Saúde SP: pasta conta com expectativa de 3.223 vagas

Tramita, na Secretaria de Gestão Pública, solicitação de novos concursos, para cargos de níveis fundamental , médio e superior, com iniciais até R$ 7.452

Em análise

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro
Publicado: 07/12/2018 - 15:13 | Atualizado: 07/12/2018 - 15:40

Segue, em análise, pela Secretaria Estadual de Gestão Pública (SGP/SP) o pedido de autorização do novo concurso público para a Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo. O pedido é para o preenchimento de 3.223 vagas, sendo 241 para cargos com exigência de ensino fundamental, 1.836 para ensino médio e 1.146 para cargos de nível superior, com remunerações iniciais que variam de R$ 1.292.64 a R$ 7.542. 

De acordo com o último levantamento de pessoal, divulgado em 28 de abril, tendo como base até 31 de dezembro de 2017, a pasta conta com uma carência de nada menos do que 57.550 servidores, o que corresponde a praticamente metade do quadro total de pessoal, que é de 107.567. Além disso, é importante lembrar que o levantamento, divulgado em abril, tem como base até 31 de dezembro de 2017. Desta forma, é possível que a necessidade funcional tenha aumentado ainda mais desde então. 

Para amenizar a necessidade, o governador Márcio França divulgou, em 7 de setembro, uma autorização para a realização de novos concursos públicos e convocação de remanescentes de concursos em validade, mas apenas para a reposição de postos que forem surgindo a partir da data da autorização e apenas durante o período de um ano. Além disso, o aval está limitado somente a funções-atividade diretamente ligadas à área de saúde.  

Desta forma, a eventual realização de novos concursos, com base nessa autorização, não diminui a necessidade de pessoal, nem contempla as 3.233 vagas do pedido encaminhado para a SGP/SP, uma vez que a autorização de setembro serve apenas para oportunidades que surgirem a partir desta data, que é posterior à solicitação.

Depois desta, o governo autorizou apenas alguns concursos pontuais, para preenchimento de poucas vagas, em alguns hospitais específicos.  

A Secretaria de Saúde não conta com possibilidade de realização de um grande concurso desde 15 de maio de 2015, quando encerrado o prazo de validade da última autorização para preenchimento efetivo de vagas em todo o órgão, que ocorreu em 2011.

Pedido de novo concurso

Das  3.223 vagas que estão sendo solicitadas no novo pedido encaminhado para a SGP/SP, o destaque fica para o cargo de técnico de enfermagem, que conta com pedido de 953 vagas. Neste caso, para concorrer é necessário possuir ensino médio e formação específica, com inicial de R$ 1.454,14 para 50% do Prêmio de Incentivo (PIN) e R$ 1.765,64 para 100% do benefício.


Outro destaque é para a carreira de oficial administrativo, também de ensino médio, com 332 vagas e inicial de R$ 1.292,64 para 50% do PIN e R$ 1.442,64 para 100%

Ensino Fundamental
No caso de ensino fundamental, o pedido é para os cargos de oficial de apoio à pesquisa científica e tecnológica (5 vagas, com inicial de R$ 1.672,42 para 50% do Prêmio de Incentivo – PIN – e R$ 1.972,43 para 100% do benefício), auxiliar de saúde (201, R$ 1.355,14 para 50% do PIN e R$ 1.569,64 para 100%), auxiliar de radiologia (1, R$ 1.342,64 para 50% e R$ 1.542,64), auxiliar de laboratório (31, R$ 1.342,64 e R$ 1.542,64) e auxiliar de apoio à pesquisa científica e tecnológica (3, R$ 1.526,63 e R$ 1.826,63).

Ensino Médio
Para ensino médio, além das 953 vagas de técnico de enfermagem e 332 para oficial administrativo, também estão sendo solicitados postos para técnico de radiologia (22, R$ 1.367,64 para 50% do PIN e R$ 1.592,49 para 100%), técnico de laboratório (39, R$ 1.367,64 e R$ 1.592,49),  técnico de apoio à pesquisa científica e tecnológica (8,R$ 2.449,19 e R$ 2.849,19), oficial operacional (65, R$ 1.292,64 e R$ 1.442,64), oficial de saúde (44, R$ 1.424,14 e R$ 1.705,64),   motorista de ambulância (150, R$ 1.275,14 e R$ 1.407,64), agente técnico de saúde (48, R$ 1.424,14 e R$ 1.705,84), agente de saúde (21, R$ 1.424,14 E R$ 1.705,84) e agente de apoio à pesquisa científica e tecnológica (4, R$ 2.083,05 e R$ 2.403,05).

Nível Superior
Por fim, para nível superior:  tecnólogo em radiologia (67, R$ 1.646,96 e R$ 1.871,96), pesquisador científico (20, R$ 4.729,94 e R$ 5.139,94), médico veterinário (1, R$ 2.616,10 e R$ 3.291,84), médico I – 24 horas (382, R$ 5.371,65 para 50% de Prêmio de Produtividade Médica – PPM – e R$ 7.452 para 100%), médico I – 20 horas (96, R$ 4.476,37 para 50% do PPM e R$ 6.210 para 100%), médico I – 12 horas (159, R$ 2.685,82 e R$ 3.726), executivo público (9, R$ 3.730,92 para 50% do PIN e R$ 4.261,42 para 100%), engenheiro (10, R$ 4.890,69 e R$ 5.240,69), enfermeiro (170, R$ 2.391 e R$ 3.266,10), cirurgião dentista (56, R$ 2.512,77 e R$ 2.762,77), assistente técnico de pesquisa científica e tecnológica (4, R$ 3.968,97 e R$ 4.718,97), agente técnico de assistência à saúde (167, R$ 1.972,43 e R$ 2.631,43), arquiteto (1, R$ 4.890,69 e R$ 5.240,69), analista sociocultural (2, R$ 2.364,45 e R$ 2.714,45) e analista administrativo (2, R$ 2.364,45 e R$ 2.714,45).


Além disso, o pedido também contempla o preenchimento de mais 150 vagas em caráter temporário, sendo 100 para o cargo de técnico de enfermagem, de ensino médio, e 50 para enfermeiros, de nível superior.


Concurso Anterior

A última grande autorização governamental, já expirada, divulgada em 2011, pelo então governador Geraldo Alckmin, foi para o preenchimento de 3.266 vagas, que incluía 837 postos para auxiliar de enfermagem, 500 para enfermeiros e 700 para médicos, além de 150 auxiliares de serviços de saúde

Vídeos Secretaria de Saúde

Mais Lidas

Mais Recentes

Notícias Recentes Secretaria de Saúde

Notícias Relacionadas Secretaria de Saúde

Atualizado: 07/12/2018 - 12:49

Centro Paula Souza SP: concurso ainda depende de banca

Concurso do Ceeteps (Centro Paula Souza) terá oportunidades para três cargos administrativos. As chances são para agente, analista e especialista

540 vagas

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Continua a expectativa para que seja realizado o concurso público do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (Ceeteps) com 540 vagas. A seleção foi autorizada em 17 de maio e visará a preencher oportunidades para cargos com exigência de níveis médio e superior de ensino.

Depois de escolhida a empresa organizadora é que pode ser elaborado o cronograma, contendo as datas de lançamento do edital, do período de inscrições e da aplicação das provas objetivas. A realização do certame deve ficar para 2019.

Das chances a serem oferecidas no concurso do Ceeteps, 326 ficarão para a carreira de agente e técnico administrativo, 208 para analista de suporte e gestão e seis para especialista em planejamento educacional, obras e gestão.

Para concorrer ao posto de agente, basta possuir ensino médio completo. A remuneração inicial oferecida para quem ocupa tal posição corresponde a R$ 1.535,94.

Com relação aos demais empregos do concurso do Ceeteps, ambos aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação. O salário para analista é de R$ 2.789,68 e para especialista, R$ 4.306,87.

Concurso Ceeteps: principais atribuições 

Agente técnico e administrativo - Desenvolver serviços de apoio administrativo em geral, bem como manter a ordem e a disciplina, controlando e orientando os alunos para a prática de bons hábitos e respeito às normas institucionais, visando o atendimento às necessidades das rotinas e sistemas estabelecidos, conforme sua área de atuação.

Analista de suporte e gestão – Os deveres variam de acordo com a especialidade contemplada no edital, que pode ser uma das seguintes: administrador, bibliotecário, contador, tecnólogo em construção civil, tecnólogo em informática e orientador educacional.

Especialista em planejamento educacional, obras e gestão – Dependendo da especialidade, arquiteto, engenheiro ou área de gestão, as funções serão diferenciadas.

Concurso Ceeteps: edital anterior

A seleção anterior para cargos administrativos aconteceu em 2009 e contou com uma oferta para 1.781 vagas. O processo seletivo foi organizado pela Fundação Vunesp e registrou 52.037 inscritos.

Neste certame, foram oferecidas chances para a capital e as cidades de Araçatuba, Ilha Solteira, Santos, São Vicente, Barretos, Bauru, Campinas, Rio Claro, São Carlos, Araraquara, Franca, Marília, Assis, Ourinhos, Tupã, Presidente Prudente, Dracena, Iguape, Ribeirão Preto, Jaboticabal, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Guaratinguetá, Guarulhos, Osasco, Franco da Rocha, Mogi das Cruzes, São Bernardo do Campo, Sorocaba, Botucatu e Itapeva.

Concurso Ceeteps: sobre o órgão

O Ceeteps, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, administra as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas, que são unidades que funcionam com um ou mais cursos técnicos sob a supervisão de uma ETEC, em aproximadamente 300 municípios. As Etecs atendem mais de 208 mil estudantes, nos ensinos médio, técnico e técnico integrado ao médio, para os setores industrial, agropecuário e de serviços. Nas Fatecs, o número de alunos matriculados nos cursos de graduação tecnológica ultrapassa 75 mil.

Continuar lendo

Atualizado: 07/12/2018 - 11:44

Receita Federal lança edital com 126 vagas para peritos

Oportunidades do processo seletivo são para candidatos que têm nível superior específico e experiência profissional mínima de dois anos na área técnica pretendida

No Porto de Santos SP

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

No Estado de São Paulo, a Alfândega da Receita Federal do Brasil do Porto de Santos publicou no Diário Oficial da União o edital de processo seletivo público para credenciamento de 126 peritos com formação de nível superior na área de engenharia ou da especialização requisitada e experiência profissional mínima de dois anos na área técnica pretendida.

Do total de ofertas, 43 são destinadas à área de quantificação de mercadorias a granel sólido, líquido ou gasoso e serão preenchidas por engenheiros de qualquer modalidade. As outras 83 são para a área de identificação de mercadorias e serão preenchidas por engenheiros e/ou profissionais nas modalidade de aeronáutico (2 vagas), agrônomo (2), alimentos (2), civil (2), eletrotécnica (8), eletrônico (8), especialista em obras de arte (2), mecânico (30), médico (2), metalúrgico (7), naval (2), químico (3), segurança do trabalho (3) e têxtil (10).

