Alagoas

Concurso em Colônia Leopoldina inscreve para 254 vagas

Com remunerações até R$ 4 mil, chances no concurso de Colônia Leopoldina 2019 estão distribuídas entre cargos destinados a profissionais de níveis fundamental, médio e superior

Samuel Peressin
Publicado em 20/03/2019, às 11h55

Estão abertas as inscrições para o concurso de Colônia Leopoldina 2019, em Alagoas, destinado a preencher 254 vagas na prefeitura. A oferta salarial varia de R$ 998 a R$ 4.000. 

Quem possui nível fundamental pode concorrer como artífice (3 postos), auxiliar de serviços administrativos educacionais (20), auxiliar de serviços gerais (20), carpinteiro (1), coveiro (1), eletricista (1), maqueiro (1), merendeiro (10), motorista (5), motorista escolar (4), pedreiro (1), recreador (1), serralheiro (1), soldador (1) e tratorista operador de máquinas (1). 

Com ensino médio é possível disputar as funções de assistente administrativo (12), agente de tributação (2), agente de vigilância epidemiológica (3), agente de vigilância sanitária (1), agente comunitário de saúde (14), assistente administrativo educacional (4), auxiliar de contabilidade (2), auxiliar de consultório dentário (3), auxiliar de vigilância escolar (6), guarda ambiental (2), fiscal de tributos (3), guarda municipal (12), instrutor de música (1), instrutor de informática (2), secretário escolar (2), técnico agropecuário (1) e técnico de enfermagem (5). 

Curso superior é requisito para advogado (1), arquiteto (1), assistente social (2), cirurgião dentista (2), contador (1), educador físico (3), educador social (2), enfermeiro (4), enfermeiro gineco-obstetra (2), enfermeiro plantonista (3), enfermeiro PSF (2), engenheiro agrônomo (1), engenheiro ambiental (1), engenheiro civil (1), farmacêutico (1), fisioterapeuta (2), fonoaudiólogo (1), médico (2), médico generalista (2), cardiologista (1), ginecologista obstetra (1), médico plantonista (2), psiquiatra (1), ortopedista (1), pediatra (1), reumatologista (1), veterinário (1), nutricionista (1), pedagogo (2), psicólogo (2), psicopedagogo (1), sociólogo (2), terapeuta ocupacional (1) e professor nas áreas de anos iniciais - 1º ao 5º ano (35), língua portuguesa (2), matemática (3), história (4), geografia (2), ciências (1), artes (2), inglês (2), educação física (3) e ensino religioso (2).   

Como se inscrever

O concurso de Colônia Leopoldina é organizado pelo Instituto de Administração e Tecnologia (ADM&TEC), que recebe inscrições até as 13h de 19 de abril.

A ficha para cadastro deve ser preenchida no site www.admtec.org.br. São cobradas taxas de R$ 80 (nível fundamental), R$ 100 (médio) e R$ 120 (superior).

Em caso de dúvidas, os candidatos podem contatar a banca pelo telefone (81) 3445-4469, além do e-mail concursos@admtec.org.br.

Fases

Todos os inscritos farão, em 28 de abril, prova objetiva com 30 questões de múltipla escolha abordando conteúdos de conhecimentos gerais e específicos.

As outras etapas incluem análise de títulos para professor, com entrega dos documentos de 5 a 7 de junho, e teste físico para guarda municipal, no dia 9 do mesmo mês.

Antes do início das atividades operacionais, os aprovados para cargo de agente comunitário de saúde realizarão curso de formação com duração de 40 horas, entre 10 e 14 de junho. 

O concurso de Colônia Leopoldina terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério da prefeitura, conforme estabelece o edital

Conteúdo programático parcial

Confira as disciplinas comuns a todas as vagas para a prova do concurso de Colônia Leopoldina 2019:

  • Língua portuguesa - Acentuação e crase. Coesão e coerência. Compreensão e interpretação de textos. Concordância verbal e nominal. Morfologia, sintaxe e ortografia. Pontuação.
  • Matemática - Área e perímetro (quadrado, retângulo e triângulo). Divisão, multiplicação, soma e subtração. Fração e porcentagem. Juros simples e compostos. Média e noções de estatística. Raiz quadrada. Regra de três. Volume, comprimento, massa, pesos e medidas.
     

Sobre Prefeitura Colônia Leopoldina

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas