Concurso Prefeitura Guarapari (ES) 2019 Encerrado

Orgão: Prefeitura Guarapari
Nº vagas: 94
Taxa de inscrição: De R$ 70,00 Até R$ 70,00
Cargos: Professor
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1741,00 Até R$ 1741,00
Organizadora: INCP
Estados com Vagas: ES
Cidades: Guarapari - ES

Publicado em 07/08/2019, às 14h54 - Atualizado em 01/12/2019, às 23h00


O concurso da Prefeitura de Guarapari, localizada no Estado do Espírito Santo (ES), visa o preenchimento de 94 vagas na área da educação, para o cargo de professor. Haverá, ainda, formação de cadastro reserva (CR).

As inscrições serão recebidas entre os dias 5 de agosto e 6 de setembro de 2019, através do site da banca organizadora, que é o Instituto Nacional de Concurso Público - INCP (www.incpconcursos.org.br). O valor da taxa de participação é de R$ 70.

O concurso da Prefeitura de Guarapari contará com prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório; e análise de títulos, unicamente classificatória.

Informações complementares

Distribuição das vagas

Ofertas estão distribuídas entre os cargos de MAPA educação infantil (8 vagas), MAPA ensino fundamental I (33), MAPA educação especial (11), MAPP pedagogo (3) e MAPB nas disciplinas de língua portuguesa (5), matemática (2), ciências (CR), história (CR), geografia (CR), educação física (3), arte (21) e inglês (8).

Interessados em concorrer a um dos postos devem possuir diploma de conclusão de curso de nível superior. O salário inicial oferecido é de R$ 1.741,30 para jornada de trabalho semanal de 25 horas.

Atribuições dos cargos da Prefeitura de Guarapari

MAPA/MAPB professores: Ministrar aulas, ensinando o conteúdo de forma integrada e compreensível; Participar do processo de elaboração do projeto político-pedagógico da escola; Participar de reuniões e outros eventos promovidos pela unidade escolar; Propor, executar e avaliar alternativas que contribuam para o desenvolvimento do processo educativo; Acompanhar e avaliar o desenvolvimento do aluno proporcionando meios para melhor aproveitamento na aprendizagem; Buscar, numa perspectiva de formação permanente, o aprimoramento do seu desempenho profissional, através de participação em grupos de estudos, cursos e eventos; Manter todos os documentos pertinentes à sua área de atuação devidamente atualizados, registrando os conteúdos ministrados, os resultados da avaliação dos alunos e efetuar os registros administrativos adotados pelo sistema de ensino; Registrar e fazer o acompanhamento da frequência do aluno; Empenhar-se pelo desenvolvimento global do educando, articulando-se com os pedagogos e com a comunidade escolar; Participar e/ou empreender atividades extra curriculares da escola e dos alunos; Responsabilizar-se pela recuperação paralela e periódica dos alunos, visando ao seu sucesso; Respeitar e cumprir o horário estabelecido pela escola para a realização das aulas e outras atividades; Propor e realizar projetos específicos na sua prática pedagógica; Zelar pelo patrimônio escolar; Apresentar relatório anual de suas atividades com apreciação do desempenho do aluno e da tarefa docente; Participar do processo de integração escola/comunidade; Desempenhar outras funções afins.

MAPA educação especial: Todas as atribuições previstas para os cargos MAPA/MAPB professores, acrescidas de: aceitar o trabalho itinerante, intra/interinstitucional e colaborativo, atendendo os requisitos próprios de cada área de deficiência intelectual e de transtornos globais do desenvolvimento, utilizando também equipamentos de informática e softwares educativos.

MAPP pedagogo: Planejar, coordenar, orientar, acompanhar e avaliar programas, projetos e atividades pedagógicas, com vistas à promoção de melhor qualidade de ensino. Definir em conjunto com a equipe escolar o projeto pedagógico da escola. Desenvolver estudos e pesquisas na área educacional com vistas à melhoria do processo ensino-aprendizagem. Desenvolver ações conjuntas com outros órgãos e comunidades, de forma a possibilitar o aperfeiçoamento do trabalho na rede escolar e/ou unidades administrativas da SEMED. Coordenar e/ou executar as deliberações coletivas do Conselho de Escola e respeitar as diretrizes educacionais da Secretaria Municipal de Educação e a legislação em vigor. Promover a integração entre Escola, Família e Comunidade, visando à criação de condições favoráveis da participação no processo ensino-aprendizagem. Trabalhar junto com todos os profissionais da área da educação numa perspectiva coletiva e integrada de coordenação pedagógica no processo educativo desenvolvido na unidade escolar. Participar do processo de avaliação escolar e recuperação de alunos, analisando coletivamente as causas do aproveitamento insatisfatório e propor medidas para superá-los. Orientar o corpo docente no desenvolvimento de suas competências profissionais, assessorando pedagogicamente e estimulando o respeito em equipe. Coordenar a elaboração de forma coletiva de planos curriculares, planos de curso, visando a melhoria do processo ensino-aprendizagem, coordenando e avaliando a execução. Propor e implementar políticas educacionais específicas para todas as etapas e modalidades de ensino. Elaborar, implementar e avaliar projetos e programas educacionais voltados para a melhoria da qualidade de ensino. Realizar estudos diagnósticos da realidade do sistema de ensino, de modo a subsidiar a definição de diretrizes das políticas educacionais. Desenvolver as atividades específicas que constituem as responsabilidades das unidades administrativas da SEMED, ao nível municipal e central. Desempenhar outras funções afins.