De acordo com o edital, a prestação de serviços de perícia técnica, a título precário e sem vínculo empregatício com a Receita Federal do Brasil, para identificação e quantificação de mercadoria importada ou a exportar e a emissão de laudos periciais sobre o estado e o valor residual de bens, quando necessário no curso de procedimento fiscal e solicitado pela fiscalização aduaneira, dentro da jurisdição da Alfândega do Porto de Santos. 

A remuneração pela prestação dos serviços de perícia será efetuada conforme previsão contida no Capítulo IX - Da Remuneração e nas tabelas constantes do Anexo I da IN RFB nº 1800/2018, e ficará a cargo do importador, do exportador, do transportador ou do depositário, conforme o caso.

Concurso Receita Federal: inscrição e avaliação

A inscrição presencial será recebida entre os dias 3 e 15 de janeiro de 2019, no horários das 8h às 18h, no prédio da Alfândega da Receita Federal do Brasil do Porto de Santos, situado na Praça da República s/n, Centro, Santos/SP, no térreo, Ala "A", no Centro de Atendimento ao Contribuinte.

Os candidatos serão avaliados por meio de uma única etapa: análise curricular. O resultado preliminar será divulgado no quadro de avisos do grupo de acompanhamento de laudos técnicos da Alfândega do Porto de Santos na data prevista de 28 de fevereiro de 2019.
 

Continuar lendo

Atualizado: 07/12/2018 - 10:41

Martinópolis SP: definida banca para diversos cargos

Seleção será para formar cadastro reserva de pessoal em diversas áreas. Edital em breve

Todos os níveis

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

A Prefeitura de Martinópolis, no interior paulista, a 539 km da capital e próxima a Presidente Prudente, divulgou nesta sexta-feira, 7 de dezembro, por meio de publicação em diário oficial, o nome da banca organizadora do seu novo concurso público.  A empresa escolhida, pelo critério de pregão presencial, é a Consalter & Camargo. Com isto, o próximo passo é a assinatura do contrato, que deve ocorrer nos próximos dias, para que o edital de abertura de inscrições possa ser publicado logo a seguir.

A seleção será para formar cadastro reserva de pessoal para diversos cargos, com opções para quem possui níveis fundamental completo e incompleto, ensino médio ou médio técnico e nível superior. As remunerações iniciais ainda serão confirmadas.

Ensino Fundamental Inompleto

Quem possui ensino fundamental incompleto poderá concorrer aos cargos de auxiliar de serviços escolares (40 horas semanais), merendeira I (40 horas), motorista I (com carteira de habilitação “D” ou “E”, 40 horas) e operário masculino e feminino (40).

Ensino Fundamental Completo

Para ensino fundamental completo, oportunidade para inspetor de alunos, com 40 horas.

Ensino Médio

No caso de ensino médio, escriturário I (40 horas), secretário de escola (40 horas), professor PEB I – infantil (com habilitação para o magistério eu nível médio ou equivalente com habilitação em pré-escola, 24 horas) e professor de creche (com habilitação específica para o magistério em curso normal em nível médio ou superior com licenciatura plena em pedagogia, 32 horas).

Formação Técnica

Com exigência de formação técnica, instrutor de informática, com 40 horas

Nível Superior

Por fim, para nível superior: médico psiquiatra (com registro no conselho, 20 horas), PEB II de inglês (com licenciatura plena, 24 horas), PEB II de matemática (com licenciatura plena, 24 horas), PEB II de português (com habilitação específica para o magistério em curso normal ou superior em licenciatura plena em pedagogia, 32 horas), procurador jurídico (com registro na OAB, 25 horas) e terapeuta ocupacional (com registro no crefito,30 horas).

De acordo com o edital de licitação, as taxas deverão ser de até R$ 33,75 para cargos de nível fundamental, R$ 45 para ensino médio e R$ 60 para nível superior.

Ainda de acordo com o documento, após a assinatura do contrato com a banca, a publicação do edital deve ocorrer dentro de um prazo de dez dias, com recebimento das inscrições durante mais dez. A aplicação das provas deve ocorrer 20 dias após o término das inscrições. Já o resultado preliminar deve ser liberado sete dias após a aplicação dos exames.      
 

Continuar lendo

Atualizado: 07/12/2018 - 09:32

Concurso MP SP: inscrições para analista encerram hoje

Ofertas do edital são para as áreas de administrador, contador e economista, que requerem nível superior e experiência profissional

Salário de R$ 13,7 mil

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Chega ao fim nesta sexta-feira (7) o prazo de inscrição do concurso para a função de analista técnico científico do MP/SP (Ministério Público do Estado de São Paulo). A seleção visa o preenchimento de nove vagas imediatas, além de formação de cadastro reserva. 

Candidatos que têm nível superior, experiência profissional mínima de três anos e registro no órgão de classe podem disputar as áreas de administrador (2 vagas), contador (4) e economista (3). A remuneração é de R$ 13.790,08 (composta por R$ 8.585 de salário básico e R$ 5.205,08 de gratificação de promotoria) para jornada de trabalho de 40 horas semanais. 

Além do vencimento, o MP/SP ainda oferece para os seus servidores os seguintes benefícios: auxílio-alimentação no valor mensal de R$ 920 e auxílio-transporte no valor diário de R$ 13,92. 

• CURSO CONCURSO MP SP 2018 - ADMINISTRADOR - CONTADOR - ECONOMISTA

Ofertas serão lotadas nas seguintes áreas regionais: macrorregião I (capital, Grande São Paulo I, II e III, Santos e Vale do Ribeira); macrorregião II (Campinas e Taubaté); macrorregião III (Piracicaba e Sorocaba); macrorregião IV (Araçatuba, Bauru, e Presidente Prudente); e macrorregião V (Franca, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto).  

De acordo com o edital, o cadastro reserva servirá para futuras e eventuais nomeações, cujas necessidades decorram do surgimento ou criação de vagas durante o prazo de validade do concurso (de dois anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, prorrogável uma vez por igual período, a critério do Ministério Público do Estado de São Paulo).

Como participar do concurso do MP SP

A banca organizadora do certame é a Fundação Vunesp. Para participar é necessário preencher a ficha cadastral no site www.vunesp.com.br e efetuar o pagamento da taxa, no valor de R$ 140.

As candidaturas somente serão registradas após a confirmação do pagamento da taxa, que poderá ser efetuado até a data limite de 10 de dezembro, observado o horário de funcionamento do banco. 

Concurso MP SP: provas

Os participantes serão avaliados por meio de provas objetiva e dissertativa, ambas de caráter eliminatório e classificatório. Com duração máxima de cinco horas, elas serão aplicadas no dia 10 de fevereiro de 2019, no período da tarde, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado no site da Fundação Vunesp a partir do dia 29 de janeiro. 

A prova objetiva será composta por 60 questões do tipo múltipla escolha, sendo dez de língua portuguesa, dez de matemática, dez de noções de informática e 30 de conhecimentos específicos. 

Já a prova dissertativa, que deverá ser manuscrita em letra legível, será constituída de um caso prático para ser solucionado (estudo de caso). Será avaliado o domínio do conhecimento técnico, a compreensão e o desenvolvimento do tema na estrutura proposta, a solução dada ao caso e o domínio da norma padrão necessários ao desempenho do cargo/especialidades.
 

 

Continuar lendo

Atualizado: 07/12/2018 - 09:29

Governo encerra hoje inscrições para 8.517 médicos

Oportunidades são destinadas para todo o país, com o objetivo de suprir as necessidades surgidas com a saída dos médicos cubanos. Bolsa de R$ 11,8 mil

Mais médicos

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Terminam nesta sexta-feira (7) as inscrições do chamamento público realizado pelo  Ministério da Saúde  para o preenchimento de 8.517 vagas para médicos, em todo o país. A seleção ocorre no sentido de suprir as necessidades surgidas pela saída dos médicos cubanos do programa Mais Médicos, em decorrência de declarações recentes do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Podem participar brasileiros formados no Brasil com registro no conselho, com valor da bolsa estipulado em R$ 11.865,60.

As inscrições podem ser feitas pela internet, na página http://maismedicos.gov.br. A seleção será por meio de análise curricular. 

A lista de aprovados deveria ser divulgada na segunda, dia 26. A validação dos documentos seria feita de 27 a 30 de novembro e os candidatos deveriam se apresentar nos locais de atividade de 3 a 7 de dezembro. Agora estes prazos estão sendo alterados e os escolhidos devem se apresentar nos municípios no período de 23 de novembro a 14 de dezembro 

Além disso,segue programado, para o próximo dia 27, a divulgação de outro edital para o programa Mais Médicos, este destinado para médicos brasileiros com CRM, brasileiros sem CRM e médicos estrangeiros. Neste caso, o prazo de inscrições não deve ter data para encerramento.

De acordo com informações da assessoria de imprensa do governo, a contratação dos servidores deverá ser feita imediatamente após a seleção dos candidatos.

Após a saída dos médicos cubanos, o Ministério da Saúde emitiu uma nota, no último dia 14, informando sobre o comunicado e os próximos passos para suprir a necessidade de profissionais e manter o atendimento às populações carentes.

 

Distribuição das vagas

A distribuição dos postos por estados para o novo edital supera a oferta inicial indicada, que correspondia ao total de médicos cubanos, que era de 8.332 postos, da seguinte forma:  Acre (102 vagas), Alagoas (131), Amazonas (292), Amapá (73), Bahia (822), Ceará (429), Distrito Federal (20), Espírito Santo (210), Goiás (198), Maranhão (457), Minas Gerais (596), Mato Grosso do Sul (110), Mato Grosso (131), Pará (537), Paraíba (126), Pernambuco (414), Piauí (201), Paraná (452), Rio de Janeiro (220), Rio Grande do Norte (139), Rondônia (152), Roraima (152), Rio Grande do Sul (617), Santa Catarina (253), Sergipe (94), São Paulo (1.394) e Tocantins (92).
 

Continuar lendo

Atualizado: 07/12/2018 - 09:20

Concurso CAU SP: provas serão aplicadas neste domingo

Com salários acima de R$ 6,3 mil, edital tem postos para assistente administrativo e advogado. Chances estão distribuídas entre São Paulo e Sorocaba

Níveis médio e superior

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Ocorrem neste domingo (9) as provas do concurso do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo (CAU SP) destinado a preencher nove vagas, além de formar cadastro reserva. Os locais de aplicação dos exames podem ser consultados aqui

Com salário de R$ 2.582,08 e exigência de ensino médio, o cargo de assistente técnico administrativo soma oito postos, sendo sete para atuação na capital e um em Sorocaba. 

