Concurso DEPEN Autorizado

Orgão: Depen - Departamento Penitenciário Nacional
Nº vagas: 309
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Especialista, Agente
Áreas de Atuação: Administrativa, Segurança Pública
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 5865,70 Até R$ 6030,23
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

Publicado em 15/02/2019, às 15h14 - Atualizado em 24/03/2020, às 14h55


concurso Depen (Departamento Penitenciário Nacional) segue em fase de preparação. A oferta será de 309 vagas, sendo 294 para o cargo de agente federal de execução penal, que pede apenas ensino médio, e 15 para especialista federal em assistência à execução Penal, de nível superior. Iniciais de R$ 6.030 para agentes e R$ 5.865,70 para especialistas. A publicação do edital de abertura de inscrições deve ocorrer até 30 de junho. A banca já está definida e será o Cebraspe.

Concurso Depen: saiba mais sobre a seleção

Mesmo com todas as dificuldades que o país tem enfrentado em decorrência do surto de Coronavírus, quem pretende ingressar na carreira pública não deve desanimar, pois novas seleções devem continuar ocorrendo. Prova disso, é que o concurso Depen (Departamento Penitenciário Nacional)  deu um passo importante nesta terça-feira, 24 de março, para a publicação do seu edital. Foi publicada, em diário oficial, a dispensa de licitação, definindo o Cebraspe como banca organizadora do certame.  Com isto, a liberação do documento pode ocorrer em breve, antes de junho, como inicialmente previsto. 

Ao todo serão oferecidas 309 vagas. Destas, 294 são para o cargo de agente federal de execução penal, que pede apenas ensino médio e carteira de habilitação a partir da categoria "B"; e 15 para especialista federal em assistência à execução Penal, de nível superior.  As regiões para onde as vagas serão distribuídas ainda deverãos ser confirmadas pelo órgão

No caso do agente, para concorrer é necessário possuir ensino médio e carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração inicial é de R$ 6.030, incluindo gratificação de desempenho e auxílio-alimentação de R$ 458. Para os servidores veteranos, a remuneração chega a R$ 10.202,50.

Já o especialista destina-se a quem possui formação de nível superior em áreas específicas. O inicial, neste caso, é de R$ 5.865,70.

A comissão é presidida pelo servidor Alysson Soares de Menezes, tendo como vice-presidente Bruno Cesar Medeiros Casemiro. Formam o grupo, ainda, os servidores Elves de Carvalho Virissímo, Tais Tuchnir, Flavia Joenck da Silva, Thiago Ramon Peres Lajarin e Jhessica de Oliveira Santos.  

Informações complementares

Moro planeja fortalecer órgão

Ao assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública, o ministro Sérgio Moro disse que uma de suas propostas é reestruturar o sistema penitenciário.

Moro afirmou que pretende incrementar qualidade nas penitenciárias federais para que haja o controle das comunicações de organizações criminosas com o mundo exterior.

Concurso Depen - cargo de agente

Conhecido anteriormente como agente penitenciário federal, a função de agente federal de execução penal teve sua nomenclatura alterada com a lei 13.327/2016.

Quem ocupa o posto tem o dever de fazer o exercício das atividades de atendimento, vigilância, custódia, guarda, escolta, assistência e orientação de pessoas recolhidas aos estabelecimentos penais e de internamento federais, integrantes da estrutura do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça e Cidadania, e das atividades de natureza técnica, administrativa e de apoio a elas relacionadas.

Vale ressaltar que o documento que solicita a criação dos postos ainda altera a escolaridade, de nível médio para o superior.

Conteúdo programático do último concurso Depen

Conhecimentos básicos para todos os cargos:

LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego/correlação de tempos e modos verbais 7 Emprego do sinal indicativo de crase. 8 Sintaxe da oração e do período. 9 Pontuação. 10 Concordância nominal e verbal. 11 Regência nominal e verbal. 12 Significação das palavras. 13 Redação de Correspondências oficiais (Manual de Redação da Presidência da República). 13.1 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 13.2 Adequação do formato do texto ao gênero.

ATUALIDADES: 1 Sistema de justiça criminal. 2 Sistema prisional brasileiro. 3 Políticas públicas de segurança pública e cidadania.

NOÇÕES DE ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: 1 Ética e moral. 2 Ética, princípios e valores. 3 Ética e democracia: exercício da cidadania. 4 Ética e função pública. 5 Ética no Setor Público. 5.1 Código de Ética Profissional do Serviço Público – Decreto nº 1.171/1994. 5.2 Regime disciplinar na Lei nº 8.112/1990: deveres e proibições, acumulação, responsabilidades, penalidades. 5.3 Lei nº 8.429/1992: Improbidade Administrativa. 5.4
Processo administrativo disciplinar. Espécies de Procedimento Disciplinar: sindicâncias investigativa, patrimonial e acusatória; processo administrativo disciplinar (ritos ordinário e sumário). Fases: instauração, inquérito e julgamento. Comissão Disciplinar: requisitos, suspeição, impedimento e prazo para conclusão dos trabalhos (prorrogação e recondução).

NOÇÕES DE DIREITOS HUMANOS E PARTICIPAÇÃO SOCIAL: 1 Declaração Universal dos Direitos Humanos (Resolução 217-A (III) – da Assembleia Geral das Nações Unidas, 1948). 2 Direitos Humanos e Direitos Fundamentais na Constituição Federal de 1988 (arts. 5º ao 15). 3 Regras mínimas da ONU para o tratamento de pessoas presas. 4 Programa Nacional de Direitos Humanos (Decreto nº 7.037/2009). 5 Política Nacional de Participação Social (Decreto nº 8.243/2014). 6 Conselho Nacional de Política Criminal e
Penitenciária (arts. 62 a 64 da Lei de Execução Penal). 7 Conselhos Penitenciários (arts. 69 e 70 da Lei de Execução Penal). 8 Conselhos da Comunidade (arts. 80 e 81 da Lei de Execução Penal).

O JC Concursos fará a atualização desta página para disponibilizar mais detalhes do concurso Depen aos usuários, bem como provas, editais e cronograma completo do processo de seleção.

Concurso Depen: veja dicas de direito processual penal


Cronograma

Autorização do Concurso
Autorização concurso Depen
31/12/2019

Notícias do concurso DEPEN

Provas Depen - Departamento Penitenciário Nacional

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
Depen Especialista em Assistencia Penitenciaria Pedagogia
CESPE UNB
2015 Prova / Gabarito
Depen Especialista em Assistencia Penitenciaria Farmacia
CESPE UNB
2015 Prova / Gabarito
Depen Especialista em Assistencia Penitenciaria Enfermagem
CESPE UNB
2015 Prova / Gabarito
Depen Especialista em Assistencia Penitenciaria Servico Social
CESPE UNB
2015 Prova / Gabarito
Depen Especialista em Assistencia Penitenciaria Psicologia
CESPE UNB
2015 Prova / Gabarito

» Ver lista completa

Sobre Depen - Departamento Penitenciário Nacional

A história do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), cujo regimento interno foi aprovado pela portaria 674, de 20 de março de 2008, é oriunda do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, primeiro órgão de execução penal, subordinado ao Ministério da Justiça. O conselho tinha por objetivo proporcionar um contingente de informações, análises, deliberações e estímulo intelectual e material às atividades de prevenção da criminalidade. Preconiza-se para este órgão a implementação, em todo o território nacional, de uma nova política criminal e penitenciária, a partir de periódicas avaliações do sistema criminal, criminológico e penitenciário, bem como a execução de planos nacionais de desenvolvimento quanto às metas e prioridades da política a ser executada.


Comentários

Mais Lidas