Comissão já está formada

Concurso SEAP DF 2019 para 234 vagas aguarda banca

Novo concurso da Seap DF (Secretaria Estadual de Administração Pública) será para ingresso nas Secretaria de Administração, Fazenda e Planejamento. Formação de nível superior em qualquer área e inicial de R$ 12,8 mil

Fernando Cezar Alves
Publicado em 02/05/2019, às 14h52

Congresso Nacional
Divulgação

O novo concurso público da Secretaria Estadual de Administração Pública do Distrito Federal (Seap/DF)  para o cargo de auditor de controle interno depende da escolha da banca organizadora, que deve ser confirmada em breve. A seleção contará com uma oferta de 234 vagas, sendo 87 para preenchimento imediato e 147 para formar cadastro reserva de pessoal. 

O que é preciso para concorrer a auditor da Seap DF

Para concorrer é necessário possuir formação de nível superior em qualquer área, com remuneração inicial de R$ 12.800. Somente após a escolha da empresa poderá ser definida a data de publicação do edital de abertura de inscrições.

A comissão do concurso é formada pelos seguintes servidores: Diego Jacques da Silva, Luciano Cardoso de Barros Filho, Emilson Ferreira Fonseca, José Luiz Marques Barreto, Rodrigo Ramos Gonçalves e Hugo Lima Alencar. Agora, a comissão tem dez dias para a primeira reunião, onde deverá ser definida a presidência do grupo.

Como suplentes foram designados os seguintes servidores: Thais Regis Costa, Luciano Lima Goulart, Diogo Portela Rocha Martins, Sandro Luiz Costa de Macedo, Alisson Melo Rio e Ricardo Monteiro Ferreira.

Atribuições do auditor da SEAP DF 


Cabe ao auditor de controle interno da Seap DF planejar, coordenar, supervisionar e executar atividades de nível superior, de complexidade e responsabilidade elevadas, relacionadas à gestão orçamentária, financeira, patrimonial e contábil; realizar estudos e pesquisas que visem à formulação de políticas e diretrizes financeiras; conferir, analisar e consolidar balanços; controlar movimentação financeira dos fundos existentes; supervisionar e acompanhar atos e fatos da gestão patrimonial; pesquisar e periciar atos e fatos da administração orçamentária, financeira e patrimonial; desempenhar atividades de exame de processos e emissão de parecer quanto à legalidade de atos de concessão ou de revisão de reforma de aposentadorias e pensões e dos atos de admissão e desligamento de pessoal; realizar auditoria contábil, financeira, orçamentária, operacional, patrimonial, de pessoal, programas e de sistemas operacionais, hardware e software; participar de programas de treinamento; assessorar atividades específicas da sua área de atuação; executar outras atividades de interesse da área.

 

Progressão Salarial dos auditores da Seap DF


Os aprovados no concurso de auditor da Seap DF contarão com uma carreira composta de três classes, com cinco níveis cada. Após o início de R$ 12.800, na segunda classe os valores passam a ser os seguintes: II – R$ 13.056, III – R$ 13.317,12, IV – R$ 13.583,46 e V – R$ 13.855,13. Na primeira classe: I - R$ 13.409,34; II – R$ 14.697,52, III – R$ 14.991,47; IV – R$ 15.291,30; e V – R$ 15.597,13. Por fim, na classe especial: I – R$ 16.221,01; II – R$ 16.545,33; III – R$ 16.876,34; IV – R$ 17.213,87; e V – R$ 17.558,15.

Saiba como foi o último concurso da SEAP DF


O último concurso para auditores da Seap DF ocorreu em 2014 e contou com uma oferta de 60 vagas, sendo 30 para a especialidade de finanças e controle e 30 para planejamento e orçamento.

A organizadora foi a Fundação Universa e o certame contou com cinco etapas, com provas objetivas na primeira, provas discursivas na segunda, sindicância de vida pregressa na terceira,  curso de formação na quarta e avaliação de títulos na última.

A parte objetiva contou com 80 questões, sendo dez de língua portuguesa, 15 de conhecimentos gerais, 30 de conhecimentos específicos e 25 de conhecimentos especializados.

Conhecimentos gerais contou com peso um, enquanto língua portuguesa e conhecimentos específicos teve peso dois e conhecimentos especializados, peso três.     
      
 

Mais Lidas