Imediatas e cadastro

Concurso Sedest DF 2019 divulga novas datas de provas

Com 1.884 vagas, concurso Sedest DF 2019 aplicará os exames em abril (dias 14 e 28) e maio (dias 12 e 26). Avaliações realizadas em março foram anuladas após atraso na distribuição dos cadernos de prova

Samuel Peressin
Publicado em 25/03/2019, às 10h39 - Atualizado em 08/04/2019, às 10h39

O Instituto Brasil de Educação (Ibrae) divulgou ontem (7) as novas datas de aplicação das provas do concurso Sedest DF 2019 (Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos do Distrito Federal). O JC Concursos detalha os dias e horários para cada cargo no quadro abaixo:

A remarcação acontece após a anulação dos exames realizados em 24 de março. Na ocasião, o atraso na distribuição dos cadernos de avaliação destinados à Universidade Paulista (Unip) deu início a uma confusão. Em nota, a banca informou que os testes chegaram a ser fotografados e divulgados na internet pelos próprios participantes

A seleção preencherá 1.884 vagas: são 314 imediatas e 1.570 para cadastro reserva. O processo seletivo será composto por avaliações objetiva (todas as carreiras) e discursiva (para nível superior).

• CURSO DIVERSOS CARGOS

Seleção 

O conteúdo programático para as provas da primeira fase abrange língua portuguesa, atualidades, direito constitucional, direito administrativo e conhecimentos específicos para todas as carreiras, além de assistência social para os postos de especialista.

 

As outras etapas incluem avaliação psicológica e sindicância de vida pregressa/investigação social, em datas a serem oportunamente definidas. 

As inscrições foram recebidas pelo Ibrae até 8 de fevereiro. As taxas de participação custaram R$ 85 (ensino médio) e R$ 115 (superior).

 

Vagas

Quem possui nível médio concorre como técnico em assistência social nas especialidades de agente social (100 postos + 500 CR), cuidador social (10 + 50 CR) e técnico administrativo (17 + 85 CR). A remuneração é de R$ 2.600.

• APOSTILAS CONCURSO SEDEST DF 2019 - CARGOS DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
• CURSOS CONCURSO SEDEST 2019 - DIVERSOS CARGOS

Curso superior é requisito para especialista em assistência social nas seguintes funções: educador social (18 + 90 CR), direito e legislação (10 + 50 CR), pedagogia (8 + 40 CR), psicologia (49 + 245 CR), serviço social (83 + 415 CR), administração (3 + 15 CR), ciências contábeis (3 + 15 CR), comunicação social (2 + 10 CR), economia (3 + 15 CR), estatística (3 + 15 CR) e nutrição (5 + 25 CR), com vencimentos de R$ 3.599,70.

O concurso Sedest DF terá validade de dois anos, a contar da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério da pasta, conforme estabelece o edital.

Atribuições dos cargos de nível médio no concurso Sedest DF

  • Técnico administrativo – Executar atividades técnico-administrativas relacionadas a serviços de apoio à pesquisa, planejamento, gestão de pessoas, finanças, orçamento, patrimônio, material, transporte, carreiras e remuneração, arquivo, redação oficial, comunicação e modernização.
     
  • Cuidador social Executar atividades técnico-operacionais específicas relativas à assistência e proteção social especial em unidades de alta complexidade relacionadas ao acolhimento e assistência às crianças, adolescentes, famílias, idosos e pessoas com deficiência sob seus cuidados.
     
  • Agente social Executar atividades técnico-operacionais no âmbito das diversas unidades de assistência social.

Conteúdo programático de nível médio

Abaixo, mais detalhes sobre as disciplinas e conteúdo que será aplicado na prova do concurso Sedest DF 2019:

  • Língua portuguesa - 1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Domínio da ortografia oficial. 3. Acentuação gráfica. 4. Domínio da estrutura morfossintática do período. 5. Emprego dos sinais de pontuação. 6. Emprego do sinal indicativo de crase. 7. Colocação dos pronomes átonos. 8. Concordância verbal e nominal. 9. Regência verbal e nominal. 10. Sinonímia e antonímia.
     
  • Atualidades – 1 Contextos históricos, relevantes e atuais de diversas áreas, tais como cidadania, assistência social, segurança, transportes, política, economia, sociedade, educação, saúde, cultura, tecnologia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e ecologia.
     
  • Direito constitucional - 1. Lei Orgânica do Distrito Federal: assistência social. 2. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. 2.1. Assistência Social. 2.2. Princípios fundamentais. 2.3. Direitos e garantias fundamentais. 3. Aplicabilidade das normas constitucionais. 3.1. Normas de eficácia plena, contida e limitada. 3.2. Normas programáticas. 4. Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, direitos de nacionalidade, direitos políticos, partidos políticos. 5. Organização político-¬-administrativa do Estado. 6 Administração Pública. 6.1 Disposições gerais, servidores públicos. 6.2. Atribuições e responsabilidades do Governador do DF. 7. Poder legislativo. 7.1. Estrutura. 7.2. Funcionamento e atribuições. 8. Poder judiciário. 8.1. Disposições gerais. 8.2. Órgãos do poder judiciário. 9. Funções essenciais à justiça. 9.1. Ministério Público, Advocacia Pública. 9.2. Defensoria Pública.

Último concurso

O último concurso Sedest DF ocorreu em 2009, para o cargo de assistente intermediário em serviços sociais, com oferta de 106 vagas e exigência de ensino médio. A organizadora, na ocasião, foi a Fundação Universa.

Sobre SEDEST

A Sedest corresponde a um órgão estratégico da administração do governo, responsável pela execução de políticas em assistência social, transferência de renda e de segurança alimentar e nutricional, da gestão do sistema único de assistência social e do sistema nacional de segurança alimentar e nutricional do Distrito Federal, além de programas e projetos de inclusão social e produtiva, do campo e ação das políticas sob sua gestão. A atuação da Sedest compreende reformulação de diretrizes e políticas governamentais voltadas à garantia e promoção de direitos, proteção social, enfrentamento da pobreza e extrema pobreza, à redução das desigualdades sociais e ao provimento das condições para superação das vulnerabilidades e riscos sociais.

Comentários

Mais Lidas