Confira 5 dicas de preparação para processos seletivos

O nervosismo na hora de participar de processos seletivos é comum, porém pode atrapalhar o candidato. Veja dicas de especialista para se dar bem na seleção

Douglas Terenciano | douglas@jcconcursos.com.br
Publicado em 02/03/2020, às 11h09

dicas de sucesso
Divulgação

O desafio de superar os demais concorrentes durante uma entrevista de emprego está cada vez mais acirrado no mercado de trabalho. O nervosismo na hora de participar de processos seletivos é comum, porém pode atrapalhar o candidato. E quem está desempregado por um longo período tende a sentir ainda mais esse peso, já que é comum afetar a autoestima e a confiança desses profissionais.

Pensando em auxiliar você a se preparar melhor para ter sucesso em processos seletivos, seja para vagas de emprego, estágio ou trainee, conversamos com Roberta Valezio, que trabalha como people experience manager (recursos humanos) da WAVY Global. A especialista dá algumas dicas práticas para que o candidato não desperdice a oportunidade que é concedida no momento da entrevista.

Roberta ressalta que as orientações são aplicáveis em maior ou menor medida dependendo do estilo da empresa, do perfil da vaga e do momento de carreira de quem está buscando uma nova colocação no meio profissional. Confira, a seguir, as dicas da especialista!

1. Conheça a si mesmo com a maior profundidade e sinceridade que puder

Faça a sua linha do tempo, da infância até os dias de hoje, para saber onde quer chegar. Pode parecer bobagem, mas olhar para cada etapa no detalhe, faz a diferença. Escreva tudo no papel. Esquematize, grave um áudio, faça um vídeo ou apresente para o espelho. Imagine-se em um TED Talk contando os highlights de tudo isso.

Conheça a si mesmo com a máxima riqueza de detalhes que puder. Listas de perguntas padrão você acha aos montes procurando em sites de busca. Conheça-se tão bem até que todas elas pareçam simples de responder para o entrevistador.

2. Estude a empresa e a vaga. (E decida se você as quer mesmo)

Conhecer a empresa para a qual está se candidatando é uma das principais dicas que você deve seguir à risca. O exercício de ler o site, perfis nas redes sociais, notícias a respeito, relatórios financeiros tende a ser crucial, mas é válido buscar o que os próprios funcionários acham daquela empresa.

3. Não fique alienado!

Ache seus meios de se informar sobre política, economia e sociedade. Alimente-se de fontes diversas, forme opiniões e tenha clareza sobre o que está acontecendo no mundo.
Há uma infinidade de possibilidades aqui. Da televisão, ao rádio, jornal ou internet. Ouvir podcasts, assinar jornais, seguir páginas de notícias, entre outras formas de se manter antenado ao que acontece no seu país e no mundo. Encontre um jeito de pesquisa que seja conveniente, mas saiba quais são os principais eventos que estão acontecendo e aconteceram nos últimos meses e tenha uma posição sobre eles.

4. Identifique o perfil do seu recrutador

Repare bem a linguagem corporal - e até verbal - de quem te ouve. Capte os sinais de quando for hora de parar e hora de seguir. Na dúvida, tenha uma apresentação pessoal de poucos minutos redondinha e ensaiada, e tenha repertório e profundidade para os pontos que serão explorados nas perguntas sobre ela, ou para reformulá-la completamente segundo algum formato inusitado.

5. Por fim, seja genuíno!

Fingir ser alguém que não é em um processo seletivo e trair seus valores só vai te levar a lugares onde você não quer estar - e onde provavelmente não querem que você esteja. Seja você. Mas se você puder ser polido, gentil e agradável no processo de ser autêntico, é melhor ainda.

Currículo objetivo ou completo - Qual usar?

empregos

Comentários

Mais Lidas