64 vagas

Último dia de inscrições para concurso da Marinha 2019

Engenheiros e arquitetos aprovados no concurso da Marinha 2019 farão Curso de Formação de Oficiais (CFO) no Rio de Janeiro. Depois de formados, militares terão salário acima de R$ 8,2 mil

Samuel Peressin
Publicado em 01/04/2019, às 09h26

Terminam nesta segunda-feira (1) as inscrições para o concurso da Marinha 2019 destinado a preencher 64 vagas de engenheiros e arquitetos. 

As candidaturas são recebidas pela internet, mediante a realização de cadastro no site www.ingressonamarinha.mar.mil.br. O valor da taxa é de R$ 126. 

Podem se inscrever candidatos de ambos os sexos com até 35 anos em 1º de janeiro de 2020, ano de início do curso de formação. 

Do total de oportunidades em disputa, duas são voltadas a profissionais graduados em arquitetura e urbanismo. 

As demais chances estão distribuídas entre as seguintes especialidades de engenharia: cartográfica (2), civil (6), de materiais (2), de produção (4), de sistemas de computação (4), de telecomunicações (4), elétrica (8), eletrônica (6), mecânica (13), mecatrônica (2), naval (7) química (4). 

Fases 

A primeira fase envolverá prova objetiva e redação, enquanto a segunda abrangerá avaliação discursiva e tradução de texto em inglês. Os exames estão previstos para maio e julho, respectivamente.

Haverá aplicação no Rio de Janeiro/RJ, Angra dos Reis/RJ, Nova Friburgo/RJ, São Pedro da Aldeia/RJ; Vila Velha/ES, Salvador/BA, Natal/RN, Olinda/PE, Fortaleza/CE, Belém/PA, Amapá/AP, Parnaíba/PI, Santarém/PA, São Luís/MA, Rio Grande/RS, Porto Alegre/RS, Paranaguá/PR, Florianópolis/SC, Ladário/SC, Brasília/DF, Santos/SP, São Paulo/SP e Manaus/AM.

Programadas para novembro, as outras etapas do concurso da Marinhaincluem inspeção de saúde, análise de títulos, teste físico, avaliação psicológica e verificação de documentos. O curso começa em 9 de março de 2020.  

Formação

Os aprovados no concurso da Marinha farão o Curso de Formação de Oficiais (CFO) no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), situado na cidade do Rio de Janeiro, com duração média de 25 semanas.  

Ao longo do treinamento, os recrutas terão direito a uniforme, alimentação e assistências médico-odontológica, psicológica, social e religiosa, além de remuneração de R$ 6.693.

Após concluir a formação, os arquitetos e engenheiros serão nomeados ao posto de primeiro-tenente, cargo que conta atualmente com salário de R$ 8.245, e poderão servir em em todo o país. 
 

Sobre Marinha - Marinha do Brasil

Marinha do Brasil pertence as Forças Armadas do Brasil e é responsável por conduzir operações navais. É a maior da América do Sul e da América Latina e a segunda maior da América, depois da Marinha dos Estados Unidos.

A Marinha esteve envolvida na guerra de independência do Brasil. Por volta de 1880, a Armada Imperial Brasileira era a mais poderosa da América do Sul. Após a rebelião naval de 1893, houve um hiato em seu desenvolvimento, até 1905, quando o Brasil adquiriu dois dos dreadnoughts mais poderosos e avançados da época, o que provocou uma corrida armamentista naval com as nações vizinhas, sobretudo a Argentina e Chile. A Marinha do Brasil participou na Primeira Guerra Mundial e na Segunda Guerra Mundial, participando de patrulhas anti-submarinos no Atlântico.

Comentários

Mais Lidas