PM SP 2019: concurso para oficial aguarda reavaliação

Para concorrer ao cargo de aluno oficial da Academia do Barro Branco da PM SP (Polícia Militar de São Paulo) é necessário possuir nível médio completo e idade de 17 a 30 anos. Salário inicial é de R$ 2,9 mil

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro
Publicado: 04/02/2019 - 14:45 | Atualizado: 21/02/2019 - 10:41

Se seu sonho é ingressar na Academia do Barro Branco, da PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo), saiba que um novo concurso para oficial pode ser aberto em 2019. Isto porque a corporação já contava até com autorização para abertura de 190 vagas, mas ela foi suspensa por decisão do novo governador João Doria, que emitiu decreto com o intuito de reavaliar todas as autorizações concedidas no passado pelo então governador Márcio França. A expectativa, de qualquer forma, é que Doria reautorize a seleção.

O decreto de Doria (nº 64.069) foi publicado em 3 de janeiro e determina, em seu artigo dois, que “as autorizações de abertura de concursos públicos cujas inscrições ainda não tenham sido iniciadas deverão ser reavaliadas pelas respectivas secretarias de governo”.

Tal condição não significa que os concursos não serão realizados, mas que as seleções autorizadas em 2018 pelo então governador Márcio França, que ainda não tenham editais publicados, deverão sofrer nova análise do ponto de vista orçamentário, o que deve atrasar a realização dos certames. Agora, o acompanhamento e avaliação das medidas adotadas pelo decreto deverão ser acompanhadas pelo Comitê Gestor da Secretaria de Governo. Somente após um novo parecer poderá ser efetivamente publicado o edital do novo concurso de oficiais.   
 

Para concorrer ao cargo de oficial do Barro Branco é necessário possuir ensino médio, idade de 17 a 30 anos (exceto para servidores da corporação) e altura mínima de 1,60m para  homens e 1,55 m para mulheres. A remuneração inicial da carreira é de R$ 2.988,06.

• CURSO ALUNO OFICIAL

Atribuições do oficial do Barro Branco

Cabe aos servidores após o curso de oficiais, a gestão e comando de pessoas e análise e administração de processos, por intermédio da utilização ampla de conhecimentos na busca de soluções para os variados problemas pertinentes às atividades jurídicas e administrativas de preservação da ordem pública e de polícia ostensiva, em conformidade com a filosofia de polícia comunitária e direitos humanos, além de outras definidas em lei, por intermédio da conclusão com aproveitamento do bacharelado em ciências policiais de segurança e ordem pública, destinado a formar, com solidez teórica e prática, o profissional ocupante do posto inicial de oficial.

Processo seletivo do concurso da PM SP 2019

A seleção para o ingresso no curso de oficiais da PM SP é composta de seis etapas, incluindo provas objetivas, exames de aptidão física, exames de saúde, avaliação psicológica, avaliação de conduta social e idoneidade, além de análise de documentos.

A parte objetiva costuma contar com 80 questões, sendo 26 sobre ciências humanas e suas tecnologias (8 de história, 5 de filosofia, 5 de sociologia e 8 de geografia), 34 sobre linguagens, códigos e suas tecnologias (28 de língua portuguesa e 6 de língua inglesa ou espanhola) , 10 de matemática, 5 de noções de administração pública e 5 de noções básicas de informática.    
 

Notícias PM

Concursos Relacionados

Mais Lidas

Mais Recentes

Shopping