32 vagas no DF

Concurso da ANA depende apenas de autorização

Agência solicitou ao Ministério do Planejamento a abertura de concurso público para a carreira de analista administrativo, com exigência de nível superior em qualquer área

0,00(0.0%)0 voto(s)

Camila Diodato
Publicado em 02/02/2015, às 16h08

Quem possui formação superior e pretende ingressar em um órgão federal deve ficar atento com o concurso da Agência Nacional de Águas (ANA). A instituição solicitou, em maio de 2014, autorização ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para lançar 32 vagas.

O pedido refere-se à abertura de oportunidades para a carreira de analista administrativo. Tal função aceita ensino superior e qualquer área de atuação e todas as chances serão lotadas na sede da ANA, que fica em Brasília, no Distrito Federal.

Conforme informado, no ano passado, pelo departamento de imprensa da agência, já considerando o ajuste salarial de 2015, as remunerações a serem oferecidas corresponderão a 11.071,29, incluindo as gratificações de desempenho.

Em 2009


A ANA promoveu uma seleção com 152 vagas distribuídas nos empregos de analista administrativo, especialista em recursos hídricos e especialista em geoprocessamento. Na ocasião, a Esaf (Escola de Administração Fazendária) organizou o certame.

O processo seletivo foi composto pelas seguintes etapas: duas provas objetivas, uma avaliação discursiva, análise de títulos e experiência profissional, e curso de formação. Os testes objetivos constaram de questões sobre língua portuguesa, inglês, raciocínio lógico, ética na administração pública, recursos hídricos/legislação aplicada, direito constitucional e administrativo e conhecimentos específicos.

Comentários

Mais Lidas