Publicado: 16/05/2018 - 11:30 | Atualizado: 05/06/2018 - 16:09

Concurso Udesc 2018: abertas 14 vagas para assistente

Distribuídas entre nove cidades, oportunidades no concurso da Udesc são destinadas a profissionais de nível médio e pagam R$ 3,9 mil. Inscrições começam em 28 de maio

Área administrativa

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) divulgou edital de concurso público destinado a preencher 14 vagas de assistente administrativo em seu quadro técnico universitário de suporte.

A carreira cobra ensino médio e conta com remuneração inicial de R$ 3.908,03. O valor já inclui o auxílio alimentação diário de R$ 29,25 (total de R$ 643,50, considerando 22 dias).

Os empregos estão distribuídos entre nove cidades do Estado: Florianópolis (6 postos), Chapecó (1), Balneário Camboriú (1), Lages (1), Joinville (1), Ibirama (1), São Bento do Sul (1), Laguna (1) e Pinhalzinho (1).  

Inscrições e etapas do concurso da Udesc 2018

Será possível se inscrever entre 28 de maio e 28 de junho, mediante a realização de cadastro no site da universidade (www.udesc.br). O valor da taxa é de R$ 90.

APOSTILA CONCURSO UDESC 2018 - ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

O concurso da Udesc envolverá prova objetiva e redação, com aplicação em 5 de agosto, nos municípios de origem de cada vaga. A primeira avaliação trará 50 questões de múltipla escolha, enquanto a segunda cobrará a elaboração de um texto dissertativo entre 20 e 30 linhas.

O conteúdo programático inclui: língua portuguesa; raciocínio lógico; noções de direito administrativo; Constituição Federal; Estatuto dos Servidores Públicos Civis de Santa Catarina; Estatuto e Regimento Geral da Udesc; e aspectos históricos, socioeconômicos, políticos e culturais do Estado de Santa Catarina.

De acordo com o edital, o concurso da Udesc terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério da universidade.

Atribuições do assistente administrativo no concurso da Udesc 2018

1. Coordenar e executar trabalhos relacionados com a organização e atualização de arquivos e fichários; 2. Redigir instruções, ordens de serviço, minutas de cartas, ofícios, memorandos e atos administrativos sobre assuntos do órgão; 3. Auxiliar na aquisição e suprimento de material permanente e de consumo, divulgação de editais e outras tarefas correlatas; 4. Coordenar, controlar e executar o cadastramento dos bens de caráter permanente; 5. Auxiliar o pessoal técnico na definição de objetivos e no planejamento administrativo do órgão; 6. Auxiliar e propor o aperfeiçoamento e adequação da legislação e normas específicas, bem como, métodos e técnicas de trabalho; 7. Participar mediante supervisão e orientação de trabalhos relacionados à concorrência ou tomada de preços para aquisição de material, redigindo atos, termos de ajuste e contratos correspondentes; 8. Executar trabalhos referentes a registro, análise e controle de serviços contábeis; 9. Executar trabalhos relativos a balancetes, análises e controles estatísticos; 10. Executar serviços de cadastro em geral, manutenção e organização de arquivos cadastrais, microfilmagem e equipamento específico; 11. Executar serviços de análise e encaminhamento de processos, pesquisa legislativa e jurisprudencial; 12. Executar serviços relativos à atualização de registros funcionais, elaboração de folhas de pagamento, datilografia, cadastramento de servidores, operação de máquinas diversas e compra e controle de material; 13. Acompanhar, em todas as fases, os processos referentes ao registro do comércio; 14. Expedir registros, carteiras e outros documentos sob orientação superior; 15. Organizar e controlar os serviços de recepção, encaminhamento de documentos e correspondências em geral; 16. Secretariar autoridades de hierarquia superior, taquigrafando e redigindo expedientes relacionados as suas atividades; 17. Integrar-se em projetos de pesquisa, levantamento de dados e diagnósticos, emprestando apoio administrativo necessário; 18. Fornecer dados estatísticos e apresentar relatórios de suas atividades; 19. Executar outras atividades compatíveis com o cargo.

Vídeos UDESC

Mais Lidas

Mais Recentes

Atualizado: 12/06/2018 - 12:40

BACEN: novo CONCURSO é necessário para evitar defasagem

A solicitação de concurso do Banco Central conta com oportunidades para as carreiras de técnico, analista e procurador. Níveis médio e superior, com iniciais de até R$ 17,7 mil

990 vagas

Por JCConcursos - Camila Diodato

Aumenta cada vez mais a expectativa para que seja liberada a autorização para o novo concurso do Bacen (Central do Brasil, também conhecido BC ou BCB). Um pedido para o preenchimento de 990 vagas já foi encaminhado e está em análise.

Do total de oportunidades solicitadas pelo Bacen ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), 800 se destinam à carreira de analista, 150 para técnico e 40 para procurador.

Um motivos para que seja realizado em breve o concurso do Banco Central é a sua grande defasagem de pessoal. No momento, existem mais de 2.000 postos vagos, sem contar com as futuras aposentadorias, ou seja, cerca de 36% do quadro de pessoal do Bacen não está preenchido. O déficit total é de 2.356 servidores, sendo 1.944 analistas, 289 técnicos e 123 procuradores - vale ressaltar que o número pode sofrer alterações a qualquer momento.

Em entrevista anterior ao JC, o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), Dario Piffer, chegou a comentar que o BC não consegue atender a toda demanda e que “essa situação traz problemas de toda a ordem, sendo uma das áreas mais prejudicadas a da fiscalização; por conta disso, o Banco Central prioriza somente as demandas consideradas mais importantes".

 

Sobre os cargos do concurso do Bacen

 

A função de técnico se destina aos profissionais que concluíram o ensino médio e oferece salário inicial de R$ 6.463,44. Já os postos de analista de procurador aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação - neste caso, os vencimentos correspondem a R$ 16.286,90 e a R$ 17.788,33, respectivamente.

Vale ressaltar que as remunerações já incluem o valor do benefício-alimentação, que equivale a R$ 458 mensais.

APOSTILAS BANCO CENTRAL - TÉCNICO DE SUPORTE ADMINISTRATIVO

CURSO ONLINE BANCO CENTRAL - PROCURADOR

 

Último concurso para técnico e analista do Bacen

 

Em 2013, o Banco Central promoveu seleção com 500 vagas destinadas aos cargos de técnico e analista. Na ocasião, a banca organizadora foi o Cespe/UnB e a remuneração inicial oscilou entre R$ 5.158,23 e R$ 14.289,24.

A carreira de técnico apresentou 100 oportunidades e estava dividida entre as áreas de suporte técnico-administrativo e segurança institucional. Para concorrer a este emprego o candidato precisou ter ensino médio completo.

Destinado a profissionais de nível superior, o cargo de analista (400) estava distribuído em seis áreas de conhecimentos: análise e desenvolvimento de sistemas, suporte à infraestrutura de tecnologia da informação, política econômica e monetária, contabilidade e finanças, infraestrutura e logística, e gestão e análise processual.

O processo seletivo constou de prova objetiva, teste discursivo e análise de títulos – este último apenas para analista. Depois, houve um programa de capacitação para os candidatos aprovados.

Para este concurso, os profissionais foram lotados em Brasília (DF), Belém (PA), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Porto Alegre (RS).

 

Seleção anterior para procurador do Bacen

 

O Banco Central publicou em agosto de 2013 um edital com 15 oportunidades para a função de procurador. Do total de ofertas, 14 foram para Brasília e uma para Belém.

Também sob a organização do Cespe/UnB, o processo seletivo avaliou os concursandos por meio de teste objetivo, inscrição definitiva, provas discursivas, exame oral e análise de títulos.

Continuar lendo

Atualizado: 12/06/2018 - 09:52

Concurso IPHAN: SAIU edital para 411 vagas

Com inscrições a partir de 18 de junho, concurso do Iphan preencherá postos em cargos auxiliar, técnico e analista. Salários chegam a R$ 5,4 mil

Níveis médio e superior

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Foi divulgado nesta terça-feira (12) o edital do novo concurso do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). A seleção preencherá 411 vagas distribuídas em todo o Brasil, além de formar cadastro reserva.  


O processo seletivo oferece 131 postos para auxiliar institucional (R$ 3.877,97), 176 para técnico (R$ 5.493,29) e 104 para analista (R$ 5.493,29). A primeira posição requer ensino médio completo, enquanto as demais cobram formação superior. Os valores já incluem o auxílio-alimentação de R$ 458.

 

As oportunidades estão distribuídas entre a sede do órgão, em Brasília, e superintendências/escritórios técnicos em todos os Estados brasileiros. Para São Paulo, foram disponibilizados 18 postos.  

 

CURSO ONLINE CONCURSO IPHAN 2018 - TÉCNICO E ANALISTA
APOSTILAS CONCURSO IPHAN 2018 - CARGOS DE NÍVEIS MÉDIO E SUPERIOR


As inscrições para o concurso do Iphan abrem às 10h de 18 de junho e se encerram às 18h de 9 de julho, por meio do site http://www.cespe.unb.br/concursos. As taxas custam R$ 84 (nível médio) e R$ 117 (superior). 

 

Concurso Iphan: distribuição das vagas por área de formação


Parte das chances para auxiliar institucional é destinada a candidatos que possuem, além de segundo grau, formação técnica em conservação e restauração de bens culturais móveis; edificações; e agronomia ou jardinagem.  

 

As oportunidades para técnico no concurso do Iphan atendem profissionais formados em ciências sociais ou antropologia; arqueologia; arquitetura e urbanismo; arquivologia; biblioteconomia; ciências biológicas; engenharia agronômica; engenharia civil; história; e educação, pedagogia ou ciências humanas. 

 

Já para analista, as opções são voltadas a participantes com graduação em qualquer área; comunicação social, jornalismo ou relações públicas; engenharia cartográfica, geografia ou geociências; e relações internacionais.

Sobre as provas do concurso do Iphan 2018


O processo seletivo envolverá provas objetiva e discursiva para todos os cargos, com aplicação prevista para 26 de agosto, nas capitais dos 26 Estados, além do Distrito Federal.

 

A primeira avaliação trará 120 questões de múltipla escolha, enquanto a segunda cobrará a elaboração de um texto dissertativo com até 30 linhas abordando tema da atualidade. 

 

O conteúdo programático inclui conhecimentos básicos (língua portuguesa, fundamentos da preservação do patrimônio cultura, noções de gestão/administração pública e atualidades) e específicos.

 

Haverá também análise de títulos para funções de nível superior, em período a ser definido. Os candidatos convocados poderão apresentar diplomas de especialização, mestrado e doutorado, bem como documentos que comprovem experiência profissional nos setores público e privado. 


