Tudo Sobre

Empregos Adecco 2020

Pesquisa revela que volume de vagas temporárias triplicou no primeiro quadrimestre de 2020

De janeiro a abril desse ano, foram realizadas mais de 1.500 contratações, o que demonstra que o mercado tem valorizado a criação de novas posições



Douglas Terenciano | douglas@jcconcursos.com.br
Publicado em 01/07/2020, às 10h51 - Atualizado às 11h18

Adecco vagas
Divulgação

A Adecco, especializada em recrutamento e seleção, apresentou a 1ª edição do Índice Adecco com dados sobre as contratações realizadas no 1º quadrimestre de 2020. Em abril, o número de vagas temporárias triplicou, um aumento de 213% comparando com o mês de janeiro, com alta na média salarial de 17%, especialmente por conta das mudanças no mercado de trabalho, em função da pandemia.

De acordo com o levantamento, de janeiro a abril desse ano, foram realizadas mais de 1.500 contratações, o que demonstra que o mercado, apesar do atual cenário, tem valorizado a criação de novas posições. Os setores com maior demanda no período foram, respectivamente: Delivery, Tecnologia, Mineração, Medicina e Saúde, E-commerce, Indústria e Seguros.

Com relação aos tipos de contratação, as vagas temporárias representam a maioria das contratações realizadas neste período: 72% foram para posições temporárias, 15% efetivas e 13% terceirizadas. Os cargos temporários com maior demanda foram Shopper, Técnico de Enfermagem, Enfermeiro, Auxiliar de Produção e Operador de Atendimento, sendo que 53% dos profissionais são mulheres e 47% homens, com uma faixa etária de 28 a 37 anos.

"O lançamento do Índice Adecco é um marco importante para o Grupo, pois traz informações sobre o cenário de Recursos Humanos no país e nas regiões onde atuamos. A Adecco deseja fornecer dados relevantes para o mercado, para auxiliar as pessoas nesse período", afirma Kerullen Pimenta de Sá, gerente de serviço & qualidade da Adecco. O material fornece informações relevantes para organizações e profissionais sobre o cenário anterior para auxiliar nos negócios e nas carreiras.

Os níveis hierárquicos das posições com maior número de contratação foram: operacional (57%), administrativo (20%) e especialista (20%). Os estados que mais contrataram foram São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pará, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

"Esses dados, certamente, mostram o impacto da pandemia do coronavírus nas contratações do país, uma vez que vemos crescimento fora do normal em segmentos acelerados pelo isolamento e queda nos setores mais impactados pelo atual cenário", comenta Kerullen.

  • Empregos gerados neste período: 1519 empregos; Temporário: 1099; Terceirizado: 196; e Efetivo CLT: 224.
  • Quais níveis das posições mais tiveram demanda: Operacional: 863; Administrativo: 311; Especialista: 302; e Liderança: 43.
  • Setores que mais contrataram: Delivery; Tecnologia; Mineração; Medicina e Saúde; E-commerce; Indústria; e Seguros.
  • Vagas temporárias com mais demanda no período: Shopper: 594 vagas; Técnico de enfermagem: 102; Enfermeiro: 73; Operador de atendimento: 47; e Auxiliar de produção: 35.
  • Média salarial das Top 5 vagas temporárias: Shopper: R$ 1.375,00; Técnico de Enfermagem: R$ 2.273,00; Enfermeiro: R$ 3.466,00; Operador de atendimento: R$ 1.434,00; e Auxiliar de produção: R$ 1.648,00.

+ Resumo Empregos Adecco 2020

Adecco
Vagas: 543
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Auxiliar de Servicos Gerais, Técnico, Analista, Assistente, Vendedor
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário:
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda

02/01/2020 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
31/12/2020 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
empregosvagas de emprego

Comentários

Mais Lidas