Curso superior em direito é requisito para quem pretende disputar a carreira de analista técnico jurídico - advogado, que disponibiliza uma oportunidade para trabalhar em São Paulo e paga R$ 6.321,59. 

• APOSTILAS CONCURSO CAU SP 2018 - ASSISTENTE TÉCNICO

Os contatados terão como benefícios: auxílios alimentação, creche e refeição; plano de assistência médica; e vale transporte.

As inscrições foram recebidas até 18 de novembro, pelo site da empresa CKM Serviços (https://ckmservicos.selecao.net.br/). As taxas custaram R$ 45 (nível médio) e R$ 55 (superior). 

Etapas do concurso CAU SP

A seleção inclui prova com 40 questões objetivas para ambos os cargos, redação para assistente e estudo de caso para advogado. Haverá aplicação nas duas cidades com oferta de vagas. 

O conteúdo programático abrange língua portuguesa, raciocínio lógico e conhecimentos comuns e específicos, além de informática apenas para assistente. 

O concurso do CAU SP terá validade de 12 meses, com possibilidade de prorrogação por mais 12, a critério do conselho, conforme estabelece o edital.

Concurso CAU RO: principais atribuições do assistente

Recepcionar documentos, conferindo-os e encaminhar para as providências necessárias, assegurando o cumprimento das normas e regras internas; Registrar e protocolar em sistemas, dados e informações, organizando-os de forma lógica, seguindo padrões e instruções vigentes; Efetuar agendamento e convocação para participação de eventos, orientando os participantes quanto aos procedimentos; Auxiliar a elaboração de relatórios, planilhas, planejamentos e programações institucionais; Auxiliar os processos de auditorias internas e externas, quanto aos assuntos pertinentes ao departamento; Auxiliar os processos inerentes à gestão de pessoas; Efetuar pedidos de compras de materiais e/ou itens de responsabilidade do departamento; Atender o público, orientando quanto aos procedimentos, normas, resoluções, registros profissionais e legislações pertinentes de interesse público; Entre outras atividades. 

Concurso CAU SP: principais atribuições do advogado

Emitir manifestações jurídicas de conformidade ou não conformidade dos processos com a legislação vigente sugerindo as alterações necessárias à sua adequação à norma; Emitir manifestações jurídicas de conformidade ou não conformidade de assuntos de interesse do CAU SP; Emitir manifestações jurídicas acerca da possibilidade de celebração de parcerias e contratos; Propor ações, em todas as esferas judiciais, para garantia do cumprimento das leis vigentes e de forma a garantir o pleno exercício das competências do Conselho; Promover defesas e recursos nos processos judiciais onde o Conselho figure como parte; Assessorar e orientar juridicamente à Administração, incluindo departamentos e comissões; Assessorar a Administração acerca das questões que envolvem as contratações e aquisições pretendidas; Analisar os editais de licitação em conformidade com a legislação vigente;  Confeccionar as minutas dos contratos administrativos que irão compor os anexos dos editais; Assessorar a Administração acerca das questões que envolvem as parcerias e contratações a serem firmadas; Analisar os editais de chamamento público em conformidade com a legislação vigente; Confeccionar as minutas de contratos, termos de fomento, termos de cooperação ou dos acordos de colaboração que irão compor os anexos dos editais; Confeccionar os termos de fomento ou cooperação, acordos de colaboração e contratos administrativos para formalização das contratações e parcerias; Entre outras atividades.

Concurso CAU SP: conteúdo programático para nível médio

Língua portuguesa - As questões de Língua Portuguesa e Redação têm por objetivo verificar a capacidade de leitura, compreensão e interpretação de texto, bem como a habilidade de usar a linguagem como meio para produzir, expressar e comunicar ideias em diferentes situações. Tipos de Comunicação: Descrição, Narração e Dissertação. Ortografia Oficial. Significação das palavras: sinônimos, antônimos, sentidos próprio e figurado. Pontuação. Acentuação. Emprego das classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, pronome, artigo, verbo, advérbio, preposição, conjunção (classificação e sentido que imprime às relações entre as orações). Concordâncias verbal e nominal. Regências verbal e nominal. Crase. Figuras de linguagem. Vícios de linguagem. Equivalência e transformação de estruturas. Flexão de substantivos, adjetivos e pronomes (gênero, número, grau e pessoa). Sintaxe. Morfologia. Estrutura e formação das palavras. Discursos direto, indireto e indireto livre. Processos de coordenação e subordinação. Colocação pronominal.

Informática - Windows 10. Conhecimentos de navegação na Internet. Internet Explorer. Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados ao uso de informática no ambiente de escritório. Excel, PowerPoint e Word em nível avançado (habilidades para construção de gráficos, tabelas dinâmicas, funções, animações, formatações, mala direta). Rotinas de backup e prevenção de vírus. Rotinas de segurança da informação e recuperação de arquivos.

Raciocínio lógico - Raciocínio lógico: estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios. Deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de raciocínio verbal. Raciocínio matemático (que envolva, dentre outros, conjuntos numéricos racionais e reais - operações, propriedades, problemas envolvendo as quatro operações nas formas fracionária e decimal. Conjuntos numéricos complexos. Números e grandezas proporcionais. Razão e proporção. Divisão proporcional. Regra de três simples e composta. Porcentagem). Raciocínio sequencial. Orientações espacial e temporal. Formação de conceitos. Discriminação de elementos. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas.

Cronograma do concurso CAU São Paulo

 

Continuar lendo

Atualizado: 06/12/2018 - 15:59

Concurso PGE SP: órgão deve escolher banca em breve

Todas as oportunidades do concurso da PGE SP serão para oficial administrativo, de nível médio. O salário inicial chega a R$ 1,9 mil

62 vagas

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

O novo concurso público da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo (PGE SP) depende da escolha da banca organizadora para sair do papel. Conforme portaria autorizativa publicada em 8 de maio, a seleção viará para preencher 62 vagas na carreira de oficial administrativo.

Como a comissão já foi criada em julho, é grande a expectativca para que a empresa organizadora seja escolha no decorrer das próximas semanas.

Vale lembrar que a equipe é presidida por Vinicius Teles Sanches, cuja suplente é Camila Rocha Cunha Viana, e composta por pelos seguintes integrantes: Valter Farid Antonio Junior, Lucia de Faria Freitas, Maria Elizabeth Ikeda e Valéria Aparecida Velloso. Os suplentes do grupo são Fabio Augusto Daher Montes, Renata Santiago Pugliese, Rosa Monica Pessoa de Menezes e Regiane Yumi Fujita.

O cargo de oficial aceita candidatos com ensino médio completo. A remuneração inicial corresponde a R$ 1.562,23, no caso de 50% do Prêmio de Incentivo à Produtividade e Qualidade (PIPQ), podendo chegar a R$ 1.981,82, se for 100% do prêmio.

Atribuições do oficial administrativo

Cabe ao oficial administrativo da PGE SP executar tarefas de apoio administrativo, de média complexidade, em diversas áreas, sob supervisão direta; prestar atendimento ao público externo e interno, sobre assuntos relacionados à sua área de atuação; efetuar o controle simples de registro de papéis de interesse em sua área de atuação; redigir correspondências de natureza simples; arquivar processos, leis, publicações, atos normativos e documentos diversos de interesse da unidade administrativa, segundo normas preestabelecidas; preencher fichas de registro e formulários, conferindo as informações e os documentos originais; elaborar, sob orientação, demonstrativos e relações, realizando os levantamentos necessários; digitar textos e documentos em geral; dar suporte administrativo na realização de eventos, reuniões e outras atividades específicas; e desenvolver outras atividades pertinentes e necessárias ao desempenho das funções do cargo. 

Último concurso PGE SP para oficial

No final de 2011 foi lançado um edital para o preenchimento de 250 oportunidades na carreira de oficial administrativo. A banca organizadora, na ocasião, foi o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

As chances ficaram distribuídas entre a capital (129 vagas) e as unidades da Grande São Paulo (25), Santos (7), Taubaté (7), Sorocaba (10), Campinas (17), Ribeirão Preto (10), Bauru (10), São José do Rio Preto (7), Araçatuba (5), Presidente Prudente (8), Marília (5), São Carlos (4) e Brasília/DF (6).

Os participantes do concurso PGE SP foram submetidos a uma prova objetiva com 80 questões de múltipla escolha, sendo 25 de língua portuguesa, 25 de matemática e raciocínio lógico, 15 de noções de informática e 15 de conhecimentos específicos (legislação).

Continuar lendo

Atualizado: 06/12/2018 - 13:31

Concurso em Santo Antônio do Pinhal SP reúne cinco vagas

Chances estão distribuídas entre funções destinadas a profissionais de todas as escolaridades. Inscrições vão até 17 de dezembro

Imediatas e cadastro

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

A Prefeitura de Santo Antônio do Pinhal, no interior de São Paulo, abriu concurso público destinado a preencher cinco vagas, além de formar cadastro reserva (CR). 

Quem possui nível fundamental incompleto está apto a disputar a função de ajudante geral (1 posto e salário de R$ 983,85).

A carreira de auxiliar odontológico (CR - R$ 983,85) cobra ensino médio e curso específico na área de atuação.

Curso superior é requisito para contador (1 - R$ 1.532,79), assistente social (1 - R$ 1.560,26), enfermeiro padrão (CR - R4 1.560,26), dentista (1 - R$ 3.088,92) e dentista - cirurgia e traumatologia bucomaxilofaciais (1 - R$ 3.088,92).

As inscrições ficam disponíveis até 17 de dezembro, por meio do site http://www.integribrasil.com.br/. São cobradas taxas de R$ 25 (nível fundamental), R$ 30 (médio) e R$ 50 (superior).

Os candidatos serão avaliados em etapa única, por meio de prova objetiva marcada para 27 de janeiro. O exame cobrará a resolução de 40 questões de múltipla escolha em, no máximo, três horas. 

O concurso da Prefeitura de Santo Antônio do Pinhal terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital.

Concurso Prefeitura Santo Antônio do Pinhal: conteúdo programático para ajudante geral

Língua portuguesa - Leitura e compreensão de texto; alfabeto e ordem alfabética, vogal e consoante; sílaba - separação silábica, classificação das palavras quanto ao número de sílabas; sinônimos e antônimos; acentuação; frases - afirmativa, negativa, interrogativa e exclamativa; sinais de pontuação; ortografia; substantivo - singular e plural; diminutivo e aumentativo; pronomes e verbos.

Matemática - Números naturais; antecessor e sucessor; Operações - adição, subtração, multiplicação e divisão; Sistemas de Numeração Decimal e Horário; Adição e subtração de frações; Sistemas de medidas - comprimento, massa, volume e superfície; Números multiplicativos - dobro, metade; Raciocínio lógico. Resolução de situações problema.

Conhecimentos específicos – Noções de Prevenção de acidentes, e de organização e disciplina geral; Noções sobre EPI - Equipamentos de Proteção Individual e EPC – Equipamentos de Proteção Coletiva; Conhecimento das Ferramentas, Equipamentos e Utensílios; Proteção ao meio ambiente: Utilização de materiais, conservação, descarte e impactos ambientais; Relações Humanas no trabalho; Utilização de materiais e equipamentos de limpeza guarda e armazenagem de materiais e utensílios; Manutenção de limpeza de ruas e estradas; Serviços braçais; Transportes de lixo e entulho; Noções básicas de jardinagem, Serviços de pedreiro, encanador, pintura etc.; Gerenciamento de resíduos sólidos, líquidos e pastosos.
 

Continuar lendo

Atualizado: 06/12/2018 - 11:12

Concurso em Saltinho SP tem vagas para nível superior

Oferta do edital é de quatro vagas distribuídas entre os cargos de professor de educação infantil e nutricionista

A partir de 11/12

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

No interior do Estado de São Paulo, a Prefeitura Municipal de Saltinho divulgou dois novos editais de concurso público que somam quatro vagas de nível superior. As inscrições serão abertas no dia 11 de dezembro. 

Do total de ofertas, três são destinadas ao cargo de professor de educação infantil, cujo ganho é de R$ 16,94 a hora/aula para jornada de trabalho semanal de 25 horas. 

A outra vaga é para o emprego de nutricionista, com salário inicial de R$ 1.538,67 para carga horária semanal de 20 horas. 

A ficha cadastral estará disponível no site www.sigmaassessoria.com.br até o dia 26 de dezembro. O valor da taxa de participação é de R$ 48.

Todos os inscritos executarão a prova objetiva no dia 13 de janeiro de 2019. Ela será composta por 40 questões de múltipla escolha, sendo cinco de matemática, cinco de português, cinco de conhecimentos gerais e 25 de conhecimentos específicos.

Aqueles que pleiteiam o cargo de professor ainda serão submetidos à análise de títulos. 

Atribuições dos cargos da Prefeitura de Saltinho SP

Professor de educação infantil - executar as tarefas de acordo com o estatuto do magistério estabelecido por lei complementar específica; participar na elaboração da proposta curricular; organizar e realizar o processo pedagógico na sala de aula; participar na gestão da escola; participar das reuniões pedagógicas; organizar e dirigir reuniões com os pais de alunos; participar e ajudar na organização de atividades extracurriculares; participar de cursos de formação continuada; executar outras atividades correlatas que lhe forem atribuídas.

Nutricionista - planejar e coordenar o cardápio para a merenda escolar, ou para outra finalidade solicitada, baseando-se na aceitação dos alimentos pelos comensais e nas necessidades nutricionais, a fim de oferecer refeições balanceadas e evitar desperdícios; orientar e supervisionar o preparo, a distribuição e o armazenamento das refeições, para possibilitar um melhor rendimento do serviço; planejar e elaborar o cardápio, baseando-se na aceitação dos alimentos pelos comensais, para oferecer refeições balanceadas a todos os pacientes que necessitem de acompanhamento nutricional; participar junto à equipe de profissionais dos programas de educação em saúde tais como: grupos de gestantes, grupos de diabéticos, grupos de hipertensos, grupos de mães, grupos de higiene em saúde e outros; participar do grupo de mães do Programa Viva Leite orientando através de cardápios alternativos que ajudem na nutrição das crianças; atender consulta individual à demanda de pacientes encaminhados por outros profissionais; executar educação em saúde para compreensão das enfermidades e melhorar a qualidade de vida; programar e desenvolver treinamento com os servidores, realizando reuniões e observando o nível de rendimento, de habilidade, de higiene e de aceitação dos alimentos, para racionalizar e melhorar o padrão técnico dos serviços; elaborar relatórios periódicos, baseando-se nas informações recebidas, para estimar o custo médio da alimentação; zelar pelo adequado armazenamento dos gêneros e orientar supervisionar a elaboração dos alimentos; executar outras tarefas correlatas.
 

Continuar lendo

Atualizado: 06/12/2018 - 10:29

ARES-PCJ SP publica concurso com uma vaga para ouvidor

Oportunidade é para candidatos que têm nível superior específico. Inscrições serão recebidas entre 10 de dezembro e 14 de janeiro

Salário de R$ 7,9 mil

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

No Estado de São Paulo, a Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (ARES-PCJ) abrirá no dia 10 de dezembro as inscrições do concurso público que dispõe de uma vaga para a função de ouvidor.

O cargo exige nível superior completo em jornalismo ou comunicação social, registro no órgão de classe e carteira de habilitação na categoria “B”. O salário inicial é de R$ 7.992,64 para jornada de trabalho semanal de 40 horas.

Além do vencimento, a ARES-PCJ ainda oferece aos seus servidores os benefícios de R$ 700 de auxílio-alimentação e R$ 175,28 de auxílio-transporte. 

A participação deverá ser garantida até o dia 14 de janeiro de 2019, através do endereço eletrônico da Dédalus Concursos (www.dedalusconcursos.com.br), banca organizadora do certame. O valor da taxa de inscrição é de R$ 35. 

Os candidatos serão avaliados por meio de duas etapas: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório; e análise de títulos, classificatória.  

A prova objetiva será composta por 50 questões de múltipla escolha, sendo dez de língua portuguesa, dez de conhecimentos básicos e legislação, cinco de inglês e 25 de conhecimentos específicos. O exame terá duração máxima de quatro horas e será aplicado no dia 24 de fevereiro de 2019. 

Atribuições do ouvidor da ARES-PCJ 

Atuar junto aos usuários e aos prestadores dos serviços de saneamento básico, a fim de dirimir possíveis dúvidas e intermediar a solução de divergências, criando um canal de comunicação direto entre a ARES-PCJ, os titulares e os usuários de seus serviços, a fim de aferir o grau de satisfação destes últimos e estimular a apresentação de sugestões; registrar reclamações e sugestões sobre os serviços regulados pela ARES-PCJ; encaminhar e acompanhar os processos de reclamações aos prestadores dos serviços de saneamento básico e ao órgão técnico para fins de solução do problema e aplicação das sanções cabíveis; atuar como canal de comunicação entre a ARES-PCJ, a comunidade, órgãos de imprensa e outras mídias, emitindo comunicados, releases e produzindo materiais para divulgação; elaborar um programa integral de informação para assegurar ao usuário dos serviços da ARES-PCJ o acompanhamento do serviço prestado pela agência; desenvolver atividades que garantam os direitos do usuário dos serviços da ARES-PCJ; apoiar a diretoria executiva da ARES-PCJ na elaboração e divulgação de manuais informativos dos direitos dos usuários, dos procedimentos disponíveis para o seu exercício e dos órgãos e endereços para apresentação de queixas e sugestões; instituir programa de avaliação dos serviços públicos prestados pela ARES-PCJ; gerir o Serviço de Atendimento ao Usuário - SAU, sempre com apoio técnico das áreas relacionadas, bem como receber as demais solicitações dos usuários dos serviços; instalar o processo administrativo de solução de conflitos entre agentes dos setores regulados, bem como entre agentes e usuários dos serviços, sempre com o apoio técnico das diretorias relacionadas; gerenciar o sítio da ARES-PCJ na Internet e outras mídias eletrônicas e impressas de comunicação; quando necessário ao desenvolvimento de suas atividades, dirigir veículos da ARES-PCJ; auxiliar nos eventos da ARES-PCJ, tais como: recepcionar, preparar cópia de materiais e montar pastas, ligar confirmando presença, entre outros; exercer outras tarefas correlatas.
 

Continuar lendo

Atualizado: 06/12/2018 - 10:16

Cândido Mota SP realiza concurso com dez vagas no Saae

Com inscrições até 28 de dezembro, seleção preencherá postos em cargos de níveis fundamental e médio. Prova está marcada para 20 de janeiro

Interior paulista

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

No interior de São Paulo, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Cândido Mota abriu concurso público para preenchimento de dez vagas e formação de cadastro reserva.

Os cargos de auxiliar de serviços gerais (2 postos e salário de R$ 1.257,72), reparador geral (2 - R$ 1.629,22) e operador de bomba (3 - R$ 1.629,22) são opções para candidatos com nível fundamental incompleto. 

Ensino médio é requisito para quem pretende concorrer aos empregos de agente administrativo (1 - R$ 1.941,30) e leiturista (2 - R$ 2.089,95).

Concurso Saae Cândido Mota: inscrições e etapas

Os interessados devem acessar o site http://www.cscconsultoria.com.br/ para realizar a inscrição. O prazo termina em 28 de dezembro e a taxa custa R$ 13,50. 

A seleção envolverá prova objetiva (todas as funções), em 20 de janeiro, e exames prático e de aptidão física (para auxiliar e reparador), em datas a serem definidas.

O concurso do Saae de Cândido Mota terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério da autarquia, conforme estabelece o edital

Concurso Saae Cândido Mota: atribuições dos cargos

Agente administrativo - Executa serviços gerais de escritório das diversas unidades administrativas, como a classificação de documentos e correspondências, transcrição de dados, lançamentos, prestação de informações, arquivo, datilografia, digitação em geral e atendimento ao público. Executar outras tarefas inerentes a sua função e determinadas pelo superior imediato.

Leiturista - Executa serviços de leitura em medidores de vazão anotando em formulário específico o consumo. Faz conferência das instalações de água e esgoto observando e comunicando ao setor próprio as irregularidades encontradas nas redes. Compreende as tarefas de caminhar pelos logradouros públicos do município, efetuando a entrega das contas e os avisos de débito e cobrança relativas ao abastecimento de água e rede de esgoto. Executar outras tarefas inerentes a sua função e determinadas pelo superior imediato.

Operador de bomba - Compreende as tarefas que se destinam controlar o funcionamento das bombas localizadas na represa de captação de água que abastece o município de água potável, sob constante supervisão da chefia imediata, tais como: acionando os botões para coloca-las em funcionamento; observando e controlando o desempenho das bombas; limpeza das grades e caixas de areia da lagoa de tratamento de esgoto, para evitar o desvio da rede de esgoto para o córrego antes de ser tratado; manutenção, limpeza e lubrificação das bombas. Executar outras tarefas inerentes a sua função e determinadas pelo superior imediato.

Auxiliar de serviços gerais - Executar trabalhos rotineiros de limpeza e conservação em geral, executar serviços de limpeza, arrumação e de zeladoria de áreas internas e externas de locais públicos da Autarquia. Executar trabalhos braçais em diversas áreas; carregar e descarregar veículos em geral; arrumar mercadorias e materiais diversos, limpar, capinar, participar de trabalhos de caiação de muros, paredes e similares. Auxiliar na execução de redes, ligações e ramais de água e esgoto, transportar materiais para realização de ligação de água e esgoto, preparar argamassa, proceder abertura e fechamento de valas, colocar tubos e manilhas em valas, auxiliar na inspeção e desobstrução de poços de visita, emissários e coletores de esgoto. Executar outras tarefas inerentes a sua função e determinadas pelo superior imediato.

Reparador geral - Executa serviços de pedreiro, de pintura em obras e ou letrista, de carpintaria, hidráulica e ajudante de obras, que executa trabalhos de alvenaria, assentando pedras ou tijolos de argila ou concreto, em camadas superpostas e rejuntando-os e fixando-os com argamassa. Executa também tarefas simples na área da construção civil e de conservação do município. Executar outras tarefas inerentes a sua função e determinadas pelo superior imediato.
 

Continuar lendo

Atualizado: 06/12/2018 - 09:52

Prefeitura de Porangaba SP: concurso reúne seis vagas

Ofertas do edital são para os cargos de auxiliar da casa transitória, que exige ensino médio, assistente social, fonoaudiólogo e psicólogo, que requerem nível superior

Até 11 de dezembro

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Encontram-se abertas as inscrições do concurso público da Prefeitura Municipal de Porangaba, situada no interior do Estado de São Paulo. A seleção visa o provimento de seis vagas do seu quadro de efetivos, regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Candidatos que têm o ensino médio completo podem se inscrever para a função de auxiliar da casa transitória (3 vagas), cujo salário inicial é de R$ 1.110,75. 

Quem tem o nível superior pode disputar os cargos de assistente social (1), fonoaudiólogo (1) e psicólogo (1). A remuneração é de R$ 1.803. 

Para participar basta preencher o formulário de inscrição no site www.cscconsultoria.com.br e efetuar o pagamento da taxa, nos valores de R$ 30 (ensino médio) e R$ 50 (nível superior). O prazo para registro das candidaturas se encerrará no dia 11 de dezembro. 

O certame será constituído de uma única etapa: prova objetiva, eliminatória e classificatória. Ela será composta por 40 questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, conhecimentos gerais - atualidades e/ou conhecimentos específicos. 

A avaliação terá duração máxima de três horas e será aplicada no dia 27 de janeiro de 2019, com início às 13h, em locais que serão disponibilizados nos sites da banca organizadora e da Prefeitura de Porangaba (www.porangaba.sp.gov.br), a partir do dia 16 desse mesmo mês. 

Atribuições do auxiliar da casa transitória

Auxiliar nas atividades, incentivando as brincadeiras em grupo, para estimular o desenvolvimento físico e mental das crianças abrigadas; orientar as crianças quanto às condições de higiene, auxiliando-as no banho, vestir, calçar, pentear e guardar seus pertences, para garantir o bem estar; auxiliar nas refeições, alimentando as crianças ou orientando-as sobre o comportamento à mesa; controlar horários de repouso das crianças preparando cama, ajudando-as na troca de roupas; acompanhar os abrigados nas atividades pedagógicas; cuidar dos abrigados; acompanhar nas atividades externas, nas diversas situações; cuidar da faxina de casa, bem como, lavar, passar e cozinhar; executar outras tarefas correlatas e/ou requisitadas pelo superior imediato.
 

Continuar lendo

Atualizado: 05/12/2018 - 10:50

Famesp realiza concurso com vagas no interior de SP

Destinadas a profissionais de todas as escolaridades, oportunidades estão distribuídas entre Botucatu, Bauru, Tupã

Três cidades

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

A Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp) abriu processo seletivo destinado a preencher cinco vagas em unidades de saúde instaladas em Botucatu, Bauru e Tupã, no interior paulista.  

Com nível fundamental é possível concorrer ao cargo de oficial de serviços de manutenção (1 - R$ 1.409,54). O contratado atuará em Botucatu. 

As chances de ensino médio são para oficial administrativo (1 - R$ 1.133,19) e técnico de manutenção - área mecânica ou mecatrônica (1 - R$ 2.382,95), função que também exige formação técnica. Ambas são para trabalhar em Botucatu.

Curso superior é requisito para enfermeiro obstetra (1 - R$ 3.124,13) e farmacêutico (1 - R$ 2.442,91), com lotação em Bauru e Tupã, respectivamente. 

Concurso Famesp: inscrições e etapas

As inscrições serão recebidas entre 10 e 19 de dezembro, mediante a realização de cadastro no site www.famesp.org.br. As taxas variam de R$ 35 a R$ 100. 

A aplicação da prova objetiva ocorrerá em diferentes dias de janeiro: 3 (oficial de serviços e técnico de manutenção), 5 (enfermeiro), 7 (oficial administrativo) e 8 (farmacêutico).  

Haverá também avaliação de títulos para enfermeiro, com entrega dos documentos durante o exame objetivo, e teste prático para técnico de manutenção, em data a ser definida. 

Concurso Famesp: conteúdo programático para nível fundamental

Língua portuguesa – Pontuação. Crase. Interpretação de texto. Ortografia Oficial: Conjugação de verbos usuais; Concordâncias; Emprego de pronomes; Formas de tratamento; Substantivo e Adjetivo; Flexão: gênero (masculino e feminino). Flexão: número (singular e plural). Sinônimos e Antônimos. Figuras de Linguagem.

Matemática - Operações com números inteiros e fracionários: adição, subtração, multiplicação e divisão; Problemas envolvendo as quatro operações; Sistema métrico decimal. Mínimo múltiplo comum; Razão e proporção; Porcentagem; Regra de três simples; Média aritmética simples; Equação do 1º grau; Relação entre grandezas Noções de geometria; Raciocínio lógico.

Conhecimentos específicos – Construção Civil: materiais de construção, impermeabilização, cobertura, estruturas (aço, madeira, concreto), revestimentos e acabamentos, esquadrias, fundações (tipologia e conceitos básicos), patologias das construções (pinturas, estruturas e alvenarias); Instalações Hidráulicas: Conhecimentos sobre instalações de água fria, esgoto, águas pluviais, gás, ar comprimido e sistema de combate a incêndio; Instalações Elétricas: Conhecimento de instalações elétricas de médio e pequeno porte (NBR 5410), cabeamento estruturado (noções de instalações de redes de informática), instrumentos de medição, cálculo de circuitos (Lei de Ohm), cálculo de fator de potência, tipos de aterramento; Segurança do Trabalho: Conhecimento das Normas Regulamentadoras aprovadas pela Portaria n.º 3214 de 08/06/78, em especial as NR’s nº 6, 8, 10 e 18.
 

Continuar lendo

Atualizado: 05/12/2018 - 10:10

Câmara de Serrana SP: concurso com inscrições abertas

Oferta do edital é de quatro vagas imediatas e cadastro reserva. Prazo se encerrará no dia 7 de janeiro

Todos os níveis

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

No Estado de São Paulo, a Câmara Municipal de Serrana está com inscrições abertas de concurso público para preenchimento de quatro vagas imediatas, além de formação de cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades. 

Candidatos que concluíram o ensino fundamental podem disputar as funções de agente de manutenção e limpeza (CR), agente de operações (CR) e motorista categoria “D” (CR). Os salários iniciais são de R$ 2.052,27 para o primeiro posto e R$ 2.320,76 para os dois últimos. 

O cargo de técnico legislativo (1 vaga) exige diploma de conclusão de curso de ensino médio e paga R$ 3.941,93. 

Quem tem o nível superior está apto às carreiras de analista legislativo (1), contador (1), controlador interno (1) e procurador jurídico (CR). As remunerações variam de R$ 3.941,93 a R$ 6.414,99. 

Além dos vencimentos, a Câmara de Serrana ainda oferece para os seus servidores o benefício de auxílio-alimentação no valor de R$ 763,20. 

Concurso Câmara de Serrana SP: inscrições e provas

Para participar basta preencher o formulário de inscrição no site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br) e efetuar o pagamento da taxa, nos valores de R$ 44,50 (ensino fundamental), R$ 62,50 (nível médio) e R$ 85 (formação superior). O prazo se encerrará no dia 7 de janeiro de 2019. 

Todos os inscritos serão avaliados por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, legislação, noções de informática e/ou conhecimentos específicos. 

O exame será aplicado no município de Serrana/SP no dia 10 de fevereiro de 2019, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado em momento oportuno. 

Apenas o cargo de procurador jurídico realizará a prova prático-profissional (peça processual), eliminatória e classificatória, na mesma data da objetiva.

Aqueles que pleiteiam o emprego de motorista ainda serão submetidos à prova prática, eliminatória. Serão convocados para essa fase os dez candidatos habilitados na prova objetiva.
 

Continuar lendo

Atualizado: 05/12/2018 - 09:24

Concurso CRQ SP: prova para 520 vagas ocorre no domingo

Destinadas a profissionais de níveis médio/técnico e superior, carreiras oferecem vencimentos acima de R$ 10,1 mil. Edital tem chances na capital e em cidades do interior e litoral

12 municípios

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Ocorrem neste domingo (9) as provas do concurso do Conselho Regional de Química da 4ª Região (CRQ 4), com jurisdição em São Paulo, destinado a formar cadastro reserva em 520 vagas distribuídas entre a capital e cidades do interior e litoral. A convocação para os exames pode ser consultada aqui

A seleção prevê testes objetivo e discursivo. O primeiro trará 120 questões do tipo 'certo' ou 'errado', enquanto o segundo cobrará a elaboração de um texto contendo entre 15 e 30 linhas. 

Com duração de quatro horas, os exames ocorrerão em Araçatuba, Araraquara, Bauru, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e São Paulo.

Vagas no concurso do CRQ SP 

Profissionais com ensino médio concorrem como profissional de serviços técnico-administrativos (PSA) nas áreas de administração (20 - salário de R$ 4.419,55), manutenção predial (20 - R$ 4.419,55), manutenção predial/alvenaria/hidráulica e pintura (20 - R$ 4.419,55) e teleatendimento (20 - R$ 3.657,60).

Além de segundo grau, é necessário possuir formação técnica para disputar as funções de profissional de suporte técnico nas seguintes especialidades: compras (20), financeiro (20), recursos humanos (20), contabilidade (20) e informática (20). Todas as ofertas pagam R$ 5.129,13.  

Curso superior é requisito do concurso do CRQ SP para profissional de atividades estratégicas nas funções de fiscal (240 - R$ 10.117,45), bibliotecário (20 - R$ 7.097,15), analista de sistemas - programação (20 - R$ 7.097,15), analista de sistemas - rede (20 - R$ 7.097,15), advogado (20 - R$ 7.097,15) e jornalista (20 - R$ 7.097,15). 

• APOSTILAS CONCURSO CRQ SP 2018 - DIVERSOS CARGOS

Os vencimentos informados já incluem os valores referentes aos vales refeição e alimentação. Além disso, os contratados terão direito a convênio médico e odontológico, vale transporte e plano de cargos e salários. 

Todas as vagas são para atuar na capital, exceto para fiscal, carreira que também reúne oportunidades em Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba. 

Concurso CRQ SP: inscrição e etapas

As inscrições foram recebidas até 12 de novembro, por meio do site do Instituto Quadrix (http://www.quadrix.org.br). As taxas custaram R$ 60 (ensino médio), R$ 65 (técnico) e R$ 75 (superior). 

Além das provas objetiva e discursiva, o processo seletivo inclui teste prático para fiscal e jornalista. A aplicação está prevista para 16 e/ou 17 de fevereiro, na capital paulista. 

O concurso do CRQ SP terá validade de dois anos, a contar da data de publicação da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério do conselho, conforme prevê o edital

Cronograma do concurso do CRQ SP

Concurso CRQ SP: conteúdo programático parcial

Língua portuguesa - 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Aspectos gerais da redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.

Raciocínio lógico e matemático - 1 Operações, propriedades e aplicações (soma, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação). 2 Princípios de contagem e probabilidade. 3 Arranjos e permutações. 4 Combinações. 5 Conjuntos numéricos (números naturais, inteiros, racionais e reais) e operações com conjuntos. 6 Razões e proporções (grandezas diretamente proporcionais, grandezas inversamente proporcionais, porcentagem, regras de três simples e compostas). 7 Equações e inequações. 8 Sistemas de medidas. 9 Volumes. 10 Compreensão de estruturas lógicas. 11 Lógica de argumentação (analogias, inferências, deduções e conclusões). 12 Diagramas lógicos.

Atualidades - 1 Tópicos relevantes e atuais de diversas áreas, tais como recursos hídricos, segurança, transportes, política, economia, sociedade, educação, saúde, cultura, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e ecologia.

Confira o conteúdo programático completo do concurso do CRQ SP
 

Continuar lendo

Atualizado: 04/12/2018 - 11:13

Taboão da Serra SP abre concurso para agente de saúde

Destinado a profissionais com nível médio, cargo paga R$ 1.014. Inscrições vão até 10 de janeiro

14 vagas

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

A Prefeitura de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, abriu processo seletivo para preencher 14 vagas de agente comunitário de saúde, além de formar cadastro reserva.

O cargo tem jornada semanal de 40 horas e salário inicial de R$ 1.014. Os candidatos devem possuir ensino médio e residir na área da comunidade em que pretendem atuar. 

Há chances nas equipes de saúde que atendem as regiões de Silvio Sampaio (7 postos), Santo Onofre (1), Jardim Record (2), Panorama (1), Jardim Salete (1) e Jardim Margaridas (2).  

O Instituto Zambini, banca que organiza a seleção, recebe inscrições até 10 de janeiro, por meio da página www.zambini.org.br. A taxa de participação custa R$ 45,90. 

Com aplicação em 3 de fevereiro, a prova objetiva apresentará 30 questões de múltipla escolha, sendo 10 de língua portuguesa e 20 de conhecimentos específicos. 

O concurso da Prefeitura de Taboão da Serra terá validade de um ano, prorrogável por mais um, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital.

Concurso Prefeitura Taboão da Serra: atribuições do agente comunitário de saúde

Realizar atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, por meio de ações educativas em saúde nos domicílios e coletividade, em conformidade com as diretrizes do SUS, e estender o acesso às ações e serviços de informação e promoção social e de proteção da cidadania.

Concurso Prefeitura Taboão da Serra: o que estudar para a prova

Língua portuguesa - Interpretação de texto, acentuação gráfica, ortografia oficial, divisão silábica, pontuação, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal, significação das palavras: sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos, polissemia, sentido próprio e sentido figurado das palavras, denotação e conotação, emprego de tempos e modos verbais, emprego das classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição, conjunção (classificação e sentido que imprimem às relações entre as orações). Notações léxicas: empregos do til, trema, apóstrofo, hífen. Abreviaturas, siglas e símbolos. Análise morfológica. Sinais de pontuação: Emprego da vírgula, ponto e vírgula, dois-pontos, ponto final, ponto de interrogação, ponto de exclamação, reticências, parênteses, travessão, aspas, colchetes, asterisco e parágrafo. Sintaxe de concordância: nominal, verbal e casos especiais. Emprego de algumas classes de palavras: artigo, adjetivo, numeral, pronomes pessoais, eu ou mim, contração dos pronomes oblíquos, o pronome se, pronomes possessivos, pronomes demonstrativos, pronomes relativos, pronomes indefinidos e advérbio. Emprego dos modos e tempos: Modo indicativo, modo subjuntivo, modo imperativo, particípio e gerúndio. Emprego do infinitivo: Infinitivo não-flexionado e infinitivo pessoal flexionado. Emprego do verbo haver. Referências bibliográficas: CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima gramática da língua portuguesa. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 48ª Ed. Revista – 2010. BECHARA, Evanildo. Gramática escolar da língua portuguesa. 2.ed. ampliada e atualizada. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2010.

Conhecimentos específicos - 1. O trabalho do agente comunitário de saúde. 2. O programa de saúde da família. 3. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: MINISTÉRIO DA SAÚDE. O trabalho do Agente Comunitário de Saúde. Brasília, 1997. Portaria nº 1.886 de 18 de dezembro de 1997. Aprova as normas e diretrizes do Programa de Agentes Comunitários de Saúde da Família. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. O trabalho do agente comunitário de saúde/Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2009. 84 p. : il. – (Série F. Comunicação e Educação em Saúde) Disponível: http://189.28.128.100/dab/docs/publicacoes/geral/manual_acs.pdf Brasil. Ministério da Sau´de. Secretaria de Atenção a` Sau´de. Departamento de Atenção Ba´sica. Guia pra´tico do agente comunitário de saúde / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília : Ministério da Saúde, 2009. 260 p. : il. – (Série A. Normas e Manuais Técnicos). Disponivel: http://dab.saude.gov.br/docs/publicacoes/geral/guia_acs.pdf.Saneamento básico (sistema de abastecimento de água, sistema de esgoto sanitário, resíduos sólidos e limpeza pública). Saneamento ambiental (controle de artrópodes, controle de roedores, higiene dos alimentos). Fundamentos biológicos do saneamento (características gerais dos seres vivos: bactérias, algas, fungos, protozoários, amebas e vermes). Atenção primária à saúde (conceitos, características, estratégias). Estatística vital: Noções de indicadores de saúde, eventos vitais e demografia. Epidemiologia (estrutura epidemiológica, processo saúde e doença. Imunização, vigilância epidemiológica, análise epidemiológica). Saúde da comunidade (conceito, participação popular em saúde). Atuação prática nos serviços de saúde (visita domiciliar, coleta de materiais, educação sanitária). Constituição da República Federativa do Brasil - Saúde. Evolução das políticas de saúde no Brasil. Sistema Único de Saúde - SUS: conceitos, fundamentação legal, princípios, diretrizes e articulação com serviços de saúde. Epidemiologia, história natural e prevenção de doenças. Vigilância em Saúde. Indicadores de nível de saúde da população. Doenças de notificação compulsória. Participação popular e controle social. A organização social e comunitária. Os Conselhos de Saúde. O Pacto pela Saúde. Sistema de informação em saúde. Processo de educação permanente em saúde. Brasil. Ministério da Sau´de. Secretaria Executiva Programa agentes comunita´rios de sau´de (PACS) / Ministério da Sau´de, Secretaria Executiva. Brasi´lia: Ministério da Sau´de, 2001. Disponível: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/pacs01.pdf

Cronograma do concurso da Prefeitura de Taboão da Serra


 

Continuar lendo

Atualizado: 04/12/2018 - 10:35

Câmara de Monte Alto SP oferece sete vagas em concurso

Oportunidades estão distribuídas entre funções destinadas a profissionais de todas as escolaridades. Inscrições começam nesta quinta-feira (6)

Salários até R$ 5,7 mil

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

A Câmara de Monte Alto, no interior paulista, divulgou edital de concurso público com oferta de sete vagas: são seis imediatas e uma para cadastro reserva (CR).

As funções de auxiliar de serviços legislativos (1 posto e salário de R$ 1.844,90) e motorista CNH "D" (1 CR - R$ 2.719,15) requerem nível fundamental incompleto. 

Com ensino médio é possível concorrer ao cargo de auxiliar técnico legislativo (3 - R$ 2.719,15). 

Curso superior é requisito para analista de tecnologia da informação (1 - R$ 2.719,15) e procurador jurídico (1 - R$ 5.784,87). 

Os vencimentos informados já incluem o auxílio alimentação mensal de R$ 300. Além disso, o Legislativo oferece plano de saúde. 

Concurso Câmara Monte Alto: inscrições e etapas

Disponíveis entre 6 de dezembro e 8 de janeiro, as inscrições devem ser realizadas pelo site www.vunesp.com.br. As taxas variam de R$ 44,50 a R$ 82,20. 

A seleção prevê provas objetiva (todos os cargos) e prático-profissional (procurador), ambas em 17 de março, e teste de direção veicular (motorista), em data a ser definida.  

O concurso da Câmara de Monte Alto terá validade de dois anos, com possibilidade de prorrogação por mais dois, a critério do Legislativo, conforme estabelece o edital.

Concurso Câmara Monte Alto: atribuições do auxiliar técnico legislativo

Atender ao público em geral, prestando informações; orientar sobre a localização de gabinetes e serviços administrativos; recepcionar convidados da mesa diretora; orientar e informar sobre o atendimento dos gabinetes dos vereadores; fazer registro do trânsito de visitantes e convidados; assinar protocolo de recebimento de correspondência; fazer relatórios diários de suas atividades; orientar –se sobre as atividades administrativas relativas ao desempenho de sua função; executar outras atividades que lhe forem atribuídas. Efetuar com urbanidade o atendimento de telefone, conectando as ligações com os ramais no âmbito da Câmara, bem como providenciar chamadas telefônicas sempre que solicitado. Comunicara companhia telefônica acerca de defeitos ocorridos. Anotar e transmitir recados, mantendo a agenda de telefones atualizadas. Identificar todos os visitantes e munícipes. Efetuar a etiquetagem e o envio de documentos via correio, malote ou fax. Operar fotocopiadoras, scanners, encadernadoras e demais equipamentos de reprodução e organização de documentos. Organizar os documentos produzidos e os que lhe deram origem conforme orientações repassadas, encaminhando-os aos interessados. Efetuar o registro e controle de emissão de cópias e operar microcomputador em sistemas de controle básico. Realizar outras tarefas administrativas e correlatas ao cargo por iniciativa própria ou eu lhe forem atribuídas por superior.
 

Continuar lendo

Atualizado: 04/12/2018 - 10:02

Saae de Amparo SP abre concurso com sete vagas

Inscrições começam em 12 de dezembro. Prova está marcada para 20 de janeiro

Nível fundamental

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

No interior de São Paulo, o Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) de Amparo divulgou edital de concurso público para contratação de sete servidores. 

Há oportunidades para agente de operações e manutenção em duas especialidades: captação e adução (2 postos e salário de R$ 954) e operação de ETA/ETE (5 - R$ 1.383,06). 

A primeira área cobra nível fundamental incompleto, enquanto a segunda é destinada a profissionais que concluíram esse ciclo escolar.  

Além da remuneração, a autarquia concede como benefícios: 14º salário, vale alimentação, plano de saúde e seguro de vida.

Concurso Saae Amparo: inscrições e prova

Os interessados poderão se inscrever de 12 a 27 de dezembro, acessando www.conscamweb.com.br. As taxas custam R$ 25 (fundamental incompleto) e R$ 35 (fundamental completo). 

A seleção prevê apenas prova objetiva, agendada para 20 de janeiro. Com duração de três horas, a avaliação cobrará a resolução de 30 questões. 

O concurso do Saae de Amparo terá validade de dois anos, com possibilidade de prorrogação por mais dois, a critério da autarquia, conforme estabelece o edital

Concurso Saae Amparo: conteúdo programático parcial

Língua portuguesa - Interpretação de textos. Significado das palavras. Identificação de vogais e consoantes. Escritas corretas.

Matemática - Operações fundamentais: adição, subtração, multiplicação e divisão. Juros simples. Sistema métrico decimal: unidades de medida (comprimento, massa e capacidade); transformações de unidades. Razão e proporção.

Cronograma do concurso Saae Amparo

Continuar lendo

Atualizado: 04/12/2018 - 09:18

Concurso CRP SP: divulgado gabarito para 275 vagas

Estão em disputa chances para analista e psicólogo, com vencimentos acima de R$ 7,6 mil. Edital tem ofertas em 11 regiões

Nível superior

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Os participantes do concurso do CRP SP (Conselho Regional de Psicologia de São Paulo) já podem consultar aqui o gabarito preliminar da prova objetiva, aplicada em 2 de dezembro. Ao todo, a seleção preencherá 275 vagas, sendo sete imediatas e 268 para cadastro reserva (CR).

O edital tem oportunidades para analista superior (1 posto + 24 CR) e psicólogo analista técnico (6 + 244 CR). Ambas as carreiras cobram curso superior em psicologia e têm jornada semanal de 40 horas. 

Os vencimentos correspondem a R$ 7.675,58, já considerando o salário-base (R$ 6.197,58) e os vales refeição (R$ 990) e alimentação (R$ 488). O CRP SP também concede convênio médico e odontológico, vale transporte e plano de carreira. 

As chances de analista superior têm lotação na cidade de São Paulo. Já as ofertas para psicólogo estão distribuídas, além da capital, entre Assis, Bauru, Campinas, Mogi das Cruzes, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, Sorocaba e as regiões do Grande ABC e Vale do Paraíba. 

 

Concurso CRP SP: inscrição e etapas

 

O Instituto Quadrix, banca que organiza a seleção, recebeu inscrições até 5 de novembro, por meio do endereço http://www.quadrix.org.br. A taxa de participação custou R$ 75.  

• APOSTILAS CONCURSO CRPS SP 2018 - ANALISTA E PSICÓLOGO

A primeira fase teve provas objetiva e discursiva, com aplicação nos municípios de São Paulo, Assis, Bauru, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto. 

A seleção será finalizada com avaliação de títulos e experiência profissional. A entrega dos documentos à empresa examinadora está agendada para os dias 7 e 8 de fevereiro.

O concurso do CRP SP terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do conselho, conforme estabelece o edital.

 

Concurso CRP SP: atribuições dos cargos

 

Analista - Orientar a programação, execução e avaliação de ações de capacitação e de desenvolvimento profissional e institucional; Elaborar programas de avaliação de desempenho; Realizar estudos e intervenções dirigidas à saúde do trabalhador; Acompanhar as atividades da Comissão de Saúde do Trabalhador – COMSAT; Realizar as atividades de recrutamento e seleção de estagiários e temporários e jovens aprendizes; Fazer o acompanhamento de performance dos estagiários, temporários e jovens aprendizes; Planejar, aplicar e avaliar pesquisas para a avaliação da gestão e das relações do trabalho, propondo soluções e medidas para alinhamento da prestação de serviços do CRP; Planejar, executar, acompanhar e avaliar ações de treinamento, desenvolvimento e capacitação dos funcionários do Conselho; Acompanhar a execução do Plano de Cargos, Carreiras e Salários – PCCS, coordenando e/ou executando o processo de ascensão funcional; Manter sistematicamente a divulgação de normativos internos de pessoal; Elaborar e atualizar publicações referentes à gestão de pessoas; Planejar, elaborar, coordenar, acompanhar, assessorar, pesquisar e executar procedimentos e programa, relativos à área de Psicologia Organizacional e do Trabalho; Preparar e apresentar sistematicamente relatórios de atuação e performance de sua unidade; Manter-se atualizado com a legislação da psicologia e técnicas referentes a Psicologia Organizacional e do Trabalho; Realizar outras atividades correlatas da unidade de lotação.

Psicólogo - Realizar atividades de atendimento ao profissional e ao público em geral bem como atividades de caráter técnico que envolva redação, pesquisa e digitação; Preparar, organizar, atualizar e conferir arquivos, documentos e relatórios; Fornecer subsídios para análise e tomada de decisão; Atender as solicitações pertinentes a área técnica do CRP SP (Orientação, Ética, Análise de Títulos de Especialistas, Direitos Humanos, Políticas Públicas, CPL e outras) ou Grupos de Trabalhos Específicos criados pelo CRP SP; Efetuar o registro das solicitações, interpretar e encaminhar ao demandante, como subsídios para as ações do CRP-SP; Elaborar pareceres e relatórios técnicos relacionados a questões de orientação, fiscalização, ética, análise de títulos de especialistas e outros relativos a campos de inserção e interesse da Psicologia, relacionados ao trabalho do CRP SP; Realizar atividades de orientação à categoria, por meio de atendimentos telefônicos, escritos, e presenciais, participação em debates e encontros coletivos com psicólogos; Manter sistema de informação atualizado de todas as solicitações recebidas e encaminhadas para conhecimento interno e da direção do CRP-SP; Realizar atividades de Fiscalização conforme definido pelo Conselho instituições e locais que prestam serviços de Psicologia; Assessorar tecnicamente processos de tomada de decisões e promoção de debates em relação a dimensão ética do exercício profissional da psicologia; Manter-se atualizado em relação às referências técnicas e legais que orientem o exercício profissional ou estejam a ele relacionados; Acompanhar e subsidiar tecnicamente diretrizes produzidas pelo CRP SP relativas a intervenção da Psicologia nas Políticas Públicas nas diversas áreas e campos de atuação; Assessorar tecnicamente a participação do CRP SP em ações em interface com outras entidades, relacionadas ao exercício profissional da psicologia na sociedade; Realizar pesquisa e coleta de dados e informações técnicas com o apoio jurídico no Sistema Conselho e outros órgãos similares; Realizar diligências para a averiguação de denúncias ou indícios de infração; Realizar outras atividades correlatas da unidade de lotação.

 

Concurso CRP SP: o que estudar para a prova

 

Língua portuguesa - 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República ). 7.1 Aspectos gerais da redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.

Informática - 1 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática: tipos de computadores, conceitos de hardware e de software, instalação de periféricos. 2 Edição de textos, planilhas e apresentações (ambiente Microsoft Office, versões 2010, 2013 e 365). 3 Noções de sistema operacional (ambiente Windows, versões 7, 8 e 10). 4 Redes de computadores: conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. 5 Programas de navegação: Mozilla Firefox e Google Chrome. 6 Programa de correio eletrônico. 7 Sítios de busca e pesquisa na Internet. 8 Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. 9 Segurança da informação: procedimentos de segurança. 10 Noções de vírus, worms e pragas virtuais. 11 Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, antispyware etc.). 12 Procedimentos de backup.

Raciocínio lógico e matemático - 1 Operações, propriedades e aplicações (soma, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação). 2 Princípios de contagem e probabilidade. 3 Arranjos e permutações. 4 Combinações. 5 Conjuntos numéricos (números naturais, inteiros, racionais e reais) e operações com conjuntos. 6 Razões e proporções (grandezas diretamente proporcionais, grandezas inversamente proporcionais, porcentagem, regras de três simples e compostas). 7 Equações e inequações. 8 Sistemas de medidas. 9 Volumes. 10 Compreensão de estruturas lógicas. 11 Lógica de argumentação (analogias, inferências, deduções e conclusões). 12 Diagramas lógicos.

Atualidades - 1 Tópicos relevantes e atuais de diversas áreas, tais como recursos hídricos, segurança, transportes, política, economia, sociedade, educação, saúde, cultura, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e ecologia.

Ética no serviço público - 1 Ética e moral. 2 Ética, princípios e valores. 3 Ética e democracia: exercício da cidadania. 4 Ética e função pública. 5 Ética no setor público. 5.1 Lei nº 8.429/1992 e suas alterações: disposições gerais; atos de improbidade administrativa.

Direito constitucional - 1 Constituição. 1.1 Conceito, classificações, princípios fundamentais. 2 Direitos e garantias fundamentais. 2.1 Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, nacionalidade, cidadania, direitos políticos. 3 Administração Pública. 3.1 Disposições gerais, servidores públicos.

Conhecimentos específicos (analista) - 1 Gestão de pessoas nas organizações. 1.1 Sistemas modernos de gestão de recursos humanos. 1.1.1 Ferramentas de gestão e estilos de liderança. 1.1.2 A negociação no contexto organizacional. 1.1.3 Gerenciamento da pluralidade nas empresas. 1.2 Planejamento estratégico da gestão de pessoas. 1.3 Gerenciamento de conflitos. 1.4 Clima e cultura organizacional. 2 Política de desenvolvimento organizacional. 2.1 O novo conceito de treinamento e desenvolvimento para educação continuada. 2.1.1 Organizações de aprendizagem. 2.1.2 O desafio de aprender e os conceitos de talento. 2.1.3 Gestão por Competências. 2.2 Elaboração de projetos de desenvolvimento de pessoas: fases, procedimentos, diagnóstico, planejamento, execução, acompanhamento e avaliação. 3 Psicodinâmica do trabalho e prevenção de saúde do trabalhador. 3.1 Atuação dos profissionais de recursos humanos junto às equipes multidisciplinares e interdisciplinares voltadas para a saúde do trabalhador dentro e fora do mundo do trabalho. 3.2 Prevenção da saúde dos trabalhadores nas organizações. 3.3 Ergonomia da atividade e psicopatologia do trabalho. 3.4 Relação entre trabalho, processos de subjetivação e processos de saúde e adoecimento relacionado ao trabalho. 3.5 Práticas grupais. 3.6 Atuação do psicólogo na interface saúde/trabalho/educação. 3.7 Psicologia de grupo e equipes de trabalho: fundamentos teóricos e técnicos sobre grupos, conflitos no grupo e resolução de problemas. 4 Política de recrutamento e seleção. 4.1 Movimentação e captação de pessoas. 4.2 Técnicas e processo decisório, fontes e meios de recrutamento. 4.3 Planejamento, técnicas, avaliação e controle de resultados do processo seletivo. 4.4 Rotação de pessoal e absenteísmo. 5 Avaliação de Desempenho (360 graus). 6 Pesquisa e intervenção em psicologia organizacional e do trabalho. 7 Comprometimento, motivação e satisfação no trabalho. 8 Bem-estar, saúde e qualidade de vida no contexto das organizações. 9 Discriminação, Assédio Sexual e Assédio Moral no Trabalho 10 Preparação para a Aposentadoria. 11 Ética do psicólogo organizacional. 12 Gestão de pessoas e da diversidade: conceitos, sujeitos, atributos da diversidade, políticas afirmativas nas organizações. 13 Gestão de pessoas no setor público: tendências e gestões atuais. 14 Qualidade de vida. 15 Comprometimento, motivação e envolvimento no trabalho. 16 Legislação específica: 16.1 Lei nº 4.119/1962 (dispõe sobre os cursos de formação em Psicologia e regulamenta a profissão de Psicólogo). 16.2 Lei nº 5.766/1971 (cria o Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Psicologia e dá outras providências). 16.3 Resolução CFP nº 10/2005 (aprova o Código de Ética Profissional do Psicólogo). 16.4 Resolução CFP nº 010/2007 (institui a Política de Orientação e Fiscalização do Sistema Conselhos de Psicologia). 16.5 Lei nº 13.146/2015 (institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência - Estatuto da Pessoa com Deficiência). 16.6 Lei nº 11.788/2008 (dispõe sobre o estágio de estudantes). 16.7 Lei nº 10.097/2000 e Decreto nº 5.598/2005 (regulamentam a contratação de aprendizes). 16.8 Resolução CFP nº 007/2003 (institui o Manual de Elaboração de Documentos Escritos produzidos pelo psicólogo, decorrentes de avaliação psicológica). 16.9 Resolução CFP nº 1/2018 (estabelece normas de atuação para as psicólogas e os psicólogos em relação às pessoas transexuais e travestis). 16.10 Resolução CFP nº 9/2018 (estabelece diretrizes para a realização de Avaliação Psicológica no exercício profissional da psicóloga e do psicólogo). 16.11 Resolução CFP nº 002/2016 (regulamenta a Avaliação Psicológica em Concurso Público e processos seletivos de natureza pública e privada). 16.12 Resolução CFP nº 014/2011 (dispõe sobre a inclusão do nome social no campo "observação" da Carteira de Identidade Profissional do Psicólogo). 16.13 Resolução CFP nº 001/1999 (normas de atuação para os psicólogos em relação à questão da Orientação Sexual). 16.14 Resolução CFP nº 18/2002 (estabelece normas de atuação para os psicólogos em relação a preconceito e discriminação racial). 16.15 Lei nº 12.527/2011 (Lei de Acesso à Informação).

 

Conhecimentos específicos (psicólogo) - 1 Leis: 1.1 Lei nº 4.119/1962 (dispõe sobre os cursos de formação em Psicologia e regulamenta a profissão de Psicólogo). 1.2 Lei nº 5.766/1971 (cria o Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Psicologia e dá outras providências). 1.3 Lei nº 8.069/1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA). 1.4 Lei nº 10.741/2003 (dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências). 1.5 Lei nº 10.216/2001 (dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial em saúde mental). 1.6 Lei nº 6.839/1980 (dispõe sobre o registro de empresas nas entidades fiscalizadoras do exercício de profissões). 1.7 Lei nº 8.080/1990 (Sistema Único de Saúde - SUS). 1.8 Lei nº 13.140/2015 (dispõe sobre a mediação entre particulares como meio de solução de controvérsias e sobre a autocomposição de conflitos no âmbito da administração pública). 1.10 Lei nº 8.742/1993 (Lei Orgânica da Assistência Social – LOAS). 1.11 Lei nº 11.340/2006 (cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher - Lei Maria da Penha). 1.12 Lei nº 13.146/2015 (Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência - Estatuto da Pessoa com Deficiência). 1.13 Lei nº 12.435/2011 (dispõe sobre a organização da Assistência Social). 2 Decretos: 2.1 Decreto nº 53.464/1964 (regulamenta a Lei nº 4.119/1962, que dispõe sobre a Profissão de Psicólogo). 2.2 Decreto nº 79.822/1977 (regulamenta a Lei nº 5.766/1971, que criou o Conselho Federal e Conselhos Regionais de Psicologia e dá outras providências). 3 Resoluções CFP: 3.1 Resolução CFP nº 10/2005 (aprova o Código de Ética Profissional do Psicólogo). 3.2 Resolução CFP nº 010/2017 (institui a Política de Orientação e Fiscalização do Sistema Conselhos de Psicologia). 3.3 Resolução CFP nº 06/2007 (institui o código de processamento disciplinar e alterações trazidas pela Resolução CFP nº 07/2016, que institui e normatiza a Mediação e outros meios de solução consensual de conflitos nos processos disciplinares éticos no Sistema Conselhos de Psicologia, regulamentando a criação de Câmara de Mediação no âmbito das Comissões de Ética). 3.4 Resolução CFP nº 07/2003 (institui o Manual de Elaboração de Documentos produzidos pelo psicólogo decorrentes de Avaliações Psicológicas). 3.5 Resolução CFP 03/2007 (consolidação das Resoluções do CFP). 3.6 Resolução CFP nº 016/2001 (aprova o Regimento Interno do Conselho Regional de Psicologia da 6ª Região). 3.7 Resolução CFP nº 008/2010 (dispõe sobre a atuação do psicólogo como perito e assistente técnico no Poder Judiciário). 3.8 Resolução CFP nº 01/2009 (dispõe sobre a obrigatoriedade do registro documental decorrente da prestação de serviços psicológicos). 3.9 Resolução CFP nº 09/2018 (estabelece diretrizes para a realização de Avaliação Psicológica no exercício profissional da psicóloga e do psicólogo, regulamenta o Sistema de Avaliação de Testes Psicológicos - SATEPSI). 3.10 Resolução CFP nº 018/2002 (estabelece normas de atuação para os psicólogos em relação a preconceito e discriminação racial). 3.11 Resolução CFP nº 01/1999 (normas de atuação para os psicólogos em relação à questão da Orientação Sexual). 3.12 Resolução CFP nº 01/2018 (estabelece normas de atuação para as psicólogas e os psicólogos em relação às pessoas transexuais e travestis). 3.13 Resolução CFP nº 11/2018 (regulamenta a prestação de serviços psicológicos realizados por meios de tecnologias da informação e da comunicação). 4 Outros: 4.1 Declaração Universal dos Direitos Humanos (ONU). 4.2 Folders Série “CRP-SP ORIENTA” (disponível em: http://www.crpsp.org/site/interna.php?pagina=147). 4.3 Resolução do Conselho Econômico e Social da ONU nº 2002/2012 (Princípios Básicos para utilização de programas de Justiça Restaurativa em matéria criminal). 4.4 Resoluções MS/CNS nº 466/2012 e 510/2016 (aprova diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos). 4.5 Resolução CNS nº 218/1997 (reconhece como profissional de saúde de nível superior a categoria de Psicólogo). 4.6 Portaria MS nº 1271/2014 (define a Lista Nacional de Notificação Compulsória de doenças, agravos e eventos de saúde pública nos serviços de saúde públicos e privados em todo o te rritório nacional). 4.7 Resolução CNJ nº 125/2010 (dispõe sobre a Política Judiciária Nacional de tratamento adequado dos conflitos de interesses no âmbito do Poder Judiciário). 4.8 Resolução CRPSP nº 01/2016 (cria a Câmara de Mediação da Comissão de Ética do Conselho Regional de Psicologia da 6ª Região - CRP- 06 “CAM/COE” e aprova seu regulamento). 4.9 Resolução CRPSP nº 02/2016 (dispõe sobre procedimentos internos a serem adotados pelo CRP 06, nos casos de comprovado exercício irregular ou ilegal da profissão de Psicóloga/o). 4.10 Lei nº 12.527/2011 (Lei de Acesso à Informação).
 

Continuar lendo

Atualizado: 03/12/2018 - 15:04

Prefeitura de Quadra SP: concurso com inscrições abertas

A participação deverá ser garantida até o dia 3 de janeiro de 2019. Os salários iniciais oferecidos chegam a R$ 9,7 mil

Todos os níveis

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Encontram-se abertas as inscrições do concurso público da Prefeitura Municipal de Quadra, localizada no interior paulista. A seleção visa o preenchimento de duas vagas imediatas, além de formação de cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades. 

O cargo de tratorista (CR) exige o ensino fundamental incompleto e carteira de habilitação na categoria “D”. O salário é de R$ 1.304,58.

Quem concluiu o ensino médio está apto às carreiras de auxiliar administrativo (CR) e secretário de escola (CR), cujos respectivos iniciais são de R$ 1.062,36 e R$ 1.304,58

Para curso técnico, as chances do edital são para os empregos de técnico de enfermagem (1 vaga), técnico agrícola (CR) e técnico de informática (CR). Os vencimentos são de R$ 1.352,30, R$ 1062,36 e R$ 1760,31, respectivamente. 

Nível superior é requisito para os postos de assistente social (1), engenheiro agrônomo (CR), enfermeiro (CR), médico ESF (CR), professor de educação básica I nas áreas de educação infantil (CR), ensino fundamental do 1º ciclo (CR) e educação especial (CR) e professor de educação básica II nas disciplinas de arte (CR), ciências (CR), português (CR), geografia (CR), matemática (CR), inglês (CR) e educação física (CR). As remunerações chegam a R$ 9.734,58. 

Concurso Prefeitura de Quadra SP: inscrições e provas

Interessados deverão se inscrever no site da Consulpam (www.consulpam.com.br), banca organizadora do certame, até o dia 3 de janeiro de 2019. Os valores da taxa de participação são de R$ 5 (ensinos fundamental e médio) e R$ 15,98 (nível superior).

O concurso será constituído de duas avaliações: prova objetiva para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório; e análise de títulos para nível superior, unicamente classificatória.

Marcada para o dia 10 de fevereiro de 2019, a prova objetiva será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, conhecimentos matemáticos, atualidades, noções de informática, noções de direito administrativo e/ou conhecimentos específicos. 
 

Continuar lendo

Shopping