Para técnicos e analistas

Concurso TRF 3: veja progressão dos salários nas carreiras

No concurso TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3 Região), os aprovados contam com diversas melhorias durante o exercício das funções. Conheça a evolução salarial

0,00(0.0%)0 voto(s)

Fernando Cezar Alves
Publicado em 06/09/2019, às 15h11

Concurso TRF 3 - Sede do TRF 3
Divulgação

Com a publicação do edital do aguardado concurso TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), que engloba os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul),  especialistas em concursos ressaltam que a oferta reduzida de vagas não deve desanimar os candidatos por dois motivos. O primeiro é a possibilidade de convocações durante a validade do certame, de acordo com as necessidades e possibilidades financeiras do órgão. A segunda diz respeito aos salários que, considerados acima da média do mercado, também contam com revisões periódicas, garantindo melhorias no decorrer das atividades de cada cargo.    

O concurso TRF 3 conta com oportunidades para os cargos de técnico e analista judiciário, respectivamente, para quem possui níveis médio e superior.

No caso de técnico, de nível médio, os aprovados já entrarão no órgão com remuneração inicial de R$ 8.475,36, considerando salário de R$ 7.591,37 e auxílio-alimentação de R$ 884. Porém, no final da carreira, um servidor veterano conta com uma remuneração de R$ 12.282,39, considerando os atuais R$ 884.

Para os analistas, o inicial é de R$ 13.339,30, considerando o salário de R$ 12.455,30 e o auxílio-alimentação. Para os veteranos, o valor sobe para R$ 19.585,52, já com os R$ 884

Concurso TRF 3 – Saiba como é a evolução salarial

No concurso TRF 3, durante o exercício da função, entre a remuneração inicial e a final, os servidores passam por um plano de carreira que conta com três classes (A, B e C) com cinco padrões na A, cinco na B e três na C

No caso dos analistas, na classe A, as remunerações são de R$ 13.339,30 no padrão 1, R$ 13.712,96 no 2, R$ 14.097,83 no 3, R$ 14.851,04 no 4 e R$ 15.270,04 no 5

Na classe B, R$ 15.701,63 no padrão 6, R$ 16.146,15 no 7, R$ 16.604,02 no 8, R$ 17.500,06 no 9 e R$ 17.998,55 no 10.

Por fim, na classe C, R$ 18.511,98 no padrão 11, R$ 19.040,82 no 12 e R$ 19.585,52 no 13.
Importante ressaltar que esses valores já consideram o atual auxílio-alimentação de R$ 884

No caso dos técnico, na classe A, as remunerações são de R$ 8.475,37 no padrão 1, R$ 8.703,13 no 2, R$ 8.937,70 no 3, R$ 9.396,76 no 4 e R$ 9.652,15 no padrão 5.

Na classe B, R$ 9.915,20 no padrão 6; R$ 10.186,12 no 7; R$ 10.465,19 no 8; R$ 11.011,31 no 9 e R$ 11.315,14 no 10.

Por fim, na classe C, R$ 11.628,07 no padrão 11, R$ 11.950,39 no padrão 12 e R$ 12.282,39 no padrão 12.

 

Sobre FCC - Fundação Carlos Chagas

Instituição de direito privado e sem fins lucrativos, a Fundação Carlos Chagas (FCC) concentra suas atividades em duas grandes áreas: pesquisa/educação e organização de concursos/processos seletivos. A banca pode ser contatada pelo telefone (11) 3723-4388, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

concursosconcursos 2019concursos sp (são paulo)provas anteriores

Comentários

Mais Lidas