Concurso Prefeitura Campo Grande (MS) 2019 - Temporárias Em andamento

Orgão: Prefeitura Campo Grande (MS)
Nº vagas: 200
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Assistente
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário: De R$ 1950,00 Até R$ 1950,00
Estados com Vagas: MS
Cidades: Campo Grande - MS

Publicado em 31/05/2019, às 15h04 - Atualizado em 30/11/2019, às 23h00


O edital de concurso de Campo Grande, cidade localizada no Estado do Mato Grosso do Sul (MS), visa o provimento de 200 vagas temporárias para o cargo de assistente educacional inclusivo, para atuar nas unidades escolares da rede municipal de ensino.

As inscrições ficarão abertas exclusivamente via internet, no site da Prefeitura de Campo Grande, que é www.campogrande.ms.gov.br/seges/processoseletivo, somente entre as 10h do dia 28 de novembro às 17h de 29 de novembro de 2019.

Todos os inscritos no concurso de Campo Grande serão avaliados por meio de prova de títulos, de caráter classificatório.

Informações complementares

Requisito e salário

Interessados em concorrer a uma das vagas devem possuir ensino médio completo, com formação específica no curso de magistério ou normal médio. O salário inicial oferecido é de R$ 1.950 para jornada de trabalho semanal de 40 horas.

Período de contratação

Os candidatos classificados no concurso de Campo Grande serão convocados para contratação pelo município, para exercício na Secretaria Municipal de Educação, por um período de doze meses.

O local de lotação será definido pela Secretaria Municipal de Educação, de acordo com as necessidades da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande/MS.

Atribuições do assistente educacional inclusivo

a) atuar na sala de aula e nos espaços físicos das unidades de ensino para viabilizar o acesso aos alunos público-alvo da educação especial aos conhecimentos e conteúdos curriculares por meio da adequação de atividades didático-pedagógicas e da disponibilização de recursos de acessibilidade referentes aos alunos que atender no período de trabalho, sob a orientação e supervisão do professor regente e do professor do atendimento educacional especializado; b) promover a interação e a inclusão do aluno na sala de aula, nos diferentes espaços da unidade de ensino em eventos promovidos pela Divisão de Educação Especial da SEMED, quando lhe for solicitada a presença; c) organizar as estratégias e os recursos, a partir das necessidades específicas descritas no estudo de caso do aluno, para a elaboração do plano educacional individualizado, com base no planejamento do professor regente, em consonância ao referencial curricular previsto para o ano letivo do aluno sob a orientação e supervisão do professor regente e do professor do atendimento educacional especializado; d) registrar o processo de desenvolvimento da aprendizagem do aluno, com anotações das intervenções e adequações didático-pedagógicas e os resultados alcançados, por meio de diário de bordo e relatório bimestral; e) compilar, periodicamente, as intervenções pedagógicas e os resultados do desenvolvimento da aprendizagem do aluno, por meio de portfólio, para subsidiar o professor regente no processo avaliativo durante o período letivo; f) participar das reuniões pedagógicas, conselhos de classe e demais reuniões que se fizerem necessárias, a fim de que haja a troca de informações importantes para o desempenho do aluno; g) auxiliar na higiene, alimentação e mobilidade do aluno na unidade de ensino e em atividades escolares externas; h) participar dos encontros de formação continuada, palestras, fóruns, cursos e encontros oferecidos pela DEE/SEMED; i) atender aos alunos público-alvo da educação especial, designados pelos técnicos da DEE/SEMED, nos espaços físicos das unidades de lotação e outros espaços quando houver necessidade e/ou for solicitado pela equipe do DEE e/ou Equipe Técnica da Unidade de Ensino; j) realizar trabalho itinerante na unidade de ensino, atender aos estudantes de mais de uma sala no mesmo período, supervisionado por um professor, quando a equipe da DEE/SEMED, por meio de avaliação, concluir que beneficiará aos alunos público-alvo da educação especial.

Tabela de títulos

Acompanhamento

A equipe JC Concursos disponibiliza o resumo do concurso de Campo Grande nesta página, com as principais informações do processo de seleção. Mais informações estão disponíveis abaixo, no edital anexado.


Cronograma

Abertura das inscrições28/11/2019
Encerramento das inscrições29/11/2019

Notícias do concurso Prefeitura Campo Grande (MS) 2019 - Temporárias

Edital e Anexos

Abertura (31/05/2019) Edital de abertura de inscrições
Abertura (01/07/2019) Edital nº 09/2019-1
Abertura (25/11/2019) Edital nº 18/2019-1

Provas Prefeitura Campo Grande (MS)

Nenhuma prova encontrada

Sobre Prefeitura Campo Grande (MS)

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.


Comentários

Mais Lidas