Coronavírus: saiba como está a situação dos serviços públicos em São Paulo

Seguindo as determinações da Organização Mundial da Saúde (OMS) diversos serviços contam com atendimentos suspensos ou limitados para evitar a contaminação pelo vírus

Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 17/03/2020, às 11h35 - Atualizado às 14h51

Sede do Iamspe SP
Google Maps

Quem pretende ingressar no funcionalismo público, por meio de concursos públicos, assim como toda a população, deve atentar para as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) no sentido de adotar medidas pessoais que favoreçam a contenção do Coronavírus. Além de evitar aglomerações e, se possível, se manter em casa, a recomendação é privilegiar ações que possam ser feitas online e reforçar cuidados pessoais de higiene.

Neste sentido, os governos de todo mundo estão adotando medidas para fortalecer o combate à pandemia, inclusive restringindo atividades que possam ser adiadas, também com a finalidade de preservar a saúde dos servidores. 

Em São Paulo, vários órgão já contam com decisões importantes neste sentido. Na área da Educação, escolas públicas e particulares já estão sendo fechadas desde a última segunda-feira, 16 de março.  Também estão suspensas as aulas na Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista (Unesp) e Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Na área da saúde estão suspensas as férias de profissionais até 15 de maio. As licenças profissionais estão suspensas por 60 dias. Na capital há previsão de aumento da quantidade de unidades básicas de saúde e aumento de mil leitos de UTI.

Na Defensoria Pública do Estado de São Paulo, o atendimento presencial está restrito somente aos casos mais urgentes, que impliquem risco de perecimento de direitos. Tais casos podem ser consultados no site do órgão, onde também poderão ser consultadas informações gerais sobre os processos.

Nô âmbito da justiça do trabalho, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2 região , funcionários com mais de 60 anos já estão afastados para que trabalhem de suas residências, funcionários que estiveram em países bastante afetados estão sendo afastados por duas semanas e a recomendação geral é para que os interessados procurem informações por telefone ou pela internet, no site do órgão.

O Tribunal de Justiça de São Paulo também está afastando do trabalho presencial servidores com mais de 60 anos ou que estiveram em países com grande índice de infecções. O órgão estima de 3 a 4 mil servidores afastados, o que não inclui juízes e desembargadores. 

Já a Polícia Federal trabalha em regime especial para atendimento de estrangeiros que buscam regularização na sede de sua superintendência no estado. Estão afetados os serviços de registro de imigrantes, autorização para residência de estrangeiros e solicitações relacionadas à carteira de registro migratório

Na Câmara Municipal de São Paulo, o acesso está restrito apenas a vereadores, servidores e fornecedores.

Eventos culturais, como um todo, estão sendo suspensos, cancelados ou adiados, tanto no Teatro Municipal de São Paulo, nas diversas unidades do Sesc, Praça das Artes, Centro Cultural São Paulo e Masp.

concursosconcursos sp (são paulo)provas anteriores

Comentários

Mais Lidas