Com 230 vagas

Abin reencaminha pedido de concurso ao Planejamento

Após recusa do último pedido, em setembro, agência faz nova solicitação para preenchimento de 230 vagas em níveis médio e superior. Até R$ 13,333

0,00(0.0%)0 voto(s)

Fernando Cezar Alves
Publicado em 13/01/2014, às 14h29

A realização do novo concurso para a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) depende apenas de aprovação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Segundo fontes ligadas ao setor de pessoal da agência, após a  recusa da última solicitação para contratação de servidores, em setembro, por parte do MPOG, a agência encaminhou novo pedido e aguarda resposta, uma vez que a reoxigenação do quadro de servidores é considerada essencial.

A proposta é para a contratação de 230 servidores, sendo 200 para o cargo de oficial de inteligência e 30 de agente de inteligência. Para concorrer a agente é necessário possuir ensino médio e para oficial, nível superior.  A remuneração inicial do agente é de R$ 5.287,57, sendo R$ 4.914,57 de salário e R$ 373 de auxílio-alimentação. No caso de oficial, o inicial é de R$ 13.333,86, incluindo  R$ 12.960,86 de salário e R$ 373 de auxílio-alimentação, com jornada de trabalho de 40 horas semanais. Para concorrer também é necessário possuir carteira de habilitação a partir da categoria “B”.

O último concurso para a Abin ocorreu em 2010, para diversos cargos, sendo organizado pelo Cespe/UnB. Na ocasião, a oferta foi para o cargo de oficial técnico nas áreas de administração, planejamento estratégico, arquitetura, arquivologia, ciências contábeis, jornalismo, publicidade e propaganda, estatística, desenvolvimento e manutenção de sistemas, direito, educação física, engenharia civil, engenharia elétrica, pedagogia, psicologia, serviço social e suporte à rede de dados, além de agente técnico nas áreas de administração, contabilidade, edificações, eletrônica e tecnologia da informação.    

APOSTILA ESPECÍFICA ABIN - CLIQUE AQUI

Comentários

Mais Lidas