De acordo com o edital, o concurso do Iphan terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério da instituição. 

 

Atribuições do auxiliar institucional no concurso do Iphan

 

Desenvolver atividades de nível intermediário de suporte às áreas administrativa e finalística, que compreendam a execução de atividades rotineiras de cunho administrativo e logístico; dar suporte às atividades que compõem o ciclo de gestão documental; dar suporte à análise, diagnóstico e intervenção em bens culturais móveis; dar apoio às atividades técnicas relativas à elaboração e análise de projetos e orçamentos e fiscalização de obras; dar suporte às atividades de fiscalização; realizar atividades de conservação e manutenção dos jardins históricos sob a gestão do Iphan; e outras atividades compatíveis com as atribuições profissionais e competências institucionais.

 

Concurso Iphan 2018: atribuições do técnico

 

Desenvolver atividades de nível superior, de complexidade e responsabilidade elevadas, que compreendam elaborar estudos, análises, pareceres, laudos, notas, relatórios e avaliações técnicas para instrução e acompanhamento de processos relativos à salvaguarda e à preservação do patrimônio cultural; avaliar o impacto ao patrimônio cultural em projetos e empreendimentos, inclusive no âmbito do licenciamento ambiental; realizar vistorias, levantamentos e avaliações de campo; acompanhar e se manifestar em processos relacionados a políticas intersetoriais e temáticas transversais ao patrimônio cultural; desenvolver e participar das atividades de articulação e mobilização social necessárias às ações institucionais; integrar conselhos representativos, comissões, grupos e equipes de trabalho de interesse da administração; elaborar e analisar orçamentos; acompanhar e fiscalizar intervenções e(ou) serviços; realizar intervenções conservativas e(ou) restaurativas de bens culturais e acervos sob a gestão do Iphan; elaborar termos de referência, projetos e editais; fiscalizar contratos, convênios e instrumentos congêneres e outras atividades compatíveis com as atribuições profissionais e competências institucionais.

 

Atribuições do analista no concurso do Iphan


Desenvolver atividades de nível superior, de complexidade e responsabilidade elevadas que compreendam o assessoramento especializado voltado para a gestão dos processos relativos à salvaguarda e à preservação do patrimônio cultural; acompanhar e se manifestar em processos relacionados a políticas intersetoriais e temáticas transversais ao patrimônio cultural; desenvolver e participar das atividades de articulação e mobilização social necessárias às ações institucionais; participar em conselhos representativos, comissões, grupos e equipes de trabalho de interesse da administração; elaborar e analisar orçamentos; executar atividades de gestão administrativa, orçamentária e financeira; acompanhar e fiscalizar projetos e(ou) serviços; elaborar termos de referência, projetos e editais; fiscalizar contratos, convênios e instrumentos congêneres; e outras atividades compatíveis com as atribuições profissionais e competências institucionais.

 

Conteúdo programático parcial para o concurso do Iphan

 

Língua portuguesa - 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.

 

Fundamentos da preservação do patrimônio cultura - Noções sobre história política, econômica e social do Brasil. 1.1 Noções sobre história e institucionalização do patrimônio cultural no Brasil e no mundo, com ênfase na trajetória do IPHAN. 2 Marcos internacionais da preservação: Convenção relativa à Proteção do Patrimônio Mundial, Cultural e Natural (1972); Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial (2003). 3 Legislação brasileira sobre preservação de bens culturais. 3.1 Constituição Federal (artigos 20, 23, 24, 30, 215 e 216). 3.2 Decreto-Lei nº 25/1937, e suas alterações. 3.3 Lei nº 3.924/1961. 3.4 Lei nº 11.483/2007, e suas alterações (art. 9º). 3.5 Decreto nº 3.551/2000. 3.6 Decreto nº 9.238/2017. 4 Legislação aplicada ao patrimônio cultural. 4.1 Portaria IPHAN nº 187/2010; Portaria IPHAN nº 420/2010; Portaria IPHAN nº 127/2009; Portaria IPHAN nº 137/2016.

 

Noções de gestão e administração pública - 2.1 Princípios e normas referentes à administração direta e indireta. 2.2 Lei nº 8.666/1993, e suas alterações (Licitações e contratos administrativos). 3 Legislação administrativa. 3.1 Lei nº 8.112/1990, e suas alterações. 3.2 Lei nº 9.784/1999, e suas alterações (Processo Administrativo). 3.3 Lei nº 12.527/2011 (Lei de acesso à informação). 3.4 Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, instituído pelo Decreto nº 1.171/1994, e suas alterações. 4 Gestão de pessoas no setor público. 4 Gestão de processos. 4.1 Conceitos da abordagem por processos. 4.2 Técnicas de mapeamento, análise e melhoria de processos.

 

Atualidades - (somente para a prova discursiva): 1 Tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como: política, economia, sociedade, educação, cultura, desenvolvimento sustentável e meio ambiente, relacionados ao patrimônio cultural.

 

Confira o conteúdo programático completo para o concurso do Iphan 2018

Continuar lendo

Atualizado: 11/06/2018 - 15:06

Palmitos SC inscreve para concurso com 15 vagas

Concurso da Prefeitura de Palmitos reúne oportunidades destinadas a profissionais de todas as escolaridades. Salários chegam a R$ 3,5 mil

Até 9 de julho

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Estão abertas as inscrições para o concurso da Prefeitura de Palmitos, em Santa Catarina, com oferta de 15 vagas imediatas, além de chances para cadastro reserva (CR). Os salários ficam entre R$ 546,93 e R$ 3.503,22.

 

Profissionais com ensino fundamental incompleto têm opções como auxiliar de serviços gerais (5 postos), eletricista (1), pedreiro (1) e vigia (2), enquanto candidatos que concluíram esse ciclo escolar estão aptos a concorrer como motorista (2), operador de máquinas (2) e mecânico (CR). 

 

A carreira de técnico em enfermagem (1) é destinada a participantes com ensino médio e formação técnica.

 

Há chances de nível superior para assistente técnico pedagógico (CR), assistente social (1), veterinário (CR), nutricionista (CR), psicólogo - educação (CR), psicólogo - SAS (CR), supervisor escolar (CR), técnico administrativo educacional (CR) e professor nas áreas de educação infantil (CR), séries iniciais do ensino fundamental (CR), artes (CR), ciências (CR) educação física (CR), geografia (CR), história (CR), inglês/espanhol (CR), língua portuguesa (CR) e matemática (CR). 

 

Inscrições e etapas do concurso da Prefeitura de Palmitos 2018

 

Disponíveis até 9 de julho, as inscrições devem ser realizadas pelo site www.iobv.org.br, mediante o pagamento de taxas de R$ 40 (ensino fundamental), R$ 70 (médio/técnico) e R$ 100 (graduação).

 

O processo seletivo envolverá provas objetiva (todos os cargos), em 22 de julho, prática (motorista e operador de máquinas), em 5 de agosto, e de títulos (professor), com entrega dos documentos entre 3 e 10 de agosto.

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Palmitos terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal. 

 

Atribuições do auxiliar de serviços gerais no concurso da Prefeitura de Palmitos

 

Fazer os serviços de faxina em geral; remover o pó de móveis, paredes, tetos, portas, janelas e equipamentos; limpar escadas, pisos e utensílios; arrumar banheiros e toaletes; lavar e encerar assoalhos; coletar lixo dos depósitos colocando-os em recipientes adequados; lavar vidros, persianas; varrer pátios; fazer café e similares e servir; fechar portas, janelas e outras vias de acesso; executar tarefas de limpeza do ambiente, móveis, utensílios, aparelhos e equipamentos; executar serviços de copa, cozinha, preparar e servir alimentos; limpar e preparar cereais, vegetais, carnes de variadas espécies para cozimento; auxiliar no preparo de dietas especiais e normais; preparar refeições ligeiras; preparar e servir merenda aos alunos; auxiliar no controle do estoque de material e gêneros alimentícios; guardar e conservar os alimentos em vasilhames e locais apropriados; fazer o serviço de limpeza em geral; zelar e cuidar da limpeza e conservação de bens públicos, tais como escolas, prédios públicos e praças, parques, jardins; percorrer a área sob a sua responsabilidade; inspecionar no sentido de impedir incêndios e depredações; comunicar qualquer irregularidade verificada; efetuar pequenos reparos e consertos; manter em funcionamento os equipamentos de proteção contra incêndio ou quais quer outro relativo a segurança do órgão, providenciar os serviços de manutenção em geral; ter sob a sua guarda materiais destinados às atividades de seu setor de trabalho; solicitar e manter controle de materiais necessários à limpeza, manutenção e conservação dos locais sob sua responsabilidade; conduzir ao local de trabalho equipamentos e ferramentas; executar tarefas auxiliares, tais como: fabricação e colocação de cabos em ferramentas, montagem e desmontagem de motores, operar, entre outras, auxiliar serviços de jardinagem; cuidar e podar árvores; lavar, lubrificar e abastecer veículos e motores; limpar estátuas e monumentos; vulcanizar e recauchutar pneus e câmaras; auxiliar na preparação de asfalto; zelar pelo funcionamento e limpeza de equipamentos utilizados ou em uso; carregar e descarregar veículos em geral; transportar, arrumar e elevar mercadorias, materiais de construção e outros; carregar ou descarregar mobílias em geral ou caixas; proceder à abertura de valas; efetuar serviço de capina em geral; varrer, escovar, lavar e remover lixos e detritos das vias públicas e próprios municipais; zelar pela conservação e manutenção de sanitários públicos; auxiliar em tarefas de construção, calçamento e pavimentação em geral; auxiliar no recebimento, pesagem e contagem de materiais; aplicar inseticida e fungicidas; limpar terrenos baldios quando determinado; lavar peças e dependências de oficinas, garagens e similares; executar serviços de jardinagem compreendendo: semeadura, transplante de mudas, poda, preparação e conservação do solo de praças e jardins públicos; irrigar, adubar e conservar o solo apropriado para produção de mudas; controlar a produção e distribuição de mudas do viveiro municipal; coletar sementes e mudas de plantas nativas; distribuir, mediante autorização superior as mudas do viveiro municipal; relatar anormalidades verificadas; zelar pelas instalações do viveiro de mudas do Município; fazer os trabalhos necessários para o assentamento de pedras irregulares, paralelepípedos ou similares; auxiliar quanto ao alinhamento da obra, preparo o solo, assentamento de pedras, lajes e mosaicos; abrir, repor e consertar calçamentos; fazer assentamentos de meio-fio; executar tarefas afins.
 

Continuar lendo

Atualizado: 07/06/2018 - 11:40

AGU: pedido de concurso tem 12 avanços em um dia

Embora a AGU tenha confirmado aval do ministério para o preenchimento de 100 oportunidades, o processo ainda tramita internamente no órgão

 Níveis médio e superior

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

O pedido de autorização do novo concurso público 2018 da Advocacia Geral da União (AGU) contou com doze avanços no  Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) somente na última quarta-feira, 6 de junho. Mesmo na manhã de hoje, dia 7, o processo já teve mais um movimento interno no órgão, quando foi recebido para análise na Coordenação Geral de Despesas de Pessoal e Sentenças.A expectativa é de que a seleção seja finalmente autorizada pelo MPDG no decorrer das próximas semanas.

Na quarta-feira, dia 6, o processo saiu da Divisão de Concursos Públicos e teve diversas passagens pela Secretaria de Orçamento Federal, gabinete do ministro, Secretaria Adjunta de Assuntos Fiscais, Coordenação Geral de Despesas de Pessoal e Sentenças, para onde retornou, nesta quinta, e Secretaria Adjunta de Assuntos Fiscais.   O pedido encaminhado pelo órgão é de 1.364 vagas. Porém, em julho de 2017, a AGU chegou a anunciar, por meio de sua assessoria de imprensa, que a seleção já havia sido autorizada pelo MPDG, para o preenchimento de 100 oportunidades. No entanto, a autorização não chegou a ser efetivamente publicada em diário oficial na ocasião e processo do pedido continua tramitando internamente no ministério.   “A realização deste concurso é um passo importante no processo de fortalecimento do quadro de servidores da AGU. Todos nós sabemos que as vitórias obtidas pela nossa instituição somente serão possíveis graças, também, à incansável dedicação diária de nossos servidores”, disse, quando do envio do pedido do concurso, a advogada-geral da União, ministra Grace Mendonça.   De acordo com informações da assessoria de imprensa da AGU, a seleção contará com oportunidades de níveis médio e superior, mas a distribuição por escolaridade ainda será confirmada. Mas já está certo que serão para áreas de apoio às carreiras jurídicas do órgão.    As remunerações iniciais, já confirmadas, serão de R$ 4.100 para cargos com exigência de ensino médio e R$ 6.200 para aqueles com exigência de nível superior, considerando vencimentos básicos e gratificações.

 

Cargos solicitados pela AGU

  Embora a distribuição das vagas imediatas e cadastros ainda não tenha sido confirmada, a expectativa é de que sejam para as carreiras do pedido de 1.364 postos encaminhado ao Ministério do Planejamento. Do total solicitado, 782 foram para cargos de ensino médio e 582 para nível superior.   Para ensino médio, o pedido foi para os cargos de assistente técnico administrativo (com 349 vagas) e técnico em contabilidade (433). Desta forma, a expectativa é de que as duas carreiras constem na nova seleção, embora com oferta menor de vagas.   Para nível superior, o pedido foi para os cargos de administrador (170), analista de sistemas (38), analista técnico administrativo (20), arquivista (17), bibliotecário (18), engenheiro (15), contador (258), estatístico (16), médico (9), técnico em assuntos educacionais (10) e técnico em comunicação social (11).   

Novas vagas

  Vale ressaltar que tramita na Câmara dos Deputados o projeto de lei 6788/17, que cria mais 3.000 vagas no órgão, sendo 2.000 para o cargo de analista técnico de apoio à atividade jurídica e 1.000 para técnico de apoio à atividade jurídica.   Para técnico, para concorrer será exigido apenas ensino médio, com inicial de R$ 4.669,35, com gratificações. Para analistas, nível superior, com inicial de R$ 6.985,34.  

Mais informações sobre este projeto podem ser obtidas aqui

 

Concurso Anterior

O último concurso da AGU para cargos da área de apoio operacional ocorreu em 2014, quando foram oferecidas 100 oportunidades, para preenchimento para a sede, em Brasília, bem como para a Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP/PR), pelo regime jurídico únicos dos servidores civis da união, autarquias e fundações públicas federais.

Para o quadro de nível superior da AGU foram oferecidas oportunidades para os cargos de analista de sistemas (10 postos), analista técnico administrativo (34), bibliotecário com registro profissional (3) e técnico em comunicação social (3). Para quem possui formação técnica, a oferta foi de dez vagas para a carreira de técnico em contabilidade.

Já na Secretaria dos Portos, para nível médio foram dez vagas para agente administrativo e sete para técnico em contabilidade. Para nível superior, a oferta foi para os cargos de administrador (4), analista técnico administrativo (15), contador (2) e economista (2).

A banca organizadora do concurso, na ocasião, foi o Idecan.

Antes disso, a seleção anterior para a área técnica ocorreu em 2006, quando foram registrados 25 mil inscritos para a oferta de 336 vagas, somente para candidatos de nível superior, para os cargos de administrador, contador, economista e engenheiro. Neste caso, a banca organizadora foi o Núcleo de Computação Eletrônica da Universidade do Rio de Janeiro (NCE/UFRJ).

 

concurso-AGU

 

Sobre a AGU

Cabe à Advocacia Geral da União representar a União, judicial e extrajudicialmente, cabendo-lhe, nos termos da lei complementar que dispuser sobre sua organização e funcionamento, as atividades de consultoria e assessoramento jurídico do Poder Executivo. Em termos de representação judicial, sua atividade é exercida em defesa dos interesses dos referidos entes nas ações judiciais em que a União figura como autora, ré ou, ainda, terceira interessada. A representação extrajudicial é exercida perante entidades não vinculadas à justiça, como órgãos administrativos da própria união, estados ou municípios.

Atualizado: 06/06/2018 - 10:32

Araquari SC abre inscrições para concurso com 207 vagas

Concurso da Prefeitura de Araquari preencherá postos em cargos de níveis médio/técnico e superior de ensino. Prazo para quem pretende se candidatar termina em 22 de junho

Salários até R$ 12,2 mil

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Estão abertas as inscrições para o concurso da Prefeitura de Araquari, em Santa Catarina, destinado a preencher 207 vagas, além de formar cadastro reserva (CR). Distribuídos entre quatro editais, os empregos apresentam salários que variam de R$ 1.467,70 a R$ 12.276,07.

 

Ensino médio é requisito para agente administrativo (15 postos + CR), agente de defesa civil (1), atendente de farmácia (2), auxiliar de educador social (4), auxiliar de saúde bucal (2), educador social (4), fiscal de postura (1), fiscal de regularidade de obras (1), fiscal sanitarista (2), orientador social (5) e fiscal ambiental (1).

 

Além de segundo grau, o concurso da Prefeitura de Araquari cobra formação técnica para técnica de enfermagem (6), técnico de informática (1), técnico em edificações (1) e técnico em segurança do trabalho (1).

 

As ofertas de nível superior são para advogado (2 + CR), contador (CR), analista de compras (1), analista de gestão de pessoas (1), analista de tecnologia da informação (1), arquiteto (1), assistente social (5), bibliotecário (1), contador (1), enfermeiro (2), engenheiro civil (2), farmacêutico (1), fiscal de tributação (2), fiscal sanitarista (2), fiscal sanitarista - farmacêutico (1), fisioterapeuta (1), fonoaudiólogo (1), médico clínico geral (4), médico pediatra (1), veterinário (1), nutricionista (1), odontólogo (1), educador físico (1), psicólogo (4), terapeuta ocupacional (1), tesoureiro (1), especialista em assuntos educacionais - administração escolar (3), especialista em assuntos educacionais - orientação escolar (1), especialista em assuntos educacionais - supervisão escolar (1), tradutor e intérprete de Libras (1), engenheiro florestal (1), engenheiro sanitarista (1), geólogo (1) e professor nas áreas de séries iniciais (5), artes (10), educação física (10), educação infantil (80), inglês (2), violão, contrabaixo e guitarra (1), instrumentos de teclas (1), bateria e percussão em geral (1) e instrumentos de sopro (1).

 

Inscrições e etapas do concurso da Prefeitura de Araquari 2018

 

Disponíveis até 22 de junho, as inscrições devem ser registradas pelo site https://sociesc.selecao.net.br, mediante o pagamento de taxas de R$ 80 para funções de ensino médio e R$ 100 para as de superior.

 

O processo seletivo prevê provas objetiva (todos os cargos) e discursiva (advogado, professor, especialista em assuntos educacionais e tradutor), em 8 de julho, além de avaliação de títulos (vagas de nível superior), com entrega dos documentos, via internet, entre os dias 11 e 13 do mesmo mês. 

 

De acordo com os editais, o concurso da Prefeitura de Araquari terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

 

Atribuições do agente administrativo no concurso da Prefeitura de Araquari 2018

 

É responsável pela execução de serviços gerais e de escritório, atender as necessidades administrativas seguindo processos e rotinas pré-definidas, nisto incluso operações básicas de computação telefonia e recepção, e executar outras tarefas correlatas e sua área de competência.

 

Concurso Prefeitura Araquari: atribuições do orientador social

 

Desenvolver atividades junto ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Atualizado: 05/06/2018 - 10:20

Concurso TJ SC: último dia de inscrição para 26 vagas

As chances no concurso do TJ/SC (Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina) são para os cargos de técnico, analista, oficial, arquiteto, engenheiro e enfermeiro. As remunerações chegam a R$ R$ 6,1 mil

Níveis médio e superior

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Serão encerradas às 16h desta terça-feira (5) as inscrições do concurso do TJ/SC (Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina). A seleção visa o provimento de 26 vagas, além de formação de cadastro reserva (CR) de eventuais oportunidades.

 

O cargo de técnico judiciário auxiliar (17 vagas + CR) exige diploma de conclusão de curso de ensino médio. O salário inicial é de R$ 3.576,54.

 

Aqueles que têm o nível superior estão aptos às carreiras de analista administrativo (CR), analista jurídico (CR), oficial de justiça e avaliador (5 + CR), oficial da infância e da juventude (1 + CR), arquiteto (1), engenheiro eletricista (1), engenheiro civil (CR) e enfermeiro (1). A remuneração é de R$ 6.156,63.

APOSTILAS CONCURSO TJ/SC 2018 - TÉCNICO JUDICIÁRIO AUXILIAR E ANALISTA ADMINISTRATIVO

A empresa responsável pela organização e execução do processo de seleção é a Fundação Getúlio Vargas (FGV). As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/tjsc2018.

 

Será cobrada uma taxa de participação do concurso do TJ/SC 2018, nos valores de R$ 68 para ensino médio e R$ 85 para nível superior. O pagamento do boleto bancário deverá ser efetuado até a data limite de 6 de junho, observado o horário de funcionamento do banco.

 

 

Prova do concurso TJ/SC 2018

 

 

O concurso do TJ/SC 2018 será constituído de uma única etapa: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por 70 questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, raciocínio lógico, noções de direito e/ou conhecimentos específicos.

 

APOSTILAS CONCURSO TJ/SC 2018 - ANALISTA JURÍDICO
CURSO ONLINE TJ/SC 2018 -  ANALISTA E TÉCNICO JUDICIÁRIOS

 

Com quatro horas de duração, a avaliação será aplicada no dia 22 de julho, no período da manhã para ensino médio e à tarde para nível superior, nas cidades de Florianópolis, Criciúma, Lages, Joinville, Blumenau, Itajaí, Canoinhas, Chapecó e Joaçaba.

 

 

Conteúdo programático (parcial) para técnico judiciário auxiliar

 

 

Língua portuguesa - elementos de construção do texto e seu sentido: gênero do texto (literário e não literário, narrativo, descritivo e argumentativo); interpretação e organização interna. Semântica: sentido e emprego dos vocábulos; campos semânticos; emprego de tempos e modos dos verbos em português. Morfologia: reconhecimento, emprego e sentido das classes gramaticais; processos de formação de palavras; mecanismos de flexão dos nomes e verbos. Sintaxe: frase, oração e período; termos da oração; processos de coordenação e subordinação; concordância nominal e verbal; transitividade e regência de nomes e verbos; padrões gerais de colocação pronominal no português; mecanismos de coesão textual. Ortografia. Acentuação gráfica. Emprego do sinal indicativo de crase. Pontuação. Estilística: figuras de linguagem. Reescrita de frases: substituição, deslocamento, paralelismo; variação linguística: norma culta. Observação: os itens deste programa serão considerados sob o ponto de vista textual, ou seja, deverão ser estudados sob o ponto de vista de sua participação na estruturação significativa dos textos.

 

Raciocínio lógico - lógica: proposições, valores verdadeiro/falso, conectivos “e” e “ou”, implicação, negação, proposições compostas, proposições equivalentes. Problemas de raciocínio: deduzir informações de relações arbitrárias entre objetos, lugares, pessoas e/ou eventos fictícios dados. Orientação espacial e temporal. Números racionais, operações, porcentagem e proporcionalidade. Medidas de comprimento, área, volume massa e tempo.

Atualizado: 04/06/2018 - 11:50

Concurso Ibram: novo pedido é avaliado no Planejamento

Pedido de concurso do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) encaminhado ao Ministério do Planejamento é para carreiras com exigência de níveis médio e superior de ensino

313 vagas

Por JCConcursos - Camila Diodato

Está em análise no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) o novo pedido para a abertura do concurso público do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). O órgão solicitou autorização para o preenchimento de 313 vagas em cargos com exigência de níveis médio e superior.

As oportunidades apresentadas no requerimento estão distribuídas da seguinte maneira: 73 para assistente técnico, 19 para técnico em assuntos educacionais, 121 para técnico em assuntos culturais e 100 para analista.

O posto de assistente técnico exige nível médio completo, enquanto as demais colocações se destinam aos profissionais com formação superior em diversas áreas de atuação. Os salários iniciais vigentes não foram divulgados.

Último concurso do Ibram

Organizado pela Funcab e lançado em 2010, o edital anterior apresentou 294 ofertas distribuídas nos empregos de assistente técnico I, técnico em assuntos educacionais, técnico em assuntos culturais e analista. A remuneração oferecida chegou a R$ 3.012,82.

Na época, a lotação das vagas ocorreu nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, além do Distrito Federal.

A seleção constou de prova objetiva para todos os concorrentes. Em seguida, houve avaliação discursiva e análise de títulos para os postos de nível superior.

O teste objetivo aplicado no processo seletivo foi composto de perguntas sobre língua portuguesa, noções de informática, conhecimentos gerais e conhecimentos específicos. Os exames para técnico e analista também tiveram perguntas de língua estrangeira (inglês ou espanhol).

Para os empregos de nível médio, a validade do certame expirou em abril de 2014. Já para as colocações que necessitam de ensino superior, o prazo terminou em 16 de junho do mesmo ano.

Sobre o órgão

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) foi criado pelo ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em janeiro de 2009, com a assinatura da lei nº 11.906. A nova autarquia sucedeu o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no que se refere aos direitos, deveres e obrigações dos museus federais.

O órgão é responsável pela Política Nacional de Museus (PNM) e pela melhoria dos serviços do setor – aumento de visitação e arrecadação dos museus, fomento de políticas de aquisição e preservação de acervos e criação de ações integradas entre os museus brasileiros. Atualmente, cuida da administração direta de 30 museus.

Atualizado: 01/06/2018 - 13:14

Lindoia do Sul SC oferece 19 vagas em concurso

Com salários de até R$ 16 mil, empregos em disputa no concurso da Prefeitura de Lindoia do Sul estão distribuídos entre postos de todas as escolaridades

Inscrições abertas

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de Lindoia do Sul, em Santa Catarina, abriu concurso público com oferta de 19 vagas imediatas, além de chances para cadastro reserva (CR). Os salários vão de R$ 1.016,43 a R$ 16.049,37.

 

Quem é alfabetizado pode concorrer como agente de obras (1 posto), agente de serviços gerais (1), agente operacional (2) e auxiliar de manutenção (CR).

 

Há ofertas de nível fundamental para mecânico (CR), motorista (1), operador de máquina I (2) e operador de máquina II (1).

 

Ensino médio é requisito do concurso da Prefeitura de Lindoia do Sul para assistente administrativo (1), auxiliar de cirurgião dentista (CR), auxiliar de educação (4) e técnico de TI (1) - função que também cobra formação técnica.

 

Estão em disputa cargos de nível superior para analista administrativo (CR), contador (CR), enfermeiro ESF (1), fisioterapeuta (CR), médico de ESF (1), nutricionista (1), professor (1) e psicólogo (1).

 

Inscrições e etapas do concurso da Prefeitura de Lindoia do Sul

 

Com taxas entre R$ 80 e R$ 150, as inscrições podem ser realizadas até 21 de junho, mediante o preenchimento de formulário disponível no site www.conscamweb.com.br.

 

O processo seletivo envolverá provas objetiva (todos os cargos) e de títulos (professor), em 15 de julho, além de avaliação prática (agente de obras, agente de serviços gerais, agente operacional, auxiliar de manutenção, mecânico, motorista e operador de máquina), em 26 de agosto.

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Lindoia do Sul terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

Atualizado: 29/05/2018 - 14:44

Concurso MPF: segue em análise PL que cria 842 vagas

Proposta tem o objetivo de criar oportunidades para as carreiras de técnico, analista e procurador. Ofertas são para concurso do MPF, além do MPU

Níveis médio e superior

Por JCConcursos - Camila Diodato

Ainda está em avaliação na Câmara dos Deputados o projeto de lei (PL) n° 6006/2016, que visa a criar 842 vagas efetivas para o quadro de pessoal do Ministério Público Federal (MPF). As chances são para todo o país e estão distribuídas entre três cargos.

O próximo passo para o avanço da proposta é eleger um novo relator, já que o anterior devolveu o PL sem nenhuma manifestação. O documento se encontra na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP).

Consta no PL que, das oportunidades, 501 são para técnico, 207 para analista e 134 para procurador. Vale ressaltar que os cargos de técnico e analista são preenchidos por meio de concurso do MPU, que depois fica com a responsabilidade de lotar as chances no quadro do MPF.

Para concorrer à carreira de técnico é preciso ter certificado de ensino médio emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação, enquanto a colocação de analista aceita profissionais com formação superior em diversas áreas de atuação. As remunerações correspondem a R$ 6.167,99 para técnico e a R$ 10.119,93 para analista, sem incluir os seguintes benefícios: R$ 884 de vale-alimentação, R$ 699 de assistência pré-escolar, R$ 181,77 de auxílio-transporte, além de assistências médica e odontológica.

Já o posto de procurador regional da República exige bacharelado em direito e, no mínimo, três anos de atividade jurídica, exercida após a obtenção da graduação. O salário inicial oferecido é de R$ 28.947,55

O projeto de lei que prevê, consequentemente, a realização de um novo concurso do MPF ainda será avaliado pelas comissões de Finanças e Tributação (CFT) e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC). Após ser aprovado em todas as comissões, o documento irá ser avaliado pelo Plenário e, em seguida, irá para o Senado Federal. Por isso, haverá a sanção por parte do presidente da República.

 

Último concurso do MPF

 

No final de 2016, o MPF lançou edital com 82 vagas para procurador espalhadas pelas seguintes cidades: Maceió/AL (1), Arapiraca/AL (1), Laranjal do Jari/AP (1), Oiapoque/AP (1), Manaus/AM (3), Bom Jesus da Lapa/BA (1), Jequié/BA (1), Paulo Afonso/BA (1), Fortaleza/CE (1), Crateús/CE (1), Maracanaú/CE (1), Brasília/DF (1), Goiânia/GO (1), Anápolis/GO (1), Itumbiara/GO (1), São Luís/MA (1), Imperatriz/MA (1), Juína/MT (1), Campo Grande/MS (1), Belo Horizonte/MG (1), Ituiutaba/MG (1), Janaúba/MG (1), Manhuaçu/MG (1), Poços de Caldas/MG (1), Teófilo Otoni/MG (1), Belém/PA (1), Itaituba/PA (1), Marabá/PA (1), Tucuruí/PA (1), João Pessoa/PB (1), Guarabira/PB (1), Curitiba/PR (2), Campo Mourão/PR (1), Cascavel/PR (1), Guarapuava/PR (1), Recife/PE (1), Cabo de Santo Agostinho/PE (1), Goiana/PE (1), Jaboatão/PE (1), Salgueiro/PE (1), Teresina/PI (1), Corrente/PI (1), São Raimundo Nonato/PI (1), Rio de Janeiro/RJ (4), Macaé/RJ (1), Volta Redonda/RJ (1), Natal/RN (1), Ceará-Mirim/RN (1), Porto Alegre/RS (3), Erechim/RS (1), Novo Hamburgo/RS (1), Palmeiras das Missões/RS (1), Porto Velho/RO (2), Vilhena/RO (1), Boa Vista/RR (1), Florianópolis/SC (1), Blumenau/SC (1), Chapecó/SC (1), Itajaí/SC (1), São Paulo/SP (2), Andradina/SP (1), Bauru/SP (1), Campinas/SP (1), Catanduva/SP (1), Limeira/SP (1), Lins/SP (1), Osasco/SP (1), Registro/SP (1), São José do Rio Preto/SP (1), Lagarto/SE (1), Propriá/SE (1) e Gurupi/TO (1).

Em março deste ano serão aplicadas as provas objetivas com questões de múltipla escolha em todas as capitais do Estado, mais o Distrito Federal. Ainda haverá provas subjetivas, inscrição definitiva, análise de títulos e testes orais.

 

Último concurso do MPU

 

MPU realizou concurso, em 2013, com 263 oportunidades, além de cadastro reserva, para técnico e analista. Sob a organização do Cespe/UnB, o processo seletivo constou de duas provas objetivas (uma com 50 questões de conhecimentos básicos e outra com 70 questões de conhecimentos específicos) para todos os participantes e teste discursivo para analista.

As 35 ofertas de técnico estavam distribuídas entre as especialidades de tecnologia da informação e comunicação, enfermagem e saúde bucal. No caso de analista, as 228 chances envolveram as áreas de arquivologia, biblioteconomia, comunicação social, educação, estatística, finanças e controle, gestão pública, planejamento e orçamento, clínica médica, psiquiatria, antropologia, arquitetura, contabilidade, economia, engenharia agronômica, engenharia ambiental, engenharia civil, engenharia de segurança do trabalho, engenharia elétrica, engenharia florestal, engenharia mecânica, engenharia sanitária, geografia, medicina, medicina do trabalho, oceanografia, enfermagem, odontologia, psicologia, serviço social, tecnologia da informação e comunicação (desenvolvimento de sistemas ou suporte e infraestrutura. 

O edital do concurso do MPU teve ofertas no Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo e Tocantins.

Atualizado: 29/05/2018 - 11:52

IBGE: presidente ALERTA necessidade de novo concurso

Solicitação de concurso do IBGE é para a abertura de oportunidades nos níveis médio e superior de ensino. Salários de até R$ 8,2 mil

Pedido para 1.800 vagas

Por JCConcursos - Camila Diodato

No dia 14 de maio, o presidente do  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Roberto Olinto, havia reconhecido a necessidade urgente da realização de novo concurso público para efetivos. Depois, durante o II Congresso Democrático sobre o IBGE, realizado em 25 e 28 de maio, ele voltou a alertar sobre situação grave do órgão sem a contratação de novos servidores  

Olinto ressaltou que "“é prioridade absoluta dessa direção concurso e plano de carreira. Sem concurso e sem carreira a história do IBGE pode se encerrar de forma melancólica. A nossa preocupação é comunicar ao Ministério do Planejamento essa situação de forma incisiva. O impacto disso vai trazer sérios danos ao IBGE”. O dirigente reforçará pedido junto junto ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) para que a autorização seja concedida em breve para que o edital saia ainda em 2018.

  Vale lembrar que, em dezembro do ano passado, o instituto solicitou o aval para 1.800 vagas efetivas, sendo 1.200 destinadas ao cargo de técnico em informações geográficas e estatísticas e as outras 600 para a carreira de analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas.

  Atualmente, a solicitação está em trâmite na Divisão de Concursos Públicos do Ministério do Planejamento. Desde que foi encaminhada, ela sofreu 23 movimentações dentro da Pasta.

  O edital do concurso IBGE 2018 só será publicado quando receber autorização do MPDG.  

Sobre as carreiras do concurso IBGE 2018

  A função de técnico destina-se aos candidatos com certificado de ensino médio emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). O salário vigente corresponde a R$ 3.890,87 contando com o vale-alimentação.   Já o posto de analista exige formação superior completa, sendo que diversos cursos são aceitos. Consta na tabela de remuneração dos servidores federais que o vencimento atual é de R$ 8.213,07.  

Último concurso IBGE para efetivos

  No final de 2015, o órgão lançou dois editais que, juntos, apresentaram um total de 600 oportunidades. A banca organizadora do certame, na ocasião, foi a Fundação Getúlio Vargas (FGV).   Um edital ofereceu 460 chances para a carreira de técnico distribuídas entre diversos Estados. A validade dele encerra no dia 30 de maio de 2018, já contando com a prorrogação.   O outro teve 90 chances para analista e 50 para tecnologista, também com lotação em vários Estados. O prazo dele vai terminar em 14 de junho de 2016, com o acréscimo da prorrogação.

Atualizado: 28/05/2018 - 11:52

Ministério da Fazenda: pedido com 1.301 vagas em ANÁLISE

Solicitação para a abertura de concurso do Ministério da Fazenda 2018/2019 refere-se a vários cargos com exigência de níveis médio e superior de ensino

Em avaliação

Por JCConcursos - Camila Diodato

Continua em análise no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) o pedido para a abertura do concurso do Ministério da Fazenda (MF), que solicitou autorização de 1.301 vagas para o seu quadro de pessoal.

A expectativa é de que a autorização do concurso do MF seja concedida ainda em 2018, já que apresenta um déficit de 3.999 servidores, sendo 3.062 para nível médio e 937 para superior.

As oportunidades requeridas ao Planejamento estão distribuídas da seguinte maneira: assistente técnico administrativo (904), analista técnico administrativo (257), arquiteto (12), arquivista (9), bibliotecário (12), contador (53), engenheiro (15), enfermeiro (5), pedagogo (6), psicólogo (6) e técnico em comunicação social (22).

Para concorrer ao posto de assistente é necessário possuir ensino médio completo, enquanto as demais funções aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação. Os salários iniciais atuais oscilam entre R$ 3.953,68 e R$ 6.388,27, já incluindo o vale-alimentação de R$ 458.

A solicitação do concurso do Ministério da Fazenda 2018/2019 encaminhada ao MPDG não apresentou as regiões de lotação das oportunidades, mas é bem provável que São Paulo e Distrito Federal sejam os locais com a maior quantidade de oportunidade, e o motivo é que no último certame eles não foram abrangidos.

O detalhe do processo seletivo que pode ser dado como certo é a escolha da empresa organizadora, que será a Esaf (Escola de Administração Fazendária), como de costume nos concursos do órgão. Assim, os candidatos podem ir se preparando com as provas e os editais de seleções anteriores, uma vez que a banca se repete.

Outras oportunidades na solicitação de concurso

Junto com as vagas para o seu próprio quadro de pessoal, o MF pediu mais 3.040 chances distribuídas entre os seus órgãos vinculados. Os postos são para os níveis médio e superior.

Para a Receita Federal são as 630 vagas para auditor-fiscal e as 1.453 para analista tributário. O quadro do Tesouro Nacional é composto pelas colocações de auditor federal de finanças e controle (30) e técnico de finanças e controle (70), enquanto a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) fica com a função de procurador da Fazenda (240). 

Para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o pedido contempla 16 oportunidades para a carreira de inspetor, 30 para analista e 82 para agente executivo.

Na Superintendência de Seguros Privados (Susep), são 55 chances para analista técnico. Por fim, as demais profissões se destinam ao quadro da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), sendo elas as de especialista em previdência social (48), analista administrativo (23), técnico administrativo (39), administrador (11) e atuário (7).

Esses detalhes foram divulgados pelo Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (e-SIC). 

Último concurso do Ministério da Fazenda

No início de 2014, o MF abriu processo seletivo visando a contratar 1.026 profissionais na carreira de assistente. As chances disponibilizadas pelo certame foram distribuídas entre os Estados do Acre (18 vagas), Alagoas (14), Amazonas (28), Amapá (6), Bahia (80), Ceará (53), Espírito Santo (14), Goiás (31), Maranhão (30), Minas Gerais (101), Mato Grosso do Sul (34), Mato Grosso (27), Pará (55), Paraíba (20), Pernambuco (52), Piauí (17), Paraná (97), Rio de Janeiro (61), Rio Grande do Norte (17), Rondônia (13), Roraima (8), Rio Grande do Sul (155), Santa Catarina (74), Sergipe (9) e Tocantins (12).

Todos os candidatos passaram por provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos com 70 perguntas de múltipla escolha. Os assuntos abordados nos testes foram língua portuguesa; matemática e raciocínio lógico; conhecimentos de informática; atualidades; gestão de pessoas e do atendimento ao público; ética do servidor na administração pública; administração pública brasileira; e regime jurídico dos agentes públicos.

Atualizado: 28/05/2018 - 10:39

Concurso INSS: REFORÇADO pedido para 10.468 vagas

Solicitação de concurso do INSS contempla os excedentes da seleção vigente e a realização de novo processo seletivo para os cargos de técnico, analista e perito

Níveis médio e superior

Por JCConcursos - Camila Diodato

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) reforçou o pedido de abertura de novo concurso público junto ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG). O documento, encaminhado no início de maio, solicita autorização urgente para o preenchimento de 10.468 vagas, número inferior ao requerido no ano passado, de 16.548 oportunidades.

As chances requeridas são para os cargos de técnico do seguro social (6.034 vagas), analista do seguro social (2.222) e perito médico previdenciário (2.212). Tais ofertas são para novo certame e a convocação de remanescentes.

APOSTILAS CONCURSO INSS 2018 - TÉCNICO E ANALISTA DO SEGUROI SOCIAL
 

Das vagas solicitadas inicialmente no pedido do concurso INSS 2018/2019, pelo menos 7.580 são para a abertura de novo concurso público a partir de 2018. Destas chances, 3.941 são para técnico (área meio), 1.493 para analista (diversas formações) e 2.146 para perito.

CURSO ONLINE CONCURSO INSS 2018 - TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL

Consta na nota técnica enviada pelo INSS ao Planejamento que as demais ofertas são para as seguintes situações: 2.644 vagas para os excedentes da seleção vigente (2.114 para técnico e 530 para analista) e 6.324 que podem ser tanto para o atual processo seletivo quanto para o novo certame (6.160 para técnico e 164 para analista).

A expectativa é de que o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão libere o mais rápido possível a autorização para que o novo concurso do INSS aconteça entre 2018 e 2019.

 

Sobre os cargos do novo concurso do INSS 2018/2019

 

A carreira de técnico do seguro social é uma das mais visadas pelos concurseiros, ainda mais que exige apenas ensino médio completo e apresenta salário inicial de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

O emprego de analista exige formação superior em diversas áreas de atuação (incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras), sendo que a remuneração corresponde a R$ 7.954,09 por mês, contado com o benefício alimentação.

Já a posição de perito destina-se aos profissionais com graduação em medicina e registro no respectivo conselho regional. O inicial é de R$ 8.988,41, também com o auxílio.

concurso inss, concurso inss 2018, concurso inss 2019, edital inss, inss


Defasagem de pessoal no INSS

 

Atualmente, o órgão conta com uma defasagem de quase 20 mil servidores em todo o país, sendo que o maior déficit é para a função de técnico. Com esse quadro, o INSS não consegue atender com eficiência à população.