Conteúdo programático parcial comum a todos os cargos

Língua portuguesa: Compreensão e interpretação de textos. A Comunicação: linguagem, texto e discurso; o texto, contexto e a construção dos sentidos; Coesão e coerência textuais; Intertextualidade e polifonia; Gênero e tipologia textual; A Língua: norma culta e variedades linguísticas; dialetos e registros, gíria; Língua padrão: ortografia, acentuação e pontuação; Semântica: denotação e conotação; figuras de linguagem; sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia; polissemia e ambiguidade; Morfologia: estrutura e processos de formação de palavras; classes de palavras: flexões, emprego e valores semânticos, com ênfase em verbos, pronomes, conjunções e preposições; Sintaxe: Termos e Orações coordenadas e subordinadas; concordância nominal e verbal; regência nominal e verbal; crase; sintaxe de colocação.

Legislação educacional: Lei nº 9394/1996 – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional; Lei nº 8069/1990 - Estatuto da Criança e do Adolescente; Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva/2008. Resolução CNE/CBE nº 04/2010 - Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica; Lei nº 13.005/2014 - Plano Nacional de Educação; Resolução CNE/CP nº 02/2017 – Base Nacional Comum Curricular; Lei 10639/2003 – Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira).

Conhecimentos pedagógicos: História da educação no Brasil: de 1930 à atualidade. Conhecimentos Político-Pedagógicos: função social e política da escola. Gestão democrática e autonomia na organização do trabalho escolar. Conhecimentos da prática de ensino: processos e conteúdos do ensino e da aprendizagem. Gestão do trabalho em sala de aula: a organização do tempo e do espaço; projetos pedagógicos, transdisciplinaridade, interdisciplinaridade e transversalidade. A educação básica no Brasil: acesso; permanência; inclusão e fracasso escolar. Correntes e tendências pedagógicas. Educação, sociedade e cultura. Concepções e elaboração do currículo escolar. O relacionamento na sala de aula e os aspectos socioemocionais. Princípios éticos profissionais. A construção coletiva do Projeto Político-Pedagógico. Colegiados escolares: Conselho de Classe, Conselho de Escola e Grêmio Estudantil. Formação docente. Didática e metodologia: o processo de ensinar e aprender; plano de ensino e plano de aula. Avaliação: a avaliação da aprendizagem como processo, concepções, procedimentos, técnicas e instrumentos; funções da avaliação diagnóstica, formativa e somativa; o uso dos resultados da avaliação no planejamento de ensino; superação da reprovação escolar. Psicologia do desenvolvimento. Concepções sobre aquisição do conhecimento: contribuições de Piaget e Vigotsky à Educação. O desenvolvimento cognitivo e afetivo na criança e no adolescente. As novas tecnologias de informação e comunicação no ensino.

A equipe JC Concursos disponibiliza o resumo do concurso da Prefeitura de Guarapari nesta página, com as principais informações do processo de seleção. Mais informações sobre conteúdo programático completo estão disponíveis abaixo, no edital anexado.


Cronograma

Abertura das inscrições05/08/2019
Encerramento das inscrições06/09/2019
Prova13/10/2019
Divulgação do Resultado30/11/2019

Notícias do concurso Prefeitura Guarapari (ES) 2019

Edital e Anexos

Abertura (07/08/2019)
Gabarito (14/10/2019)

Provas Prefeitura Guarapari

Nenhuma prova encontrada

Provas INCP - Instituto Nacional de Concurso Público

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
Promotor Artístico
INCP
2009 Prova / Gabarito
PM Promotor da Justiça Militar
INCP
2004 Prova / Gabarito
PM Promotor da Justiça Militar
INCP
2004 Prova / Gabarito

» Ver lista completa

Sobre Prefeitura Guarapari

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas