Soldado

AO VIVO: Bancada da Bala discute limite de idade para ingresso na PM/SP

O Comitê Lei de Ingresso PM-SP reunirá policiais e políticos da Bancada da Bala, que poderão dar maiores esclarecimentos sobre o projeto de lei que pode alterar o limite de idade para soldado

5,00(100.0%)1 voto(s)

Redação
Publicado em 19/09/2019, às 16h05 - Atualizado às 19h05

Evento - PM/SP - Palestra Gratuita
Divulgação

Já ouviu falar do projeto de lei complementar 52/2019? De autoria da deputada Letícia Aguiar (PSL), a proposta, que tramita na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), tem como objetivo aumentar a idade máxima exigida para ingresso na carreira de soldado da PM SP (Polícia Militar de São Paulo).

O evento será transmitido ao vivo, através do player abaixo:

Comitê Lei de Ingresso PM-SP (Ao Vivo)

*a transmissão terá início às 20h desta quinta-feira (19)

Atualmente, para ingressar no cargo de soldado em SP é necessário possuir idade de 17 a 30 anos. De acordo com o projeto, a idade máxima deverá passar a ser de 35 anos, limite que também poderá a ser adotado para ingresso no curso de oficiais da PM de Barro Branco, que hoje também conta com limite de 30 anos. O projeto ainda prevê o aumento da idade para as carreiras de oficiais músicos e para o quadro da saúde, que podem passar a ser de 40 anos.

À favor da proposta, o curso Palestra Gratuita realizará, nesta quinta-feira (19), a partir das 20h, um evento reunindo policiais e políticos da Bancada da Bala que acompanham o caso de perto e que poderão dar maiores esclarecimentos sobre a necessidade na alteração do limite de idade e o andamento do processo junto à Alesp.

"A Lei de Ingresso da Polícia Militar não permite que candidatos com mais de 30 anos na data da inscrição para o concurso tomem posse da vaga conquistada, mesmo que o candidato tenha sido declarado apto pelo Exame de Aptidão Física. Mas se o candidato foi declarado apto pela Banca Avaliadora do TAF, por que ele não pode ingressar na PM?", questiona o curso.

Para debater este e outros detalhes da carreira, estarão presentes no Comitê Lei de Ingresso PM-SP os deputados estaduais Coronel Telhada, Coronel Mecca, Letícia Aguiar (autora do projeto de lei complementar 52/2019), Capitão Conte Lopes, Tenente Coimbra e Frederico d'Ávila; o presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar, Cabo Wilson; o vereador Caio Miranda; o vice-presidente do Conselho Regional de Educação Física de São Paulo, Rialdo Tavares; o 2º tenente da Polícia Militar, Tenente Wagner; além da equipe do Palestra Gratuita, como a jornalista Magdalena Bonfiglioli e os diretores Luciana Guerra, Bruna Guerra e Ligieri.

concursos publicos

Comentários

Mais Lidas