A situação ainda está mais crítica porque o governo federal diminuiu os recursos para o instituto. Consta no site da Fenasps que um técnico do seguro social, não identificado, comentou que o cenário está caótico: "Falta dinheiro para tudo. Estamos operando no limite da irresponsabilidade. Não por acaso, as pessoas têm reclamado demais do atendimento. O estresse é total".

Veja também:
O sabor de ser primeiro lugar no INSS

Artigo: Sim, existe vida após o INSS

Como estudar para analista do INSS

Dicas de aprovada no concurso do INSS

Dicas de professores para o concurso do INSS

Justiça proíbe papanicolau em concurso do INSS

 

Último concurso do INSS

 

No final de 2015, foi lançado o edital do concurso do INSS para o preenchimento de 950 vagas. Um total de 800 oportunidades foi para o emprego de técnico e as outras 150 para analista - serviço social.

A banca organizadora foi o Cespe/UnB e os participantes passaram por uma prova com questões no estilo certo ou errado. A validade do certame vai encerrar em meados de 2018.

O último concurso do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), cujo resultado foi publicado no dia 4 de agosto, foi um dos mais concorridos da história. Ao todo, a seleção registrou nada menos que 1.087.789 inscrições, sendo 1.043.807 somente para técnico do seguro social - em número de inscritos, o concurso INSS 2016 perde apenas para duas outras seleções: a da Caixa Econômica Federal (CEF) realizada 2014, com 1.156.744 candidatos; e a da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) promovida em 2011, com 1.120.393 participantes.

Considerando que o concurso do INSS ofereceu 800 oportunidades para técnico, é possível concluir que a concorrência para o cargo foi de aproximadamente 1.304 candidatos por vaga.

Confira o depoimento da 1ª colocada no último concurso do INSS

 

Atribuições do técnico e analista do seguro social

 

Quanto às atribuições dos cargos, de acordo com o edital do último concurso INSS, o técnico do seguro social é responsável por proceder ao reconhecimento inicial, manutenção, recurso e revisão de direitos aos benefícios administrados pelo INSS; exercer atividades internas e externas ligadas ao suporte e apoio técnico especializado; executar as atividades de orientação e informação, de acordo com as diretrizes estabelecidas nos atos específicos e outras relacionadas aos fins institucionais do INSS, que venham ser determinadas pela autoridade superior.

Já o analista do seguro social é responsável por prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados pelo INSS e aos seus servidores, aposentados e pensionistas; elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de serviço social e reabilitação profissional; realizar avaliação social quanto ao acesso aos direitos previdenciários e assistenciais; promover estudos socioeconômicos visando a emissão de parecer social para subsidiar o reconhecimento e a manutenção de direitos previdenciários, bem como a decisão médico-pericial; e executar de conformidade com a sua área de formação as demais atividades de competência do INSS.

 

Atualizado: 25/05/2018 - 14:46

Concurso LIQUIGÁS: PROVAS confirmadas para domingo (27)

Oportunidades do concurso da Liquigás estão distribuídas entre 20 Estados. As remunerações iniciais oferecidas chegam a R$ 4,8 mil

Todos os níveis

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A assessoria de imprensa da Fundação Cesgranrio confirmou que as provas objetivas do concurso da Liquigás Distribuidora S.A serão aplicadas neste domingo, dia 27 de maio. O cartão com os locais da avaliação estão disponíveis no endereço eletrônico da banca organizadora: www.cesgranrio.org.br. 

 

A prova objetiva versará sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, noções de informática, conhecimentos gerais e/ou conhecimentos específicos. A avaliação será aplicada nas cidades de Aracaju/SE, Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Campo Grande/MS, Cuiabá/MT, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Fortaleza/CE, Goiânia/GO, João Pessoa/PB, Natal/RN, Porto Alegre/RS, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, São Luís/MA, São Paulo/SP, Teresina/PI e Vitória/ES.

O candidato deverá chegar ao local das provas com uma hora de antecedência munido de cartão de confirmação de inscrição, do documento de identidade original e de caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente. As provas terão duração de três horas para o cargo de nível fundamental completo, quatro horas para nível médio e 4h30 para nível superior. 

Os gabaritos serão divulgados no primeiro dia útil seguinte ao de realização das provas, na página da Fundação Cesgranrio.

 

Mais informações sobre o concurso Liquigás 2018

 

A seleção visa o preenchimento de 794 vagas, sendo 99 imediatas e 695 para formação de cadastro reserva (CR) de eventuais oportunidades. A lotação ocorrerá nos Estados de São Paulo, Bahia, Ceará, Goiás, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Maranhão, Sergipe e Paraíba.

 

Somente no Estado de São Paulo são oferecidas 219 vagas, distribuídas entre a capital e as cidades de Paulínia, Barueri, Mauá, Santos, São José dos Campos, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto.

APOSTILAS CONCURSO LIQUIGÁS 2018 - NÍVEIS FUNDAMENTAL / MÉDIO E SUPERIOR

Candidatos que concluíram o ensino fundamental podem se inscrever para a função de conferente I (2 vagas + 10 CR). O salário inicial é de R$ 1.733,36.

APOSTILAS CON CURSO LIQUIGÁS 2018 - NÍVEIS FUNDAMENTAL E MÉDIO

 

Aqueles que têm o ensino médio e/ou curso técnico estão aptos às carreiras de ajudante de motorista granel I (11 + 55 CR), assistente administrativo I (27 + 205 CR), motorista de caminhão granel I (16 + 100 CR), oficial de manutenção I elétrica (8 + 40 CR), oficial de manutenção I eletrônica (1 + 5 CR), oficial de manutenção I mecânica (7 + 45 CR), operador de gás I (1 + 5 CR), técnico de instalações I (3 + 15 CR), técnico de segurança do trabalho I (4 + 25 CR) e técnico químico I (1 + 15 CR). Os vencimentos oscilam entre R$ 1.321,09 e R$ 2.984,14.


Ads

Cursos para concurso Liquigás 2018

Estude para o concurso Liquigás com cursos online em PDF + Videoaulas, 100% focados no Edital. Confira!.

Para nível superior, as chances no concurso da Liquigás são para profissional de vendas Junior (12 + 115 CR), profissional Junior - administração (4 + 45 CR), profissional Junior - auditoria (1 + 5 CR) e profissional Junior - ciências contábeis (1 + 10 CR). As remunerações variam de R$ 3.583,26 a R$ 4.894,08.

Atualizado: 22/05/2018 - 15:32

Aberto concurso para 17 vagas em Pescaria Brava/SC

Concurso da Prefeitura de Pescaria Brava preencherá postos em cargos de níveis médio e superior de ensino. Prazo para inscrições termina em 4 de junho

Salários até R$ 3,9 mil

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de Pescaria Brava, em Santa Catarina, abriu concurso público para preenchimento de 17 vagas imediatas. Os salários variam de R$ 1.500 a R$ 3.900.

 

Ensino médio é requisito para oficial administrativo (1 posto) e fiscal de vigilância sanitária (1).

 

Há oportunidades de nível superior para analista de licitações e contratos (1), analista de sistemas (1), assistente social (1), contador (1), enfermeiro (1), engenheiro agrônomo (1), engenheiro civil (1), farmacêutico (1), fiscal de tributos (1), fisioterapeuta (1), nutricionista (1), odontólogo (2), procurador jurídico (1) e psicólogo (1).

 

Concurso Prefeitura Pescaria Brava: inscrições e prova

 

Disponíveis até 4 de junho, as inscrições devem ser registradas pelo site www.concursul.com.br. As taxas custam R$ 120 (ensino médio) e R$ 150 (superior).

 

Marcada para 1 de julho, a prova objetiva cobrará a resolução de 40 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, matemática/raciocínio lógico e conhecimentos gerais e específicos.

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Pescaria Brava terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

 

Atribuições do oficial administrativo no concurso da Prefeitura de Pescaria Brava

 

Executar trabalhos complexos de escritório que envolvam a interpretação de Leis e normas administrativas, especialmente para fundamentar informações, incluindo-se nestes, a organização e orientação dos serviços de guarda e arquivo de documentos; auxiliar na elaboração de projetos-de-lei, decretos e outros atos; executar atividades relacionadas com a seleção e treinamento de pessoal; elaborar ou verificar a exatidão de quaisquer documentos de receita e despesa, folha de pagamento, empenhos, balancetes e demonstrativos de caixa; redigir ou verificar a redação de minutas de documentos legais, relatórios e pareceres que exijam pesquisa específica, estudas processos de maior complexidade, referente a assuntos de caráter geral ou específico da unidade; coordenar o levantamento de dados e auxiliar na elaboração orçamentária; e executar tarefas afins, dirigir veículos leves, mediante autorização prévia, quando necessário ao exercício das demais atividades.

 

Concurso Pescaria Brava 2018: atribuições do fiscal de vigilância sanitária

 

Determinar o cumprimento de normas técnicas da ABNT e Secretaria Estadual de Saúde no caso de pesagens, aferições, acondicionamento, procedência e conservação de produtos; Realiza trabalho de fiscalização de atividades, locais e ambientais, para se detectarem situações ou comportamentos individuais ou de grupos, nocivos à saúde coletiva; fiscalização e inspeção de áreas de risco para a saúde pública; coleta de material para análise em laboratório; campanhas de levantamento de vetores; controle e combate a vetores e roedores; fiscalização de comércio de alimentos, lavratura de autos de infração e de coleta de amostra, termos de intimação e multas; elaboração de relatórios de inspeção; fazer cumprir as leis que proíbem criação de animais no Perímetro Urbano; fiscalizar o cumprimento das leis que disponham sobre: proibição de depositar lixo nos leitos dos rios, lotes vagos e ruas; fiscalizar o cumprimento das leis que disponham sobre depósito de material em vias públicas; dirigir veículos leves, mediante autorização prévia, quando necessário ao exercício das demais atividades; manter organizados, limpos e conservados os materiais, máquinas, equipamentos e local de trabalho, que estão sob sua responsabilidade; outras atividades correlatas.

Atualizado: 22/05/2018 - 14:59

Concurso em Biguaçu/SC reúne 19 oportunidades

A participação no concurso da Prefeitura Municipal de Biguaçu deverá ser garantida até o dia 6 de junho

Todos os níveis

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

No Estado de Santa Catarina, a Prefeitura Municipal de Biguaçu está com inscrições abertas em dois editais de concurso público, que juntos somam 19 vagas. As ofertas são para as áreas da saúde, educação e administração. Haverá, ainda, formação de cadastro reserva (CR) para futuras oportunidades.

 

Candidatos que têm o ensino fundamental podem se inscrever para as funções de coveiro (3 vagas), motorista (1), operador de patrola (1) e operador de trator agrícola (CR).  

