinonímia e antonímia. 8. Homonímia e paronímia. 9. Fonética e fonologia: ortografia; acentuação gráfica; crase. 10. Morfologia: classes de palavras e suas flexões. 11. Sintaxe: pontuação; regência verbal e nominal; colocação pronominal. 12. Estilos de época na Literatura, do século XIX aos dias atuais. 13. Poesia e prosa modernas no Brasil. BIBLIOGRAFIA REFERENCIAL SUGERIDA: 1. BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. 37. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009 2.CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Nova Gramática do Português contemporâneo. 6. ed. Rio de Janeiro: Lexicon, 2013. 3. FIORIN, José Luiz; SAVIOLI, Francisco Platão. Para entender o texto: leitura e redação. 5. ed. São Paulo: Ática, 2008. 4. GARCIA, Othon M. Comunicação em prosa moderna. 26. ed. Rio de Janeiro, 2006.

Conhecimentos pedagógicos e legislação – 1.Métodos, teorias e/ou sistemas educacionais: Freinet, Montessori, Waldorf, Libaneo, Gardner, Ruben Alves, Freire, Decroly, Piaget, Wallon, Vygotsky, Morin, Perrenoud. 2.Teoria da Aprendizagem Social de Albert Bandura. 3.Teoria de Ensino de Jerome Bruner. 4.Teoria da Aprendizagem Significante de Carl Rogers. 5.Teoria de Aprendizagem Significativa de David Ausubel. 6.Teoria da Atividade (Vygotsky, Leontiev, Davydov). 7. Possibilidades de ensino e aprendizagem através de mídias eletrônicas. 8.Pressupostos e Características da Didática. 9. A relação pedagógica como decorrência do estar no mundo. 10.A prática pedagógica sistemática socialmente promovida. 11. A relação discurso-fundamento-ação. 12.Contexto da Prática Pedagógica. Interesses e objetivos: o consensual e o conflitante. 13.A Construção de uma Proposta de Ensino-Aprendizagem. 14.Planejamento da ação: metas e objetivos, o significado dos conteúdos, a propriedade dos procedimentos didáticos, o sentido da avaliação. 15.Planejamento, avaliação e currículo. 16.Interdisciplinaridade, plano de aula, mediação professor/aluno. 17. Lei no 9394-1996 Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional; 18.Lei no 8069-1990- Estatuto da Criança e do Adolescente; 19. lei nº 10.639-2003 História e Cultura Afro Brasileira e Africana; 20. Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos - 2007. BIBLIOGRAFIA REFERENCIAL SUGERIDA: 1.BRASIL, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Diretrizes Curriculares para a Educação Infantil. Brasília: MEC, SEB, 2010. 2.BRASIL, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/wp-content/uploads/2018/02/bncc-20dez-site.pdf 3.BRASILMINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA Ensino Fundamentalde Nove Anos Orientações para a Inclusão da Criança de Seis Anos de Idade. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/Ensfund/ensifund9anobasefinal.pd 4.Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990. ECA - Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. 5. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014 - Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências.

Confira o conteúdo programático completo para o concurso de professor da Prefeitura de Taubaté 

Vídeos Prefeitura Taubaté

Concursos Relacionados

Mais Lidas

Mais Recentes

Shopping