 

Para ensino médio e/ou curso técnico, as chances são para os cargos de atendente da criança e do adolescente (1), monitor de transporte escolar (CR), auxiliar de consultório dentário (2) e técnico em enfermagem (6).

 

Quem tem o nível superior está apto às carreiras de professor III educação especial (2), técnico em educação (CR), fiscal de obras e posturas (3), enfermeiro (CR), médico especialista III ortopedista (CR) e médico especialista IV pediatra (CR).

 

Os salários iniciais oferecidos pela Prefeitura de Biguaçu partem de R$ 1.100,98 e chegam a R$ 6.605,85. Como benefício, os servidores ainda recebem vale-alimentação.

 

 

Etapas do concurso da Prefeitura de Biguaçu/SC

 

 

As inscrições devem ser realizadas no endereço eletrônico da banca organizadora do processo de seleção, a Faepesul (http://concursos.faepesul.org.br). A ficha cadastral estará disponível no site até o dia 6 de junho. Os valores da taxa de participação são de R$ 60 para ensino fundamental, R$ 80 para nível médio/técnico e R$ 100 para formação superior.

 

O concurso da Prefeitura de Biguaçu será constituído das seguintes etapas: prova objetiva para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório; avaliação de aptidão prática para ensino fundamental; e análise de títulos para professor e técnico em educação.

 

A prova objetiva será composta por 40 questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática e conhecimentos específicos. Ela será aplicada no dia 17 de junho em locais e horários a serem divulgados em momento oportuno.

Atualizado: 16/05/2018 - 11:30

Concurso Udesc 2018: abertas 14 vagas para assistente

Distribuídas entre nove cidades, oportunidades no concurso da Udesc são destinadas a profissionais de nível médio e pagam R$ 3,9 mil. Inscrições começam em 28 de maio

Área administrativa

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) divulgou edital de concurso público destinado a preencher 14 vagas de assistente administrativo em seu quadro técnico universitário de suporte.

 

A carreira cobra ensino médio e conta com remuneração inicial de R$ 3.908,03. O valor já inclui o auxílio alimentação diário de R$ 29,25 (total de R$ 643,50, considerando 22 dias).

 

Os empregos estão distribuídos entre nove cidades do Estado: Florianópolis (6 postos), Chapecó (1), Balneário Camboriú (1), Lages (1), Joinville (1), Ibirama (1), São Bento do Sul (1), Laguna (1) e Pinhalzinho (1).  

 

Inscrições e etapas do concurso da Udesc 2018

 

Será possível se inscrever entre 28 de maio e 28 de junho, mediante a realização de cadastro no site da universidade (www.udesc.br). O valor da taxa é de R$ 90.

APOSTILA CONCURSO UDESC 2018 - ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

O concurso da Udesc envolverá prova objetiva e redação, com aplicação em 5 de agosto, nos municípios de origem de cada vaga. A primeira avaliação trará 50 questões de múltipla escolha, enquanto a segunda cobrará a elaboração de um texto dissertativo entre 20 e 30 linhas.

 

O conteúdo programático inclui: língua portuguesa; raciocínio lógico; noções de direito administrativo; Constituição Federal; Estatuto dos Servidores Públicos Civis de Santa Catarina; Estatuto e Regimento Geral da Udesc; e aspectos históricos, socioeconômicos, políticos e culturais do Estado de Santa Catarina.

 

De acordo com o edital, o concurso da Udesc terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério da universidade.

 

Atribuições do assistente administrativo no concurso da Udesc 2018

 

1. Coordenar e executar trabalhos relacionados com a organização e atualização de arquivos e fichários; 2. Redigir instruções, ordens de serviço, minutas de cartas, ofícios, memorandos e atos administrativos sobre assuntos do órgão; 3. Auxiliar na aquisição e suprimento de material permanente e de consumo, divulgação de editais e outras tarefas correlatas; 4. Coordenar, controlar e executar o cadastramento dos bens de caráter permanente; 5. Auxiliar o pessoal técnico na definição de objetivos e no planejamento administrativo do órgão; 6. Auxiliar e propor o aperfeiçoamento e adequação da legislação e normas específicas, bem como, métodos e técnicas de trabalho; 7. Participar mediante supervisão e orientação de trabalhos relacionados à concorrência ou tomada de preços para aquisição de material, redigindo atos, termos de ajuste e contratos correspondentes; 8. Executar trabalhos referentes a registro, análise e controle de serviços contábeis; 9. Executar trabalhos relativos a balancetes, análises e controles estatísticos; 10. Executar serviços de cadastro em geral, manutenção e organização de arquivos cadastrais, microfilmagem e equipamento específico; 11. Executar serviços de análise e encaminhamento de processos, pesquisa legislativa e jurisprudencial; 12. Executar serviços relativos à atualização de registros funcionais, elaboração de folhas de pagamento, datilografia, cadastramento de servidores, operação de máquinas diversas e compra e controle de material; 13. Acompanhar, em todas as fases, os processos referentes ao registro do comércio; 14. Expedir registros, carteiras e outros documentos sob orientação superior; 15. Organizar e controlar os serviços de recepção, encaminhamento de documentos e correspondências em geral; 16. Secretariar autoridades de hierarquia superior, taquigrafando e redigindo expedientes relacionados as suas atividades; 17. Integrar-se em projetos de pesquisa, levantamento de dados e diagnósticos, emprestando apoio administrativo necessário; 18. Fornecer dados estatísticos e apresentar relatórios de suas atividades; 19. Executar outras atividades compatíveis com o cargo.

Atualizado: 15/05/2018 - 10:19

Último dia para inscrição no concurso do CRF/SC

Chances no concurso do CRF/SC são para contínuo, motorista, atendente técnico, operador de computador, programador, advogado, contador e fiscal farmacêutico

Sete cidades

Por JCConcursos - Samuel Peressin

O Conselho Regional de Farmácia do Estado de Santa Catarina (CRF/SC) encerra nesta terça-feira (15) as inscrições para o concurso destinado a preencher uma vaga imediata, além de formar cadastro reserva (CR).

 

As oportunidades de nível fundamental são para carreiras de contínuo (CR e salário de R$ 1.309,94) e motorista (CR - R$ 1.309,94).

 

Ensino médio é requisito para atendente técnico (1 posto + CR - R$ 1.859,49), operador de computador (CR - R$ 3.305,61) e programador (CR - R$ 3.305,61) - as duas últimas funções também cobram formação técnica.

 

Há chances de nível superior no concurso do CRF/SC para advogado (CR - R$ 3.953,20), contador (CR - R$ 3.953,20) e fiscal farmacêutico (CR - R$ 5.097,25).

APOSTILAS CONCURSO CRF/SC 2018 - CONTÍNUO E MOTORISTA  / ATENDENTE TÉCNICO

Distribuídos entre sete cidades (Florianópolis, Chapecó, Criciúma, Lages, Joinville, Blumenau e Caçador), os empregos contam com os seguintes benefícios: vale-alimentação, vale-refeição, vale-transporte e plano médico e odontológico.

 

Concurso CRF/SC 2018: inscrições e provas

 

As inscrições são recebidas pelo site da banca Inaz do Pará (www.paconcursos.com.br). As taxas custam R$ 30 (nível fundamental), R$ 45 (médio) e R$ 60 (superior).

 

O processo seletivo envolverá provas objetiva (todos os cargos) e discursiva (advogado), com aplicação prevista para 17 de junho e duração de quatro horas.

 

A avaliação objetiva do concurso do CRF/SC trará 40 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, matemática, informática e legislação, além de conhecimentos específicos - exceto para postos de nível fundamental.

 

A seleção será finalizada com avaliação de títulos para os concorrentes aos cargos que cobram curso superior. A documentação deverá ser encaminhada à banca nos dias 24 e 25 de julho.

 

De acordo com o edital, o concurso do CRF/SC terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do órgão.

 

Atribuições do atendente técnico no concurso do CRF/SC

 

Atender aos Farmacêuticos e Organizações, por telefone ou pessoalmente, prestando informações e orientações sobre a finalidade e filosofia de trabalho do Conselho, procedimentos e normas técnicas e administrativas; Responder correspondências e e-mail de sua área de atuação, encaminhando o que não for de sua competência para o setor responsável; Esclarecer dúvidas sobre a legislação farmacêutica, dentro do seu limite de informação e capacitação, repassando eventuais dúvidas ou necessidades de aprofundamento para o Chefe do Departamento ao qual está subordinado; Secretariar comissões e Presidência; Dar retorno às consultas de Farmacêuticos e empresas tão logo seja possível, caso não disponha da informação no momento da primeira ligação; Prestar informações ao público em geral sobre localização e horário de atendimento, e encaminhar aos responsáveis, de acordo com a análise da demanda/serviço solicitado. Prestar informações aos representantes das empresas e aos Farmacêuticos sobre pagamentos de anuidades, guias e taxas; Emitir guia, para pagamento bancário, de cobrança de inadimplentes, conforme orientação interna recebida; Efetuar negociação de parcelamento, conforme política interna e orientações recebidas; Prestar contas ao Setor Financeiro Contábil de todas as negociações e parcelamentos realizados; Lançar as baixas das empresas no sistema de informática utilizado pelo CRF-SC; Organizar as fichas referentes aos dados da empresa e dos farmacêuticos inscritos, visando análise em reunião de plenária; Liberar via correio ou pessoalmente, a documentação referente aos processos de empresas e profissionais farmacêuticos aprovados nas reuniões plenárias; Zelar pelo funcionamento e conservação dos equipamentos que utiliza; Executar outras atividades correlatas.

 

O que vai cair na prova do concurso do CRF/SC para vagas de nível fundamental

 

Língua portuguesa – 1. Elementos de construção do texto e seu sentido: gênero do texto (literário e não – literário, narrativo, descritivo e argumentativo); interpretação e organização interna. 2. Semântica: sentido e emprego dos vocábulos; campos semânticos; emprego de tempos e modos dos verbos em português. 3. Morfologia: reconhecimento, emprego e sentido das classes gramaticais; processos de formação de palavras; mecanismos de flexão dos nomes e verbos. 4. Sintaxe: frase, oração e período; termos da oração; processos de coordenação e subordinação; concordância nominal e verbal; transitividade e regência de nomes e verbos; padrões gerais de colocação pronominal no português; mecanismos de coesão textual. 5. Ortografia. Acentuação gráfica. Pontuação.

 

Matemática – Leitura e escrita dos números naturais (inteiros e não-negativos). Números pares e números ímpares, antecessor e sucessor de um número natural. Conceito de dobro, triplo, dezena, centena, dúzia. Operações com números naturais. Conceito de fração e operações elementares. Números decimais. Operações elementares envolvendo números decimais. Unidades de comprimento (centímetro, metro, quilômetro), tempo (hora, minuto e segundo, dia, mês e ano), massa (grama, quilograma e tonelada), capacidade (litro), área (metro quadrado) e volume (metro cúbico). Problemas envolvendo a nossa moeda, o real. Operações numéricas e resoluções de problemas. Regra de três simples. Porcentagem.

 

Informática – MS-Windows 10: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS Office 2016. MS Word 2016: estrutura básica dos documentos, edição e formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, tabelas, impressão, controle de quebras e numeração de páginas, legendas, índices, inserção de objetos, campos predefinidos, caixas de texto. MS-Excel 2016: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão, inserção de objetos, campos predefinidos, controle de quebras e numeração de páginas, obtenção de dados externos, classificação de dados. Correio Eletrônico: uso de correio eletrônico, preparo e envio de mensagens, anexação de arquivos. Internet: Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, busca e impressão de páginas.

 

Legislação – Lei Federal nº. 3.820, de 11/11/1960; Lei nº. 8.078, de 11/09/1990 - Código de Proteção do Consumidor; Lei Federal nº 9.120, de 26 de outubro de 1995 (altera Lei Federal 3.820, de 11/11/1960); Arcabouço Legal: Constituição Federal de 1988, do artigo 1 ao 11 e do 37 ao 41 da Administração pública; Lei 8.666/93 das Licitações; Lei 9.784/99 Processos Administrativos e Código de Brasileiro de trânsito (exclusivo para o cargo de motorista).

 

Confira o conteúdo programático completo para todos os cargos envolvidos no concurso do CRF/Santa Catarina 

Atualizado: 14/05/2018 - 11:34

Campo Belo do Sul/SC: concurso inscreve para duas vagas

Chances no concurso da Câmara de Campo Belo do Sul são para carreiras de assessor legislativo e contador, que cobram níveis médio e superior de ensino, respectivamente

Até 16/5

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Terminam ao meio-dia da próxima quarta-feira, 16, as inscrições do concurso da Câmara de Campo Belo do Sul, no interior catarinense, para contratação de dois servidores. 

 

As oportunidades são para assessor legislativo e contador, destinadas a profissionais de níveis médio e superior de ensino, respectivamente. Ambas as carreiras pagam R$ 1.965.

 

Com taxas de R$ 60 (assessor) e R$ 100 (contador), as inscrições devem ser registradas pelo site da banca Objetiva Concursos (www.objetivas.com.br).

 

Concurso Câmara Campo Belo do Sul: avaliação e vigência

 

Marcada para 3 de junho, a prova objetiva cobrará a resolução de 40 questões de múltipla escolha sobre português, informática, matemática, legislação e conhecimentos gerais e específicos.

 

A validade do concurso da Câmara de Campo Belo do Sul será de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Legislativo, de acordo com o edital.

 

Atribuições do assessor legislativo no concurso da Câmara de Campo Belo do Sul 2018

 

Lançar todos os atos realizados pela Câmara Municipal no gerenciador de documentos; controlar prazos de informações e projetos de leis; tirar relatórios no encerramento do ano de todos os trâmites dos projetos de lei; arquivar projetos e documentos em pastas; efetuar compras, pagamentos e lançamentos diários e mensais; alimentar e acompanhar o sistema de transparência ativa e passiva de acordo com a legislação específica; construir, manter e alimentar o portal transparência do Legislativo; executar outras tarefas correlatas; gerar programas do TCE e aos demais órgãos públicos que necessitam dados contábeis e outros programas que vierem a ser implantados; auxiliar em todas as atividades da secretaria e demais assuntos inerentes ao cargo.

Atualizado: 04/05/2018 - 15:43

Saudades/SC inscreve para concurso com 33 vagas

Concurso da Prefeitura de Saudades preencherá postos em cargos de todas as escolaridades, com salários que alcançam R$ 4,3 mil. Prazo para registro de candidaturas termina em 28 de maio

Imediatas e cadastro

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Estão abertas as inscrições para o concurso da Prefeitura de Saudades, em Santa Catarina, destinado a preencher 33 vagas, além de formar cadastro reserva (CR). Os salários vão de R$ 1.109,97 a R$ 4.357,01.

 

Profissionais alfabetizados podem concorrer como servente (2 postos + CR), merendeira (2 + CR), auxiliar de serviços gerais - masculino (3 + CR), auxiliar de serviços gerais - feminino (3 + CR), motorista (2 + CR) e operador de máquinas (1 + CR).

 

O cargo de agente comunitário de saúde (3 + CR) requer nível fundamental completo. 

 

Com ensino médio e, em alguns casos, formação técnica é possível concorrer como técnico em informática (1 + CR), auxiliar administrativo (2 + CR), técnico em contabilidade (CR), auxiliar de enfermagem (3 + CR), telefonista (1 + CR), fiscal de tributos e obras (CR), agente educativo (2 + CR), agente educativo (3 + CR) e assistente de educação (1 + CR).

 

Em nível superior há oportunidades para auditor fiscal de tributos (1 + CR), auditor do controle interno (1 + CR), nutricionista (1 + CR), psicólogo (1 + CR), professor de educação infantil (CR), enfermeira (CR) e procurador jurídico (CR).

 

Concurso Prefeitura Saudades: inscrições e provas

 

As inscrições devem ser registras até 28 de maio, mediante o preenchimento de formulário disponível no site http://unoescsmo.listaeditais.com.br. As taxas custam entre R$ 50 e R$ 150.  

 

Todos os candidatos realizarão prova objetiva com 40 questões de múltipla escolha, em 1º de julho, das 8h30 às 11h30. A seleção inclui, ainda, avaliação prática para motorista e operador de máquinas, prevista para 25 de agosto.

 

O concurso da Prefeitura de Saudades terá validade de um ano, prorrogável por mais um, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital.

 

Atribuições do servente no concurso da Prefeitura de Saudades 2018

 

Executar os serviços de limpeza interna e externa dos móveis e imóveis utilizando por órgãos municipais; Executar os serviços de limpeza e coleta de lixo de vias e logradouros públicos; Executar os serviços de jardinagem, arborização, poda, coleta de sementes e produção de mudas ornamentais e nativas; Executar os serviços de pintura em meio fio; Executar serviços de limpeza, lubrificação e polimento de veículos e máquinas da frota do município; Efetuar os serviços braçais de carga e descarga de mercadorias e abertura da valas; Executar serviços braças em geral; Executar os serviços de copa e cozinha; Encarregar-se da abertura e fechamento das dependências d órgão; Requisitar material necessário ao serviço e Executar outras tarefas afins, de acordo com as necessidades peculiares do órgão.

Atualizado: 04/05/2018 - 15:39

Governador Celso Ramos/SC: concurso reúne 85 vagas

As inscrições do concurso da Prefeitura Municipal de Governador Celso Ramos já estão abertas e serão recebidas até o dia 21 de maio. Os salários iniciais chegam a R$ 10,2 mil

Todos os níveis

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

O município de Governador Celso Ramos, localizado no Estado de Santa Catarina, está com inscrições abertas em dois editais e concurso público, que juntos somam 85 vagas. Oportunidades são para os setores de obras/administração e saúde.

 

Para ensino fundamental, as chances são para as funções de gari (9 vagas), operador de equipamentos (6) e pedreiro (11).

 

Candidatos que têm o ensino médio podem se inscrever para os cargos de auxiliar de gabinete dentário (4) e técnico em enfermagem (16). O último emprego ainda exige curso técnico específico.

 

Nível superior é requisito para os postos de geólogo (1), assistente social (1), enfermeiro (11), fonoaudiólogo (1), odontólogo PSF (7), psicólogo Nasf (1) e médico nas especialidades de PSF (7), cardiologista (1), clínico (4), dermatologista (1), ginecologista e obstetra (1), ortopedista (1), pediatra (1) e psiquiatra (1).  

 

Os salários iniciais oferecidos pela Prefeitura de Governador Celso Ramos partem de R$ 1.230 e chegam a R$ 10.250.

 

 

Participação no concurso da Prefeitura de Governador Celso Ramos/SC

 

 

As inscrições deverão ser realizadas na página eletrônica http://concursos.faepesul.org.br até o dia 21 de maio. Os valores da taxa são de R$ 60 para ensino fundamental, R$ 80 para nível médio/técnico e R$ 100 para formação superior.

 

O concurso da Prefeitura de Governador Celso Ramos será constituído das seguintes etapas: prova objetiva para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório; e avaliação de aptidão prática para os empregos de operador de equipamentos e pedreiro, eliminatória.

 

A prova objetiva contemplará 40 questões de múltipla escolha, sendo 10 de língua portuguesa, 10 de raciocínio lógico e 20 de conhecimentos específicos. A avaliação terá duração máxima de quatro horas e será aplicada na data prevista de 22 de julho, em locais e horários a serem comunicados em momento oportuno.

 

Serão convocados para a avaliação de aptidão prática os candidatos aprovados na objetiva, até a 20ª colocação.

 

 

Atribuições dos cargos de nível médio da Prefeitura de Governador Celso Ramos

 

 

Auxiliar de gabinete dentário - auxiliar o odontólogo na aplicação das normas técnicas que regem as atividades de odontologia sanitária, a fim de que sejam integralmente cumpridas da maneira prevista ou na forma de adaptação que mais convenha aos interesses do serviço. Auxiliar o odontólogo no atendimento de pacientes que necessitem de assistência odontológica. Recepcionar os pacientes prestando-lhes as informações solicitadas, organizar a ordem de atendimento, se necessário, preencher a documentação necessária, controlar a entrada e saída do consultório. Arquivar e manter organizado, fichário dos pacientes atendidos no consultório odontológico em que exerce suas funções. Fazer o encaminhamento à serviços ou entidades competentes, quando solicitado pelo odontólogo, dos casos que exijam tratamento especializado. Entre outras tarefas.

 

Técnico em enfermagem - prestar assistência de enfermagem ao indivíduo, família e comunidade visando a promoção, proteção e recuperação da saúde. Fazer previsão de equipamento e material para prestar assistência de enfermagem, segundo as normas estabelecidas. Fazer atendimento de enfermagem, de acordo com a programação estabelecida pela instituição. Participar na orientação à saúde do indivíduo e a grupos da comunidade. Participar das atividades de capacitação e educação em saúde para grupos da população. Executar outros procedimentos de enfermagem de acordo com as normas técnicas. Administrar medicamentos, mediante prescrição e utilização a técnica de aplicação adequada. Participar da execução de programas de vacinação, de acordo com o esquema adotado pela entidade organizadora. Fazer coleta material para exames complementares, quando indicado. Entre outras.

Shopping